WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
shopping jequitiba prefeitura ilheus embasa Neste site
maio 2020
D S T Q Q S S
« abr    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: ‘Wagner Moura’

WAGNER MOURA: SER RADICAL COMO ARTISTA É DIFERENTE DE HUMILHAR OS OUTROS

É uma pena que muitos comediantes, e não só comediantes, mas muitos artistas jovens brasileiros sejam de direita, sejam garotos fascistas.

É uma pena que muitos comediantes, e não só comediantes, mas muitos artistas jovens brasileiros sejam de direita, sejam garotos fascistas.

Após o frio alemão, Wagner Moura fará uma viagem pela máfia internacional na Tríplice Fronteira, com direito a escala para viver o Bozo. O ator está no Festival de Berlim, onde apresenta hoje “Praia do Futuro”, filme de Karim Aïnouz que traz Wagner de volta à competição de uma das mais importantes mostras do mundo, a mesma que deu a “Tropa de elite” um Urso de Ouro em 2008.
No filme de Karim, Wagner interpreta um salva-vidas brasileiro que tenta uma nova vida na Alemanha, trama que pode ser relacionada à sua recente trajetória profissional: ele não abandonou o Brasil, mas tornou-se conhecido no mundo desde que estrelou “Elysium” (2013), de Neill Blomkamp, e deve ganhar popularidade com as estreias de “Trash”, de Stephen Daldry, prevista para o primeiro semestre, e de “Rio, eu te amo”, filme em episódios de vários diretores, que também deve chegar às telas neste ano.
Em paralelo, Wagner prepara-se para viver o palhaço Bozo e para voltar a trabalhar com José Padilha (de “Tropa…”) numa trama sobre o crime internacional na fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai. Em entrevista em Berlim, o ator, de 37 anos, disse admirar os rolezinhos, chamou o governo Dilma de “incompetente em várias áreas” e afirmou lamentar que muitos dos novos comediantes brasileiros “sejam garotos fascistas”.
Clique no “Leia Mais” e confira na íntegra a entrevista que o ator concedeu ao jornal O Globo.
:: LEIA MAIS »

WAGNER MOURA DIRIGIRÁ FILME SOBRE CARLOS MARIGHELLA

wm
O ator Wagner Moura não para. Mesmo longe da televisão, o baiano está envolvido em vários projetos relacionados ao cinema, dentre eles, a atuação nos filmes “Serra Pelada”, “Elysium” e “Trash”.
A novidade agora é que o ator também fará sua estreia na direção de um longa. O projeto está relacionado, inclusive, à vida de outro baiano: Carlos Marighella.
A família do líder comunista, assassinado em 1969, já autorizou o projeto. Baseado no livro “Marighella: O Guerrilheiro Que Incendiou o Mundo”, do jornalista carioca Mário Magalhães – que também já cedeu os direitos de adaptação -, a adaptação contará com ajuda da teatróloga Maria, neta do guerrilheiro.

WAGNER MOURA COTADO PARA VIVER CHORÃO NO CINEMA

Wagner-Moura_ACRIMA20120301_0022_15
O ator baiano Wagner Moura foi cogitado para interpretar o cantor Chorão, em um longa-metragem que contará a sua trajetória.
A família do vocalista do Charlie Brown Júnior já foi consultada e pediu para ler o roteiro.
Já em fase de pré-produção, o filme deverá ser lançado no final de 2014.



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia