WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
ilheus brindes
julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

:: ‘viametro’

ESTUDANTE DENUNCIA DESCASO DA LINHA DE ÔNIBUS SALOBRINHO/UESC

Nesta terça-feira (31), uma estudante da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) entrou em contato com a redação do Blog Ilhéus24h para noticiar a falta de cumprimento dos horários do transporte público em Ilhéus.

Segundo a estudante, o ônibus que sai do terminal urbano, centro da Cidade, às 13:30, com destino ao Salobrinho/UESC, costuma atrasar a partida para às 14:10. A falta de compromisso da empresa de transporte público está prejudicando todos os acadêmicos e demais passageiros que dependem, exclusivamente, da referida linha para chegar ao destino desejado no tempo esperado.

“A justificativa da empresa é que o motorista é novato”, informou a universitária e acrescentou que no período de férias da UESC, a frota é reduzida e não há qualquer perspectiva de horário fixo.

Caros leitores, R$ 3,50 é o preço pago para percorrer a cidade em ônibus superlotados, sujos e quebrados. R$ 3,50 é preço que o cidadão ilheense paga para chegar atrasado na universidade, no trabalho ou para nem chegar. R$ 3,50 é o absurdo pago por uma frota que as vezes tem wi-fi, as vezes tem ar-condicionado, mas que, quase sempre, não cumpre sua principal função: levar o usuário do serviço público em segurança até o local de destino no horário determinado.

TUDO PRONTO PARA O REAJUSTE DA PASSAGEM EM ILHÉUS

roleta
Isso foi o que afirmou o site O Tabuleiro, em nota publicada hoje.
De acordo com a publicação digital, um funcionário de uma das empresas que explora o transporte coletivo na cidade, teria confirmado que a São Miguel e a Viametro, já estariam prontas para reajustar o valor da tarifa.
Isso, afirma o site, mediante uma já autorização por parte da prefeitura.
Na nota, é ressaltado que  a informação não é oficial, mas que, de acordo com o funcionário, os adesivos que serão colocados nos veículos, para informar o novo valor, já estariam até impressos.
Com o reajuste, o valor da passagem deverá ser entre R$ 2,60 e R$ 2,70.

EMPRESAS DE ÔNIBUS DE ILHÉUS DEIXAM MORADORES DO CONDOMÍNIO MORADA DO BOSQUE NA MÃO

esperando-o-onibus
Em contato com a nossa redação, uma moradora do condomínio Morada do Bosque, situado na avenida Esperança, em Ilhéus, denunciou a prática quase convencionada de alguns motoristas que conduzem os coletivos que fazem linha para a localidade.
Segundo ela, alguns motoristas dos ônibus Circular I e II, linhas 7 e 8, há alguns anos, “com preguiça” de subir a ladeira que dá acesso ao citado condomínio e também a do Nova Esperança, situado ao lado, estão prejudicando muitos moradores locais.
Ela afirma que a situação ocorre geralmente em horários de menor fluxo de passageiros, entre 10 e 11h da manhã e 15 e 16h da tarde.
A moradora ressalta que muitas pessoas já perderam exames médicos, entrevistas de emprego, dentre outros compromissos, devido a essa prática.
Indignada com a situação, ela desabafa: “As empresas esquecem que não estão ‘dando carona’ em seus ‘carros particulares’. A ouvidoria da Atranspi, de ouvidoria só tem o nome, e pelo visto é surda e muda. Se enviarmos uma queixa pelo site, ela nunca será respondida. É necessário ir lá e reclamar pra ver um resultado tímido que dura uns poucos dias. Esse descaso precisa parar. O transporte é público, e os funcionários têm o dever de cumprir horário e itinerário! Já não basta o serviço custar uma fortuna, ainda consegue a proeza de ter uma das piores qualidades oferecidas de que se tem notícia”.
O espaço está aberto para que as empresas São Miguel e Viametro possam se manifestar.

ILHÉUS: EMPRESAS DE ÔNIBUS QUEREM PASSAGEM DE R$ 3,19

via metroSegundo release distribuído à imprensa pela secretaria de Comunicação da prefeitura de Ilhéus, as empresas Viametro e São Miguel, que exploram o serviço de transporte coletivo na cidade, entraram na justiça para conseguir reajuste no preço da passagem.
De acordo com o material, as empresas exigem que a tarifa passe dos atuais R$ 2,40 para R$ 3,19, alegando “desequilíbrio econômico-financeiro”.
Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Isaac Albagli, as empresas também encaminharam a solicitação à prefeitura, porém ele garante que qualquer decisão a respeito somente será efetivada após uma análise cuidadosa das planilhas de custos.

VIAMETRO ABRE VAGAS DE EMPREGO PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

A Viametro Transportes Urbanos Ltda., que opera no Sistema Inteligente de Transportes (SIT), no município de Ilhéus, está oferecendo oportunidade de trabalho para pessoas com deficiência, para o cargo de Cobrador.
Os interessados devem enviar o currículo para o e-mail [email protected], colocando no título a sigla PD – (Pessoa com Deficiência), ou entregá-lo diretamente na portaria da sede da empresa Viametro, situada na Avenida Governador Roberto Santos, s/n, Bairro Esperança, Ilhéus.  
Conforme o Setor de Recursos Humanos (RH) da Viametro, a atividade referente ao cargo de Cobrador é “fazer cobrança de passagens nos veículos da empresa, prestando informações aos clientes”. A função deverá ser exercida por pessoa com idade mínima de 18 (dezoito) anos e com a escolaridade do Ensino Médio completo.

ÔNIBUS EM ILHÉUS: MAIS UMA FREADA BRUSCA, MAIS UM PASSAGEIRO SE ACIDENTA

Acidente aconteceu no ônibus da Viametro que fazia linha para o Salobrinho.

Acidente aconteceu no ônibus da Viametro que fazia linha para o Salobrinho.

Na sexta-feira da semana passada, noticiamos aqui que um ônibus da empresa São Miguel, na rodovia Ilhéus-Itabuna, após o motorista frear abruptamente, fez com que uma passageira batesse a cabeça em uma das barras de aço do veículo, espalhando sangue para todos os lados.
Pois bem, um caso semelhante se sucedeu hoje, na mesma rodovia, com as mesmas consequências, só que dessa vez envolvendo um ônibus da empresa Viametro.
Segundo um dos passageiros presentes, o motorista esqueceu que após o Guincho Martins, próximo ao Banco da Vitória, existem dois quebra-molas. Ou seja, passou devagar pelo primeiro, e quando o segundo se aproximou (no sentido Ilhéus-Salobrinho), o veículo estava em velocidade muito elevada para poder passar.
Resultado: Foi obrigado a frear bruscamente, uma passageira bateu violentamente a testa no ferro da cadeira, abriu um talho e sangrou muito.
Mais um caso que, como falamos na outra postagem, deve servir de exemplo para que as nossas autoridades competentes atentem para a situação de risco que estão sujeitos os muitos usuários das linhas de ônibus que trafegam em rodovias, e a possível aplicação de medidas de segurança visando evitar esses tipos de acidente.

AS ABSURDAS LATAS VELHAS DA VIAMETRO E SÃO MIGUEL

Foto: Paulo do Rap/ Ilhéus 24h.

Foto: Paulo do Rap/ Ilhéus 24h.

Uma imagem vale mais do que mil palavras? Em alguns casos sim, apesar de ser um jargão bem manjado.
Vejamos a situação de alguns ônibus das empresas São Miguel e Viametro, que fazem itinerário para os bairros do Nelson Costa e Nossa Senhora da Vitória, na zona sul da cidade.
Foto: Paulo do Rap/ Ilhéus 24h.

Foto: Paulo do Rap/ Ilhéus 24h.

Chega a ser inacreditável que empresas, que possuem uma das tarifas de passagem mais caras do país, tenham a coragem de colocar nas ruas ônibus com tais estados de conservação, colocando em risco as milhares de pessoas que se utilizam do serviço diariamente.
Será que existe alguma espécie de vontade por parte da prefeitura em fiscalizar essa situação? 
Foto: Paulo do Rap/ Iléus 24h.

Foto: Paulo do Rap/ Iléus 24h.

Pois é, depois, os errados são os jovens que ficaram acampados em frente ao palácio Paranaguá, reivindicando, dentre outras coisas, melhorias nos serviços oferecidos pelas citadas empresas de ônibus.
Foto: Paulo do Rap/ Ilhéus 24h.

Foto: Paulo do Rap/ Ilhéus 24h.

VIAMETRO NEGA O USO DE ÔNIBUS SEM FREIOS EM ILHÉUS

Em nota enviada ao ILHÉUS 24H, a empresa Viametro nega que tenha colocado em circulação ônibus com problemas nos freios. A informação foi dada por um funcionário da viação, que preferiu não se identificar. 
A resposta da empresa você confere abaixo. A denúncia do funcionário pode ser acessada por aqui.
“Em virtude da nota intitulada “Ônibus da Viametro com elevadores quebrados e sem freios, afirma funcionário”, publicada nesta terça-feira, dia 5, cuja fonte é anônima, a Viametro afirma que a informação sobre o sistema de freios dos veículos não é verdadeira. A empresa garante que realiza permanentemente as revisões preventivas de acordo com a quilometragem do fabricante de cada equipamento, tanto para uso em veículos que circulam na zona rural como na zona urbana.
A Viametro esclarece que, todas as noites, os carros que trafegaram na zona rural passam por um banho de luz, isto é, verificação de cada componente, inclusive os freios. Caso seja detectado, nas viagens do município, qualquer problema nos veículos, por motoristas ou cobradores, eles são orientados para encaminhar o carro imediatamente à garagem para que os reparos possam ser efetuados.
A empresa de transporte informa ainda que os funcionários motoristas e cobradores utilizam o sistema eletrônico integrado com o serviço de manutenção, que registra e armazena, em tempo real, as ocorrências.
Com relação aos elevadores de alguns veículos, a empresa admite que existem defeitos pontuais, que, detectados, são imediatamente resolvidos. Por outro lado, a Viametro coloca à disposição da população o telefone 0800 284 9900 para que sejam feitas solicitações, elogios ou denúncias de quaisquer irregularidades observadas nos serviços oferecidos pela empresa, para que sejam corrigidas de imediato”. 

CAMPANHA DE JABES RECEBEU R$ 150 MIL DE FAMÍLIA DONA DA VIAMETRO, AFIRMA BLOG

Jabes e o deputado Ronaldo Carlleto, dono da Viametro.

Jabes e o deputado Ronaldo Carlleto, dono da Viametro.

Segundo denúncia publicada no blog Agravo, o prefeito Jabes Ribeiro recebeu R$ 150 mil da empresa Jupará Motos, valor esse usado para dívidas de campanha.
Para quem não sabe, a citada empresa é pertencente à família Carlleto, dona também da empresa Viametro, uma das que exploram o transporte público em Ilhéus.
No típico jogo do “toma-lá-dá-cá”, que costuma nortear esses tipos de transações envolvendo  a iniciativa privada e os políticos, fica evidente que Jabes tem como palavra de ordem, retribuir a ajudinha financeira ao grupo.
Não é a toa que o prefeito vetou o projeto de lei que concederia gratuidade nos coletivos aos idosos a partir dos 60 anos e vem empurrando com a barriga a discussão sobre a redução da tarifa, motivo de protestos do movimento Reúne Ilhéus e da abertura de CEI no legislativo ilheense, feita pelos vereadores de oposição.

PIADINHA DA ATRANSPI

A associação das empresas de transporte coletivo de Ilhéus, a Atranspi, emitiu nota, na noite de ontem (terça, 20), sobre a falta de ônibus nas ruas. Segundo o texto, apesar de não haver impedimento, a frota da São Miguel foi recolhida porque a empresa recebeu ameaças de depredação.
A nota afirma também que as empresas gostariam de manter o direito do cidadão de ir e vir. Mas como garantir tal direito ao cobrar R$ 2,40 de tarifa e oferecer péssimos serviços à população?

dom eduardo

arquiteto













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia