WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘uesc’

PROFESSORES DA UESC APROVAM PARALISAÇÃO E ATO PÚBLICO CONTRA MAIOR ARROCHO SALARIAL DOS ÚLTIMOS 20 ANOS

A paralisação foi aprovada em Assembleia realizada nesta terça-feira (17)

Após três anos sem correção das perdas salariais provocadas pela inflação, os professores das Universidades Estaduais da Bahia (UEBA) acumulam o maior arrocho salarial dos últimos 20 anos. O dado faz parte de uma pesquisa encomendada pelo Fórum das Associações de Docentes (ADs) da UESC, UEFS, UESB e UNEB ao Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (DIEESE). 

Além da questão salarial, os professores reclamam o constante desrespeito aos direitos trabalhistas, e o orçamento insuficiente para a manutenção das universidades. A falta de diálogo por parte do governo também faz parte das denuncias dos professores. Já são mais de 5 meses sem uma reunião com o governo #RuiCorta.

Em resposta a intransigência do governo, o Fórum das ADs realizará um ato público, no dia 25 de Abril, em Salvador. O ato será fortalecido pela paralisação das atividades acadêmicas na UESC, aprovada pela Assembleia nesta terça-feira (17). A proposta também será apreciada pelos professores da UEFS, nesta terça-feira, e na quarta-feira (18) pela assembleia da UESB. Na UNEB, a Assembleia docente realizada no dia 10 de março também aprovou a paralisação das atividades com portões fechados em todos os Campi.

:: LEIA MAIS »

ABERTAS INSCRIÇÕES PARA O PRÊMIO SOSÍGENES COSTA DE POESIA

A Editus – Editora da UESC e a Academia de Letras de Ilhéus (ALI) lançaram esta semana o edital do III Prêmio Sosígenes Costa de Poesia. A ideia é valorizar, difundir e revelar novos talentos da literatura poética baiana.

Para participar, os escritores devem ser baianos e ter mais de 18 anos. A obra precisa ser inédita e não pode estar concorrendo ao mesmo tempo em outro concurso. O vencedor terá o livro publicado pela Editus, receberá um Troféu e um prêmio de R$ 2.000,00.  Cada autor poderá concorrer com apenas uma obra de sua autoria, devendo se inscrever sob pseudônimo.

Em sua primeira edição, em 2016, o concurso premiou Weslley Almeida, mestrando em Literatura e morador de Feira de Santana, pelo livro “Memórias Fósseis”. Já em 2017, Natan José Muniz Barreto, tradutor e professor primário, nascido em Salvador e residente em Londres, foi o ganhador da segunda edição, com a obra “Um quintal e outros cantos”.

:: LEIA MAIS »

GOVERNO CONCEDE AVANÇO NAS CARREIRAS DE 1.249 PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS EM 2017

O Governo da Bahia concedeu promoções e progressões nas carreiras de 1.249 professores universitários em 2017, totalizando um investimento de R$ 10,2 milhões. A evolução nas carreiras dos docentes foi liberada a partir de maio de 2017, quando o Estado saiu do limite prudencial, imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

As promoções e progressões nas carreiras estavam represadas, desde o início de 2016, após limite com gastos de pessoal ser ultrapassado no  último quadrimestre de 2015. Quando o limite prudencial é excedido, a legislação impede a concessão de avanços nas carreiras dos servidores, proíbe a contratação de novos funcionários e veda o reajuste para o funcionalismo, dentre outras medidas.

As despesas com servidores excederam o limite em função da queda de arrecadação tributária, causada pela crise econômica que atinge o país. Com a diminuição da arrecadação, o percentual com gastos de pessoal ultrapassou o determinado pela LRF.

:: LEIA MAIS »

ESTUDANTE DA UESC MORRE EM ACIDENTE

Rauel Esíquio Ribeiro de Sá cursava medicina na UESC.

Três pessoas morreram em um acidente na manhã desta quinta-feira (4) na BR-116, em Medina (MG), no Vale do Jequitinhonha. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, as vítimas estavam em um carro de passeio que seguia da cidade de Catuji (MG) para Vitória da Conquista (BA).

Testemunhas relataram à PRF que a condutora perdeu o controle da direção do veículo em uma curva, próximo ao km 54, entre Medina e Pedra Azul. Momentos depois o veículo invadiu a contramão de direção e bateu de frente com uma carreta que seguia no sentido contrário.

Ainda segundo a PRF, a condutora do veículo, Ionete Santos Ribeiro, de 48 anos, foi socorrida pelo Samu, mas morreu momentos depois no hospital de Itaobim; os passageiros Marina Gomes Batista, de 48 anos, e Rauel Esíquio Ribeiro de Sá, morreram no local do acidente. No veículo estava ainda uma mulher que foi socorrida com ferimentos leves.

O acidente foi por volta das 8h e a pista ficou interditada por cerca de duas horas para remoção dos veículos e realização da perícia. No fim da tarde desta quinta, o trânsito fluía normalmente no local do acidente. Do Ilhéus em Resumo.

COMISSÃO DE MULHERES DA UESC EMITE NOTA PÚBLICA SOBRE A NECESSIDADE DE CRECHE NA UNIVERSIDADE

Espaço Creche. Imagem enviada pela Comissão de Mulheres da UESC.

No dia 28 de novembro de 2017, o DCE Livre Carlos Maringhella divulgou uma nota pública em sua página do facebook repudiando uma situação supostamente ocorrida em uma das classes do curso de Direito da UESC, relembre AQUI.  Em seguida, foi concedido o devido direito de resposta ao professor envolvido no episódio que fez o esclarecimento necessário sobre o fato negando qualquer hipótese de discriminação praticada contra a aluna, veja AQUI.  Diante da circunstância, os professores do Departamento de Ciências Jurídicas da UESC publicaram uma moção de solidariedade em apoio ao docente, assinado pelo diretor do departamento, coordenador do colegiado e outros professores da instituição de ensino, recorde clicando AQUI.

A Comissão de Mulheres da UESC entrou em contato com a redação do Blog Ilhéus24h, nesta quinta-feira (04), solicitando espaço para tornar pública uma nota coletiva em defesa da implantação de uma creche na referida unidade de ensino. O Ilhéus24h abre espaço para fomentar o debate, exclusivamente, em torno da necessidade evidente da adequação do espaço estudantil para receber mães e pais que enfrentam a dificuldade de estudar e não ter com quem deixar os filhos, buscando como solução a implantação de creches nas universidades e faculdades do Brasil.

Confira a íntegra da nota emitida pela Comissão de Mulheres da UESC e assinada por diversos núcleos ao final:

“Na segunda-feira, dia 27 de novembro, ocorreu mais um fato lamentável na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). Uma estudante do curso de Direito, acompanhada de seu filho, foi convidada a retirar-se da sala de aula em razão da criança, de acordo com o professor, estar muito inquieta, o que comprometeria a relação ensino-aprendizagem. A violência à qual e pela qual a discente foi submetida evidencia as dificuldades que as mulheres mães enfrentam diariamente numa sociedade patriarcal, machista e capitalista. Tal situação expõe as contradições na relação da universidade frente às políticas de expansão do acesso realizadas nos anos mais recentes. O episódio envolvendo o professor e sua aluna é resultado de uma evidente ausência de investimento no setor de permanência e assistência estudantil da UESC. Assim como de uma total falta de sensibilidade e traquejo do docente ao lidar com situações longe das condições ideais em sala de aula. Levar uma criança para sala em momento algum deve ser considerada como uma ação opcional ou uma tentativa deliberada de causar “ruídos no processo de ensino-aprendizagem”. A criança fez-se presente na sala justamente pela ausência de uma creche universitária, tal como de um espaço para crianças menores de três anos, tanto na cidade de Itabuna como em Ilhéus. Espaços como esses garantiriam melhores condições de permanência no ambiente acadêmico por parte das mulheres mães, bem como em seus locais de trabalho. Compreendemos que a inexistência desse espaço na Universidade, o qual é um direito dos e das estudantes, representa a negação do direito universal à educação garantido pela Constituição Federal de 1988. Além disso, intensifica a condição de invisibilidade das mulheres mães na nossa sociedade. Com isso, a necessidade da creche é evidente, bem como é necessário pensarmos a construção de um fraldário, efetuar compra de cadeiras adequadas para o assento de gestantes, maior divulgação e garantia do direito à atividade domiciliar para as mulheres em condição de licença maternidade, entre diversas outras demandas. Ressaltamos ainda que essas vêm sendo levantadas há anos pelo movimento estudantil da UESC, além de terem sido encaminhadas durante o I Seminário em Defesa dos Direitos das Mulheres, realizado em 2015 na Universidade. Fatos como o citado somente reforçam a urgência de nos unificarmos em torno da cobrança pela efetivação dessas pautas históricas, tão fundamentais para o avanço das mulheres no meio acadêmico. A ação cometida pelo professor causou revolta e indignação por parte daqueles que entendem a postura como uma ação equivocada e que vai na contramão do real papel do educador. Como forma de “explicar” o fato, o professor, em nota pública lançada em veículo de mídia no dia 29 de novembro, indicou o quanto o direito à educação ainda é considerado algo para as elites e que mulheres e mães são culpabilizadas por frequentar um espaço que, em sua gênese, não lhes pertence. Diante disso, é fundamental indicar que o papel de um docente jamais deve ser analisado de maneira simplista, na qual seria sua função “afastar qualquer ruído no processo de ensino-aprendizagem”. Entender uma criança como causadora de ruídos nessa relação apenas reafirma para as mulheres que a universidade não deve ser o seu lugar. Nessa perspectiva, é preciso deixar estritamente demarcado que o agente vociferante e causador de ruídos não é e nunca será uma criança de um ano e três meses, filha de uma mulher negra e periférica que frequenta a universidade com o objetivo de garantir a essa mesma criança melhores condições de vida e que, por conta do desamparo do Estado, em não garantir uma educação para todos, se vê obrigada a carregar seu filho para o espaço universitário. Por todo o exposto, repudiamos não apenas essa, mas todas as situações análogas a ela que ocorrem na Universidade Estadual de Santa Cruz. Pra estudar, pra trabalhar por creches vamos lutar!”

Clique no “Leia Mais” para conferir os assinantes da nota:

:: LEIA MAIS »

MOÇÃO DE SOLIDARIEDADE AO PROFESSOR MARCOS BANDEIRA

Os professores do Departamento de Ciências Jurídicas da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) publicaram uma nota pública em apoio ao professor Marcos Antônio Santos Bandeira, após uma nota de repúdio do DCE da UESC ser veiculada, relembre AQUI. Em seguida, o professor Marcos Bandeira esclareceu o lamentável episódio, AQUI.

Nota na Íntegra

Os professores, abaixo assinados, lotados no Departamento de Ciências Jurídicas da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), vêm a público manifestar sua solidariedade ao prof. MARCOS ANTÔNIO SANTOS BANDEIRA, em virtude da nota publicada no último dia 27 de novembro pelo Diretório Central dos Estudantes, considerada ofensiva à honra e à história de vida do docente. Entendemos que, na intenção de defender interesses da estudante, o Diretório exacerbou na linguagem e na interpretação dos fatos, inclusive indo além do que efetivamente a aluna expressou enquanto interpretação pessoal de fatos envolvendo o relacionamento discente-docente.

Conhecemos a história e a trajetória profissional do prof. Marcos Bandeira, enquanto Juiz de Direito e Professor Universitário. Atestamos seu compromisso social e posicionamentos democráticos, principalmente voltados para a inclusão social de segmentos vulnerabilizados, e temos plena certeza que os fatos serão devidamente apurados e resolvidos na instância competente, inclusive lançando mão das melhores formas de resolução pacífica dos conflitos. 

Valdir Farias Mesquita – Diretor do Departamento

Guilhardes de Jesus Júnior – Coordenador do Colegiado de Direito

Wenceslau Augusto dos Santos Júnior

Otávio Augustus Carmo

Fernanda Viana Lima

Laurício Carvalho Pedrosa

José Cairo Júnior

Clodoaldo Assunção

Katiana Amorim

Luis Carlos Nascimento

Ana Paula Gomes

Pedro Germano

Lilian de Brito Santos

PROFESSORES DA UESC ADEREM GREVE GERAL NO PRÓXIMO DIA 05

A assembleia ordinária de professores da UESC, realizada nesta quinta-feira (30), contou com participação da docente Luciane Soares, presidente da ADUENF (Associação de Docentes da Universidade Estadual do Norte Fluminense). A docente relatou o cenário de precarização da UENF, e fez um chamado a participação na Frente Nacional em Defesa das Instituições de Ensino Superior Públicas, lançada no dia 18 de outubro, ultimo.

 A assembleia aprovou a adesão ao Movimento Nacional de Greve Geral contra a reforma da previdência e em defesa dos direitos dos trabalhadores ativos e aposentados. A Greve Geral convocada pelas Centrais Sindicais ocorrerá no dia 5 de dezembro e será marcada por atos e protestos em do o país. A agenda de atos em Ilhéus e Itabuna será divulgada em breve.

A assembleia também elegeu os delegados para o 37º Congresso Nacional do ANDES-SN, que ocorrerá entre os dias 22 e 27 de Janeiro, em Salvador. Representarão a ADUSC no congresso, os docentes Arturo Samana, Salvador Trevisan, Kátia Guerreiro, Luiz Henrique Blume. O representante da diretoria será indicado posteriormente.

Já a assembleia extraordinária, convocada para às 16:05 horas aprovou a prorrogação do mandato da atual diretoria da ADUSC por 60 dias a partir da data da assembleia. A comissão eleitoral vai elaborar um novo calendário e a diretoria quando eleita será imediatamente empossada. Do ADUSC. 

UFBA, UESC E UFOB SÃO MELHORES UNIVERSIDADES BAIANAS; VEJA RANKING

O Ministério da Educação (MEC), através do Instituto Nacional de Pesquisas e Estudos Educacionais Anísio Teixeira (Inep), divulgou, nesta segunda-feira (27), os Indicadores de Qualidade da Educação Superior do ano de 2016. Na Bahia, onze universidades foram avaliadas em relação ao Índice Geral de Cursos (IGC), e a Universidade Federal da Bahia (Ufba) alcançou nota mais alta, com 3,6627.

Em segundo lugar vem a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) com 3,2309, seguida da Universidade Federal do Oeste Baiano (Ufob), com 3,0714. Seis instituições, ao todo, todas de ensino público, atingiram a faixa 4 do indicador – desempenho considerado bom.

As cinco restantes ficaram na faixa 3 do indicador. A Universidade Salvador (Unifacs) foi a instituição privada mais bem colocada com nota de 2,6529. A outra instituição particular da lista, a UCSal, ficou em último entre todas as universidades avaliadas no estado, com 2,2324.

O IGC é calculado com base na média de três conceitos no último triênio: Conceito Preliminar de Curso (CPC), Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) dos cursos das instituições avaliadas e o dos conceitos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) dos cursos de mestrado e doutorado.

Confira o ranking abaixo:
1° Universidade Federal da Bahia (Ufba) – 3,6627
2º Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) – 3,2309
3º Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob) – 3,0714
4º Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) – 3,0531
5º Instituto Federal Baiano (IFBaiano) – 3,0120
6 º Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) – 3,0104
7º Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) – 2,7874
8º Instituto Federal da Bahia (IFBA) – 2,7714
9º – Universidade Salvador (Unifacs) – 2,6529
10 º Universidade do Estado da Bahia (Uneb) – 2,3774
11º Universidade Católica do Salvador (Ucsal) – 2,2324

:: LEIA MAIS »

ILHÉUS REALIZA CURSO DE ELABORAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS E ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA PARA ARTISTAS

De 27 a 29 deste mês acontece em Ilhéus o curso de elaboração de Projetos Culturais e Administração Financeira para Artistas. Realizado pelo Departamento de Letras e Artes e Pró Reitoria de Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em parceria com a secretaria municipal da Cultura (Secult), o evento também faz parte das atividades dos cursos de graduação de línguas estrangeiras e negociações internacionais; de comunicação em rádio e TV e da segunda turma de pós-graduação de gestão cultural. A inscrição é gratuita e pode ser feita no site www.uesc.br.

O primeiro dia, às 14 horas, Letícia Tórgo abre o workshop “Como tirar seus projetos da gaveta”, destinado a quem inicia a carreira como artista ou produtor cultural e precisa conhecer as ferramentas para colocar suas ideias no mundo e viver do seu talento. No segundo dia, das 9 às 12 horas, outro workshop “Elaboração de projetos culturais simplificadas” para ajudar o produtor cultural a transformar sua ideia em projeto desde a página em branco até o orçamento. A partir das 13 horas, Letícia Tórgo e Alexandre Rocha falam sobre “Captação de recursos descomplicada” que vai mapear caminhos para o produtor ou o artista obter recursos para realizar seus projetos culturais, seja através de leis de incentivo e auto-captação.

No terceiro e último dia, Alexandre Rocha traz o workshop “Finanças para artistas e produtores culturais” que vai mudar a maneira de ver o dinheiro, ensinar princípios básicos de educação financeira e criar planejamento de como investir em você e no seu futuro.

:: LEIA MAIS »

MAIS DE 4,6 MIL UNIVERSITÁRIOS SE INSCREVERAM NA SEGUNDA ETAPA DO MAIS FUTURO

Na segunda etapa, o Programa Mais Futuro recebeu inscrições de 4.601 estudantes das universidades estaduais (Uesc, Uefs, Uesb e Uneb), até o encerramento do prazo, às 23h59 desta sexta-feira (3), para auxílio-permanência e estágio. O programa é direcionado a estudantes em condições de vulnerabilidade socioeconômica e tem o objetivo de garantir a permanência e a conclusão das suas graduações. Agora, as quatro universidades irão conferir a documentação dos alunos cadastrados, referente aos requisitos necessários para enquadramento no perfil do programa.

“Esta iniciativa beneficia aqueles estudantes que mais precisam de políticas públicas para garantir sua permanência na universidade, o acesso ao estágio e a conclusão do ensino superior. Nosso objetivo é preparar os estudantes para o futuro. Este programa é uma iniciativa importante para assegurar que aquele estudante mais carente permaneça na universidade até o fim do curso”, explicou o secretário estadual da Educação, Walter Pinheiro, acrescentando que este projeto vai ao encontro de outras iniciativas do Governo da Bahia para apoiar a juventude, como o programa Primeiro Emprego e o Partiu Estágio.

São ofertados estágio e auxílio permanência para estudantes de baixa renda participantes do CadÚnico. O auxílio varia de R$ 300 a R$ 600 mensais. Do total de inscritos, 3.148 foram para auxílio destinado a universitários que estudam a até 100 quilômetros da sua cidade de origem. Outros 1.212 foram inscritos na modalidade destinada àqueles que moram em cidades a mais de 100 quilômetros de distância do campus onde estão matriculados. Além disso, 47 estudantes se inscreveram na modalidade complementar, ofertada para aqueles que já recebem outra bolsa federal ou estadual.

Outros 194 estudantes foram para as vagas de estágio. No total, a Universidade do Estado da Bahia (Uneb) foi a que registrou maior demanda, com 2.368 inscritos, seguida pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), com 940; pela Universidade Estadual do Sudoeste (Uesb), com 728 inscritos; e a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), com 565 inscritos.

VOCÊ VIU? CONFIRA AS VINTE MAIS LIDAS DO ILHÉUS24H

As_mais_lidas_Ilheus24h

O ILHÉUS 24H traz nesta seção os vinte posts mais lidos da semana 09 a 15/04. Clique no título pra ler toda a matéria. Confira abaixo:

FÁBRICA DE INFORMÁTICA PEGA FOGO E INCÊNDIO GANHA PROPORÇÕES GIGANTES

LÍDER RELIGIOSA, DONA CARMOZINA COMPLETA 100 ANOS EM ILHÉUS

OPERAÇÃO CITRUS SERÁ DESTAQUE NA EDIÇÃO DO FANTÁSTICO

FISCALIZAÇÃO DEMOLIU OBRA IRREGULAR EM PRAIA DA ZONA SUL DE ILHÉUS

PM PRENDE AUTOR DE FURTO EM SUPERMERCADO NO CENTRO

MÁRCIO CUNHA TOMA POSSE COMO NOVO PROCURADOR GERAL DE ILHÉUS

HOMEM É PRESO COM UM QUILO DE PASTA BASE DE COCAÍNA NA ILHÉUS-ITABUNA

MPF EM ILHÉUS (BA) DISPONIBILIZA LIVROS, EQUIPAMENTOS E MÓVEIS PARA DOAÇÃO

ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO NELSON COSTA TEM NOVA DIRETORIA

SENAI ABRE INSCRIÇÕES PARA OS CURSOS TÉCNICOS COM 450 BOLSAS DE ESTUDO

PREFEITO DISCUTE AMPLIAÇÃO DO AEROPORTO COM O GOVERNO FEDERAL

ABRIGO RENASCER FESTEJA A PÁSCOA EM ILHÉUS

ILHÉUS DISPONIBILIZA MAIS UMA SALA DE VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AMARELA

PREFEITURA RECUPERA ASFALTO NA LADEIRA DO ALTO DO MAMBAPE, NA ZONA SUL

PROJETO PRAIA LIMPA GANHA APOIO E MUTIRÃO DA PREFEITURA

FAMÍLIAS DE URUCUTUCA VÃO GANHAR MORADIAS DE ALVENARIA

UESC OFERECE MINI-CURSOS NO LABORATÓRIO DE ECOLOGIA (LAB ECO)

SAEB ABRE LICITAÇÃO PARA PUBLICIDADE NOS POSTOS DA REDE SAC

ESTADO DA BAHIA É CONDENADO A REINTEGRAR EMPREGADA AFASTADA PARA TRATAMENTO MÉDICO

GLOBO EXPULSA MARCOS DO BIG BROTHER BRASIL POR AGRESSÃO À EMILLY

UESC OFERECE MINI-CURSOS NO LABORATÓRIO DE ECOLOGIA (LAB ECO)

 

O pedido de inscrição deve ser enviado via e-mail.

O público em geral poderá participar dos mini-cursos e principalmente os estudantes que queiram ver como é o dia-a-dia do biólogo.

O Laboratório de Ecologia está oferecendo vários mini-cursos com o objetivo de mostrar como o trabalho do biólogo pode ser encontrado em vários lugares além da atividade mais conhecida que é a sala de aula. Biólogos trabalham com bichos, plantas e fungos… enfim, com organismos vivos.

Mas para que serve o trabalho do biólogo? Para que serve o conhecimento que os biólogos aprendem na Universidade? Entre muitas outras atividades, o mini-curso aplica o conhecimento acadêmico para ajudar a planejar e conservar as matas e rios; descobertas dos padrões e processos que a natureza possui e que no dia-a-dia não deixa perceber e projetos que podem auxiliar a melhorar o manejo de áreas florestais como, por exemplo, Áreas de Preservação Permanente. Isso pode ser importante para proprietários rurais.

Os mini-cursos são ministrados pelos ex-alunos da UESC, que já atuam no mercado de trabalho.

As inscrições devem ser enviadas para o e-mail: lab_ecologia@uesc.br até o dia 21-abril indicando idade, escolaridade e se é aluno da Uesc. Vagas para 20 alunos”.

:: LEIA MAIS »

VOCÊ VIU? CONFIRA AS VINTE MAIS LIDAS DO ILHÉUS24H

As_mais_lidas_Ilheus24h

O ILHÉUS 24H traz nesta seção os vinte posts mais lidos da semana 19 a 25/03. Clique no título pra ler toda a matéria. Confira abaixo:

MEIO AMBIENTE PROÍBE VENDA DO GUAIAMUM EM TODO BRASIL

UESC LANÇA EDITAL DE CONCURSO COM 240 VAGAS PARA GRADUAÇÃO EAD

GUERRA ENTRE FACÇÕES DO ALTO DO COQUEIRO E LEGIÃO DEIXA DOIS MORTOS EM ILHÉUS

PRESO E ALGEMADO, VEREADOR É CONDUZIDO PARA O PRESÍDIO ARISTON CARDOSO

FILMAGEM AÉREA DESTACA O ESTADO ATUAL DA CONSTRUÇÃO DA NOVA PONTE

PM APRENDE MOTOBOY SUSPEITO DE FAZER DELIVERY DE DROGAS

IFBA ILHÉUS ABRE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA O CURSO TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES

LINHAS DE TRANSPORTE COLETIVO PARA CONDOMÍNIO SOL E MAR SÃO AMPLIADAS

POLÍCIA FRUSTRA TENTATIVA DE ASSALTO NA AVENIDA CANAVIEIRAS, EM ILHÉUS

PRESOS NA OPERAÇÃO CITRUS SERÃO ENCAMINHADOS PARA OS PRESÍDIOS DE ILHÉUS E ITABUNA

ESTUDANTES DA FACULDADE DE ILHÉUS VISITAM O PRESÍDIO ARISTON CARDOSO

JUSTIÇA NEGA PEDIDO DE LIBERDADE DE JAMIL, KÁCIO, WELLINGTON, ENOCH E THAYANE

PREFEITURA E TV SANTA CRUZ CONFIRMAM PROJETO SÃO JOÃO DOS BAIRROS EM ILHÉUS

POLÍCIA CIVIL FAZ BUSCAS NA CASA DE EX-SECRETÁRIO DO GOVERNO JABES RIBEIRO

OPERAÇÃO DO MP COMBATE FRAUDES E SUPERFATURAMENTO EM LICITAÇÕES E CONTRATOS EM ILHÉUS

ROTATÓRIA VAI MELHORAR TRÁFEGO DE VEÍCULOS NA ZONA SUL

OPERAÇÃO CITRUS TEM PRIMEIRO DETIDO LIBERADO

GOVERNADOR CORRESPONDE SOLICITAÇÃO DO VEREADOR CÉSAR PORTO

SHOW QUINTA DO BEM PROMOVE SOLIDARIEDADE

PARA ALÉM DOS COMPANHEIROS QUE ERRARAM, UM OLHAR SOBRE AS FINANÇAS DO PT

PARA ALÉM DOS COMPANHEIROS QUE ERRARAM, UM OLHAR SOBRE AS FINANÇAS DO PT

Por Josué Cândido da Silva.

Josue-e-Makrisi

Josué Cândido da Silva é professor titular da UESC e secretário de organização do PT de Ilhéus. Foto: Divulgação.

O materialismo histórico do velho Marx nos ensina que não devemos ficar na superfície dos problemas que, muitas vezes, têm a aparência de um problema moral ou religioso, mas buscar as relações econômicas que a eles correspondem. No caso da crise do PT que basicamente tem haver com a promiscuidade com grandes capitalistas no financiamento das campanhas eleitorais, muitos companheiros e companheiras tendem a ver o problema como um caso de “fraqueza moral”. Na verdade, é preciso ir um pouco mais fundo no problema e reconhecer que ele está presente em cada diretório do Partido e não é possível corrigir os rumos do PT sem enfrentá-lo.

O PT surgiu como um partido que se diferenciava dos partidos tradicionais também em sua forma de se manter. Em seu primeiro período, nos anos 1980, o PT era um partido inspirado nos modelos de autogestão, tínhamos os companheiros que faziam botons e estrelinhas, outros produziam camisetas e boinas e tudo era comprado pela militância, nada era de graça. Além disso, havia a contribuição partidária dos militantes e dos que ocupavam cargos eletivos ou de confiança.

Com o crescimento do PT nos anos 1990 a arrecadação do partido aumentou sensivelmente e o mesmo se burocratizou na mesma velocidade, com o poder econômico se deslocando para os que ocupavam cargos no legislativo e executivo. Isso possibilitou a constituição de uma burocracia interna, fundamental para o funcionamento do partido com escritórios e funcionários profissionalizados. É inegável que o PT não se tornaria o maior partido de esquerda na América Latina sem essa estrutura. Mas é preciso reconhecer os efeitos danosos do poder da burocracia profissional em relação ao militante comum. Hoje, por exemplo, para você ser secretário de organização em qualquer diretório do PT precisa ter acesso a computador com conexão de internet e algumas horas semanais disponíveis para operar o sistema de filiados, além, é claro, dos conhecimentos para poder fazê-lo, o que traz uma clara vantagem para os quadros profissionalizados. Não é à toa que dos anos 90 para cá a maioria dos dirigentes do partido são ligados a assessorias parlamentares ou de cargos de confiança do poder executivo.

:: LEIA MAIS »

UESC LANÇA EDITAL DE CONCURSO COM 240 VAGAS PARA GRADUAÇÃO EAD

uesc22

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) abriu o edital do Concurso Vestibular 2017 para o preenchimento de 240 vagas para os cursos de Graduação – Licenciatura, na modalidade de Educação a Distância (EaD). Têm acesso aos cursos de graduação os candidatos que concluíram o Ensino Médio ou equivalente e tenham sido selecionados através do Concurso Vestibular, respeitando o número de vagas oferecidas e atendida a reserva de vagas. 

As inscrições serão realizadas, exclusivamente, via internet, no período de 03 a 24 de abril de 2017, até às 16h. O candidato deve preencher o Formulário de Requerimento de inscrição constante na página da Uesc, imprimir o boleto bancário e pagar a taxa de inscrição até o dia 25 de abril de 2017. 

A partir de 08 de junho de 2017 será disponibilizado ao candidato inscrito, na página da Uesc, o cartão informativo, onde constará número de inscrição; data, hora e local de realização das provas; opção de Polo, Curso e modalidade de concorrência; dentre outras informações relativas ao Concurso Vestibular. As provas serão realizadas no período provável de 18 de junho de 2017, com início às 13h, com duração máxima de 4 horas e 30 minutos. 

Leia o Edital Nº 34


wedding dresses
dom eduardo
twitter
facebook

Abril 2018
D S T Q Q S S
« mar    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930