WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
bebeto galvao shopping jequitiba



dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: ‘transporte público’

PREFEITO MÁRIO SOLICITA MELHORIAS NO TRANSPORTE COLETIVO

onibus

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, esteve reunido, na tarde da quinta-feira, 30, com diretores das empresas concessionárias do transporte coletivo no município, Josemir Dias Sobrinho, da Viação São Miguel, e Carlos Bahia, da Viametro, e pediu a adoção de providências visando melhorias na prestação do serviço de transporte público à população. O encontro contou com a presença do secretário de Indústria e Comércio, Paulo Sérgio dos Santos.

Na ocasião, o prefeito solicitou o aumento das linhas de ônibus para atender a demanda de toda a cidade e a modernização da frota atual, inclusive com veículos dotados de ar condicionado. E ressaltou que essas questões de melhor estruturação do serviço representam uma reivindicação antiga da comunidade ilheense.

O prefeito ainda tratou sobre a possibilidade de implementar o sistema de transbordo, que poderá melhor atender às necessidades da população que utiliza o transporte público. A princípio, Mário Alexandre solicitou a elaboração de um estudo técnico da situação da frota dos ônibus, na maior brevidade de tempo possível, para que se possa adequar o serviço à demanda da sociedade.

Ele pontuou que faz parte do projeto do governo municipal manter a ação permanente de melhoria nos acessos comunidades rurais, através das estradas vicinais. “Com as melhorias nessas estradas, podemos ampliar a extensão das linhas de ônibus para os distritos”, acrescentou.

VOCÊ VIU? CONFIRA AS VINTE MAIS LIDAS DO ILHÉUS24H

As_mais_lidas_Ilheus24h

O ILHÉUS 24H traz nesta seção os vinte posts mais lidos da semana 19 a 25/03. Clique no título pra ler toda a matéria. Confira abaixo:

MEIO AMBIENTE PROÍBE VENDA DO GUAIAMUM EM TODO BRASIL

UESC LANÇA EDITAL DE CONCURSO COM 240 VAGAS PARA GRADUAÇÃO EAD

GUERRA ENTRE FACÇÕES DO ALTO DO COQUEIRO E LEGIÃO DEIXA DOIS MORTOS EM ILHÉUS

PRESO E ALGEMADO, VEREADOR É CONDUZIDO PARA O PRESÍDIO ARISTON CARDOSO

FILMAGEM AÉREA DESTACA O ESTADO ATUAL DA CONSTRUÇÃO DA NOVA PONTE

PM APRENDE MOTOBOY SUSPEITO DE FAZER DELIVERY DE DROGAS

IFBA ILHÉUS ABRE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA O CURSO TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES

LINHAS DE TRANSPORTE COLETIVO PARA CONDOMÍNIO SOL E MAR SÃO AMPLIADAS

POLÍCIA FRUSTRA TENTATIVA DE ASSALTO NA AVENIDA CANAVIEIRAS, EM ILHÉUS

PRESOS NA OPERAÇÃO CITRUS SERÃO ENCAMINHADOS PARA OS PRESÍDIOS DE ILHÉUS E ITABUNA

ESTUDANTES DA FACULDADE DE ILHÉUS VISITAM O PRESÍDIO ARISTON CARDOSO

JUSTIÇA NEGA PEDIDO DE LIBERDADE DE JAMIL, KÁCIO, WELLINGTON, ENOCH E THAYANE

PREFEITURA E TV SANTA CRUZ CONFIRMAM PROJETO SÃO JOÃO DOS BAIRROS EM ILHÉUS

POLÍCIA CIVIL FAZ BUSCAS NA CASA DE EX-SECRETÁRIO DO GOVERNO JABES RIBEIRO

OPERAÇÃO DO MP COMBATE FRAUDES E SUPERFATURAMENTO EM LICITAÇÕES E CONTRATOS EM ILHÉUS

ROTATÓRIA VAI MELHORAR TRÁFEGO DE VEÍCULOS NA ZONA SUL

OPERAÇÃO CITRUS TEM PRIMEIRO DETIDO LIBERADO

GOVERNADOR CORRESPONDE SOLICITAÇÃO DO VEREADOR CÉSAR PORTO

SHOW QUINTA DO BEM PROMOVE SOLIDARIEDADE

PARA ALÉM DOS COMPANHEIROS QUE ERRARAM, UM OLHAR SOBRE AS FINANÇAS DO PT

EM NOTA, REÚNE ILHÉUS FALA EM CONTRADIÇÕES DAS CONCESSÕES DO TRANSPORTE

Durante a elaboração da denúncia formal para a Comissão Especial de Inquérito do Transporte Público, a ser votada na Câmara Legislativa de Ilhéus, o movimento social REÚNE ILHÉUS encontrou dois itens nos contratos de concessão das empresas São Miguel e Via Metro que demonstram a completa irresponsabilidade, irregularidade e contradição dos Editais de Licitação de 2000 e 2003, aos quais essas empresas venceram para a prestação do serviço público coletivo de transporte.
No Capítulo 7, A Cláusula 39 do Contrato de Concessão da empresa São Miguel e 40, no caso da Via Metro, sobre a cobrança da tarifa, veda o “efeito retroativo em qualquer hipótese e com variações limitadas ao aumento e diminuição dos custos operacionais”, ferindo o disposto pela Lei Orgânica Municipal, no Art. 275, que confere competência ao Poder Público Municipal o estabelecimento do valor da tarifa. No entanto, no item logo abaixo, a Cláusula 40 da São Miguel e 41 da Via Metro, colocam “se durante a vigência do termo de concessão forem criados novos tributos, encargos sociais e trabalhistas e acidentários, ou modificadas as alíquotas dos atuais, ou ainda, concedidas ou revogadas isenções de forma a, comprovadamente, aumentar ou diminuir os ônus decorrentes do termo de concessão, serão revistos de IMEDIATO os valores correspondentes a esses itens nas fórmulas de cálculo dos custos, após a confirmação oficial, a fim de adequá-las a essas modificações ocorridas, quaisquer diferenças delas decorrentes, sem que caracterize atraso de pagamento”. Ou seja, há uma contradição escandalosa no contrato, uma vez que o mesmo veda a redução da tarifa em absoluto, além de não respeitar as desonerações tarifárias sobre a cadeia de transportes, já vigentes.
Com isso, o REÚNE ILHÉUS confirma ao ilheense: a redução da tarifa é justa e deve ser imediata. Para além disso, as más relações entre o poder público e as empresas de ônibus em Ilhéus são evidentes aos olhos, e esse questionamento é ainda reforçado pela postura da Prefeitura Municipal, que se nega veementemente ao diálogo com o movimento. Esse silêncio, apesar de todos os gritos, rezas e clamores da população, é entendido como uma declaração de culpa no cartório. Não permitiremos mais esse comportamento em nossa cidade. Chega!
Em alguns dias, a denúncia da CEI será enviada para requerimento e votação pelos vereadores na Câmara. Estaremos de olho em quem são os parlamentares interessados nos direitos básicos do povo. Como já dito: Desfrutem, os senhores também, dessa responsabilidade. 

DILMA MUDARÁ LEI FISCAL PARA ESTADOS GASTAREM MAIS COM TRANSPORTE PÚBLICO

A presidente Dilma Rousseff (PT) decidiu retirar os projetos de mobilidade urbana do cálculo de endividamento de estados e municípios.
A medida será adotada pelo governo federal com o objetivo de espantar três fantasmas de uma só vez: desafogar as contas de governadores e prefeitos, ajudar na recuperação do crescimento econômico e aplacar o clamor das ruas, evidente com as manifestações de junho, por melhoria nos serviços de transportes públicos.
Para se ter uma ideia do impacto da proposta, se a medida entrasse em vigor hoje os prefeitos e governadores teriam uma capacidade de endividamento de mais R$ 35,3 bilhões para gastar só em projetos como metrôs, trens urbanos, corredores exclusivos de ônibus (BRTs), veículos leves sobre trilhos (VLTs) e ciclovias, sem comprometer as contas com a Lei de Responsabilidade Fiscal.
O número, segundo informação do Ministério das Cidades, é referente à contrapartida que estados e municípios devem aplicar no setor.

dom eduardo

projetos arquitetonicos











WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia