WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: ‘secretaria de saúde’

AO ILHÉUS 24H, SECRETÁRIA DE SAÚDE ADMITE VIAGENS E NEGA “PROCESSO DE FRITURA”

Ledívia Espinheira.

Ledívia Espinheira.

O ILHÉUS 24H entrevistou a secretária de saúde de Ilhéus, Ledívia Espinheira.
Ledívia é médica, ex-funcionária da secretaria de saúde do Estado e foi indicada para a função por Jorge Solla, titular da pasta estadual.
Por email, respondeu a questionamentos acerca do programa Mais Médicos, lançado há duas semanas pelo governo federal, a demora do município para reabrir as unidades básicas de saúde e sobre a possível terceirização da saúde. Comentou ainda as denúncias de que viaja semanalmente a Salvador, supostamente com diárias pagas pelo município, e de favorecimento numa licitação. Confira.
IOS 24H – Secretária, há cerca de quinze dias, o governo federal lançou programa para reforçar o número de médicos à disposição do SUS. Ilhéus receberá esses profissionais? Quantos médicos seriam necessários para suprir a deficiência de pessoal na rede municipal de saúde?
Ledívia Espinheira – O programa está sendo analisado por nós, que estamos pesando a relação de custo-efetividade do programa, uma vez que o município deverá arcar com alguns custos, como alimentação e moradia do profissional. Procuraremos priorizar o interior, os distritos, regiões mais carentes de assistência.
IOS 24H –  A ausência de médicos nos postos de saúde não é o único problema da rede municipal. Faltam equipamentos e insumos básicos. No diário oficial do município, são publicados resultados de licitações para compra de material deste tipo, mas continua faltando nas unidades. O que ocorre?
LE – As licitações foram realizadas, respeitando todos os prazos legais, depois a homologação e assinatura de contrato. Agora já podemos realizar a aquisição dos insumos e a sua distribuição, o que já está acontecendo nas unidades.

:: LEIA MAIS »

UM ALÍVIO PARA OS PACIENTES RENAIS DE ILHÉUS

hemodialiseUm problema a menos para os pacientes com problemas nos rins de Ilhéus. Segundo nota enviada à imprensa, a secretaria de saúde autorizou o embolso dos procedimentos realizados pelo CAR (Centro de Assistência Renal) em janeiro. A unidade ameaçava fechar por falta de repasses do ministério da saúde.
Em nota, a secretaria afirma que antecipou o repasse para o CAR, já que havia atrasos nos pagamentos de janeiro, fevereiro e março, porque os procedimentos ainda não foram reconhecidos pelo Ministério da Saúde, devido a erros no preenchimento das faturas.
Os erros fizeram com que a relação dos atendimentos realizados nos três primeiros meses desse ano fosse encaminhada para o DATASUS e retornasse, indeferindo os pagamentos.
Na semana passada, o Blog do Gusmão publicou que o CAR poderia fechar devido ao não repasse dessas verbas. Nos últimos meses, conta o blog, o centro se mantinha à base de empréstimos bancários para atender os pacientes com problemas nos rins.

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia