WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
ilheus brindes
outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

:: ‘são miguel’

ESTUDANTE DENUNCIA DESCASO DA LINHA DE ÔNIBUS SALOBRINHO/UESC

Nesta terça-feira (31), uma estudante da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) entrou em contato com a redação do Blog Ilhéus24h para noticiar a falta de cumprimento dos horários do transporte público em Ilhéus.

Segundo a estudante, o ônibus que sai do terminal urbano, centro da Cidade, às 13:30, com destino ao Salobrinho/UESC, costuma atrasar a partida para às 14:10. A falta de compromisso da empresa de transporte público está prejudicando todos os acadêmicos e demais passageiros que dependem, exclusivamente, da referida linha para chegar ao destino desejado no tempo esperado.

“A justificativa da empresa é que o motorista é novato”, informou a universitária e acrescentou que no período de férias da UESC, a frota é reduzida e não há qualquer perspectiva de horário fixo.

Caros leitores, R$ 3,50 é o preço pago para percorrer a cidade em ônibus superlotados, sujos e quebrados. R$ 3,50 é preço que o cidadão ilheense paga para chegar atrasado na universidade, no trabalho ou para nem chegar. R$ 3,50 é o absurdo pago por uma frota que as vezes tem wi-fi, as vezes tem ar-condicionado, mas que, quase sempre, não cumpre sua principal função: levar o usuário do serviço público em segurança até o local de destino no horário determinado.

EM ILHÉUS, CADEIRANTE PRECISA DE AUXÍLIO DE OUTROS PASSAGEIROS PARA SUBIR EM ÔNIBUS COM ELEVADOR QUEBRADO

De acordo com informações obtidas através da equipe do Fábio Roberto Notícias, na última quinta-feira (23), um cadeirante precisou ser auxiliado por usuários do transporte público municipal para conseguir se acomodar no ônibus da empresa São Miguel, com itinerário Condomínio Sol e Mar x Basílio.

Conforme faz prova a imagem em destaque, o cadeirante precisou ser carregado no colo por um voluntário, já que o elevador do veículo não funcionou.

A tarifa para utilizar o serviço público saltou de R$ 3,10 para R$ 3,50 em 30 de dezembro de 2017, condicionada a aquisição de 20 ônibus novos com ar condicionado e wi-fi, que já estão em circulação na cidade. Relembra AQUI.

Apesar do cumprimento do acordo por parte das concessionárias do transporte público, a situação do serviço prestado continua caótica em Ilhéus e merece atenção das autoridades competentes.

TUDO PRONTO PARA O REAJUSTE DA PASSAGEM EM ILHÉUS

roleta
Isso foi o que afirmou o site O Tabuleiro, em nota publicada hoje.
De acordo com a publicação digital, um funcionário de uma das empresas que explora o transporte coletivo na cidade, teria confirmado que a São Miguel e a Viametro, já estariam prontas para reajustar o valor da tarifa.
Isso, afirma o site, mediante uma já autorização por parte da prefeitura.
Na nota, é ressaltado que  a informação não é oficial, mas que, de acordo com o funcionário, os adesivos que serão colocados nos veículos, para informar o novo valor, já estariam até impressos.
Com o reajuste, o valor da passagem deverá ser entre R$ 2,60 e R$ 2,70.

EMPRESAS DE ÔNIBUS DE ILHÉUS DEIXAM MORADORES DO CONDOMÍNIO MORADA DO BOSQUE NA MÃO

esperando-o-onibus
Em contato com a nossa redação, uma moradora do condomínio Morada do Bosque, situado na avenida Esperança, em Ilhéus, denunciou a prática quase convencionada de alguns motoristas que conduzem os coletivos que fazem linha para a localidade.
Segundo ela, alguns motoristas dos ônibus Circular I e II, linhas 7 e 8, há alguns anos, “com preguiça” de subir a ladeira que dá acesso ao citado condomínio e também a do Nova Esperança, situado ao lado, estão prejudicando muitos moradores locais.
Ela afirma que a situação ocorre geralmente em horários de menor fluxo de passageiros, entre 10 e 11h da manhã e 15 e 16h da tarde.
A moradora ressalta que muitas pessoas já perderam exames médicos, entrevistas de emprego, dentre outros compromissos, devido a essa prática.
Indignada com a situação, ela desabafa: “As empresas esquecem que não estão ‘dando carona’ em seus ‘carros particulares’. A ouvidoria da Atranspi, de ouvidoria só tem o nome, e pelo visto é surda e muda. Se enviarmos uma queixa pelo site, ela nunca será respondida. É necessário ir lá e reclamar pra ver um resultado tímido que dura uns poucos dias. Esse descaso precisa parar. O transporte é público, e os funcionários têm o dever de cumprir horário e itinerário! Já não basta o serviço custar uma fortuna, ainda consegue a proeza de ter uma das piores qualidades oferecidas de que se tem notícia”.
O espaço está aberto para que as empresas São Miguel e Viametro possam se manifestar.

CRIANÇA AGREDIDA POR COBRADORA EM ÔNIBUS DA SÃO MIGUEL, DENUNCIA LEITOR

Agressão teria ocorrido no coletivo que faz linha para o condomínio Morada do Porto.

Agressão teria ocorrido no coletivo que faz linha para o condomínio Morada do Porto.

Em contato com a nossa redação, um leitor afirmou que essa semana, no condomínio Morada do Porto, uma criança foi agredida pela cobradora que trabalhava no coletivo. Tudo isso porque, ao passar o cartão estudantil, ela constatou que não havia mais crédito.
Segundo o leitor, a cobradora, notadamente fora de controle, se apoderou dos pertences da criança, que ainda teria sido imprensada na porta pelo motorista do ônibus.
O espaço está aberto para que a empresa, caso ache que tal situação suscite isso, se manifeste.
Cremos nós que cabe aos pais da citada criança, prestarem queixa na delegacia e acionar judicialmente a empresa.

ILHÉUS: EMPRESAS DE ÔNIBUS QUEREM PASSAGEM DE R$ 3,19

via metroSegundo release distribuído à imprensa pela secretaria de Comunicação da prefeitura de Ilhéus, as empresas Viametro e São Miguel, que exploram o serviço de transporte coletivo na cidade, entraram na justiça para conseguir reajuste no preço da passagem.
De acordo com o material, as empresas exigem que a tarifa passe dos atuais R$ 2,40 para R$ 3,19, alegando “desequilíbrio econômico-financeiro”.
Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Isaac Albagli, as empresas também encaminharam a solicitação à prefeitura, porém ele garante que qualquer decisão a respeito somente será efetivada após uma análise cuidadosa das planilhas de custos.

BAIRRO DO SÃO MIGUEL ESTÁ ABANDONADO

Foto: R2CPress

Foto: R2CPress.

Estão vendo essa estrada reproduzida na imagem acima? Pois bem, ela fica situada no bairro do São Miguel, zona norte de Ilhéus, e, por incrível que pareça, um dia já foi asfalto.
A situação é lamentável. Buracos já tomaram praticamente toda a via e quando chove, a lama se espalha, causando transtornos para os moradores e transeuntes.
Essa realidade perdura desde a época do prefeito Newton Lima, e, para variar, não foi solucionada pelo atual gestor municipal. E não foi por falta de verba.
A pergunta que deixamos no ar é: Até quando?
Quem souber, por favor nos ajude.

AS ABSURDAS LATAS VELHAS DA VIAMETRO E SÃO MIGUEL

Foto: Paulo do Rap/ Ilhéus 24h.

Foto: Paulo do Rap/ Ilhéus 24h.

Uma imagem vale mais do que mil palavras? Em alguns casos sim, apesar de ser um jargão bem manjado.
Vejamos a situação de alguns ônibus das empresas São Miguel e Viametro, que fazem itinerário para os bairros do Nelson Costa e Nossa Senhora da Vitória, na zona sul da cidade.
Foto: Paulo do Rap/ Ilhéus 24h.

Foto: Paulo do Rap/ Ilhéus 24h.

Chega a ser inacreditável que empresas, que possuem uma das tarifas de passagem mais caras do país, tenham a coragem de colocar nas ruas ônibus com tais estados de conservação, colocando em risco as milhares de pessoas que se utilizam do serviço diariamente.
Será que existe alguma espécie de vontade por parte da prefeitura em fiscalizar essa situação? 
Foto: Paulo do Rap/ Iléus 24h.

Foto: Paulo do Rap/ Iléus 24h.

Pois é, depois, os errados são os jovens que ficaram acampados em frente ao palácio Paranaguá, reivindicando, dentre outras coisas, melhorias nos serviços oferecidos pelas citadas empresas de ônibus.
Foto: Paulo do Rap/ Ilhéus 24h.

Foto: Paulo do Rap/ Ilhéus 24h.

ILHÉUS: TIBINA E ADERNO SEM ÔNIBUS DESDE O INÍCIO DO MÊS

Como se já não bastasse o descaso das gestões municipais, os distritos e povoados ilheenses, muito requisitados por políticos em períodos eleitorais, sofrem com o desserviço por parte das empresas que exploram o serviço de transporte coletivo no município.
Em contato com a nossa redação, moradores de Tibina e Aderno, comunidades situadas na zona norte, denunciaram que estão sem ônibus desde o início desse mês.
Tal problema vem causando inúmeros transtornos e prejuízos para os moradores locais.
O espaço está aberto para que as empresas Viametro e São Miguel se pronunciem sobre a situação.

JABES DEU TEMPO ÀS EMPRESAS PARA “ARRUMAR A CASA”?

jabes cartaHá quanto tempo o prefeito Jabes Ribeiro fala em auditoria no sistema de transporte? Se pegarmos como parâmetro a onda de protestos iniciada em junho, já se vão quase três meses.
Ontem (terça, 03), Jabes anunciou que a Fundação Instituto de Pesquisa Econômica (Fipe), vinculada à Universidade de São Paulo (USP)m vai auditar as contas das empresas e todos os documentos referentes à concessão do sistema.
Os auditores terão 45 para concluir o trabalho, que pode resultar na redução da tarifa ou sacramentar um novo reajuste.
Teorias apontam a um motivo crucial na demora para o início da auditoria: dar tempo às empresas para que arrumassem (ou maquiassem) suas contas e não fossem pegas com a “boca na butija” durante o trabalho dos auditores.
A se confirmar.

dom eduardo

lm mudancas

arquiteto













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia