WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
coronavirus 155 Neste site
abril 2020
D S T Q Q S S
« mar    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

:: ‘Rui Costa’

NEGROMONTE PRATICAMENTE CONFIRMADO COMO VICE NA CHAPA DE RUI COSTA

TRIBUNA

Aliados blindam Negromonte em depoimento na Câmara

Mesmo com a ausência do governador Jaques Wagner (PT), que se encontra na Ásia, no governo ninguém mais tem dúvidas de que o deputado federal Mário Negromonte (PP) ganhou a disputa que travava com o presidente da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Marcelo Nilo (PDT), pela indicação de vice na chapa com que o petista Rui Costa vai disputar a sucessão estadual deste ano.
Prevaleceu na opção, tomada em conjunto pelo governador, antes da viagem, com Rui, o peso nacional do PP, inclusive, na aliança nacional com a presidente Dilma Rousseff. Além do fato de o partido ser o segundo maior no Estado depois do PT. Em poucos meses, Negromonte deve se tornar presidente nacional da agremiação. A escolha de Negromonte no PP foi acordada com o outro deputado federal que comanda com ele o partido.
Desde o início, Negromonte e João Leão haviam combinado que, na hipótese de o Senado ser dado ao PP, o segundo ficaria com o cargo. Se a oferta fosse da vice, ela seria assumida por Negromonte. Neste meio tempo, o vice-governador Otto Alencar (PSD) anunciou que se candidataria ao Senado na chapa de Rui. O anúncio da escolha do PP para companheiro de chapa de Rui deve ser feita no retorno da viagem de Wagner.
Quanto a Marcelo Nilo, teria assumido o topo na relação de futuros indicados por Jaques Wagner a um dos Tribunais de Contas. O encontro recente entre o presidente da Assembleia e Negromonte teria ocorrido já sob a resignação de Nilo com relação à escolha de Negromonte, segundo se comenta no governo.

SOLIDARIEDADE FECHA COM RUI COSTA

Evento que selou o apoio.

Evento que selou o apoio.

Mais um partido fechou apoio à pré-candidatura de Rui Costa para a disputa ao governo da Bahia nas eleições de 2014. Nesta terça-feira (14), foi a vez do Solidariedade (SDD), que selou a aliança durante  ato público, promovido na União dos Prefeitos da Bahia (UPB).  Entre militantes e lideranças políticas, mais de 400 pessoas estiveram presentes.  
Com auditório lotado de militantes do SDD, o presidente da sigla na Bahia, deputado federal Marcos Medrado, assumiu o compromisso de trabalhar para eleger Rui Costa como governador em outubro de 2014. “Ninguém vai trabalhar mais do que eu nesse propósito. Vamos eleger um homem leal, que tem compromisso com o povo baiano. Estaremos unidos, caminhando por toda a Bahia”, disse o comandante estadual da legenda.

PREFEITA DE URUÇUCA COMEMORA ESCOLHA DE RUI COSTA COMO “VITÓRIA DA MILITÂNCIA DO PT”

Rui Costa, a prefeita Fernanda Silva e o governador Jaques Wagner.

Rui Costa, a prefeita Fernanda Silva e o governador Jaques Wagner.

A escolha do Partido dos Trabalhadores em nome do secretário da Casa Civil, Rui Costa, para concorrer à sucessão do governador Jaques Wagner, em 2014, foi comentada por prefeitos, representantes de movimentos sociais, pelos outros três candidatos petistas e até por políticos da base aliada. Fernanda Silva, prefeita de Uruçuca.
Ela declarou publicamente torcer pela indicação de Costa, durante dois eventos da sigla na capital, na sexta (29) e no sábado (30), ressaltando tratar-se de uma vitória da militância organizada do PT.
“Esse processo tem um significado muito importante para o partido aqui na Bahia. O evento deste sábado, por exemplo, destaca a demonstração de força e energia da militância, o que evidencia a unidade do partido”, declarou a prefeita.
De acordo com Fernanda, a escolha interna representa a continuidade de um projeto iniciado pelo ex-presidente Lula no Brasil, que foi abraçado pelo governador Wagner e que segue com a presidenta Dilma, e na Bahia com com Rui Costa.
“Foi importante também por ter envolvido desde os membros dos setoriais, passando pelos prefeitos, deputados, representantes de grupos, de movimentos sociais, estudantes, de partidos da base do governo e de todos os militantes envolvidos no processo de debate interno”, declarou a petista, que complementou dizendo que agora será iniciada uma nova etapa dos debates da sucessão, envolvendo diretamente a base política.

SOLLA RECEBE COMENDA 2 DE JULHO DE OLHO NO GOVERNO DO ESTADO

sollaO secretário de saúde da Bahia, Jorge Solla, corre por fora como um dos nomes para disputar a sucessão ao governo baiano com o apoio de Wagner. Nas redes sociais e na imprensa, já correm releases e páginas defendendo o nome do médico ao cargo.
Disputando com homens de alto coturno do PT baiano, como Rui Costa e Walter Pinheiro, Solla recebe, nesta segunda (04), às 10h, a Comenda 2 de Julho, oferecida pela Assembleia Legislativa.
A homenagem, segundo a Alba, é pelo importante papel desempenhado por ele na melhoria da saúde dos baianos e seu destaque no cenário político.
Segundo nota enviada à imprensa, “a certificação política da Assembleia Legislativa reforça o Movimento em defesa da candidatura de Solla ao Governo do Estado da Bahia e a certeza de que seu nome é a melhor opção para garantia das conquistas alcançadas, ampliação dos avanços com determinação, competência, transparência e participação popular”.

WAGNER CHAMA CÚPULA PETISTA E ANUNCIA NOME DE RUI

POLÍTICA LIVRE
wagnerO governador Jaques Wagner (PT) deu uma “senhora” enquadrada na cúpula petista numa reunião que convocou para o Palácio de Ondina, na última segunda-feira, para discutir a sua própria sucessão e a escolha do comando do partido em Salvador.
Logo na abertura do encontro, para o qual foram convidados representantes de todas as tendências petistas, Wagner disse que todo o PT sabe quem é seu candidato a governador para 2014, embora não tenha citado nominalmente Rui Costa, chefe da Casa Civil do governo. Nem precisava.
Wagner reafirmou seu controle sobre o processo sucessório na Bahia, descartando interferências externas que passem, por exemplo, pela presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula, e ainda disse que não há hipótese de aceitar prévias para a escolha do nome do PT à sua sucessão.
Seguindo o que lhe indicam pesquisas de intenção de voto e o apelo de experientes quadros partidários, o governador também sugeriu que o partido deve escolher até o próximo dia 9 de novembro quem deve concorrer a governador no grupo. A idéia é não perder mais tempo.
Nem deixar que a oposição bote o seu bloco na rua antes do do governo. Na conversa, Wagner deixou claro também que não quer saber de briga com relação às eleições para a escolha do comando do PT em Salvador, apesar de dizer que não vai se intrometer no assunto.
Mandou, entretanto, um recado indicativo de que não quer que o partido passe por mais desgastes: – Voces se acertem!, disse. Participaram do encontro o presidente do PT, Jonas Paulo, seu virtual sucessor, Everaldo Anunciação, e os deputados federais Nelson Pelegrino, Afonso Florence e Valmir Assunção.
Os nomes representam o cardinalato petista e as quatro mais importantes correntes petistas. Houve quem, minoritariamente, deixasse o encontro descontente com o tom impositivo assumido na reunião por Wagner, fato quase inédito na relação do governador com o partido e suas principais lideranças.
Mas ninguém sequer insinuou que pretende descumprir as recomendações de Wagner.

RUI COSTA FARÁ O POSSÍVEL PARA SER CANDIDATO A GOVERNADOR

rui
De acordo com a coluna Raio Laser, o secretário Rui Costa (PT), chefe da Casa Civil da Bahia, vai fazer o possível para ser o escolhido como candidato à sucessão do governador em 2014.
Em entrevista à rádio CBN Salvador, ontem pela manhã, ele afirmou que não se considera o candidato preferido de Jaques Wagner, como é apontado pela imprensa e por políticos da base e da oposição.
“A sucessão depende muito de tudo que nós conseguirmos materializar em 2014. As pessoas sempre citam a amizade que eu tenho com o governador há mais de 30 anos. Eu cultivo essa amizade, mas amizade sozinha não é suficiente para liderar um projeto de suceder o governador. É preciso mais do que isso, mas vamos fazer o possível para viabilizar, e seria uma honra muito grande, mas vamos deixar o tempo passar…”.

SUCESSÃO 2014: QUEM SERÁ O CANDIDATO DO PT PARA GOVERNADOR?

ptMuitas emoções estão sendo reservadas ante o embate enxadrístico envolvendo dos possíveis nomes para a sucessão governamental do ano que vem. Isso, com destaque mais do que especial para o partido do governador Jaques Wagner.
De acordo com a coluna Raio Laser, tem petista garantindo que nem Luiz Caetano nem José Sérgio Gabrielli vão abrir mão da candidatura no PT em favor do colega Rui Costa.
Eles afirmam não ter motivos para entregar de bandeja a candidatura ao correligionário, apesar dele ser o preferido do Galego.
O que, ainda segundo a coluna, baseada em depoimentos de petistas ligados a Luiz Caetano, não seria motivo suficiente.
Eles acreditam piamente que, antes de assegurar a desistência dos colegas, Rui tem que mostrar se tem realmente condições de se viabilizar como candidato de todo grupo ao governo.
Enquanto isso, Gabrielli vai tocando seus projetos na secretaria de Planejamento do Estado.
Já Caetano, vai percorrendo os quatro cantos da Bahia, com o objetivo de mobilizar apoiadores políticos e a própria militância petista que, segundo ele, deve ser ouvida nesse processo eleitoral pré-2014. 

NOVO AEROPORTO DE ILHÉUS TERÁ DUAS PISTAS

Vista aérea da Ceplac, área próxima de onde ficará o novo aeroporto. Foto: José Nazal.

Vista aérea da Ceplac, área próxima de onde ficará o novo aeroporto. Foto: José Nazal.

O governador Jaques Wagner e o secretário da Casa Civil da Bahia, Rui Costa, se reuniram, na manhã de segunda-feira (01/07), com o ministro da Secretaria da Aviação Civil, Moreira Franco, em Brasília, para agilizar o processo da reforma e construção de uma segunda pista de voo do Aeroporto de Salvador, bem como tratar das pendências ainda existentes para a construção dos aeroportos de Ilhéus, Vitória da Conquista e de Feira de Santana.
Sobre a construção do novo aeroporto de Ilhéus, o ministro Moreira Franco considerou a possibilidade de conceder uma delegação ao governo da Bahia para tratar da transferência do aeroporto de Ilhéus para o novo sítio junto à CEPLAC. O novo aeroporto terá duas pistas de 3 mil metros.
“Fizemos uma radiografia das pendências para a construção dos novos aeroportos de Ilhéus, Vitória da Conquista e Feira de Santana, além da construção da segunda pista do aeroporto de Salvador, muito necessária para a Copa de 2014”, afirmou Wagner. “Estamos fazendo nosso dever de casa com eficiência e rapidez”, concluiu.

RUI COSTA PEDE A BÊNÇÃO DE DOM MAURO

A conversa foi intermediada por Jabes Ribeiro. Foto: Ilhéus 24h.

A conversa foi intermediada por Jabes Ribeiro. Foto: Ilhéus 24h.

Provável candidato ao governo do Estado com apadrinhamento de Jaques Wagner, Rui Costa, atual secretário da Casa Civil, teve dois dedinhos de prosa com o Bispo Dom Mauro Montagnoli, nesta quinta (27), em Ilhéus.
O teor da conversa não era muito perceptível. Alguns apostam que o secretário pediu a bênção do religioso à candidatura. 

CORRENTES DO PT TENTAM EMPLACAR RUI COSTA PRA GOVERNADOR

Rui Costa.

Rui Costa.

Colunista do Correio 24h, Jairo Costa Júnior revela pressão de três tendências petistas para emplacar o nome do secretário estadual da Casa Civil, Rui Costa, como candidato ao governo baiano em 2014.
As correntes, Reencantar, liderada por Rui e pelo governador Jaques Wagner; Esquerda Popular Socialista (EPS), controlada pelo deputado federal Valmir Assunção e pelo MST; e Construindo um Novo Brasil (CNB), ala que concentra membros da velha guarda do PT, como o deputado federal Zezéu Ribeiro, se reuniram no fim de semana em Salvador.
Juntas, controlam 70% do partido na Bahia e, além do nome de Rui para o governo do estado, deve emplacar o novo presidente estadual da legenda, o ilheense Everaldo Anunciação. A eleição acontece em novembro deste ano.



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia