WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

:: ‘PSB’

PSB REAGE A MARINA E DIZ QUE CANDIDATO EM 2014 É CAMPOS

marinaUm dia depois de a senadora Marina Silva afirmar em entrevista ao jornal Folha de São Paulo que tanto ela quanto o governador Eduardo Campos são “possibilidades” para 2014, integrantes do PSB afirmaram que o nome que aparecerá na urna no dia 5 de outubro de 2014 como o candidato do partido à Presidência será o de “Eduardo Henrique Accioly Campos”.
“Não tem isso de discutir lá na frente posição na chapa. A candidatura posta é a de Eduardo e ela vai até o dia da eleição. A cabeça de chapa se chama Eduardo Henrique Accioly Campos e esse será o nome na urna no dia da eleição”, afirmou o secretário-geral do PSB, Carlos Siqueira.
Um dos congressistas que participaram da articulação para a aliança Campos-Marina, o senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) também negou a possibilidade de que o governador possa vir a ceder a vaga a Marina, a depender das circunstâncias.
“Os que apostarem em uma disputa entre Eduardo e Marina vão perder. Não tenho nenhuma dúvida de que a Marina fez opção pela candidatura do Eduardo, e essa candidatura vai até o fim.”
Nesta terça (9), Marina reclamou do destaque dado à sua declaração e disse que falava só em possibilidades para o Brasil, mas voltou a se negar a responder diretamente se descarta a sua postulação.
Apesar de reconhecerem o constrangimento, integrantes do PSB dizem, nos bastidores, que Marina não deixará clara agora a sua possível desistência de concorrer ao Planalto por dois motivos: risco de desmobilização na Rede, o partido que ela tentou criar, mas foi barrado pela Justiça Eleitoral, e possibilidade de que Campos vire o foco principal dos adversários.
De acordo com o Datafolha, Marina tem 26% das intenções de voto contra 8% de Campos, o que leva militantes da Rede a defender que ela seja a cabeça de chapa.
:: LEIA MAIS »

ALDEMIR SERÁ JULGADO PELA COMISSÃO DE ÉTICA

Aldemir e a indecência. Montagem de Igor.

Aldemir e a indecência. Montagem de Igor.

A mesa diretora da câmara de Ilhéus estuda a possibilidade de levar o caso do vereador Aldemir Almeida à comissão de ética da casa. Na sessão de ontem (terça, 01), o parlamentar, do plenário, chamou estudantes de vagabundos, desocupados, usou palavras de baixo calão e ainda incitou a violência ao chamar os jovens para a porrada.
Segundo o regimento da câmara, a atitude de Aldemir caracteriza quebra de decoro parlamentar, o que pode resultar em cassação. Como o corporativismo impera nessas situações, vide a manutenção do mandato do deputado presidiário em Brasília, o vereador pode ficar tranquilo que não deve chegar a tanto.

PSB NEGA INTENÇÃO DE DEIXAR GOVERNO JABES

psbEm contato com este blog, a direção do PSB em Ilhéus negou que pretenda deixar o governo Jabes Ribeiro. No dia 29 de julho, publicamos que, para evitar o desgaste da imagem do sindicalista Bebeto Galvão, a legenda deixaria seus cargos na administração.
Em nota, o partido “vêm a público ratificar a solidariedade manifestada ao Governo Municipal”.
E continua “O PSB entende que nesse momento de crise, principalmente no que se refere ao impasse entre a Prefeitura e os sindicatos representativos dos servidores municipais, o diálogo e a boa vontade são ferramentas indispensáveis na busca de um consenso, já que tanto o governo como os servidores trabalham para reconstruir as bases de retomada do desenvolvimento do Município”. 

‘EX-GAY’, DEPUTADO EVANGÉLICO É PROCESSADO PELO PRÓPRIO PARTIDO

DO BAHIA 247
Isidoro ao lado do homofóbico Marco Feliciano.

Isidorio ao lado do homofóbico Marco Feliciano. Foto: Brasil 247.

O PSB baiano abriu um processo disciplinar contra o deputado estadual Sargento Isidório em função de suas declarações contra as relações homoafetivas. Isidório, que também é pastor e se declara como ex-gay, afirma que não quis ofender ninguém com as suas afirmações e aponta estar sendo vítima de uma “patrulha do pensamento” promovida pela sua legenda.
De acordo com o jornal A Tarde, a presidente estadual do PSB, senadora Lídice da Mata, se mostrou surpresa com o comportamento adotado pelo correligionário. “Ninguém pode dizer que é normal a forma que ele vem se referindo à imprensa e à sociedade baiana, usando termos chulos e agressivos. Ele desrespeitou a sociedade, o partido que o elegeu e a própria Assembleia Legislativa, em que ele está na condição de deputado”,  afirmou a parlamentar.
Em suas declarações, O deputado estadual  referiu-se aos homossexuais como “viadagem” e portadores de uma “maldição”, manifestou-se abertamente contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo, além de dizer que tragédias como a seca no Nordeste e os recentes atentados em Boston (EUA) estão relacionados á liberalização dos costumes e ao crescimento do homossexualismo. O pastor também alegou que as relações do gênero são o fim da humanidade, uma vez que não possuem a finalidade de perpetuar a espécie humana.

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia