WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
bahiagas Neste site
novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

:: ‘Prouni’

PROUNI ABRE CONSULTA PARA VAGAS DE BOLSAS DE ESTUDO PARCIAIS E INTEGRAIS

São 242 mil bolsas de estudo integrais e parciais em instituições de ensino superior particulares; inscrições começam em 6 de fevereiro. Foto: Reprodução/MEC.

O Ministério da Educação liberou, na tarde desta segunda-feira (29), a consulta para vagas do Programa Universidade para Todos (Prouni) do primeiro semestre de 2018. O programa, que oferece bolsa de estudo parciais e integrais no ensino superior particulares, vai abrir as inscrições em 6 de fevereiro. Clique para ler o edital

A inscrição, que começa no dia 6, deverá ser feita via internet, no site do programa (http://prouniportal.mec.gov.br).

Neste semestre, o MEC vai oferecer 242.987 vagas em 2.976 instituições de ensino particulares. Dessas, 113.863 são bolsas de estudo integrais (37.604 para cursos a distância) e 129.124 são bolsas de estudo parciais.

:: LEIA MAIS »

PROUNI TEM 50 MIL VAGAS ABERTAS

prouniTerminam no próximo domingo (7/9) as inscrições para os interessados nas 50 mil vagas remanescentes do Programa Universidade para Todos (Prouni).

Segundo o Correio, apesar do Ministério da Educação (MEC) não ter divulgado dados regionais de vagas que sobram pelo programa, a Bahia contou, em 2013, com 11,3 mil bolsas. Dessas, 7.434 integrais e 3.696 parciais. 

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER.

Inscrições

De acordo com o MEC, pode se inscrever às bolsas remanescentes do segundo semestre do Prouni 2014 o candidato que atenda a pelo menos uma das exigências do programa listadas abaixo. 

É preciso ter efetuado inscrição, em todas as suas opções, em cursos com registro de não formação de turma no processo seletivo do Prouni referente ao segundo semestre de 2014. Outro requisito é que o candidato seja professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição pública.

O candidato pode se inscrever no Prouni, também, se participou do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir da edição de 2010. Ele precisa ter obtido, em uma mesma edição, média das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos e nota superior a zero na redação.

Bolsas

Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve ter cursado o ensino médio em escola pública ou particular com bolsa integral. Além disso, é necessário  ter renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa.

Para as bolsas parciais, de 50% do curso, a renda familiar bruta mensal pode ser de até três salários mínimos por pessoa. O estudante que conseguir apenas uma bolsa parcial pode custear a outra parte por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) sem necessidade de fiador.

MEC MUDA ALGUMAS REGRAS DO PROUNI E DO FIES

prouni-35987Ministério da Educação (MEC) mudou este ano algumas regras do Programa Universidade para Todos (ProUni) e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). No Fies, o contrato passa a ser casado ao Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (Fgeduc), antes opcional. No ProUni, a isenção fiscal passa a ser feita com base nas vagas preenchidas e não mais nas vagas ofertadas, como era até o fim do ano passado.
O Fgeduc existe desde 2009. O fundo cobre a partir de 80% dos contratos não cumpridos. Para isso, a mantenedora paga uma taxa de 5,63% sobre o total do financiamento mensalmente, ou 6,25% da parcela das operações de financiamento. Sem o Fgeduc, caso o estudante ficasse inadimplente, a instituição pagava 15% do valor.
Para os estudantes, a adesão ao Fgeduc faz com que seja dispensada a necessidade de fiador, o que facilita a contratação do Fies. Para as instituições, os custos aumentam, mas segundo entidades do setor, os dois programas ainda são atrativos. Procurado, o Tesouro disse que não comentaria o impacto nas contas públicas.
O diretor de Gestão de Fundos e Benefícios do Fundo Nacional deDesenvolvimento da Educação (FNDE), Antônio Corrêa Neto, disse que cerca da metade das instituições já tinha aderido ao Fgeduc. “Com a mudança, quase a totalidade das instituições já fez adesão ao Fgeduc e permaneceu no programa. O nosso objetivo é democratizar ainda mais o acesso à educação superior na medida em que a adesão favorece os estudantes de baixa renda, que têm dificuldade de conseguir um  fiador”. 
:: LEIA MAIS »

MEC DIVULGA RESULTADO DE PRIMEIRA CHAMADA DO PROUNI

prouni
Os estudantes que se inscreveram no Programa Universidade Para Todos (ProUni) já podem conferir o resultado da primeira chamada pelo site do Ministério da Educação, pelo número 0800 616161 ou nas instituições participantes.
Se aprovado, o candidato deverá comparecer à instituição onde se candidatou com a documentação necessária para a comprovação das informações prestadas na ficha de inscrição até o dia 24 de janeiro. Os candidatos que não conseguirem apresentar a documentação exigida ou perderem o prazo serão reprovados.
Aqueles que não tiverem o nome na lista de aprovados em primeira chamada terão oportunidade na segunda chamada, que será divulgada no dia 3 de fevereiro. Para eles, o prazo de comprovação das informações prestadas na ficha de inscrição será até 6 de fevereiro.
Os candidatos que não tiverem sido aprovados em nenhuma das duas chamadas poderão manifestar interesse em aguardar por uma vaga na lista de espera nos dias 13 e 14 de fevereiro. As bolsas remanescentes serão distribuídas para esses candidatos conforme as notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Caso seja chamado na lista de espera, o candidato terá os dias 19 e 20 de fevereiro para comparecer à instituição com a comprovação dos dados da ficha de inscrição.
A documentação necessária para a comprovação das informações está descrita no site do MEC e inclui, além dos documentos de identificação pessoal como carteira de identidade e comprovante de reservista, comprovantes de rendimento e residência, comprovante de conclusão do ensino médio, de pagamento de pensão alimentícia e de deficiência, se for o caso. Professores deverão comprovar que exercem o magistério na educação básica e que são do quadro permanente de escola pública.
Podem se candidatar a uma bolsa integral ou parcial no ProUni os professores de ensino fundamental público que queiram cursar licenciatura, ex-estudantes de escola pública ou de escola particular que tenham utilizado bolsa integral e estudantes com deficiência.
Eles precisam comprovar renda bruta familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa, para quem quiser bolsa integral, de até três salários mínimos por pessoa em caso de disputa por bolsa parcial de 50%. É necessário ainda ter participado do Enem e ter alcançado nota mínima de 450 pontos, além de não ter tirado zero na prova de redação.

ESTUDANTES SELECIONADOS NO PROUNI TÊM ATÉ HOJE PARA FAZER MATRÍCULA

proTermina hoje (7) o prazo para que os estudantes selecionados na lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) façam a matrícula na instituição de ensino superior. Além disso, eles deverão comprovar as informações prestadas no momento da inscrição.
O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em instituições privadas de ensino superior. A segunda convocação da lista de espera ocorre no próximo dia 12 com prazo para matrícula e comprovação de informações até o dia 15.
Podem concorrer às bolsas do ProUni os estudantes que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede particular, na condição de bolsista integral. Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda bruta familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais, no valor de 50% da mensalidade, a renda bruta familiar deve ser até três salários mínimos por pessoa.
Se inscrevem no programa os estudantes que tenham feito a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas. É preciso ainda ter obtido nota superior a zero na redação.
Professores da rede pública de ensino do quadro permanente que concorrerem a cursos de licenciatura também podem participar do ProUni. Nesse caso, não é necessário comprovar renda.

ESTUDANTES TÊM ATÉ HOJE PARA SE INSCREVER NO PROUNI

O prazo para inscrições no Programa Universidade para Todos (ProUni) termina hoje (27) às 23h59. As inscrições devem ser feitas no site do programa. Inicialmente, o prazo final era o dia 25, mas o Ministério da Educação prorrogou a data. O ProUni oferece bolsas em instituições particulares de ensino superior.
Pode se inscrever o estudante que tenha feito a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas. O candidato não pode ter zerado a redação e deve ter cursado todo o ensino médio na rede pública ou ter tido bolsa integral em escola particular.
Com o adiamento da data para inscrições, o calendário do ProUni foi modificado. O processo terá duas chamadas. O resultado da primeira será divulgado no dia 30, e não mais no dia 28, pela internet. Do dia 1º de julho ao dia 8, o estudante pré-selecionado deverá comparecer à instituição de ensino para comprovar as informações prestadas no momento da inscrição, providenciar a matrícula e, se for o caso, participar de seleção própria da escola.
:: LEIA MAIS »

INSCRIÇÕES NO PROUNI SÃO ADIADAS

prouniAs inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni) foram prorrogadas para a próxima quinta-feira (27). Os estudantes teriam até hoje terça (25) para se inscrever, agora podem fazê-lo até as 23h59 do dia 27. As inscrições devem ser feitas no site do ProUni. Com o adiamento, o calendário do ProUni também teve modificações.
Segundo o último balanço divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), até as 18h desta terça-feira, foram registradas 336.748 candidatos inscritos e 648.807 inscrições a bolsas — cada estudante pode fazer até duas opções de curso. De acordo com o MEC, o adiamento foi feito para que mais estudantes possam fazer a inscrição. 
O Prouni oferece bolsas em instituições particulares de ensino superior. Pode se inscrever no programa o estudante brasileiro que não tenha diploma de curso superior. É preciso ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas. 

PRAZO PARA INSCRIÇÕES NO PROUNI TERMINA NESTA TERÇA-FEIRA

Termina nessa terça-feira (25) o prazo para as inscrições no Programa Universidade para Todos (ProUni). O programa é destinado aos estudantes que querem concorrer a bolsa de estudos em instituições particulares de educação superior. As inscrições devem ser feitas no site do ProUni até as 23h59.
O estudante que não tem o diploma de conclusão do curso superior também pode se inscrever no ProUni. É preciso, no entanto, que ele tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas. O candidato não pode ter zerado a redação e deve ter cursado todo o ensino médio na rede pública ou conseguido bolsa integral em escola particular.
O último balanço divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) registrou, até as 8h30 de hoje (24), 192 mil candidatos inscritos e 369 mil inscrições. Cada estudante pode fazer até duas opções de curso. Segundo o MEC, serão 90.010 bolsas no segundo semestre de 2013, entre bolsas integrais e parciais.
As bolsas integrais do ProUni são para os estudantes com renda bruta familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais são destinadas aos candidatos com renda bruta familiar de até três salários mínimos, por pessoa.
O processo terá duas chamadas. O resultado da primeira será divulgado no dia 28, pela internet. Desse dia até 5 de julho, o estudante pré-selecionado deverá comparecer à instituição de ensino para comprovar as informações prestadas no momento da inscrição, providenciar a matrícula e, se for o caso, participar de seleção própria da instituição.
O resultado da segunda chamada está previsto para 13 de julho. O estudante terá de 15 a 19 de julho para comprovar as informações e providenciar a matrícula.
Os candidatos não selecionados nessas etapas podem aderir à lista de espera do dia 26 a 29 de julho. Eles começarão a ser convocados a partir do dia 2 de agosto.

PROUNI ABRE INSCRIÇÕES COM 90 MIL BOLSAS

Os interessados em um bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni) podem se inscrever até o próximo dia 25. O programa, que oferece bolsas em instituições particulares de ensino superior, abriu inscrições nesta sexta-feira, 21. Serão ofertadas 90.045 bolsas, sendo 55.693 integrais e 34.352 parciais. Os candidatos podem fazer a inscrição online e consultar número de vagas por instituição no página do programa na internet. O processo terá duas chamadas. O resultado da primeira será divulgado no dia 28, pelo site.
Até 5 de julho, o estudante pré-selecionado deverá comparecer à respectiva instituição de ensino para conferência das informações prestadas no momento da inscrição, providenciar a matrícula e, se for o caso, participar de seleção própria da instituição. O resultado da segunda chamada está previsto para 13 de julho. O estudante terá de 15 a 19 de julho para comprovar as informações e providenciar a matrícula. Criado em 2005, o ProUni oferece bolsas de estudos em instituições particulares de educação superior a estudantes que cursaram o ensino médio na rede pública.
Também são atendidos bolsistas integrais de escolas particulares. A seleção dos candidatos é feita através das notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para fazer a inscrição, o estudante deve ter nota média mínima de 450 pontos no Enem e não pode ter zerado na redação. Para a bolsa integral, o candidato precisa comprovar renda bruta familiar de, no máximo, 1,5 salário mínimo por pessoa. Para a bolsa parcial, de até três salários mínimos.

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia