WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: ‘prefeito’

JABES RIBEIRO – PREFEITO PEÇA DE MUSEU

POR ALISSON MENDONÇA, VEREADOR PELO PT DE ILHÉUS

Alisson Mendonça (PT), vereador ilheense líder da bancada de oposição.

O Palácio Paranaguá, deve permanecer como sede do poder Executivo, e até mesmo abrigar um museu, como é o caso da Casa Rosada na Argentina, sede da presidência da República da Argentina e museu da Casa do Governo, aos finais de semana é aberto ao público para visitações (experiência de sucesso).
Soa até engraçado o assunto preferido do alcaide, transformar o prédio onde funciona a prefeitura em museu. O “projeto” é, reformar o espaço que abrigava a Coelba (bairro da Conquista), e transferir a sede do governo municipal para aquela localidade. Isso mesmo, depois de um ano e meio sem conseguir construir uma única escola e nem reformar as existentes, o prefeito “viaja” com essa ideia “transformadora”, e diga-se de passagem, sem a anuência da população.
Pois bem, como a Câmara de Vereadores se transformou num “apêndice” do Executivo, uma espécie de secretaria de assuntos legislativos, portanto, um espaço estéril, só nos resta abrir essa discussão nas redes sociais, e para isso devemos ponderar alguns aspectos.
– A cidade necessita mesmo é de um CENTRO ADMINISTRATIVO, descente, amplo, com estacionamentos, prédios modernos e fora do centro histórico, uma obra para a Ilhéus do futuro, moderna.
– O espaço da Coelba deve ser utilizado para outros fins, transformando-o em equipamento para uso dos moradores do bairro da Conquista, tão carente de espaços de convivência, lazer, esportes…
– O Palácio Paranaguá, deve permanecer como sede do poder Executivo, e até mesmo abrigar um museu, como é o caso da Casa Rosada na Argentina, sede da presidência da República da Argentina e museu da Casa do Governo, aos finais de semana é aberto ao público para visitações. (experiência de sucesso).
– O Palácio tem salões amplos, tanto no térreo, utilizado pelo setor de tributos como no primeiro andar, onde funciona a procuradoria, que podem abrigar museus e espaços para reuniões dos setores organizados da sociedade como chefe do poder executivo, atos solenes…
– A cidade possui o Museu do Cacau (abrigado no prédio do antigo ICB) que está sendo restaurado pela UESC, o Museu do Instituto Nossa Senhora da Piedade, o Museu de Misael Tavares, no Ilhéus Hotel e o museu da Maramata.
– E que tal mais um museu ali no prédio da antiga Escola General Osório?
Pois bem, feitas as ponderações, chamo a atenção da sociedade organizada e do cidadão a da cidadã comum, para a urgência no debate do tema, pois, o prefeito já autorizou a licitação, e se continuarmos calados, ele põe no projeto a confecção da sua própria estátua, para ser edificada ao lado da de Sapho, na praça JJ Seabra.

 

JABES ESCREVE CARTA AOS ILHEENSES

Há 25 dias sem pisar os pés no local de trabalho, com greve de servidores e ocupação de estudantes prestes a completar um mês, prefeito ainda busca culpados para problemas e volta a falar em pacto vazio, que nem ele mesmo acredita. Confira.
jabes cartaTodos sabíamos da situação da Prefeitura de Ilhéus, mas a realidade que encontramos superou as piores projeções que pudéssemos fazer.
Estamos diante de um quadro de total desorganização das contas públicas.

Dois caminhos se apresentam:

1- Deixar tudo como está e repetir o modelo que sucateou os serviços públicos a níveis intoleráveis, que levou a rejeição das contas de Ilhéus, pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), nos últimos cinco anos, ou

2- Promover avanços e adotar medidas inadiáveis que garantam:
a) Pagamento sem atrasos dos salários dos servidores;
b) Serviços públicos de qualidade, priorizando investimentos em saúde e educação;

c) Preparar o município para receber as obras estruturantes que estão chegando, (PORTO SUL, PONTE ILHÉUS-PONTAL, NOVO HOSPITAL REGIONAL, ZPE, SANEAMENTO BÁSICO DA BACIA DO PONTAL, DENTRE OUTRAS.) com geração de emprego e renda pro nosso povo.

Escolhemos o caminho do desenvolvimento, temos consciência das nossas dificuldades e da necessária firmeza para enfrentar resistências conhecidas e grupos acostumados nos últimos anos a impor suas reivindicações a qualquer custo, mesmo que as finanças públicas estivessem, como estão, destroçadas.

O desafio é enorme, mas possível. Convidamos a sociedade civil, a Câmara de Vereadores, o Ministério Público, as Igrejas e propusemos o “PACTO POR ILHÉUS”. Abrimos as contas da Prefeitura, fortalecemos a transparência na administração e atendemos a tudo que nos foi solicitado, respeitando os preceitos legais.
Infelizmente, mesmo estando em pleno processo de negociação e de construção do entendimento, os sindicatos conduziram os servidores a uma greve, apresentando uma pauta que, se atendida, fará com que a folha salarial consuma mais de 70% da arrecadação municipal, ferindo à Lei de Responsabilidade Fiscal, que limita os gastos com pessoal em, no máximo, a 54% das receitas correntes líquidas, e inviabilizando a prestação de serviços públicos essenciais à população.
Estamos aguardando a resposta do TCM à consulta que fizemos para esclarecer possíveis dúvidas sobre os números que o Governo apresentou à sociedade organizada. Continuamos com as mãos estendidas ao diálogo com todos e reafirmamos o compromisso com a reorganização da nossa cidade.

Com paciência, trabalho e clareza de objetivos, Ilhéus sairá mais forte.

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia