WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
prefeitura ilheus



its brasil







casa melo

agua mineral gabriela

auto escola brandao

whatsapp ilheus 24hs
janeiro 2022
D S T Q Q S S
« dez    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: ‘Porto Sul’

LICENÇA PRÉVIA DO PORTO SUL É CANCELADA

TRIBUNA DA BAHIA
Foto de Aritaguá, área onde será construído o porto.

Foto de Aritaguá, área onde se pretende construir o porto.

Em entrevista exclusiva à Tribuna da Bahia, o superintendente do Ibama na Bahia, Celio Costa Pinto, revelou como andam os processos envolvendo o Porto Sul e a Ferrovia da Integração Oeste Leste, Fiol. Em relação às obras do Porto Sul, Celio Costa Pinto diz que a Licença Prévia foi cancelada após manifestação dos Ministérios Público Estadual e Federal e não há data prevista da liberação e muito menos do inicio da construção do porto.
“Eles entenderam que haveria necessidade de se fazer mais duas Audiências Públicas e emitir novo parecer. Havíamos emitido a licença previa em novembro de 2012 e foi acordado que 38 programas seriam elaborados e posteriormente apresentados ao Ibama para depois, se aprovado, emitir a Licença de Instalação. Após a ação civil pública emitida pelos Ministérios Públicos a Licença Previa foi suspensa”, informa.
O projeto Porto Sul associado à Ferrovia Oeste-Leste, Fiol, prometem dotar a Bahia de uma mega infraestrutura logística, propiciando um novo vetor de desenvolvimento regional. Ele é um empreendimento do Governo do Estado da Bahia que pretende criar um novo horizonte para o desenvolvimento socioeconômico de todo o Estado. Com um investimento de R$ 3,5 bilhões, o Porto Sul será construído em Ilhéus, no litoral sul baiano.

:: LEIA MAIS »

AGRICULTORES RECLAMAM DAS INDENIZAÇÕES DO PORTO SUL E FAZEM PETIÇÃO ONLINE

Valor injusto?

Valor injusto?

Donos de propriedades que estão dentro da poligonal do Porto Sul, na região de Aritaguá, zona norte de Ilhéus, reclamam do preço estipulado pelo governo do Estado para as desapropriações.
Marcelo Abrantes, agricultor familiar, classificou como “vandalismo” o que o governo tenta fazer com 228 famílias moradoras da região.
Segundo Marcelo, os proprietários pedem que governo pratique os mesmos valores aplicados pela Valec nas desapropriações para a construção da FIOL.
Outro produtor ouvido por este blog questiona: “Com os valores propostos pelo Estado, vamos viver como?”.
Na última quinta-feira (04), os donos de terras participaram de protesto no centro de Ilhéus e exibiram faixas questionando o governo.
Para tentar um recuo do poder público, uma petição circula nas redes sociais. Para assinar, clique aqui.

PORTO SUL: TERMINAIS PRIVADOS SÃO AUTORIZADOS PELO GOVERNO FEDERAL

porto sulOs terminais do complexo Porto Sul, a serem construídos em Ilhéus (BA), constam na lista dos 50 terminais de uso privado autorizados nesta quarta-feira (3) pelo governo federal, durante evento no Palácio do Planalto.
O Terminal de Utilização da Zona de Apoio Logístico, da Sociedade de Propósito Específico (SPE), e o Terminal de Uso Privativo (TUP), da empresa Bahia Mineração (Bamin), são os primeiros terminais privados na Bahia autorizados pela presidente Dilma Rousseff após a nova legislação portuária brasileira – Lei nº. 12.815 de 5 de junho de 2013.
Segundo o Palácio do Planalto, serão R$ 11 bilhões de investimentos privados que vão contribuir para remover os entraves do setor, aumentar a capacidade portuária e elevar a concorrência, com mais eficiência e menor custo logístico. O Porto Sul receberá cerca de 50% desse valor, são R$ 5,6 bilhões de investimentos privados no porto baiano. A inclusão dos terminais do Porto Sul na primeira seleção do governo federal foi comemorada pelo secretário da Casa Civil do Governo da Bahia, Rui Costa. “Fazer parte dessa seleção é fundamental para a Bahia. Com a inclusão dos terminais, temos mais um passo concreto para o novo porto”, disse Rui Costa. Ele também ressaltou que o investimento privado no setor portuário traz celeridade aos projetos e reduz custos. “O Porto Sul será o que receberá o maior montante de investimentos”, afirmou Rui Costa.
De acordo com o secretário, o Governo da Bahia, em consonância à nova legislação, prepara o lançamento do edital de chamamento público que constituirá a SPE. “Estamos finalizando o texto. E vamos escolher as empresas que serão parceiras do Estado no empreendimento”.
A previsão é que até o fim deste ano a construção do porto comece. O Porto Sul movimentará cargas de todos os tipos de granel e cargas em seus diversos acondicionamentos, com estimativa, no 25º ano de funcionamento, de operar 100 milhões de toneladas/ano.

COM ÁREA DEFINIDA, OBRAS DO PORTO SUL COMEÇAM EM 2014

Cerimônia aconteceu em Salvador.

Cerimônia aconteceu em Salvador.

O governador Jaques Wagner assinou ontem (quinta, 06), a concessão de uma área de 494 hectares para implantação do Terminal de Uso Privativo (TUP) no Complexo Porto Sul, em Aritaguá, Ilhéus. A cerimônia contou com a participação de políticos como o presidente da câmara de Ilhéus, Dr. Jó, o prefeito Jabes e o deputado estadual Rosemberg Pinto.
Segundo o governador, “Sem a nova formatação definida para o setor portuário, cuja lei foi sancionada ontem pela presidente Dilma Rousseff, não seria possível nem viável a construção do Porto Sul nos moldes em que está sendo planejado”.
As obras do porto devem começar no início de 2014, o investimento no terminal privado da Bamin, que explora minério de ferro no município de Caetité, está orçado em R$ 2 bilhões, e prazo de conclusão em 3,5 anos, segundo o presidente da empresa, Francisco Viveiros.
O terminal da Bamin será utilizado na estocagem e movimentação de minérios a serem embarcados no terminal portuário. Todas as obras de infraestrutura no Porto Sul realizadas pela Bamin serão compartilhadas com o poder público.

GOVERNO CONCEDE ÁREA PARA O PORTO SUL

BLOG DO THAME
Aritaguá.

Aritaguá.

O contrato de concessão de área do Estado para implantação do terminal de uso privativo da empresa Bahia Mineração (Bamin) no Complexo Porto Sul, a ser instalado em Aritaguá (Ilhéus), será assinado nesta quinta-feira (6), às 14h, na Governadoria. O ato contará com a presença do governador Jaques Wagner e do presidente da Bamin, José Francisco de Viveiros.
Também participam da cerimônia os secretários estaduais Rui Costa (Casa Civil) e Carlos Augusto Costa (Indústria Naval e Portuária), além do diretor-geral do Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba), Saulo Pontes.
O terminal movimentará o minério de ferro produzido pela empresa – cerca de 25 milhões de toneladas/ano. A Bamin é a primeira investidora privada no novo complexo portuário da Bahia. O Porto Sul movimentará cargas de todos os tipos de granel (minérios, grãos agrícolas, óleos, combustíveis) e cargas em seus diversos acondicionamentos, com estimativa, no 25º ano de funcionamento, de operar 100 milhões de toneladas/ano.

JABES CALOU OS AMBIENTALISTAS?

caladosAlguém por acaso tem notícias daqueles pseudo ambientalistas que tanto rebuliço faziam na cidade?  Eles andam calados. Misteriosamente quietos.
Onde está o ímpeto combativo, que não pestanejava em apontar e gritar aos quatro cantos, os crimes ambientais que seriam causados com a vinda do Porto Sul?
Estranho silêncio. Será que mudaram de lado?
Dizem por aí que agora eles andam trocando afagos com o prefeito de Ilhéus, após terem sido agraciados com mimos e afins. Ora bolas, o comandante do Paranaguá  é da base aliada do governo Wagner, e, vale ressaltar, a construção do Porto Sul é a “menina dos olhos” do governador aqui na região. Motivo de orgulho e pauta onipresente em seus discursos.
Jabes é a favor do Porto Sul e é mui amigo dos ambientalistas, que até outro dia não passavam um dia sequer sem malhar o intermodal, apontando os seus males irreparáveis.
Será que se calaram, em reverência e respeito que agora devem ao gestor municipal?
É  o que comentam.





dom eduardo

lm mudancas

fale conosco













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia