WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
ilheus brindes
maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: ‘pm’

NOTA DE PESAR DA 68ª CIPM DE ILHÉUS

nota-pesar-PM-Tyrone

É com imenso pesar que a 68ª CIPM – Ilhéus/Centro informa o falecimento do Soldado PM *TYRONE THOMAZ DE AQUINO ARAÚJO*, de 44 anos. O Sd PM Tyrone foi assassinado por volta das 02h deste domingo (23), quando se encontrava com amigos no Erikão Hamburguer’s, localizado na rua Gardênia, no Nelson Costa, Zona Sul de Ilhéus. O PM foi alvejado pelas costas por elementos ainda não identificados. O mesmo foi socorrido pela SAMU, mas não resistiu aos ferimentos. As CIPM’s de Ilhéus (68ª, 69ª e 70ª) estão desde a madrugada de hoje à procura de informações e dos autores do ocorrido.

Tyrone, nascido em 01/12/1972, estava de folga, era solteiro, não tinha filhos, fazia parte da Polícia Militar, onde ingressou em data 10/03/197, estando lotado desde 07/06/2010 na 68ª CIPM – Ilhéus/Centro.

O corpo será velado no SAF da Conquista e às 16 horas deste domingo (23), ocorrerá a cerimônia de sepultamento do PM no cemitério São João Batista, no bairro da Nelson Costa.

PM PODE TER SE SUICIDADO EM ILHÉUS

Erialdo. Foto do Plantão.

Erialdo. Foto do Plantão.

O policial militar Erialdo Araújo, conhecido em meio aos colegas de farda somente por Assis, pode ter se suicidado na noite de ontem (sábado, 13).

Erialdo trabalhava no posto policial do Japu, zona rural de Ilhéus. Foi morto com um tiro no peito, que pode ter sido disparado por ele mesmo, com a própria arma de trabalho. A hipótese foi comentada pelo PM e diretor regional da Associação dos Praças (Aspra), Augusto Júnior.

PM É ASSASSINADO EM ILHÉUS

Erialdo. Foto do Plantão.

Erialdo. Foto do Plantão.

O policial Militar Erialdo Araújo de Jesus foi morto por ferimentos de arma de fogo no início da noite deste sábado (13), no distrito de Japú, em Ilhéus.

Erialdo estava lotado no 70º Pelotão Especial da PM (PETO) e morreu, segundo o site Plantão Itabuna, com um tiro no peito. Ainda não há informações sobre quem disparou a arma e as causas. Ele estaria, no momento do crime, acompanhado da namorada, que será ouvida na delegacia.

EM CARTA, ASPRA DESCARTA NOVA GREVE

A Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares no Estado da Bahia (Aspra) divulgou uma carta aberta na manhã deste sábado (19) sobre a prisão do vereador Marco Prisco Caldas Machado. A associação afirma que “sempre prezou pela manutenção da ordem pública” e não apoia um “processo de aquartelamento” dos policiais em protesto contra a prisão do vereador. 

Na nota, a Aspra também informa que passou a noite de sexta-feira (18) e a madrugada deste sábado discutindo “posicionamento frente a tropa” diante da prisão do diretor-geral da associação, que foi preso por policiais federais na tarde desta sexta, a pedido do Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA). Segundo a Polícia Federal, Prisco foi localizado em um resort na Costa do Sauípe, no Litoral Norte, e transferido para o Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília.

Clique no leia mais e confira a carta na íntegra.

:: LEIA MAIS »

COM PM EM GREVE, ALELUIA ILHÉUS É MANTIDO

Ao programa O Tabuleiro, comandando por Vila Nova na Conquista FM, o secretário de turismo de Ilhéus, Alcides Kruschewsky, confirmou a abertura do festival Aleluia Ilhéus para esta quinta (17).
A dúvida sobre a realização do evento surgiu com o anúncio da greve da Polícia Militar, decretada ontem (terça, 15). Segundo o secretário, no entanto, o número de policiais no circuito da festa será reduzido.

LÍDERES DA GREVE DESCUMPRIRAM ACORDO COM O GOVERNO

Documento oficial que teria sido assinado por Marcos Prisco, líder do movimento.

Documento oficial que teria sido assinado por Marcos Prisco, líder do movimento. Clique para ampliar.

Em entrevista coletiva concedida na noite desta terça-feira (15), na governadoria, o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, informou que o Governo do Estado está tomando todas as providências para manter a segurança da população, com a solicitação da garantia da lei e da ordem e a convocação das tropas federais. A medida foi motivada pelo anúncio da greve da Polícia Militar em assembleia da categoria, realizada no Wet’n Wild.

A proposta apresentada pelo governo aos policiais foi discutida na tarde desta terça-feira, em reunião entre o secretário, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alfredo Castro, e representantes das associações. Nesta reunião, foram incluídos pela categoria novos itens além daqueles propostos pelo governo.

“Um documento foi assinado por mim, pelo comandante-geral e por um dos líderes das associações. Ficou decidido que estas propostas seriam assumidas pelo governo. Durante a deliberação da categoria, recebi uma ligação desta liderança, informando que estava tudo acertado para a aprovação do que havia sido acordado. Ainda assim, foi decretada a greve”.

De acordo com Barbosa, entre os itens extras concedidos após a última reunião estavam: o reajuste da gratificação de Condição Especial de Trabalho (CET); a rediscussão do novo código de ética da categoria, a ser construído entre as associações e área sistêmica; e demais propostas apresentadas pela categoria até agora.

Greve 
Prisco informou que a categoria elabora esta noite uma pauta de reivindicações para ser entregue ainda hoje ao governo. Os principais pontos dela são a instalação imediata do grupo de trabalho que vai tratar da questão salarial, a implantação do CET, a questão envolvendo o subsídio, que contempla policiais da reserva e pensionista; e a aposentadoria das policiais femininas com 25 anos de serviço no posto imediato.
Ao iBahia, Prisco informou que os PMs ficam no Wet’n Wild até amanhã, quando devem definir nova estratégia. Ele disse ainda que há uma orientação para que os policiais fiquem aquartelados, como aconteceu em 2001.

PRAÇAS E OFICIAIS DA PM FAZEM ASSEMBLEIA E COGITAM GREVE

pmPraças e oficiais da Polícia Militar da Bahia se reúnem em assembleia no próximo dia 21, em Salvador, para debater a possibilidade de paralisação da categoria.
Segundo o Bahia Notícias, os PMs cobram do governo do Estado o reajuste anual do salário, em correção ao índice de inflação, o pagamento da reposição das perdas com a Unidade Real de Valor Monetário (URV) – transição para o Real, em 1994 –, o plano de carreira, mudanças no estatuto e reestruturação da classe.
A associação Força Invicta espera do governo do Estado o cumprimento das exigências até abril. Com a falta de avanço nas negociações, não está descartada uma paralisação. A última greve de policiais na Bahia foi em 2012 e acabou com um cerco de forçar federais ao prédio da Assembleia Legislativa, depois de 12 de ocupação por parte dos militares grevistas.

MENORES TERIAM INCENDIADO ÔNIBUS DE ESTUDANTES EM ITABUNA

Ônibus incendiado.

Ônibus foi evacuado antes de ser tomado pelas chamas.

Segundo o Radar Notícias, supostamente menores armados interceptaram e incendiaram um ônibus na Avenida JS Pinheiro, em Itabuna, na noite desta segunda-feira (17). Esse foi o terceiro coletivo queimado por pessoas ainda não identificadas. 
O ônibus vinha de Itapitanga e transportava estudantes universitários.
A onda de protestos começou em Itabuna depois da morte de um jovem de 14 anos, identificado como Nadson, neste domingo (16).
Há duas versões para a morte. Populares afirmam que o menino, que pilotava uma moto sem carteira e capacete, foi atropelado por viatura da PM que fazia uma perseguição no bairro Lomanto. Já de acordo com a polícia, o jovem furou o bloqueio policial, foi perseguido pela guarnição e morreu ao pular uma lombada e se chocar com o chão.
A polícia civil aguarda o laudo técnico.

CAI O NÚMERO DE HOMICÍDIOS NA ZONA SUL DE ILHÉUS

Número de homicídios caiu do lado de lá da ponte. Imagem: PM.

Número de homicídios caiu do lado de lá da ponte. Imagem: PM.

O comando da 69ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), em Ilhéus, divulgou, nesta sexta-feira (07), balanço das ações realizadas em 2013 e do número de homicídios, prisões e apreensões ocorridas na zona sul da cidade, área de cobertura da CIPM.
Segundo os dados da companhia, num comparativo entre 2012 e 2013, o número de homicídios registrados caiu drasticamente: de 39 para 26 no ano passado. De acordo com a corporação, a redução de 33% se deu por causa das ações de inteligência da PM, além da renovação da frota e do aparato policial à disposição.
Os meses de junho e novembro foram os mais violentos. Em cada um foram registradas 4 crimes do tipo. Os bairros mais violentos foram o Nossa Senhora da Vitória e Nelson Costa e Ilhéus II.
Em toda zona sul da cidade, a CIPM registrou, em 2013, também, 43 apreensões de armas ilegais, um aumento de 65% se comparado a 2012.
Prisões por tráfico de drogas também apresentaram grande crescimento. Em 2012, foram conduzidas 15 pessoas pelo crime. No ano passado, 50 foram autuados. As conduções à delegacia por outros crimes chegaram a 265 em 2013.
O balanço foi considerado positivo pelo comando da companhia, principalmente por causa da redução de homicídios e da retirada de armas das ruas.
Em nota, A CIPM considera como pontos positivos ao trabalho policial as melhorias na estrutura da corporação, mas destaca a falta de infraestrutura nos bairros, como falta de iluminação, asfaltamento e também a pouca participação dos moradores na elucidação de crimes e para realizar denúncias como impeditivos ao trabalho.

GRUPO COBRA CONVOCAÇÃO DE APROVADOS EM CONCURSO DA PM BAIANA

concurso pmUma comissão formada por candidatos aprovados no concurso de 2012 para a Polícia Militar vem tocando ações para cobrar do Estado a convocação imediata do excedente de empossados. Segundo o grupo, a PM baiana tem, hoje, déficit de 20 mil agentes, o que impede ações eficazes da corporação.
No dia 06 de janeiro, a comissão se reuniu, na Secretária de Administração do Estado (SAEB), com o secretário da pasta Edevilno Góes, e com o sub-secretário de relações institucionais, Emilson Piauí. No encontro, a comissão apresentou uma pauta de reivindicações ao Governo do Estado onde solicitava, dentre outras coisas, a abertura de cinco mil novas vagas e a prorrogação do concurso, que vale até junho deste ano.
Os representantes do governo se comprometeram a analisar a proposta, mas, quase um mês depois, nenhuma resposta foi dada.

dom eduardo

arquiteto











WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia