WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: ‘pesquisadores’

EM CARTA, PESQUISADORES SE SOLIDARIZAM AOS TUPINAMBÁ E PEDEM FIM DAS REINTEGRAÇÕES

Índios protestam em Ilhéus.Foto: Danilo Matos/Ilhéus 24h.

Índios protestam em Ilhéus.Foto: Danilo Matos/Ilhéus 24h.

Um grupo de pesquisadores redigiu carta em que pede o respeito aos direitos humanos dos índios tupinambá do sul da Bahia, a “pronta demarcação” das terras indígenas e o “fim da violência” contra os nativos da região.
O documento é assinado por estudiosos das questões indígenas, como a mestre em Antropologia pela Universidade Federal da Bahia (2012) com tema sobre os indígenas Tupinambá no Sul da Bahia, movimento indígena, religiosidade, etnicidade e território, Helen Catalina Ubinger, e Daniela Fernandes Alarcon, mestre em Ciências Sociais (Universidade de Brasília), pesquisadora associada ao Laboratório de Estudos e Pesquisas em Movimentos Indígenas, Políticas Indigenistas e Indigenismo da Universidade de Brasília.
De acordo com a carta, “as mais de 120 “retomadas” [de terras] efetuadas pelos 13 caciques Tuipinambá, ocorreram de forma pacífica e, em muitos casos, em prévio acordo com os fazendeiros. Tais processos de “retomada” têm melhorado, drasticamente, as condições de vida das famílias indígenas sem terra ou expulsas pelo processo histórico de criação das propriedades privadas”.
E segue: “Porém, a demora na demarcação acarretou uma reviravolta preocupante que levou um grupo de fazendeiros, no final do ano passado, a atuar de forma violenta contra os Tupinambá, nos municípios de Buerarema, Ilhéus e Una, queimando casas de indígenas, retendo-lhes e roubando-lhes a produção, hostilizando a quem se solidarizasse com a causa Tupinambá, assim como exibindo outdoors nas estradas com ameaças explícitas aos indígenas, o que determinou a presença da Força Nacional na região”.
Donos de terras na região de Ilhéus, Una e Buerarema, no entanto, reclamam do uso da violência por parte dos indígenas e dos saques às fazendas invadidas.
A carta, na íntegra, e os estudiosos que a assinam, você confere ao clicar no leia mais.

:: LEIA MAIS »

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia