WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
bahiagas Neste site
novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

:: ‘passagem’

ILHEENSE JÁ PAGA MAIS CARO PELA PASSAGEM

Mesmo com os protestos ocorridos durante a semana e com uma decisão judicial questionando a prefeitura sobre os motivos para o aumento da tarifa de transporte, o ilheense já paga, na manhã deste domingo (08), R$ 2,60 pelo transporte na cidade.
A nova tarifa, que substitui os R$ 2,40 válidos desde 2012, ainda não é cobrada nos cartões de meia passagem que estavam recarregados com a tarifa anterior, até que os créditos acabem.
Para esta semana, estão marcados novos protestos contra a majoração da passagem, assim como ocorreu na última semana.

PROTESTO FECHA A PONTE DO PONTAL

Estudantes fecham, neste momento, a ponte do Pontal, que dá acesso à ala sul de Ilhéus. O ato é contra o aumento da tarifa de transporte, que passará de R$ 2,40 a R$ 2,60 no próximo domingo.

Estudantes fecham, neste momento, a ponte do Pontal, que dá acesso à ala sul de Ilhéus. O ato é contra o aumento da tarifa de transporte, que passará de R$ 2,40 a R$ 2,60 no próximo domingo. Foto: Thiago Rapôso.

PASSAGEM SOBE EM ILHÉUS

A partir do dia 08 deste mês, e não mais a partir deste domingo (01). Em nota enviada à imprensa, a secretaria de comunicação social da prefeitura informou que a tarifa, de R$ 2,60 foi discutida e aprovada pelo Conselho Municipal de Trânsito e valerá já no próximo domingo.
Neste fim de semana, a cidade já enfrentou protestos (veja aqui) contra a majoração do transporte, considerado caro e de péssima qualidade.

VEJA VÍDEO DE CONFRONTO ENTRE PM E “BLACK BLOCS” EM ILHÉUS

Flagrante de Maurício Maron.

Flagrante de Maurício Maron.

A confusão começou dentro do auditório da Justiça Federal, localizado no Centro da cidade, durante a audiência de apresentação do resultado da auditoria realizada no sistema de transporte do município (veja mais aqui).
O rapaz, identificado como Caio, de 18 anos, agrediu verbalmente e fez gestos obscenos para o prefeito Jabes Ribeiro. Ainda dentro do auditório, o policial militar identificado como Geraldo tentou agredir o manifestante.
Diante da confusão, a audiência foi encerrada. Na saída, um grupo vestido com roupas pretas, lenços e máscaras (lembra os manifestantes adeptos da estratégia black bloc) fechou parte do trânsito no Centro e, novamente, Caio teria depredado um ônibus em movimento.
A ação de vandalismo teria motivado o PM Geraldo a arrastar e imobilizar o rapaz pelo pescoço. Ele foi levado ao estacionamento da justiça federal e encaminhado à delegacia, como mostra o vídeo abaixo.
Caio é neto de uma funcionária de carreira do município, que trabalha diretamente com o prefeito, em seu gabinete. Segundo pessoas próximas ao rapaz, ele ingeriu bebida alcoólica antes da audiência.
A ação do PM levou a um rápido confronto entre manifestantes e homens da tropa de choque, que disparam pelo menos 3 tiros de balas de borracha.
Confira abaixo o vídeo com todos os momentos da confusão.

AUMENTO DA PASSAGEM REATIVA O REÚNE ILHÉUS

A resposta do ilheense ao novo pedido das empresas de transporte coletivo para aumento da tarifa (lembre aqui) foi imediata. Ontem (segunda, 17), logo após sair na imprensa que a Viametro e São Miguel pediram à justiça o reajuste da passagem para R$ 3,19, os cacos do movimento Reúne Ilhéus começaram a se juntar.
Surgido no ano passado, o grupo de jovens pedia uma devassa nos contratos e contas das empresas de transporte, além da redução da tarifa a dois reais. Mas, na contramão desse pedido, as concessionárias querem ir à forra.
Contra o pedido de aumento, o Reúne agendou assembleia para esta quarta (19), a partir das 16h, na praça do teatro. 

REÚNE ILHÉUS CONVOCA GRANDE ATO NESTA QUARTA

Primeiro ato levou milhares de ilheenses às ruas.

Primeiro ato levou milhares de ilheenses às ruas.

O movimento Reúne Ilhéus convoca para às 15h desta quarta (14), um grande ato com saída da frente da prefeitura. O grupo convida toda a sociedade e deve ter o apoio dos sindicatos municipais que estão em greve.
As pautas do movimento seguem as mesmas de um mês atrás, quando iniciaram os protestos: auditoria das planilhas das empresas de transporte, redução da tarifa com base no estudo e melhorias nos transporte, por meio da substituição de ônibus velhos e criação de bilhete único.
O ato seguirá movimentos nacionais que também vão às ruas hoje e será numa data estratégica. Amanhã (quinta, 15), o grupo completa um mês de ocupação à rua em frente à sede do governo, à espera de uma conversa com o prefeito Jabes Ribeiro.

O REÚNE ILHÉUS PRECISA DE SUA AJUDA

Apesar do esgotamento causado pelas condições precárias do acampamento, o grupo se mantém de pé.

Apesar do esgotamento causado pelas condições precárias do acampamento, o grupo se mantém de pé.

Ao 21º dia acampado em frente à prefeitura, o movimento Reúne Ilhéus precisa, agora mais que nunca, de sua ajuda. Os apoios virtuais têm lá seu peso, mas as ajudas físicas se fazem necessárias nessa quarta semana de mobilização.
Pelas redes sociais, o movimento informa que precisa de água, pratos e talheres descartáveis.
O Reúne se mantém mobilizado à espera da análise técnica da planilha de custos das empresas de transporte. A promessa de auditoria nos papéis foi feita há três semanas pelo prefeito Jabes Ribeiro, que ainda não a cumpriu.
Em contrapartida, o movimento já divulgou suas primeiras conclusões sobre as planilhas, confira aqui.

ILHÉUS: VEREADOR QUER MEIA PASSAGEM AOS DOMINGOS

O vereador Ivo Evangelista (PRB) encaminhou ao poder executivo indicação solicitando estudo técnico para avaliar a possibilidade de reduzir a tarifa do transporte coletivo aos domingos.
Seguindo modelo implantado em Salvador, neste dia da semana a tarifa custaria metade do valor normal.
Em tempo: a medida pode ser considerada um paliativo para as reivindicações da sociedade, que pede a redução definitiva da tarifa. Além disso, o modelo não agrada a todos. Em Salvador, os moradores reclamam que, junto com a diminuição da passagem, cai também o número de ônibus nas ruas.

VINTE HORAS DE OCUPAÇÃO À PREFEITURA DE ILHÉUS

Grupo no interior do palácio. Foto divulgada no Facebook.

Grupo no interior do palácio. Foto divulgada no Facebook.

Os jovens do movimento Reúne Ilhéus estão há 20 horas no interior do Palácio Paranaguá, sede do governo ilheense. Já nas primeiras horas desta manhã, voluntários levaram alimentos para os manifestantes.
O grupo cobra da prefeitura a entrega dos balancetes das empresas São Miguel e Viametro. Há duas semanas, o prefeito Jabes Ribeiro prometeu que entregaria a papelada. 
O movimento aguarda também a abertura das conversas com o gestor, que não aceitou receber o grupo, para discutir a redução da tarifa de transporte. 
OUTRO LADO
Em nota enviada à imprensa, o gabinete do prefeito diz não entender o motivo da ocupação, já que “o comportamento da Prefeitura em relação às reivindicações do movimento tem sido transparente e ágil”.

 

JOVENS VÃO ÀS RUAS EM ILHÉUS E ITABUNA

O grupo se reúne em Ilhéus desde o início da semana. A foto é de Hernani Reis.

O grupo se reúne em Ilhéus desde o início da semana. A foto é de Hernani Reis.

Principal motivo da redução de tarifas de transporte pelo Brasil, as manifestações de rua chegam a Ilhéus e se repetem em Itabuna na tarde desta quinta-feira (20).
Por aqui, o grupo Réune Ilhéus se mobiliza desde a terça (17), discutindo melhorias para o transporte municipal e estratégias para o ato de hoje, que começará às 17h, em frente ao Teatro Municipal, no Centro.
O movimento reivindica mais mobilidade urbana em Ilhéus, por meio do aprimoramento do sistema de transporte já existente, transparência na relação do município com as empresas e maior investimento privado no setor.
Saindo da praça, o ato passará pela porta do Palácio Paranaguá, seguirá pela Rua da Linha e será encerrado na cabeceira da ponte do Pontal. 
Na última terça-feira (18), os líderes do ato participaram do programa O Tabuleiro, comandado por Vila Nova, na Conquista FM. O áudio você confere abaixo.
ITABUNA
Estudantes de Itabuna realizam hoje o terceiro protesto contra o possível aumento da tarifa na cidade, aprovado pelo Conselho de Transporte, que elevaria a passagem de R$ 2,10 a R$ 2,50.
O grupo se reúne a partir das 14h30min na praça do bairro São Caetano.

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia