WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
bahiagas Neste site
ilheus brindes
novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

:: ‘mundo’

ADVOGADO ENTRA COM AÇÃO CONTRA SENTENÇA DE MORTE DE JESUS CRISTO

UOL
Indidis já tentou mover a mesma ação no Quênia.

Indidis já tentou mover a mesma ação no Quênia.

Um advogado do Quênia pretende ir ao Tribunal Internacional de Justiça (TIJ), em Haia (Holanda), para apelar contra a condenação e a sentença de morte dada a Jesus Cristo.
“É meu dever defender a dignidade de Jesus e eu tenho que ir à TIJ para buscar justiça para um homem de Nazaré. O julgamento seletivo e malicioso violou os seus direitos humanos através de uma má conduta judicial, abuso de poder e preconceito”, disse o advogado Dola Indidis, segundo matéria da revista Time.
Indidis já tentou levar o caso à Alta Corte do Quênia, em 2007, mas o tribunal recusou ouví-lo, alegando que o tema não era de sua jurisdição.
O caso também não deve avançar na TIJ. O Tribunal Internacional apenas tem jurisdição sobre casos entre um Estado contra outro. A defesa de Indidis não está vinculada a um Estado e, por isso, não deve ser atendido.
Nada disso, no entanto, desanima Indidis. Em sua página no Facebook, ele pede doações em apoio à causa. Também publicou uma carta, com data de dezembro de 2011, quando tentou pela primeira vez enviar o caso a Haia. “Juntos podemos vencer”, escreveu. “Yes we can”.
O alvo de Indidis são o governo e os líderes religiosos envolvidos na sentença a Jesus Cristo, o que inclui o imperador romano Tibério, Pôncio Pilatos, juiz que condenou Jesus, além de professores de direito da época.
Indids também estaria planejando mover ação contra os governos da Itália e de Israel que, segundo ele, teriam herdado as leis do Império Romano.

MONOGAMIA MASCULINA PODE TER BENEFÍCIOS EVOLUTIVOS, AFIRMAM ESTUDOS

AGÊNCIA REUTERS
casalSempre que uma personalidade trai a mulher, aparecem analistas se valendo da surrada afirmação de que os homens estão simplesmente programados pela evolução a serem promíscuos.
Dois estudos divulgados nesta segunda-feira (29) discordam. Eles concluem que, mantendo-se com uma só fêmea, os machos de muitas espécies, inclusive os primatas, podem aumentar sua chance de ter uma prole numerosa e que sobreviva suficientemente para reproduzir, um fator crucial para determinar se determinado comportamento sobrevive no brutal processo da seleção natural.
Na verdade, as vantagens evolutivas da monogamia para os machos são tão claras que os dois estudos chegaram a conclusões divergentes sobre qual benefício é maior. Segundo a pesquisa publicada na revista Proceedings, da Academia Nacional de Ciências dos EUA, proteger a vida da prole é o maior benefício da monogamia.
Já o estudo publicado na revista Science concluiu que o maior benefício consiste em manter a fidelidade da parceira.
Ambos os estudos confrontaram um dilema: como os mamíferos machos podem ter muito mais crias do que as fêmeas a cada temporada reprodutiva, seria razoável supor que procriar com uma só fêmea seria menos vantajoso evolutivamente para o macho do que espalhar seus genes indiscriminadamente.
O estudo da Proceedings, que analisou 230 espécies de primatas, conclui que a proteção da cria é o maior benefício. Mantendo-se próximo da parceira, o macho reduz o risco de infanticídio. Embora o estudo tenha examinado apenas primatas não-humanos, o raciocínio tem ressonância entre humanos, já que crianças que crescem sem o pai em casa têm mais propensão a morrerem na infância, segundo estatísticas do governo.
:: LEIA MAIS »

MINISTÉRIOS VÃO QUESTIONAR GOOGLE E FACEBOOK SOBRE ESPIONAGEM

O ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, mostrou preocupação com a revelação feita pelo jornal O Globo de que o Brasil estaria no mapa da espionagem americana. Em ação conjunta com o Ministério das Comunicações, o órgão vai interpelar as empresas de tecnologia que atuam no país, como Google e Facebook. Medidas para garantir mais segurança ao tráfego de dados também estão em estudo.
– Temos empresas internacionais que operam aqui, como o Google e o Facebook. Isso preocupa – afirmou Raupp, durante almoço nesta segunda-feira, na sede da Firjan.
Ao ser questionado se essas empresas seriam interpeladas sobre as relações com o sistema de espionagem dos EUA, o ministro informou que uma ação conjunta com o Ministério das Comunicações já está em andamento.
– É claro que sim. Eu ainda não conversei com o ministro Paulo Bernardo (das Comunicações), mas estamos acertados de fazer uma ação conjunta. E é para já – disse.
De acordo com o ministro, também estão em estudo medidas que possam incrementar a segurança do tráfego de dados no país. Raupp descartou a implantação de firewalls, que poderiam interferir na liberdade de expressão, mas citou o investimento na construção de centros de dados nacionais.
:: LEIA MAIS »

MUNDO ESTRANHO: JAPONESA QUER DAR LUZ À TUBARÃO

 Japonesa imagina o seu útero abrigando um tubarão.


Japonesa imagina o seu útero abrigando um tubarão.

Os problemas causados pela superpopulação do planeta, que vão desde a geração de energia à escassez de água e alimentos, são questões que preocupam muita gente.
Uma delas é a japonesa Ai Hasegawa, que acredita piamente que colocar mais crianças no mundo só agravará o problema.
Ante tal problema ela teve uma ideia, digamos, um tanto quanto estranha. Ela quer se tornar a primeira mulher a dar à luz a um tubarão.
Ela afirma que essa é a saída para deter a superpopulação do planeta e criar alternativas alimentares.
Sim, ela pretende comer o filho tubarão que pretende ter.
Intrigado com a ideia bizarra da japonsesa, o site “Vice” entrou a contatou, perguntando se ela acredita mesmo que seja possível uma mulher dar à luz um tubarão. 

“Será no futuro próximo. O útero humano é exatamente do tamanho que comporta um feto. Eu estive falando com um ginecologista sobre uma forma de aumentar o útero. Acredito que as mulheres possam usar o útero como uma incubadora ou um aquário”, respondeu a “futura mamãe”. 

Hasegawa prefere ser mãe de um tubarão, mas ela afirmou acreditar que o mesmo processo possa ser feito para gerar atuns, golfinhos e espécies ameaçadas de extinção.

HOMEM DE 66 ANOS DESCOBRE QUE É MULHER

CORREIO
Uma mulher de Hong Kong que viveu seus primeiros 66 anos como homem descobriu em uma ida ao médico que é do sexo feminino, segundo informa a agência AFP. A visita ao médico foi para tratar de um inchaço no abdômen.
Os médicos descobriram que o problema era provocado por um imenso cisto no ovário do paciente – que é, na verdade, mulher.
A condição decorre de duas desordens genéticas consideradas raras – a Síndrome de Turner, que afeta cromossomos das mulheres e gera baixa estatura e infertilidade, e a Hiperplasia Adrenal Congênita, que aumenta os hormônios masculinos e pode dar aparência de homem à mulher. A paciente tinha um micropênis e barba.
A paciente parou de crescer aos 10 anos e atualmente tem 1,37m de altura. De acordo com médicos, somente 6 casos registrados pela medicina contabilizam pessoas com as duas síndromes simultaneamente.
Mesmo com a descoberta, a paciente decidiu continuar vivendo como homem.

DESINTERESSE DOS JOVENS POR CARROS PREOCUPA MONTADORA

DO SITE MOBILIZE
bike
Um recente artigo do The New York Times vem causando rebuliço ante as montadoras de automóveis. A publicação informa que a geração de jovens, entre 18 e 24 anos “está se importando mais com os outros e com o mundo em que vivem, superando antigos valores e necessidades de consumo que já não os convencem e, muito menos, os satisfazem”. 
Uma dessas mudanças estaria no modo com que os jovens se relacionam com a mobilidade.
Há poucas décadas, o carro representava o ideal de liberdade para muitas gerações. Hoje, com ruas congestionadas, doenças respiratórias e falta de espaço para as pessoas nas cidades, os jovens se deram conta de que isso não tem nada a ver com ser livre, e passaram a valorizar meios de transporte mais limpos e acessíveis, como bicicleta, ônibus e trajetos a pé. Além do mais, “hoje Facebook, Twitter e mensagens de texto permitem que os adolescentes e jovens de 20 e poucos anos se conectem sem rodas. O preço alto da gasolina e as preocupações ambientais não ajudam em nada”, diz o artigo. 
:: LEIA MAIS »

dom eduardo

lm mudancas

arquiteto













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia