WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom ponte ilheus shopping jequitiba Neste site
julho 2020
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: ‘Ministério Público do Trabalho (MPT)’

IRMÃOS DE 16 E 17 ANOS SÃO RESGATADOS DE FAZENDA EM SITUAÇÃO DE TRABALHO ESCRAVO; VÍTIMAS BEBIAM ÁGUA DE RIO HÁ 9 ANOS

Caso ocorreu em uma propriedade na cidade de Santa Cruz Cabrália. Eles foram levados pelo pai, que também já tinha trabalhado na mesma fazenda.

Dois irmãos adolescentes foram resgatados em situação de trabalho escravo, em uma fazenda na cidade de Santa Cruz Cabrália, no sul da Bahia. As vítimas têm 16 e 17 anos.

De acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT), um dos irmãos contou que eles chegaram no local ainda pequenos, há cerca de 9 anos. Eles foram levados pelo pai, que também já tinha trabalhado na mesma fazenda, como opção para sair da pobreza e escapar da fome.

A casa fornecida pelo proprietário não tinha água encanada nem eletricidade. As vítimas bebiam água de um rio que era usado pelos animais. Além disso, o líquido era armazenado em pote de lubrificante.

:: LEIA MAIS »

LAVRADORES RESGATADOS DE TRABALHO ESCRAVO GANHAVAM R$ 40 POR 10H DE JORNADA E FORAM PICADOS POR ESCORPIÃO

Ação de resgate ocorreu na cidade de Ribeirão do Largo, sudoeste da Bahia.

Os trabalhadores resgatados em condição análoga à escravidão, em uma fazenda no município de Ribeirão do Largo, sudoeste da Bahia, recebiam R$ 40 por mais de 10h de trabalho por dia. Eles ficavam abrigados em dois alojamentos, onde não havia água, banheiro, energia elétrica.

A ação de resgate de 19 lavradores ocorreu na segunda-feira (27) e as condições dos trabalhadores foram detalhadas em coletiva de imprensa pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), na quarta-feira (29).

O dono da fazenda não estava no local no momento da ação e se comprometeu a comparecer na sede do MPT para prestar depoimento. O proprietário deve pagar cerca de R$ 40 mil de encargos trabalhistas referentes às rescisões dos funcionários.

Alguns dos trabalhadores resgatados são analfabetos e outros não tinham documentos, como por exemplo, a carteira de trabalho. Alguns deles ainda foram picados por aranhas e escorpiões durante a jornada.

:: LEIA MAIS »

“AINDA HÁ MUITO PRA AVANÇAR NA MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DOS NEGROS NO BRASIL”, AVALIA BEBETO GALVÃO

Leis punitivas para discriminação racial, sistema de cotas, maior presença em universidades e no serviço público. A população negra no Brasil, mesmo com a resistência oferecida, impôs conquistas e passou a desempenhar papéis de maior relevância, mas ainda existe um longo caminho a ser percorrido para equiparar as condições gerais, avalia o deputado federal Bebeto Galvão (PSB/Ba) neste dia 20 de novembro, data que lembra a morte do líder negro Zumbi dos Palmares.

“A população brasileira hoje é composta por cerca de 55% de negros, mas só 4,7% dos afrodescendentes estão em postos de direção e 6,3% em cargos de gerência nas empresas”, afirma o deputado, com base em levantamento do Instituto Ethos e do Banco Interamericano de Desenvolvimento publicado em 2016.

:: LEIA MAIS »



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia