WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: ‘Meira’

SUPERMERCADOS MEIRA FECHARÁ MAIS DUAS LOJAS EM ILHÉUS

Meira Nelson Costa

Depois de fechar a unidade na Rua Araújo Pinho, centro de Ilhéus, o Meira Supermercados anunciou essa semana, que irá baixar as portas definitivamente de mais duas unidades são elas: a do Malhado, que fica próximo a avenida Ubaitaba e a do bairro Nelson Costa, na zona sul.

Segundo Beto Meira, dono da rede, a proposta é transformar a marca que já está consolidada, no maior polo de atacadão do sul e extremo-sul da Bahia.

Segundo um gerente, que preferiu não se identificar, serão demitidos até o final de maio desse ano, mais de 600 trabalhadores oriundos das lojas fechadas. Por outro lado, a empresa não assume os reflexos negativos em suas finanças, mas após a chegada das unidades, Atacadão e Makro, o Meira perdeu algo em torno de 40% na sua arrecadação. Muitos funcionários inclusive foram pegos de surpresa, com a informação do aviso prévio. Não está descartada acabar com a rede em Itabuna. Informações do Diário do Povo.

ENQUANTO ISSO… EM ALGUM SUPERMERCADO DE ILHÉUS

Nem sempre abreviar é a melhor solução. Quando não há jeito, o bom mesmo é prestar bastante atenção para evitar pérolas como essa, do supermercado Meira. O flagra é de Marco Maron, no facebook.

Nem sempre abreviar é a melhor solução. Quando não há jeito, o bom mesmo é prestar bastante atenção para evitar pérolas como essa, supostamente de um supermercado de Ilhéus. O flagra é de Marco Maron, no facebook.

DEDETIZADOR DO MEIRA AFIRMA QUE COLOCAR RATOEIRAS NO MERCADO É UM PROCEDIMENTO NORMAL

Ratoeira com cola usada no hiper Meira do centro de Ilhéus.

Ratoeira com cola usada no hiper Meira do centro de Ilhéus.

Em matéria publicada AQUI, mostramos que o hipermercado Meira, situado próximo ao terminal de ônibus de Ilhéus, tinha inovado nos métodos de combater as pragas que colocam em risco à saúde dos clientes.
Na ocasião, afirmamos que uma ratoeira vem sendo utilizada, e que, inclusive, um cliente tinha flagrado um rato preso na armadilha.
Pois bem, em contato com a nossa redação, um representante da empresa incumbida de realizar a dedetização do citado mercado, afirmou que a utilização de ratoeiras com cola para que os roedores fiquem presos, faz parte dos procedimentos normais adotados.
O dedetizador ressalta que na parte do setor de alimentos usa-se mesmo a cola, já que o uso de veneno poderia acarretar na contaminação dos alimentos.
Ele pede que, qualquer dúvida seja retirada pessoalmente com ele através dos telefones (73) 9983-7920 e 3086-3526.

SUPERMERCADO DE ILHÉUS ELIMINA RATOS COM RATOEIRA

A foto foi enviada por Litza Campos.

A foto foi enviada por Litza Campos.

Pois é, o hipermercado Meira do terminal, no Centro de Ilhéus, “inovou” no modo de combater as pragas que colocam em risco a saúde dos clientes. A empresa usa, agora, ratoeira em combate aos ratinhos nossos de cada dia. Nada de dedetização.
Uma leitora flagrou a armadilha com um bichinho ainda preso num canto da loja. A cliente foi procurar a gerência para saber do armengue, mas quando voltou, o rato havia sido retirado e só restava a ratoeira armada de novo, pronta para pegar outro roedor.

SUPERMERCADO MEIRA, UM VERDADEIRO ZOOLÓGICO

Animal está logo acima do telhado de onde funciona a lanchonete do estabelecimento. A foto é de Danilo Matos.

Animal está logo acima do telhado de onde funciona a lanchonete do estabelecimento. A foto é de Danilo Matos.

“Bichos, saiam dos lixos. Baratas, me deixe ver suas patas. Ratos, entrem nos sapatos, dos cidadãos civilizados…”.
Não teve como não lembrar dessa singela canção, da banda Titãs, após a publicação dessa matéria (Leia Aqui), relatando o caso de um cidadão que comprou carne em um mercado da rede Meira, vindo de brinde uma barata, e com a enxurrada de novas denúncias contra o citado estabelecimento.
O novo caso, devidamente documentado, teve como protagonista uma ratazana, que, segundo relatos, apareceu no telhado da lanchonete do “Super Meira”, situado próximo ao terminal urbano, passeou na cobertura, caiu no estabelecimento e foi morta por funcionários e clientes, espalhando sangue para tudo que é lado.
Cremos nós que já passou da hora da Vigilância Sanitária inspecionar mais detalhadamente tal mercado, que, pelo fato de gerar empregos para a população e dividendos para o município, não pode se converter em uma espécie de zoológico de bichos asquerosos e altamente danosos à saúde coletiva.
Enquanto isso não acontece, vamos de Titãs para embalar essa sexta-feira.

SUPERMERCADO VENDE CARNE COM BARATA EM ILHÉUS

Quem não gosta de ganhar brindes quando faz compras? Legal não é? Menos se o brinde vier dentro da embalagem de carne e for uma barata. Aí vira sacanagem! Foi o que teria acontecido com uma ilheense que comprou uma bandeja de costela suína salgada numa loja do supermercado Meira. O brindezinho estaria embaixo da peça de carne. Espaço aberto...

Quem não gosta de ganhar brindes quando faz compras? Legal não é? Menos se o brinde vier dentro da embalagem de carne e for uma barata. Aí vira sacanagem! Foi o que teria acontecido com uma ilheense que comprou uma bandeja de costela suína salgada numa loja do supermercado Meira. O brindezinho estaria embaixo da peça de carne. Espaço aberto…

UM APELO ÀS REDES DE SUPERMERCADO

Alô, alô supermercados Meira, Delta, Rondelli, Itão. Grandes redes como Atacadão, Makro, Gbarbosa e Maxxi!
Há gente desabrigada em Ilhéus, Itacaré e Itabuna, que precisa de doações para se alimentar, tomar banho, vestir.
Um pouco de responsabilidade social se faz necessário neste momento. Por que não ajudar, já que, boa parte destas empresas tem produtos próprios?

O TERMINAL DE ÔNIBUS É UMA EXTENSÃO DO MEIRA?

Foto: Paulo do Rap.

Foto: Paulo do Rap.

Além de ser a maior rede de supermercados de Ilhéus, com lojas espalhadas nos principais bairros, o Meira parece ter tomado gosto do quesito “tomar conta dos espaços públicos”.
Vejamos, a praça Cairú é deles. Depois de um obscuro acordo com então prefeito Newton Lima, eles ficaram responsáveis em reformar o citado logradouro e, em contrapartida, usam o espaço público como fonte de propaganda permanente da rede.
Até aí tudo bem. Pelo menos houve uma contrapartida, mesmo que plenamente questionável.
Mas a coisa fica complicada quando nos deparamos com a situação do terminal de ônibus de Ilhéus.
O local se transformou em uma espécie de depósito de carrinhos do Meira, disputando espaço entre os milhares de usuários de transporte coletivo que passam por lá.
Existe alguma espécie de fiscalização nessa cidade para averiguar essa situação? Quem souber, por favor, nos responda.

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia