WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: ‘masturbação’

ILHÉUS: HOMEM SE MASTURBA AO VER MULHERES E CRIANÇAS PASSANDO

Há algumas semanas noticiamos AQUI o caso de um cidadão que se masturbava em plena rua, em frente ao colégio Piedade, diante de centenas de crianças que estudam por lá.
Mas, por mais absurdo que pareça, não se trata de um caso isolado. Ato similar nos foi denunciado e deve chamar a atenção das autoridades competentes, a fim de que ajam e evitem que coisas piores possam se suceder.
O caso, segundo uma leitora, vem se sucedendo em Ilhéus, na avenida Itabuna, nas proximidades da rodoviária.
De acordo com a denuncia, um cidadão, com cabelo liso e preto, de aproximadamente 40 anos,  que trabalha na oficina São Jorge, situada em frente a loja de materiais de construção Checasa, fica se masturbando ao ver passar mulheres, crianças e até idosas.
Durante o ato, segundo a leitora, ele costuma vociferar: “Ei, vem cá”.
A autora da denuncia afirmou que já tentou tirar foto da situação, mas não conseguiu. Inclusive, segundo ela, foi perseguida de carro pelo elemento, o que lhe deixou com muito medo.
Vale lembrar que nesse local, o fluxo de crianças é muito grande, pois é passagem para a escola Joana Darc.

ILHÉUS: RAPAZ SE MASTURBA EM FRENTE A COLÉGIO

Pouca vergonha? Transtorno?

Pouca vergonha? Transtorno?

Relata o site O Tabuleiro, na manhã desta sexta (20), mania de um rapaz, com aparentemente 20 anos, de se masturbar em plena rua, diante de meninas e meninos de todas as idades.
O fato ocorre, costumeiramente, segundo o blog, próximo ao Colégio Nossa Senhora da Piedade, em Ilhéus. Por volta do meio dia, quando os alunos se aglomeram no portão, o rapaz inicia a ação em público, se protegendo apenas atrás de um carro.
Pra seu azar, foi pego no flagra por um pai de aluno, que fotografou. 
Segundo o Artigo 233 do Decreto Lei 2848, de 1940, se masturbar em público é crime de ato obsceno e pode render prisão de 3 meses a um ano. Em alguns casos, a justiça tem revertido a pena em tratamentos psiquiátricos. 
Diretores do Colégio disseram já ter tomado as providências.

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia