WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
bahiagas Neste site
novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

:: ‘manifestações’

“MANIFESTAÇÕES PERDEM O FOCO AO SE PAUTAREM EM TANTOS ANSEIOS”, AFIRMA EDSON GOMES

Cantor baiano é uma das lendas vivas do Reggae brasileiro

Cantor baiano é uma das lendas vivas do Reggae brasileiro.

Ícone do Reggae no Brasil e com letras presentes no imaginário de toda uma geração, o cantor Edson Gomes anda sumido.
Com agenda de shows bem tímida, ante o que representa para a cultura não só da Bahia, mas de todo o país, ele foi entrevistado pelo site Bahia Notícias e, dentre alguns assuntos, abordou a questão da onda de protestos que tomou conta do Brasil, onde, pelo menos na Bahia, suas canções são muito utilizadas nos atos.
Para o cantor, que hoje reside em Cachoeira de São Félix, essas manifestações, ao se pautarem em tantos anseios, deixam de lado o que é prioridade para a sociedade: saúde e educação. “Emergencial é a saúde, que está mesmo no buraco. Mas não podemos construir uma nação produtiva sem educação. Educação para mim é tudo”, sentenciou. 
Confira a entrevista na íntegra clicando AQUI.

“VENENO DA NOITE”: BLOGUEIRO PARTE PARA CIMA DE MANIFESTANTES EM ILHÉUS

O bicho pegou na tarde dessa terça-feira em frente ao palácio Paranaguá, durante a ocupação do Reúne Ilhéus à sede da prefeitura.
Um blogueiro ilheense, conhecido por defender com unhas e dentes o jabismo e atacar toscamente quem discorda de tal ideologia política, partiu para cima dos manifestantes, querendo intimidá-los e até mesmo levar para as vias de fato. (risos)
O motivo, segundo algumas informações, teria sido porque ele não aguentou as provocações de alguns manifestantes, que afirmaram que ele passou a ser o porta voz oficial do jabismo na blogosfera porque o seu filho foi nomeado para o setor de merenda escolar da prefeitura de Ilhéus.
Que coisa feia!

BAHIA: MANIFESTANTES FECHAM DUAS RODOVIAS

Manifestantes fecharam duas rodovias baianas desde a manhã desta segunda-feira (8) para pedir melhorias nas estradas. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), por volta das 5h30, moradores da região de Serra do Tombador, em Jacobina, no norte do estado, fecharam a BA-368 para pedir melhorias na rodovia.
Segundo a PRE, os manifestantes fecharam as duas pistas da via com pneus e tocaram fogo no material. Até por volta das 12h, o protesto seguia no local.
Outra manifestação também começou cedo nesta manhã na Bahia. A Polícia Rodoviária Estadual informou que taxistas fecharam a BA-491, em Governador Mangabeira, por volta das 6h, para pedir melhorias na rodovia. Até as 12h, eles também continuam interrompendo o tráfego nas duas pistas da estrada.

PROTESTOS DURANTE CERIMÔNIA DE ENCERRAMENTO DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES

Em meio à cerimônia de encerramento da Copa das Confederações, figurantes encontraram uma forma de exibirem faixas, criticando a privatização do Maracanã e chamando a atenção contra a homofobia.

Em meio à cerimônia de encerramento da Copa das Confederações, figurantes encontraram uma forma de exibir faixas, criticando a privatização do Maracanã e chamando a atenção contra a homofobia.

MPF INVESTIGA ATUAÇÃO DA POLÍCIA DURANTE A MANIFESTAÇÃO EM SALVADOR

O Ministério Público Federal (MPF) na Bahia está investigando as ações e procedimentos adotados pela Polícia Militar da Bahia durante a manifestação realizada nesta quinta-feira, 20 de junho, nas ruas da capital, denominado pelas redes sociais de “Passe Livre Salvador”. A intenção é analisar indícios de violação dos direitos dos manifestantes para a adoção de medidas cabíveis.
Durante esta sexta-feira, 21 de junho, o procurador da República Edson Abdon coordenou as apurações, que incluíram o levantamento de material publicado pelos meios de comunicação locais e nacionais, de vídeos das manifestações disponibilizados na internet e a realização de oitivas de participantes e de jornalistas que cobriram a manifestação e presenciaram a ação da polícia durante o movimento popular.

COPA DAS CONFEDERAÇÕES: ITALIANOS SÃO PROIBIDOS DE DEIXAR HOTEL EM SALVADOR

italia
O técnico da seleção italiana, Cesare Prandelli, admitiu na tarde desta sexta-feira que está “preocupado” com as manifestações populares no país. Ele contou que os italianos foram proibidos de deixar o hotel em Salvador.
Antes de comandar o último treino antes do confronto com a seleção, o treinador disse que está “atento” com os protestos nas cidades brasileiras. Amanhã, os italianos enfrentarão a seleção, na Fonte Nova.
“As manifestações quando aparecem com violência preocupa. Vimos que já passou de um milhão de pessoas nas ruas. Estamos focados na partida, mas atentos ao que acontece no país”, afirmou o treinador.
Em Salvador, dois micro-ônibus usados pela Fifa foram apedrejados em frente ao hotel em que seus funcionários estão hospedados.”Não estamos pensando em voltar para a casa, mas obviamente a situação mudou. Até quando estivemos no Rio, havia máxima tranquilidade. Podemos até visitar a cidade. Fomos vetados agora de deixar o hotel”, acrescentou Prandelli, sem dizer o responsável pela proibição.
Manifestantes também atiraram pedras contra o hotel Sheraton, no Campo Grande.
O meia Ricardo Montolivo condenou a violência nos protestos pelo país, mas disse que os manifestantes devem ser respeitados.
“Temos que condenar a violência, mas acho que deve haver solidariedade entre os manifestantes. Eles devem estar sofrendo e merecem ser respeitados”, disse o jogador.
“Esperamos uma ótima partida dentro do campo e que nada aconteça do lado de fora”, completou o treinador.

FIFA E COL NEGAM DISCUSSÃO SOBRE SUSPENSÃO DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES

 UOL
Por meio de um pronunciamento oficial, nesta sexta-feira, a Fifa e o COL negaram qualquer discussão sobre a suspensão da Copa das Confederações por conta da onda de protestos e casos de violência pelo país. 
Na quinta-feira, após ataques ao hotel e ônibus da entidade em Salvador, a entidade ameaçou parar a competição em caso de novos problemas com as delegações.
 “Nós apoiamos o livre direito de expressão de qualquer pessoa protestar. Condenamos violência. E temos total confiança nas autoridades. Em nenhum estágio, a Fifa, o COL, ou governo federal pensou em suspender a Copa das Confederações. Estamos em contato com os times, os mantemos informados e não recebemos nenhum pedido [de times] para que saiam da competição”, afirmou o porta-voz da Fifa, Pekka Odrizola.
Apesar do discurso oficial, a Fifa deu um ultimato ao governo brasileiro: ou as autoridades nacionais garantem a segurança da Copa das Confederações, dos jogadores, comitivas e membros da imprensa internacional que estão no Brasil, ou irá cancelar a realização do evento.
:: LEIA MAIS »

EMBAIXADA DOS EUA ORIENTA NORTE-AMERICANOS A FICAREM LONGE DOS PROTESTOS

Em meio ao acirramento dos protestos no país, a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil divulgou uma nota com um balanço das manifestações e a recomendação de que os cidadãos norte-americanos – que estão em viagem ou morem no país – evitem as áreas nas quais podem ocorrer aglomerações. O comunicado com o alerta está disponível na página da representação diplomática.
“Cidadãos [norte-]americanos devem evitar os protestos e as áreas onde possam ocorrer grandes aglomerações de pessoas. Mesmo as manifestações ou eventos destinados a serem pacíficos podem se transformar em um confronto e, possivelmente, gerar violência. Incentivamos os cidadãos norte-americanos no Brasil a acompanhar as notícias locais e planejar as suas atividades de acordo com a situação”, diz o texto.
No comunicado, a embaixada menciona uma “possível continuação dos protestos” em várias cidades e cita São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Porto Alegre. “Embora a maior parte da atividade nos protestos tenha sido de caráter pacífico, polícia e manifestantes foram feridos em confrontos”, diz o texto.
:: LEIA MAIS »

ANISTIA INTERNACIONAL CONDENA USO DE BALAS DE BORRACHA PARA DISPERSAR MANIFESTAÇÕES

bala1As recentes ondas de manifestações no Brasil, que acabaram repercutindo mundialmente, e a reação policial, ao olhar de muitos, descabida, suscitaram a condenação por parte da Anistia Internacional.
Uma cartilha editada pela entidade estabelece padrões internacionais para o comportamento das tropas durante protestos de ruas, defende restrições ao uso de balas de borracha e condena o uso indiscriminado de gás lacrimogêneo e a agressão a pessoas que não oferecem perigo.
São destacadas como atitudes esperadas garantir do direito à manifestação pacífica, evitar o uso de força desproporcional e não permitir que atos isolados de violência sejam usados como desculpa para a repressão generalizada.
Para a Anistia Internacional, a arma que atira balas de borracha não deve ser descrita como “não letal”, porque pode causar ferimentos graves e até matar. “Protestos pacíficos têm que ser respeitados pela polícia. Não interessa se eles foram autorizados ou se seus trajetos foram combinados previamente com as autoridades”, declarou o diretor da Anistia Internacional para a Europa, John Dalhuisen.
“A violência deve ser empregada para parar outra violência, e de forma proporcional. Não pode ser instrumento para dispersar uma manifestação inteira”, esclareceu. Segundo Dalhuisen, é preciso haver treinamento específico e ordens claras para que as tropas respeitem o direito de manifestação. 

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia