WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
bahiagas Neste site
novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

:: ‘Ledívia Espinheira’

LEDÍVIA SAI E DEIXA A PORTEIRA ABERTA

Ledívia Espinheira.

Ledívia Espinheira.

O prefeito Jabes Ribeiro criou todo um jogo de cena para a exoneração da secretária de saúde, Ledívia Espinheira. É quase certo que a ida para a secretaria de saúde do Estado foi arquitetada por JR para evitar que a imprensa noticiasse, por exemplo, a irritação dele com a titular e consequente exoneração.
A saída de Ledívia pode deixar a porteira aberta para novas canetadas. O secretário de relações institucionais, Jailson Nascimento, pode ser o próximo. Jailson nunca exerceu o cargo de fato. Quem media as conversas entre o governo e a câmara ou os movimentos sociais é John Ribeiro, irmão de Jabes.
Se duvida, procure, nas fotos das reuniões entre governo e servidores grevistas, o secretário. Não vai achar.
Outro que caminha na corda bamba é o secretário de administração, Ricardo Machado. Há quase dois meses, ele tenta convencer os sindicatos que os números referentes aos gastos com pessoal são verdadeiros, mas sempre falhou.
Pelo andar do ônibus lotado, Ledívia não vai sozinha.

MAGAL PÕE LEDÍVIA EM MAUS LENÇÓIS

Magal saiu do bloco de apoio ao prefeito e parece querer levar a secretária.

Magal saiu do bloco de apoio ao prefeito e parece querer levar a secretária.

Ao discursar no plenário da câmara ontem (terça, 06) e deixar claro que o rompimento com o prefeito Jabes Ribeiro é real, o vereador Fábio Magal deixou palavras no ar que complicam a situação da secretária de saúde, Ledívia Espinheira.
No plenário, Magal disse que a secretária fez críticas internas ao prefeito Jabes Ribeiro. Uma da delas, de que não suportaria mais o discurso repetitivo de JR e o pouco caso que faria da rede básica de atendimento do município.
A confidência, agora pública, pode adiantar o processo de fritura pelo qual passa a secretária. 

SINDICALISTA ACUSA SECRETÁRIA DE SAÚDE DE ABUSAR DE DIÁRIAS

Lú e Ledívia.

Lú e Ledívia.

Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Ilhéus (Sinsepi), Luiz Cláudio Machado, o Lú, concedeu entrevista ao radialista Gil Gomes, durante o programa Alerta Geral desta quarta-feira (24).
Na conversa, o sindicalista afirmou que a secretária de saúde, Ledívia Espinheira, tem ameaçado os servidores de sua pasta, prometendo cortar o ponto caso não retornem ao trabalho. Todo o funcionalismo municipal este em greve desde a segunda-feira (22).
No ar, Lú propôs que a secretária cortasse o próprio ponto nos dias em que viaja para Salvador, “onde mora”, com diárias cedidas pelo município. O espaço está aberto para a secretária se manifestar.
O sindicalista engrossou o coro pela continuidade da greve. Afirmou que o movimento continuará até que o prefeito apresente proposta de reajuste para todas as categorias e voltou a contestar o percentual de gastos do município com folha de pagamento.
Segundo Lú, os números apresentados pela prefeitura são “mentirosos”. Nas contas do município, hoje se gasta 65% de toda a receita com pessoal. Os sindicatos afirmam que o percentual não passa de 59%. A lei determina o máximo de 54%.
O prefeito Jabes Ribeiro usa o alto índice de gastos com pessoal para negar o reajuste aos servidores. 

ALÔ SECRETÁRIA DE SAÚDE

A secretária de saúde de Ilhéus, Ledívia Espinheira, talvez não saiba, mas os dois postos de saúde do Nelson Costa, na zona sul, estão fechados.
No mesmo ritmo, está o de Salobrinho, onde não há médico nem insumos básicos. Está praticamente fechado.
Fica o aviso.

ILHÉUS: SECRETÁRIA DE SAÚDE DEFENDE A VINDA DE MÉDICOS CUBANOS

Ledívia Espinheira se manifestou por meio de uma rede social.
lediviaO Ministro Alexandre Padilha, mais um grande guerreiro do SUS, enfrenta, corajosamente, essa grande polêmica que é trazer médicos cubanos ao Brasil.
Na ponta, de fato, somos nós, os gestores municipais, que estamos com a corda no pescoço, sem médicos e sem dinheiro para pagá-los com decência.
É aí que surgem as aberrações, do tipo “obrigar ao médico formado em universidade pública a morar no interior”. 
Mas não vivemos em um país livre, democrático, capitalista, onde o direito de ir e vir é assegurado a todos os cidadãos?
Isso é fruto da falta de solução simples e imediata do problema.
Padilha está correndo atrás de uma minimização desta realidade.
Quem é rigorosamente contra a vinda dos cubanos, também não aparece com nenhuma proposta completa! 
Como gestora municipal, posso dizer com todas as letras, deram-nos a gestão, mas não mandaram o recurso junto!
Temos a obrigação legal, civil, contábil e um milhão de outras, mas faltou disponibilizar os meios para cumprí-las!
Quem é contra a vinda de médicos sem validação de diplomas, muito corretos, tecnicamente, tem que se levantar é a favor de uma adequada distribuição de recursos para os municípios!
Aí sim, poderíamos pagar bem o médico, (assim como os outros profissionais), como rege a lei de mercado, essência do capitalismo.
Sou pelos 10% de contribuição da União para a saúde!
Melhor financiamento do SUS!
Aí, sim, conversaremos tecnicamente sobre o assunto!

HOSPITAL DE ILHÉUS PODERÁ ATENDER PELO SUS

A secretária de Saúde de Ilhéus, Ledívia Espinheira, visitou hoje, dia 7, as instalações da nova Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Ilhéus, e propôs ao diretor da instituição, Jorge Viana, a realização de convênio para ampliar o atendimento à comunidade através do Sistema Único de Saúde (SUS).
Segundo Ledívia, a unidade entra em operação nos próximos dias e, para atender pelo SUS, o hospital deverá apresentar apenas os documentos necessários à contratualização de serviços de assistência à saúde pública.
A nova UTI será inaugurada, inicialmente, com oito leitos, todos eles equipados com aparelhos de moderna tecnologia.
Atualmente, os pacientes atendidos em Ilhéus dispõem apenas de leitos de UTI no Hospital Geral Luiz Viana Filho.
SAMU
Padilha, Ledívia e o deputado federal Daniel Almeida.

Padilha, Ledívia e o deputado federal Daniel Almeida.

Em viagem a Brasília, Ledívia cobrou do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e, em especial, solicitou mais ambulâncias para o serviço de emergência do SAMU.
Segundo ela, Ilhéus necessita de pelo menos mais quatro ambulâncias, pois as que estão em funcionamento apresentam problemas mecânicos frequentes.

“COCI PROMETE SALÁRIOS HÁ DUAS SEMANAS”, DIZ SINDICALISTA

Em entrevista ao repórter Coutinho Neto, da Santa Cruz AM, nesta manhã (terça, 21), Paulo Santos, diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Ilhéus (Sintese), afirmou que a direção da clínica Coci promete há duas semanas efetuar o pagamento dos salários de abril.
Na conversa, Paulo garantiu que a paralisação segue nesta terça e somente 30% dos funcionários trabalham.
No programa Alerta Geral, comandado por Gil Gomes, o médico e vereador Aldemir Almeida, diretor da Coci, afirmou que o pagamento será feito hoje e voltou a culpar a secretária de saúde, Ledívia Espinheira, pelo atraso nos pagamentos.

ILHÉUS: RADIALISTA DENUNCIA NEPOTISMO

Ledívia teria "importado" o irmão de Salvador para a secretaria.

Ledívia teria “importado” o irmão de Salvador para a secretaria.

Segundo o radialista Gil Gomes, em editorial do programa Alerta Geral (Santa Cruz AM) nesta segunda-feira (20), a secretária de saúde do município, Ledívia Espinheira, usa a pasta para empregar um de seus irmãos.
Gil questionou a postura da secretária e chamou atenção para a caracterização de nepotismo, que pode render dores de cabeça a Ledívia.
Do prefeito Jabes Ribeiro, cobrou providências quanto à denúncia.

QUAL É A MÚSICA LEDÍVIA?

A foto acima foi postada pela secretária de saúde de Ilhéus, Ledívia Espinheira, no último fim de semana, numa rede social. Mestre em Medicina e Saúde e atualmente cursando MBA em Gestão em Saúde pela Fundação Getúlio Vargas, o ilheense não conhecia o lado artístico da secretária, responsável por cuidar de um dos setores mais caóticos do município. Com essa nova faceta descoberta, só nos resta saber qual música Ledívia estava cantando. A seção de comentários está aberta, fiquem à vontade.

Esta foto foi postada pela secretária de saúde de Ilhéus, Ledívia Espinheira, no último fim de semana, numa rede social. A titular é Mestre em Medicina e Saúde e atualmente cursa MBA em Gestão em Saúde pela Fundação Getúlio Vargas, mas o ilheense não conhecia o lado artístico de Ledívia, responsável por cuidar de um dos setores mais caóticos do município. Com essa nova faceta descoberta, só nos resta saber qual música a secretária estava cantando. 

SECRETÁRIA DE SAÚDE DE ILHÉUS TAMBÉM MORA EM SALVADOR, SEGUNDO BLOG

Ledívia segue os passos do prefeito?

Ledívia segue os passos do prefeito?

Depois de descobrir que o prefeito Jabes Ribeiro faz ponte aérea a Salvador todas as sextas, o Blog Agravo agora revela que a secretária de saúde é adepta da mesma prática.
Segundo o blog, Ledívia Espinheira só dá expediente até as manhãs de quinta-feira. À tarde, o destino é certeiro: aeroporto de Ilhéus com destino a Salvador. Antes de assumir a pasta, a secretária tinha residência fixa na capital, onde mora há bastante tempo.
Ainda de acordo com o blog, quando questionada por servidores sobre os problemas da pasta, Ledívia responde que “segunda [feira] eu resolvo”.

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia