WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
prefeitura ilheus
abril 2017
D S T Q Q S S
« mar    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

:: ‘Jaques Wagner’

WAGNER QUER UMA MULHER COMO VICE NA CHAPA DE RUI

wagnerO governador Jaques Wagner afirmou ainda achar “simpática” a ideia de ter uma mulher como vice do candidato do governo à sua sucessão, o secretário da Casa Civil Rui Costa.
O chefe do Executivo baiano ressaltou, porém, que tal configuração da chapa depende das legendas aliadas. “Evidentemente que isso vem de um processo de convencimento, de conversa.
Não diria que é uma imposição, mas um desejo. Vamos ver como caminham as conversas, se a gente consegue chegar a um denominador comum”, declarou Wagner ao jornal A Tarde.
O governador relatou ainda que teve conversas com o prefeito de Salvador, ACM Neto, sobre a montagem da chapa das oposições, que ainda não definiram se terão candidato único e a quem caberá tal posto.
“Ele me disse que a semana tinha começado com Geddel, pois o outro [Paulo Souto] não queria. E terminada a semana o outro voltando a querer e pronto, está até hoje…[o impasse]”, disse. Wagner reiterou ainda que o martelo sobre a indicação do vice, disputado por PDT e PP, só será batido após o Carnaval.

GOVERNADOR PEDE GARANTIA DA LEI E DA ORDEM EM UNA E BUERAREMA

Pedido foi feito oficialmente ao ministro da Justiça, O governador Jaques Wagner oficializou agora à tarde ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Pedido foi feito oficialmente ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

O governador Jaques Wagner oficializou agora à tarde ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, pedido para aplicação do instrumento Garantia da Lei e da Ordem (GLO) nas regiões do sul da Bahia em que ocorrem conflitos de terra, notadamente nos municípios de Buerarema e Una. Anteriormente, Wagner havia tratado da questão com a presidenta Dilma Rousseff.
Previsto na Constituição Federal, o GLO é utilizado quando situações que fogem do controle colocam em risco a segurança da população. Durante sua vigência, tropas das Forças Armadas assumem a segurança local e passam a ter poder de polícia.
“Repudio qualquer tentativa das partes de fazer justiça com as próprias mãos. O Brasil é uma democracia consolidada. As soluções surgirão via Judiciário e após muita negociação”, disse o governador.

PREFEITA DE URUÇUCA COMEMORA ESCOLHA DE RUI COSTA COMO “VITÓRIA DA MILITÂNCIA DO PT”

Rui Costa, a prefeita Fernanda Silva e o governador Jaques Wagner.

Rui Costa, a prefeita Fernanda Silva e o governador Jaques Wagner.

A escolha do Partido dos Trabalhadores em nome do secretário da Casa Civil, Rui Costa, para concorrer à sucessão do governador Jaques Wagner, em 2014, foi comentada por prefeitos, representantes de movimentos sociais, pelos outros três candidatos petistas e até por políticos da base aliada. Fernanda Silva, prefeita de Uruçuca.
Ela declarou publicamente torcer pela indicação de Costa, durante dois eventos da sigla na capital, na sexta (29) e no sábado (30), ressaltando tratar-se de uma vitória da militância organizada do PT.
“Esse processo tem um significado muito importante para o partido aqui na Bahia. O evento deste sábado, por exemplo, destaca a demonstração de força e energia da militância, o que evidencia a unidade do partido”, declarou a prefeita.
De acordo com Fernanda, a escolha interna representa a continuidade de um projeto iniciado pelo ex-presidente Lula no Brasil, que foi abraçado pelo governador Wagner e que segue com a presidenta Dilma, e na Bahia com com Rui Costa.
“Foi importante também por ter envolvido desde os membros dos setoriais, passando pelos prefeitos, deputados, representantes de grupos, de movimentos sociais, estudantes, de partidos da base do governo e de todos os militantes envolvidos no processo de debate interno”, declarou a petista, que complementou dizendo que agora será iniciada uma nova etapa dos debates da sucessão, envolvendo diretamente a base política.

GOVERNOS FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL DISCUTEM FORTALECIMENTO DA EDUCAÇÃO NA BAHIA

"Tiramos a Bahia de uma condição muito ruim, alfabetizando mais de 1,1 milhão de pessoas, com o maior programa de educação do país", afirmou o governador.

“Tiramos a Bahia de uma condição muito ruim, alfabetizando mais de 1,1 milhão de pessoas, com o maior programa de educação do país”, afirmou o governador.

Educação e tecnologia são os temas centrais do 2º Encontro de Prefeitos, que está sendo realizado até quarta-feira (20), no Resort Vila Galé Marés, em Guarajuba, no litoral norte do estado. Além de mais de 350 gestores municipais, o evento, promovido pela União dos Municípios da Bahia (UPB) com o apoio do Governo do Estado, reúne também representantes do governo federal e contou com a presença, na segunda-feira (18), do governador Jaques Wagner e dos ministros da Educação, Aloísio Mercadante, e das Relações Institucionais, Ideli Salvatti.
O governador avalia que “é importante que a UPB reúna os prefeitos para este momento de reflexão, principalmente neste ano tão duro do ponto de vista fiscal. Saídas engenhosas, programas criativos, melhores práticas são sempre importantes de serem compartilhadas”. Wagner falou também do esforço do Estado para continuar melhorando a educação na Bahia. “Nós temos o orgulho de ter tirado a Bahia de uma condição muito ruim, alfabetizando mais de 1,1 milhão de pessoas, com o maior programa de educação do país. E nada disso funcionaria sem a parceria com os prefeitos e com as cidades”.
Segundo ministra Ideli Salvatti, não é somente na educação que os municípios recebem apoio dos governos federal e estadual. “Temos muitas ações na Bahia, que vão desde a mobilidade, como a Via Expressa e o metrô de Salvador, até obras em todos os municípios baianos, sejam de saneamento, de creches, de unidades básicas de saúde, possibilitando a entrega de maquinários como motoniveladoras e outros equipamentos para municípios do semiárido. Então, vamos aproveitar este encontro para aprofundar a relação com os municípios baianos”.

WAGNER ENTREGA 2 MIL CASAS POPULARES EM ITABUNA

residencialCerca de 2 mil itabunenses vão realizar o sonho da casa própria com a inauguração do conjunto residencial Jardim América II, do programa Minha Casa, Minha Vida, nesta terça-feira (5), às 10h, com a presença do governador Jaques Wagner.
O residencial, situado no anel rodoviário da BA-415, bairro de Nova Califórnia, tem 496 apartamentos com dois quartos, sala, cozinha, áreas de serviço externa e de lazer (quadra, quiosque e parque infantil).
De acordo com a Superintendência de Habitação da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), em Itabuna o Minha Casa, Minha Vida já entregou os residenciais Pedro Fontes de Araújo I e II (496 famílias, cada um), Vida Nova I (368 famílias) e Jardim América I (500 famílias). Foi iniciada a construção do residencial Itabuna Parque, para 496 famílias, e está previsto o conjunto habitacional São José, para 900 famílias. 

WAGNER DEIXA CLARO QUE NÃO APOIARÁ CANDIDATURA DE LÍDICE

wagner_e_lidiceO governador Jaques Wagner reiterou que terá postulante único para disputar a sua sucessão, ao descartar a possibilidade de um palanque duplo na Bahia, com uma possível candidatura da senadora Lídice da Mata (PSB).
Em entrevista à Tribuna da Bahia, o chefe do Executivo estadual deixou claro que a senadora não será a sua escolhida.
“Só para ser claro, Lídice é da base, mas no momento que ela sair candidata com uma candidatura nacional outra, não são duas candidaturas da base. Até porque eu não vou fazer nenhum tipo de palanque duplo. Vou fazer a campanha da Dilma”, declarou o petista.
Sobre a definição do candidato do PT, Wagner não assumiu preferência pelo secretário da Casa Civil, Rui Costa, mesmo com as declarações de aliados sobre o favoritismo ou demonstrações públicas.

“É que Rui Costa talvez, dos nomes que estão colocados aí, é a pessoa com quem eu tenho maior tempo de relação. É nesse sentido que as pessoas identificam. Mas tenho uma relação excepcional com [Luiz] Caetano, com [José Sérgio] Gabrielli, com [Walter] Pinheiro, então não tem nenhum problema. O pessoal fala de Rui porque está há mais tempo no time, desde o Sindiquímica, desde o Polo Petroquímico, me ajudou como articulador político no primeiro governo e está me ajudando agora, tocando as questões da execução. Efetivamente, é um nome, como todos”, argumentou.

GOVERNADOR ENTREGA EMBARCAÇÕES PARA PESCADORES DE MARAÚ

Canoas em Maraú. Foto-Carol Garcia-GOVBACerca de 180 pescadores e marisqueiras do município de Maraú receberam nesta quarta-feira (9) 60 embarcações de fibra de vidro, um investimento de R$ 400 mil. A entrega foi feita pelo governador Jaques Wagner, o secretário da Agricultura, Eduardo Salles, e o presidente da Bahia Pesca, Cássio Peixoto.
As novas canoas têm motor de popa e material de salvatagem e foram construídas pelos próprios pescadores, que passaram por um curso de construção naval artesanal. Na ocasião, a Secretaria da Agricultura e o Instituto Federal Baiano (IFbaiano) assinaram convênio de cooperação técnica para criação do Centro de Estudos Costeiros da Pesca e Aquicultura e para capacitação na área de pintura e construção de embarcações.
“Serão entregues mais 800 embarcações que vão beneficiar pescadores de todo o estado. Também foi assinado acordo de cooperação técnica com o IFbaiano que vai favorecer pescadores e a área de turismo, aproveitando o potencial da região”, explicou o governador. Wagner disse ainda que os pescadores vão poder se cadastrar no programa estadual que oferece óleo diesel com baixo custo e sem imposto para incentivar ainda mais a pesca artesanal.

PT PODE ANTECIPAR O NOME DO CANDIDATO À SUCESSÃO DE WAGNER EM 2014

logo_ptSob intensa pressão dos aliados e dentro do próprio PT, o processo de escolha do candidato do partido à sucessão do governador Jaques Wagner caminha para a definição antes do Processo de Eleição Direta (PED) da sigla, programado para novembro. Os indícios foram dados por declarações dos pré-candidatos na semana passada e voltaram a tomar fôlego, após reunião da comissão de petistas responsável pela condução da escolha do nome da legenda para a eleição 2014.
Oficialmente, no entanto, o tom foi de que somente a unidade acabou definida durante o encontro da última segunda-feira, “tenso”, segundo informações. “Vamos dar ritmo ao processo decisório e no diálogo interno e externo, com a liderança de Wagner e protagonismo partidário, chegar ao consenso talvez mais rápido do que se espera”, sinalizou o presidente estadual do PT, Jonas Paulo. De acordo com o dirigente, “o processo ganha celeridade, pois necessitamos construir a candidatura, a chapa e a aliança eleitoral na base do governo e as movimentações políticas no país têm reflexos nos Estados e a Bahia é centro estratégico da disputa nacional”.
Em entrevista à rádio Nova Salvador, um dos pré-candidatos, o ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano, delimitou um prazo mais específico do que o divagado por Jonas Paulo. “A nossa interpretação é a de que precisamos chegar ao PED com isso definido. Portanto, esperamos que essa decisão, obviamente sob a liderança do governador Jaques Wagner, aconteça até o final de outubro”, analisou Caetano. Segundo ele, há o consenso para que nome seja definido até o fim do mês de outubro. “Existe uma unanimidade entre nós sobre a necessidade de acelerar esta escolha. Já na próxima semana, será feito um encontro com nossos deputados federais e estudais para afunilarmos esta decisão. Uma reunião com os prefeitos também está prevista”, sugeriu.
:: LEIA MAIS »

WAGNER ANUNCIA ABERTURA DE EDITAL PARA AMPLIAÇÃO DO AEROPORTO DE VITÓRIA DA CONQUISTA

jwO governador da Bahia, Jaques Wagner, anunciou, nesta terça-feira (24), que já abriu um edital para escolha das empresas que vão operar as obras de ampliação do Aeroporto de Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia.
Segundo ele, a demora no lançamento da concorrência se deu por conta da “democracia”, que teria emperrado o processo.
“Finalmente conseguimos tirar do papel. Eu tenho conversado com a Anac [Agência Nacional de Aviação Civil] para poder superar as dificuldades”, divulgou.
Sobre a reforma no terminal aéreo de Salvador, o gestor se mostrou otimista em relação ao andamento dos trabalhos. “A nova torre está em fase de conclusão. Já estamos ultimando os trabalhos para a segunda pista do aeroporto”, afirmou. 

PELEGRINO COBRA NOME DO PT PARA 2014 JÁ: ‘CANDIDATO NÃO PODE SER CONTINUIDADE DE WAGNER’

BAHIA NOTÍCIAS
pelegrinoNo entendimento do deputado federal Nelson Pelegrino, a definição sobre quem será o candidato do PT à sucessão do governador Jaques Wagner tem que acontecer antes do Processo de Eleição Direta (PED) do partido, marcado para 10 de novembro.
Ao contrário da visão do próprio chefe do Executivo baiano, que prevê a escolha até fevereiro do próximo ano, na avaliação do parlamentar – que perdeu a última eleição para prefeito de Salvador para ACM Neto (DEM) – a sigla tem que fazer pesquisas qualitativas para resolver logo a querela, sob pena de prejudicar a articulação tanto internamente quanto com os partidos aliados.
 “Eu acho que a gente devia dar um horizonte mais próximo para analisar essa questão. Não sei se esse horizonte é fevereiro. Um horizonte mais próximo seria melhor para construir a unidade do partido. Temos que definir qual é a candidatura que tem melhores condições de unificar o partido, representar o projeto e dialogar com os aliados, porque nós não somos sozinhos no mundo”, avaliou.
Para Pelegrino, um fato está consolidado: o próximo governo – se for da base – não pode ser meramente um seguimento do atual.
“Nós estamos terminando um ciclo, que são os oito anos do governo do companheiro Wagner, que foi um governo que trouxe transformações e avanços importantes para a Bahia, mas nós não podemos apenas ter um candidato na nossa frente que diga que vai dar continuidade ao governo Wagner. Nós estamos vivendo um momento em que até Dilma tem que apresentar uma proposta de recuperação dos quatro anos do governo dela, como Lula teve a capacidade de fazer. Os avanços têm que ser mantidos, e até ir adiante, mas há desafios que têm que ser colocados aí: a situação econômica do Estado, da segurança pública, da saúde, da educação e a questão do semiárido”, opinou.

UFESBA VAI INJETAR R$ 90 MILHÕES SÓ COM SALÁRIOS, AFIRMA WAGNER

wagner entrevistaEm entrevista em cadeia de rádio para o sul da Bahia, o governador Jaques Wagner falou sobre a instalação da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba), que ocorrerá na tarde desta sexta (20), em Itabuna.
Questionado sobre os estímulos econômicos com a chegada da instituição, Wagner afirmou que, só com o pagamento de salários de professores e funcionários, a injeção será de 90 milhões de reais na economia regional por ano.
O governador comentou também os investimentos necessários para suprir a demanda social que virá para toda a região sul da Bahia. Destacou os novos projetos como a duplicação da BR-415, a construção de novos hospitais em Itabuna e Teixeira de Freitas, além dos investimentos privados que serão atraídos. 
Ao fim, Jaques Wagner deu um chega pra lá no bairrismo existente entre Ilhéus e Itabuna, ao destacar a importância estratégica da sinergia não só entre as duas cidades, mas de todo o sul e extremo-sul da Bahia.

WAGNER DEFENDE SUBSECRETÁRIO QUE ATIROU EM MST: ‘MANIFESTANTES EXAGERAM’

BAHIA NOTÍCIAS
Foto: Silvio Oliveira/MST.

Foto: Silvio Oliveira/MST.

A atitude do subsecretário de Segurança Pública da Bahia, Ary Pereira, que disparou três tiros para dispersar a invasão de integrantes do Movimento dos Sem-Terra à sede da pasta, parece não ter desagradado o governador Jaques Wagner.
Em entrevista ao jornalista Samuel Celestino, no programa Bahia Notícias no Ar, da Rede Tudo FM 102.5, nesta quarta-feira (11), o petista, embora tenha dito que vê “com preocupação” o caso, definiu a ação como um “ato-limite”, ao criticar o posicionamento dos manifestantes na SSP. “Os movimentos exageram. Não acho razoável que eles cheguem à secretaria às 8h da manhã, com foices e facões. Eles já tinham praticamente entrado no saguão, quando Ary, que estava na casa dele, atirou para intimidar o pessoal. Daqui a pouco eles iam estar sentados na cadeira do secretário”, reclamou.
De acordo com o líder do Executivo baiano, a porta do governo “nunca esteve fechada” para os movimentos sociais, mas muitos protestos têm confundido democracia com baderna. “Para muita gente que está de fora, é simples dizer que o subsecretário está errado, mas ninguém estava na pele dele. Em um ambiente de violência, você age com violência ele correspondeu a uma atitude extrema com outra atitude extrema”, protegeu. 

TODO PODEROSO WAGNER

wagnerO governador Jaques Wagner foi escolhido, ontem, o 33º no ranking “Os 60 mais poderosos do país”, elaborado pelo portal IG, que analisa o poder e a influência de grandes nomes brasileiros.
Escolhido por ser “atualmente capaz de ir além do prestígio e do reconhecimento na política e na economia do país”, o gestor é descrito como “bom negociador, bom bombeiro e hábil na difícil tarefa de contornar crises”.
Em seu perfil, é destaque a simpatia que tem do ex-presidente Lula, após o auge das denúncias envolvendo o escândalo do mensalão, em 2005.
“Jaques Wagner cresceu mais ainda, tanto interna como externamente, no papel de moderado interlocutor das oposições. Por conta dessa função, consta que o carioca-baiano tenha ganhado mais um apelido, dado por Lula: Pacificador”, diz parte do texto.
Com três das cinco estrelas referentes às influências política, econômica e social que exerce e apenas uma estrela em relação à influência midiática, o nome do petista aparece acima de políticos como o presidente da Câmara Federal, Henrique Alves, e do governador do Rio, Sérgio Cabral. Wagner também aparece à frente de figuras como o banqueiro Joseph Safra e os empresários Eike Batista e Abílio Diniz.

AMIGOS PARA SEMPRE?

amizade
Parece mesmo consolidado o “caso de amor” entre o governador Jaques Wagner (PT) e o prefeito de Salvador ACM Neto (DEM). Para um correligionário, o governador afirmou se sentir surpreso com a qualidade no relacionamento que estabeleceu com o herdeiro do carlismo.
Wagner chegou a avaliar, que, tivesse sido assim com o então prefeito João Henrique (PP), a situação da capital seria outra, em relação à qual acha que o democrata enfrentará ainda muitas dificuldades.

RUI COSTA FARÁ O POSSÍVEL PARA SER CANDIDATO A GOVERNADOR

rui
De acordo com a coluna Raio Laser, o secretário Rui Costa (PT), chefe da Casa Civil da Bahia, vai fazer o possível para ser o escolhido como candidato à sucessão do governador em 2014.
Em entrevista à rádio CBN Salvador, ontem pela manhã, ele afirmou que não se considera o candidato preferido de Jaques Wagner, como é apontado pela imprensa e por políticos da base e da oposição.
“A sucessão depende muito de tudo que nós conseguirmos materializar em 2014. As pessoas sempre citam a amizade que eu tenho com o governador há mais de 30 anos. Eu cultivo essa amizade, mas amizade sozinha não é suficiente para liderar um projeto de suceder o governador. É preciso mais do que isso, mas vamos fazer o possível para viabilizar, e seria uma honra muito grande, mas vamos deixar o tempo passar…”.





twitter
facebook