WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: ‘independência’

SOMOS VERDADEIRAMENTE INDEPENDENTES?

Por Felipe Chaves Magalhães, estudante

felipe chavesPortanto, não é isso que torna nossa história  mais suja, aliás isso é lógico, qualquer um que encontrasse uma nova terra ia explorar para enriquecer. Eu quero lamentar  foi  quando a família real e sua comitiva chegou ao nosso Brasil, com medo das tropas napoleônicas , desalojando propriedades com força bruta, trabalhadores perdendo comércio que conseguiu com o trabalho próprio ao longo dos anos, tudo isso para que Dom João VI e sua raça com mais de 15 mil homens não perdesse o conforto que tinha na metrópole, garantindo trabalho  aos mesmos.

Quando penso na independência do Brasil, eu não consigo ter orgulho do meu país, afinal,  sempre me vem em mente a palavra corrupção e seus sinônimos, e a quase certeza de que nossas terras parou no tempo  de 1500 se compararmos, principalmente aos dias atuais, mais o que uma coisa teve a ver com a outra? Em que momento essas partes se ligam?
Se analisarmos bem essas ideologias e viajar de volta ao passado, podemos ver um jogo de interesses dos mais ricos frente a nossa terra, desde os tempos de outrora em que as caravelas portuguesas chegavam neste novo continente prometendo aos nativos catequiza-los  e civiliza-los com histórias bíblicas, pois bem, foi isso o que aconteceu primeiramente, enganando-os  tendo em vista a exploração diretamente do pau brasil no litoral nos primeiros 30 anos da nossa história como colônia, retribuindo-os com pequenas miudezas. Anos se passaram até os primeiros escravos africanos chegarem nessas terras e começarem de vez a exploração das riquezas, foram anos e mais anos de exploração das terras com produção latifundiária sem qualquer cuidado, sem contar a exploração de ouro e diamante das terras das Minas Gerais, nem mesmo revolucionárias revoltas como a rica história dos quilombos dos Palmares, da conjuração Baiana e da pré-descoberta inconfidência  mineira pelo governado Visconde de Barbacena, movimento este feito por sua maioria de filhos de nobres brasileiros que foram estudar ideias iluministas na Europa, calaram a voz dos grandes portugueses.

:: LEIA MAIS »

2 DE JULHO É DATA NACIONAL

A presidente Dilma Rousseff sancionou, na semana passada, o projeto que institui o dia 2 de Julho como data histórica no calendário nacional.
A deputada federal Alice Portugal (PCdoB-BA), autora do projeto de lei 61/2008, que eleva o dia da Independência da Bahia à condição de data nacional, esclarece que a proposição não prevê a criação de mais um feriado nacional, mas faz jus “ao relevante papel que a independência da Bahia significou para a consolidação da libertação do Brasil do jugo da coroa portuguesa”. 

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia