WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
shopping jequitiba prefeitura ilheus secom bahia solidaria Neste site
maio 2020
D S T Q Q S S
« abr    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: ‘H1N1’

CASOS DE H1N1 SOBEM PARA 164 E 19 MORTES SÃO REGISTRADAS NA BAHIA

Gripe foi registrada em 43 municípios e os óbitos ocorreram em nove deles, segundo aponta o boletim da Sesab divulgado nesta terça-feira (29).

O número de casos confirmados da gripe H1N1 subiu de 153 para 164, segundo informações da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) divulgadas nesta terça-feira (29). O número de mortes subiu de 18 para 19, infomrou o órgão.

Conforme a Sesab, até o dia 26 de maio foram notificados 1.090 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 82 óbitos. Desse total de casos, 209 foram confirmados para Influenza.

No mesmo período de 2017 foram notificados 275 casos de SRAG, com 21 óbitos. Dentre eles, 23 foram confirmados para Influenza, sendo dois casos de H1N1 e nenhum óbito por conta da gripe.

:: LEIA MAIS »

SOBE PARA 18 O NÚMERO DE MORTES PROVOCADAS POR H1N1 NA BAHIA

Foram 193 casos de influenza, sendo 153 pelo subtipo H1N1 no estado. A gripe foi registrada em 39 municípios e os óbitos ocorreram em oito deles.

O número de casos confirmados da gripe H1N1 subiu de 114 para 153, segundo informações da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) divulgadas nesta quarta-feira (23). No último boletim, do dia 15 de maio, foram contabilizadas 15 mortes e agora são 18 óbitos por conta da doença.

A Sesab informou ainda que até o dia 19 de maio foram notificados 966 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 76 óbitos. Desse total de casos, 193 foram confirmados para Influenza, sendo 153 pelo subtipo H1N1.

No mesmo período de 2017, a Sesab informa que foram notificados 241 casos de SRAG, com 20 óbitos. Dentre eles, 20 casos de Influenza, sendo dois casos de H1N1.

:: LEIA MAIS »

EM UMA SEMANA, NÚMERO DE CASOS DE H1N1 SOBE MAIS DE 30% NA BAHIA; 15 MORTES JÁ FORAM REGISTRADAS

Do total de mortes, 10 ocorreram em Salvador, informou Sesab. Em quase sete dias, casos da doença passaram de 73 para 100.

Subiu para 100 o número de casos confirmados de H1N1 na Bahia, segundo informações da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia nesta quarta-feira (9). O aumento no número de pessoas com a doença em quase sete dias foi de cerca de 30%, já que há uma semana eram 73 casos de H1N1 no estado.

Os dados foram registrados até o dia 5 de maio. A Sesab informou ainda que o número de mortes pela doença na Bahia passou de 13 para 15. Do total de mortes, 10 ocorreram em Salvador.

Conforme a Sesab, as faixas etárias com maior ocorrência da gripe H1N1 foi entre os menores de 5 anos e maiores de 60, com 66,6% dos óbitos ocorreram nesse grupo na Bahia.

:: LEIA MAIS »

SESAB NEGA SURTO DE GRIPE H1N1 NA BAHIA

Com nove mortes entre os 46 casos da gripe H1N1 (influenza A) na Bahia, e mesmo com um alerta aos profissionais da saúde pela Vigilância Epidemiológica da Bahia, a secretaria estadual de Saúde (Sesab) negou que haja surto da doença na Bahia.
O número de ocorrências foi registrado entre o começo de janeiro até 20 de agosto deste ano. “Não foi o que aconteceu, foram casos isolados, distribuídos em vários municípios. Então, não é um surto, é um aumento de casos’, informou Fátima Guirra, coordenadora do setor de vigilância de doenças imunopreveníveis da pasta estadual.
A coordenadora diz que o que chamou à atenção neste ano foi o aumento dos óbitos entre os pacientes com a doença (18% dos enfermos morreram). Entre os municípios com maior número de casos, Salvador registrou 20 ocorrências, com uma morte. Os outros municípios com registros foram Camaçari, Teixeira de Freitas, Ipiaú, Eunápolis, Cruz das Almas, Simões Filho e Juazeiro. A última morte aconteceu em 20 de agosto, em Juazeiro.
A Vigilância Epidemiológica orientou os profissionais da Saúde para, em casos de sintomas da gripe H1N1, notificar ocorrência à mesma repartição. Para a população, o aconselhamento é em casos de febre, dor de garganta e tosse não fazer automedicação e procurar atendimento especializado. 

HOMEM DIAGNOSTICADO COM GRIPE SUÍNA MORRE EM IPIAÚ

Morreu no inicio da noite de ontem (quarta-feira, 31), o homem que estava infectado com o vírus da gripe H1N1, também conhecida como gripe suína. Segundo o blog Giro Ipiaú, a saúde do senhor de 65 anos já estava fragilizada antes da doença. A vítima, de nome não divulgado, estava internada na Clinica São Roque.
O caso foi confirmado, segundo o blog, pela secretaria de saúde do município.
A coordenadora de Endemias do município, Barbara Santiago, disse que o setor de saúde está alerta. Ela ainda informou da disponibilidade da vacina contra a Influenza A em todos  os postos de saúde do município.
Nesse período de inverno, já foram registrados 15 casos da H1N1 na Bahia. Os sintomas da doença são semelhantes aos da gripe comum: febre alta e tosse, mas em alguns casos também podem aparecer dor de cabeça e no corpo, garganta inflamada, falta de ar, cansaço, diarreia e vômitos.


primark


dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia