dengue prefeitura de ilheus
geraldo simoes
julho 2014
D S T Q Q S S
« jun    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

:: ‘Governo do Estado’

DELTA DEIXA TRABALHADORES SEM RESCISÃO

Ex-funcionários da empresa Delta estão desde abril à espera do pagamento da rescisão trabalhista. Ao blog, trabalhadores relataram que foi dada baixa na carteira de trabalho no dia 07 de abril, mas nada da empresa terceirizada prestar contas.
A Delta realizava serviços gerais em colégios estaduais de Ilhéus. Contratada pelo governo do Estado, a firma sempre manteve a instabilidade nos pagamentos de seus contratados e fechou as portas há dois meses. Os trabalhadores temem perder, além da rescisão, o prazo para acionar o seguro desemprego.

TERCEIRIZADOS DO ESTADO COM SALÁRIOS ATRASADOS

Funcionários da Delta, empresa terceirizada pelo governo do Estado para prestar serviços gerais em colégios de Ilhéus e Itabuna, estão há dois meses sem salários e benefícios como vale alimentação e vale transporte.
Os trabalhadores ainda não viram também a cor da primeira parcela do décimo terceiro salário, que deveria ser paga até esta sexta (29).
Há dois meses, os funcionários de várias empresas que prestam os mesmos serviços ao Estado paralisaram o trabalho em toda a Bahia, devido aos constantes atrasos de pagamento. O movimento, no entanto, não foi suficiente para colocar fim à peleja dos trabalhadores em busca de seus salários.

‘SANDES’ DIZ QUE SALÁRIO SERÁ PAGO NA TERÇA. TERCEIRIZADOS DA UESC AMEAÇAM PARAR

delta e sandesO ILHÉUS 24H conseguiu contato na manhã desta segunda-feira (22) com Raimundo Sampaio, representante da empresa Sandes Empreendimentos, responsável pela terceirização de cozinheiros para os colégios estaduais de Ilhéus.
Segundo ele, há somente um mês de salários atrasado, referente a junho. O atraso foi creditado ao governo do estado. Por telefone, o representante argumentou que a empresa nada pode fazer, já que não recebe pontualmente os repasses.
De acordo com Sampaio, os salários devem cair nas contas amanhã (terça, 23).
Outra terceirizada, a Delta Serviços, não atendeu nossas ligações, nem o email enviado para deltaservicos@deltaservicos.com.br.
A empresa, que também terceiriza serviços em colégios estaduais, está há dois meses sem pagar os salários e teria, segundo e-mails enviados a este blog, cortado o vale-transporte.
Os funcionários articulam paralisação de advertência.
ATRASOS NA UESC
lc empreendimentosTambém com os serviços gerais terceirizados, a UESC pode ficar sem limpeza, varrição e roçagem de seu campus. Pessoal contratado pela LC Empreendimentos estaria caminhando para o segundo mês sem salários.
Os trabalhadores já cogitam a possibilidade de parar as atividades em protesto.
Ao ILHÉUS 24H, o escritório da empresa na universidade não quis falar sobre o caso. Tentamos contato com a sede, pelo telefone (71) 3022-0101, mas sem sucesso.

EMPRESAS TERCEIRIZADAS ATRASAM SALÁRIOS

delta e sandesO governo do Estado pôs fim aos contratos firmados através do PST com trabalhadores das escolas estaduais. O modelo de contratação era conhecido pelo atraso constante dos salários e pela falta de direitos trabalhistas básicos.
Então, recorreu à terceirização do serviço, mas pouco parece ter mudado.
Em Ilhéus, por exemplo, pessoal contratado pelas empresas Sandes Empreendimentos e Delta reclama do atraso nos salários e da falta de vale-transporte.
O ILHÉUS 24H tentou contato com a Delta Empreendimentos, através dos telefones (71) 3082-2777 e (75) 3282-5333, mas sem sucesso. O mesmo aconteceu com a ligação feita à Sandes, pelo número (71) 3414-7070.
Procuramos também a professora Ana Maria Oliveira de Souza, diretora da Direc 6, em Ilhéus, que também não nos atendeu.
O atraso de salários e vale-transporte varia de caso a caso. Em contato com este blog, uma faxineira conta que paga passagem do próprio bolso há dois meses.

AGRICULTORES RECLAMAM DAS INDENIZAÇÕES DO PORTO SUL E FAZEM PETIÇÃO ONLINE

Valor injusto?

Valor injusto?

Donos de propriedades que estão dentro da poligonal do Porto Sul, na região de Aritaguá, zona norte de Ilhéus, reclamam do preço estipulado pelo governo do Estado para as desapropriações.
Marcelo Abrantes, agricultor familiar, classificou como “vandalismo” o que o governo tenta fazer com 228 famílias moradoras da região.
Segundo Marcelo, os proprietários pedem que governo pratique os mesmos valores aplicados pela Valec nas desapropriações para a construção da FIOL.
Outro produtor ouvido por este blog questiona: “Com os valores propostos pelo Estado, vamos viver como?”.
Na última quinta-feira (04), os donos de terras participaram de protesto no centro de Ilhéus e exibiram faixas questionando o governo.
Para tentar um recuo do poder público, uma petição circula nas redes sociais. Para assinar, clique aqui.

CONTRATADOS DO PST PASSAM APERTO

Contratados do governo do estado que trabalham por meio do PST (Prestação de Serviço Temporário) ainda aguardam (sentados, claro) o pagamento dos salários de março, abril e maio.
O problema é velho conhecido dos funcionários de colégios estaduais em Ilhéus e Itabuna, mas o governo do Estado finge nada ver.

TEMENDO GREVE NAS UNIVERSIDADES, GOVERNO RETOMA NEGOCIAÇÕES

Professores da UESC em assembleia na última semana. Foto de Karen Oliveira.

Professores da UESC em assembleia na última semana. Foto de Karen Oliveira.

A aprovação de estado de greve pelos professores da UESC e das outras três universidades estaduais surtiu o efeito esperado. O governo do Estado sentiu a pressão e concordou em negociar novamente.
O estado de greve da categoria e uma paralisação para terça-feira (28) foram aprovados na última sexta-feira (23), lembre aqui.
As negociações serão retomadas nos dias 27 e 29 próximos, como informa a assessoria de comunicação da Associação dos Docentes da UESC (Adusc).
Na última assembleia, os docentes denunciaram a “intransigência e irresponsabilidade do governo Wagner” que, no dia 20 de Maio, encaminhou ao Fórum das Associações Docentes (ADs) documento reafirmando as propostas rejeitadas em duas assembleias da categoria, e desprezando a nova proposta do Movimento Docente (MD).
Com a possibilidade de greve batendo à porta, o governo do estado pode ceder pontos tidos como importantes pelos professores, como a incorporação da  CET (Certificação das Condições Especiais de Trabalho) e o reajuste salarial de 14%, reivindicado pela categoria.

ITAGIBÁ GANHA AGÊNCIA DO CREDIBAHIA

Marquinhos e Wagner. Foto: Élvio Magalhães.

Marquinhos e Wagner. Foto: Élvio Magalhães.

Convênio assinado na última quinta-feira (09) entre o Governo do Estado e a prefeitura de Itagibá levará à cidade uma agência do Credibahia. A assinatura ocorreu em Salvador e contou com a intermediação do deputado estadual Fabrício Falcão (PCdoB).
Segundo o prefeito Marcos Barreto, o Marquinhos (PCdoB), o município também contará com a Sala do Empreendedor, ação do Sebrae que incentiva o empreendedor a entrar no mercado formal.
Antes da assinatura dos convênios, Marquinhos foi recebido em audiência e reivindicou a Wagner a construção de praça de eventos no município e obras no distrito de Japumirim.

GOVERNO E SERVIDORES FECHAM ACORDO SOBRE SALÁRIOS

DO CORREIO

O Governo Estadual e representantes dos Sindicatos de Servidores Públicos chegaram a um acordo nesta sexta-feira (3) sobre a reposição salarial da categoria em 2013. O aumento será dado em duas parcelas: 2% retroativos a 1º de janeiro e a partir de 1º de julho a complementação para chegar a 5,84%. 

O aumento total acompanha o valor da inflação de 2012. Anteriormente, o valor oferecido pelo governo do estado era de apenas 2,5%.

Tanto o governo quanto os servidores se mostraram satisfeitos com o acordo: “Fizemos um esforço, diante das dificuldades financeiras e orçamentárias, do lado do governo”, declarou Jaques Wagner, que ainda afirmou que a média de ganho real do funcionalismo, desde 2007, chega a 40%.


primark
debenhams
curta costa do cacau


grapiuna web pop

twitter
facebook