WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
prefeitura ilheus
abril 2017
D S T Q Q S S
« mar    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

:: ‘Geraldo Simões’

GERALDO SIMÕES APRESENTA PROJETO QUE REGULAMENTA UTILIZAÇÃO DE CACAU NO CHOCOLATE

geraldo-simoes-8Na próxima sessão da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio – CDEIC da Câmara dos Deputados deve ser votado o relatório do Projeto de Lei 851 de 2011 de autoria do deputado federal Geraldo Simões. Pelo projeto, para se aplicar o termo chocolate, é preciso que o produto tenha pelo menos 25% de cacau. No caso dos chocolates brancos, o percentual deve ser de 20% de manteiga de cacau.   Ele tomou a iniciativa em propor este projeto, no início de 2011 movido pelo bom senso que deveria existir em toda produção alimentícia, ou mesmo de toda a produção.
“Tudo que consumimos deveria ter designação de origem e informação dos componentes que integram o produto. O conhecimento do produto é um princípio básico da teoria econômica capitalista, que na prática não é observado e estamos longe de alcançar”, disse o deputado. Segundo ele, “vivemos em uma sociedade capitalista, mas princípios éticos devem ser obedecidos. Um dos princípios que deve ser observado é justamente a veracidade das informações. A correspondência entre os nomes com que se rotulam os produtos e seus componentes”.
Assim como não podemos compactuar com produtos falsificados e piratas, também não podemos aceitar que se tente enganar os consumidores com autofalsificações, classificando como chocolate o que não é chocolate.
Um grande número de produtos existentes nas prateleiras dos mercados brasileiros ostenta a denominação de “chocolate” ou de “chocolate branco”, ou utilizam-se de outros termos como ‘achocolatado’e induzem o consumidor a entender que há na formulação daquele produto ao menos um pequena quantidade de chocolate, ou seja, de um produto derivado do cacau em uma de suas formas de incorporação aos alimentos industrializados.
Na verdade, tais produtos contêm, tão somente, produtos químicos que tentam imitar o inigualável sabor do chocolate. O consumo desses compostos químicos traz vários prejuízos ao consumidor
Geraldo Simões explica que “o consumidor assim enga nado, é lesado ao pensar que consome chocolate de alto valor nutricional ao consumir produtos químicos, alguns evidentemente nocivos ao organismo”.  Paralelamente, o nome chocolate e as palavras dele derivadas, são usadas de forma indevida ao não se utilizar a verdadeira matéria prima, em evidente prejuízo aos produtores de cacau, insumo indispensável ao verdadeiro chocolate.
“Acredito firmemente que, ao apresentar este projeto benéfico a todos os consumidores, estarei criando condições de aumento da demanda do cacau, o que estimulará a produção e a economia das regiões cacaueiras no Brasil, particularmente na minha região, Sul da Bahia, tradicionalmente produtora desta valiosa amêndoa”, finalizou Geraldo Simões.

DEPUTADO GERALDO SIMÕES SE MOBILIZA PARA CONSEGUIR INVESTIMENTOS PARA A SANTA CASA DE ITABUNA

Assunto foi tratado durante reunião entre o deputado e o senador Walter Pinheiro.

Assunto foi tratado durante reunião entre o deputado e o senador Walter Pinheiro.

Na tarde da última quarta-feira (09), o deputado federal Geraldo Simões (PT), esteve reunido com o senador Walter Pinheiro, conversando sobre a necessidade de investimentos que a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna necessita, para aprimorar o Programa de Pacientes com Insuficiência Renal Crônica.
Os investimentos destinam-se a ampliar as sessões de hemodiálise, já que o hospital dispõe de 53 máquinas de diálise e atende em torno de 270 pacientes ao mês.
De acordo com Geraldo, nos últimos quatro anos os atendimentos na Santa Casa têm crescido, e passaram de 28.220 sessões para 37.424 ao ano, o que mostra a necessidade em ampliar os serviços. O deputado salienta que os transplantes renais, que em 2013 foram 37, necessitam de uma unidade de internamento mais adequada.
“Para atender a estas e outras necessidade de instalações e equipamentos destinados a melhorar a atenção a pacientes com insuficiência renal, estamos buscando destinar à Santa Casa os recursos necessários”, destaca Geraldo.

GERALDO SIMÕES DISCUTE PRÉ-CAMPANHA EM ILHÉUS

O grupo começou a traçar as estratégias para a campanha em Ilhéus.

O grupo começou a traçar as estratégias para a campanha em Ilhéus.

Uma reunião com lideranças políticas, na manhã de sábado (29), em Ilhéus, marcou o início da pré-campanha pela reeleição do deputado Geraldo Simões. Representantes de diversos segmentos, como educação, comércio, agricultura, sindicatos e funcionalismo público discutiram ações para a defesa do nome do parlamentar no município e na região.
O vereador Alisson Mendonça afirmou que o mandato do deputado Geraldo Simões é de grande importância para a região, que tem grande carência de representação no Poder Central, além de ser um elo também com o governo do estado.
“Reeleger Geraldo é importante porque vai garantir que a nossa região continuará tendo voz junto aos organismos de governo, em todas as instâncias. E nós já temos o parâmetro para medir essa importância, que é justamente o conjunto de ações que seus três mandatos garantiram para Ilhéus e região”, explica o vereador ilheense.
Outro que fez questão de se posicionar foi o presidente da Associação de Pequenos Agricultores de Ilhéus, Una e Buerarema, Abiel Santos. “Geraldo foi o único parlamentar que abraçou a luta pela defesa de nossas propriedades na região da Serra do Padeiro, apesar das dificuldades que sabemos que ele enfrenta. Reelegê-lo é uma demonstrção de gratidão e também uma boa estratégia de nosso movimento”.
Ações concretas
O deputado Geraldo Simões defendeu a eleição do deputado Rui Costa, pré-candidato do PT à sucessão do governo estadual, e a reeleição da presidenta Dilma. “Nossa região está recebendo investimentos em torno de R$ 10 bilhões. Sabemos que as obras ainda não estão no ritmo que gostaríamos e necessitamos, mas não temos dúvidas que serão o trampolim para o nosso desenvolvimento num curto espaço de tempo”.
Geraldo pontuou que muita coisa já foi realizada, como a adoção da Política de Preço Mínimo para o cacau e a própria implantação da Universidade Federal do Sul da Bahia. “A universidade já está programando o início das aulas para o próximmo mês de setembro, e já está providenciando a contratação de professores e pessoal técnico. Já é uma realidade”.

THIAGO FEITOSA INAUGURA OBRAS COM O PREFEITO DE SANTO AMARO

Thiago acompanhado dos prefeitos de Muritiba e Santo Amaro, além do deputado Geraldo Simões.

Thiago acompanhado dos prefeitos de Muritiba e Santo Amaro, além do deputado Geraldo Simões.

O pré-candidato a deputado estadual Thiago Feitosa (PSL) esteve ontem (domingo, 23) em Santo Amaro, para a inauguração de obras de infraestrutura no bairro de Jericó. Acompanhado do prefeito da cidade, Ricardo Machado, e do deputado federal Geraldo Simões (PT), Thiago aproveitou a oportunidade para amarrar apoios eleitorais de olho numa vaga na assembleia legislativa.
Em seguida, Thiago e Geraldo foram a São José do Itaporã, distrito de Muritiba, em companhia do prefieto da cidade, Roque, onde visitaram obras e acompanharam festejos locais.

THIAGO FEITOSA MARCA PRESENÇA NA PROCISSÃO DE SÃO JOSÉ

Thiago em vários momentos do cortejo.

Thiago em momentos do cortejo.

Chamou a atenção de todos o carisma do pré-candidato a deputado estadual Thiago Feitosa com os populares que o encontraram na procissão de São José, ontem (quarta, 19), em Itabuna. 
Acompanhado do deputado federal Geraldo Simões (PT), Feitosa, que vai disputar a próxima eleição pelo PSL, recebeu abraços e apoios durante a caminhada por toda a Avenida do Cinquentenário.

JUNTO COM GESTORES DA DIREC 7, GERALDO SIMÕES SE REÚNE COM SECRETÁRIO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

GSimõesO deputado federal Geraldo Simões (PT) esteve na manhã dessa segunda-feira (17), com representantes do Fórum de Gestores da Direc 7, em reunião com o secretário de Educação do estado da Bahia, Osvaldo Barreto, apresentando uma série de reivindicações.
Os professores pleiteiam o reajuste nos recursos a serem repassados, bem como a liberação dos recursos previstos para custeio das atividades das escola e merenda escolar, além de outras reivindicações.
Segundo Geraldo Simões, os professores reconhecem os avanços obtidos na esfera educacional ultimamente, mas estão conscientes que ainda há muito para ser conquistado para que uma educação de maior qualidade seja ofertada à população.

DEPUTADO COBRA E EXÉRCITO VOLTA À REGIÃO DE CONFLITO NO SUL DA BAHIA

geraldo simoes entrevistaA cobrança insistente do deputado federal Geraldo Simões (PT/BA) junto ao governador Jaques Wagner e ao ministério da justiça surtiu efeitos e a tropa do exército retornou, desde a noite de ontem (quinta, 13), à região de conflito entre supostos índios tupinambá e produtores agrícolas, em Buerarema, ao sul da Bahia.
Segundo o deputado, o governador Jaques Wagner havia pedido a prorrogação do estado de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no local e foi atendido pela presidenta Dilma Rousseff.
As tropas estão em Buerarema há menos de um mês, logo após a morte de um líder de assentamento na região. Desde que os militares assumiram a segurança na zona de conflito, o clima de tensão diminuiu, assim como as invasões a fazendas, por parte dos indígenas.
Com a permanência do exército no sul da Bahia, Geraldo, que acompanha de perto a disputa, acredita que seja mantida a paz na região, até que se encontre uma solução para o problema. “Defendemos o cancelamento do processo de demarcação e a imediata reintegração de posse das fazendas invadidas”, disse o parlamentar.

DILMA ROUSSEFF ASSINA DECRETO QUE BENEFICIA TÉCNICOS AGRÍCOLAS E FISCAIS AGROPECUÁRIOS

O deputado federal Geraldo Simões, juntamente com fiscais agropecuários.

O deputado federal Geraldo Simões, juntamente com fiscais agropecuários.

Foi assinado pela presidenta Dilma Rousseff e publicado no Diário Oficial da União, o decreto nº 8.205 de 2014, que dispõe sobre as atribuições dos Cargos de Atividades Técnicas de Fiscalização Federal Agropecuária , categorias de servidores públicos, de nível intermediário do quadro de Pessoal do Ministério da Agricultura Pecuária e do Abastecimento.
O deputado federal Geraldo Simões parabenizou a Associação Nacional dos Técnicos e Fiscais Agropecuários e suas correspondentes estaduais e a todos os técnicos de fiscalização federal agropecuária e aos técnicos agrícolas em geral, por essa grande vitória. “Foi graças à mobilização da categoria e ao trabalho diário, insistente, de seus representantes, que conseguimos a publicação deste decreto”, disse.
Simões esteve presente em todos os momentos desta luta, debatendo o assunto com as autoridades governamentais da área. “Sou testemunha do grande esforço que foi feito para chegar a este resultado”, disse. Para ele, “essas novas atribuições destes Técnicos de Fiscalização terão repercussões positivas nos setores produtivos agropecuários e significará uma valorização dos profissionais”.
“Fatos como estes mostram o valor da união dos trabalhadores e da importância de contar com uma liderança combativa. É com muito orgulho que também sou Técnico Agrícola”, ressaltou o deputado.

PRODUTORES DA SERRA DO PADEIRO VÃO ACIONAR A JUSTIÇA CONTRA A DEMARCAÇÃO

O deputado Geraldo Simões participou da reunião, e observou que o processo tem avançado em várias frentes em favor da revisão da demarcação.

O deputado Geraldo Simões participou da reunião, e observou que o processo tem avançado em várias frentes em favor da revisão da demarcação.

Uma assembleia realizada na manhã do último domingo (9), na sede do Sindicato Rural de Ilhéus, decidiu pelo ingresso, na Justiça Federal, de uma ação de anulação do processo de demarcação da reserva indígena na Serra do Padeiro, nos municípios de Buerarema, Ilhéus e Una. Os pequenos produtores vão se cotizar para contratar um escritório de advocacia em Brasília, para garantir mais agilidade na defesa de seus interesses.
A reunião, promovida pela  Associação dos Pequenos Produtores de Ilhéus, Una e Buerarema, também deliberou pela manutenção e intensificação da mobilização contra a demarcação da reserva, e para cobrar agilidade na apuração do assassinato do agricultor Juraci José Santana dos Santos, morto no dia 11 de fevereiro numa emboscada em sua residência, em um dos assentamentos de reforma agrária que ficam na área de conflito.
Para juntar pelo menos R$ 200 mil para custear a ação, os associados vão promover eventos, como bingos e sorteios, além de incentivar a doação direta, por meio de uma lista de 100 pessoas que possam dar, cada uma, R$ 1.000,00. O restante será arrecadado com as doações de outro grupo, bem maior, a quem serão pedidas contribuições de menor valor.
O deputado Geraldo Simões participou da reunião, e observou que o processo tem avançado em várias frentes em favor da revisão da demarcação, mas afirma que as deliberações desse domingo vão ajudar. “O processo de demarcação da área e criação da reserva foi devolvido para novo estudo pela Funai, o que já indica que o governo reconhece que há inconsistências. Esse é um grande avanço, já que é algo inédito nesse tipo de demanda”.
O deputado, que é do PT, diz que, apesar de ser um processo muito complexo, o apoio à causa dos produtores vem ganhando mais adeptos dentro do partido e em setores do governo. “Apesar disso, assumo o compromisso de levar à presidenta Dilma e ao governador Wagner a necessidade de maior agilidade na definição desse processo. Ao mesmo tempo, vou continuar cobrando celeridade na investigação do assassinato de Juraci”.
:: LEIA MAIS »

CONFLITO INDÍGENA: JOAQUIM BARBOSA DÁ DURO GOLPE EM DONOS DE TERRAS DO SUL DA BAHIA

Conflitos geram protestos desde o ano passado.

Conflitos geram protestos desde o ano passado.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, acatou pedido da Procuradoria Geral da União e suspendeu, por tempo indeterminado, as limiares judiciais que determinavam as reintegrações de terras invadidas por índios em Ilhéus, Una e Buerarema.
Barbosa se apoiou no argumento de que as liminares conseguidas pelos produtores da região agravariam o conflito “indígena”. A decisão do Ministro foi tomada individualmente, nesta quarta (26).
O deputado federal Geraldo Simões, que acompanha de perto a disputa de terras entre índios e pequenos produtores da região, considerou o posicionamento de Joaquim Barbosa como “um aval para que as invasões sigam acontecendo impunemente, enquanto o processo em seu conjunto não tenha uma decisão final”.

GERALDO COBRA CONCURSO NA CEPLAC

geraldo plenarioO deputado federal Geraldo Simões (PT) usou a tribuna da câmara de deputados, na tarde desta terça (25), para pedir ao governo federal que realize concurso público para a Comissão Especial do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac). 
O parlamentar lembrou que há 20 anos não se realiza concurso ou qualquer outro tipo de contratação para renovar o quadro de servidores do órgão.
Sem o concurso, a Ceplac corre o risco de morrer por inanição, devido à idade avançada de seus atuais funcionários. Mesmo com o problema, ressalta Simões, a Comissão ainda se mostra como fonte inesgotável de pesquisa e uma das responsáveis pela continuidade da lavou cacaueira no sul da Bahia depois da vassoura de bruxa.

ENCONTRO POLÍTICO DO PT MARCA FIM SEMANA EM ITABUNA

PORTAL SUL BAHIA
Evento também contou com a presença de deputados, prefeitos, vereadores e militantes dos partidos que já firmaram apoio às pré-candidaturas: PSD, PCdoB, PDT, PP, PR, PRB, PSL, PTB e Solidariedade.

Evento também contou com a presença de deputados, prefeitos, vereadores e militantes dos partidos que já firmaram apoio às pré-candidaturas: PSD, PCdoB, PDT, PP, PR, PRB, PSL, PTB e Solidariedade.

A pré-campanha do candidato do Partido dos Trabalhadores ao Governo da Bahia, Rui Costa, chegou, na manhã do último sábado (22), ao território de identidade Litoral Sul. A população da região foi convidada a participar da elaboração do Programa de Governo Participativo (PGP). Durante cerca de 40 dias, donas de casa, empresários, estudantes, agricultores familiares estarão dialogando sobre novos passos para o avanço regional.
O evento organizado pelo PT, também contou com a presença de deputados, prefeitos, vereadores e militantes dos partidos que já firmaram apoio às pré-candidaturas: PSD, PCdoB, PDT, PP, PR, PRB, PSL, PTB e Solidariedade, legendas que percorrem com o PT as caravanas de diálogos. Mais de 1,5 mil pessoas participaram do ato, entre elas militantes, líderes partidários e representantes da sociedade.
O presidente do Diretório Municipal do PT de Itabuna Flávio Barreto agradeceu o empenho da militância, sempre importante na formulação e no desenvolvimento das campanhas. “Nossa turma veio em massa por acreditar no projeto que mudou o Brasil, e está com disposição para elaborar as propostas com as demandas do Sul da Bahia”, afirmou.
Rui Costa enfatizou a importância das pessoas na elaboração de políticas públicas. “Estamos aqui com a convicção de que o nosso projeto é coletivo. Participar e opinar são desejos da sociedade”. Ele ainda destacou projetos fundamentais para a macrorregião, como o novo aeroporto de Ilhéus, a Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol) e Porto Sul, ações que estão em andamento na gestão do governador Jaques Wagner.
O pré-candidato ao Senado, Otto Alencar, também citou iniciativas já traçadas pela atual gestão, a exemplo da duplicação da BR 415. Ao falar sobre Rui Costa, Otto foi enfático: “tenho fé e convicção nesse meu amigo da Liberdade. Rui veio do povo e construirá um governo para o povo”.
O deputado federal Geraldo Simões enalteceu a grande participação popular no evento, “É muito importante e participação de todos nesta nova etapa de luta. Momentos difíceis virão, mas sou otimista que nossas propostas são as melhores, nossos Governos estão tendo êxito la luta pelo desenvolvimento e melhoria de vida dos baianos e do povo brasileiro”.
O pré-candidato a deputado estadual Thiago Feitosa destacou o fato da população sulbaiana participar diretamente da elaboração do Programa de Governo Participativo , “Pela primeira vez na história, um pré-candidato a Governador entrega seu programa de Governo, para ser feito pelas mãos  dos Cidadãos e Cidadãs baianos”.

O LASTIMÁVEL SILÊNCIO DE JABES E DOS SEUS DEPUTADOS ANTE OS CONFLITOS ENTRE ÍNDIOS E AGRICULTORES NA REGIÃO

Jabes ao lado do deputado federal Mário Negromonte. O prefeito pediu votos para ele em Ilhéus, e o parlamentar nada fez pela cidade.

Jabes ao lado do deputado federal Mário Negromonte (PP). O prefeito pediu votos para ele em Ilhéus, e o parlamentar nada fez pela cidade.

Enquanto o deputado federal Geraldo Simões (PT) age energicamente, praticamente sozinho, ante a situação de guerra que se converteu algumas áreas de Ilhéus, Una e Buerarema, devido aos conflitos entre índios e pequenos agricultores locais, alguns políticos da região não seguem a mesma linha, e fazem, irresponsavelmente, vistas grossas perante uma situação gravíssima.
Em busca de um saída onde o bom senso impere, Geraldo não pestanejou em comprar briga com o Conselho Indigenista Missionário (Cime), com o ministro da Justiça, com alguns setores do PT e com a Fundação Nacional do Índio (Funai).
Tudo por algo que ele acredita piamente ser uma situação que carece de maior aprofundamento, para que, justamente, não seja cometida nenhuma espécie de injustiça.
Enquanto isso, vamos retroceder um pouco no tempo.
Será que os caros leitores recordam quem eram os candidatos a deputado que Jabes Ribeiro, isso em 2010, apresentou à região como sendo “pessoas dele”? Caso não, nós refrescaremos suas memórias: Para deputado estadual Jabes apresentou o nome de Ronaldo Carletto (PP) e para federal, Mário Negromonte (PP).
Jabes e o deputado estadual Ronaldo Carletto. Gestor ilheense apresentou nome do parlamentar na cidade, que, depois de eleito, virou as costas para a população local.

Jabes e o deputado estadual Ronaldo Carletto (PP). Gestor ilheense apresentou nome do parlamentar na cidade, que, depois de eleito, virou as costas para a população local.

Eles tiveram boa votação em Ilhéus, porém, além de nunca terem feito nada pela cidade, nesse momento em que, não só Ilhéus, mas as outras duas cidades onde o conflito acontece, carecem urgentemente da atuação séria de parlamentares, eles agem como se nada estivesse acontecendo. 
E não só eles, mas a maioria dos que vieram aqui, pediram voto e depois viraram as costas para a cidade. Sem esquecer dos que são prata da casa, porém, seguem a mesma linha do execrável descompromisso com a cidade.
Que espécies de políticos são esses? Fica mais do que evidente que não passam de meros oportunistas, que, quando aparecem, de quatro em quatro anos, sorriem, ofertam abraços e afagos, mas, depois de eleitos, na hora de fazer jus aos seus mandatos, dão uma grande banana para a população.
Ah, para não esquecermos, os candidatos que Jabes apresentou nas eleições de 2010, se liguem, são os mesmos que ele pretende trazer à tira-colo mais uma vez para a região esse ano.
Os exemplos foram dados. E cada um tem direito de fazer o que bem entender com seu voto. Até mesmo o de jogar no lixo.

GERALDO SIMÕES DEFINE PRIORIDADES DE 2014 EM SEU MANDATO

Parlamentar se destaca como um dos mais atuantes no congresso.

Parlamentar se destaca como um dos mais atuantes no congresso.

O deputado federal Geraldo Simões fez pronunciamento no Congresso Nacional em que destacou as conquistas de 2013 e definiu as prioridades de seu mandato para 2014, com a consolidação de projetos que beneficiam o Sul da Bahia.
“Tem sido constante meu empenho, como Deputado Federal, em garantir a implantação da Universidade Federal do Sul da Bahia. Garantimos que o projeto de criação da Ufesba fosse aprovado com a sede da Reitoria em Itabuna. Apoiamos de forma decisiva todas as tramitações para sua criação e defendemos, no Projeto de Lei nº 6512/2013 que seja criado o campus de Gandu”, disse o deputado.
Ele reiterou que está empenhado em garantir o funcionamento da UFESBA ainda este ano e colocou seu gabinete à disposição das autoridades universitárias, particularmente do reitor Naomar Almeida, responsável direto pela implantação da Universidade.
“No ano passado, meu mandato também se caracterizou por uma forte atuação na questão da Demarcação de Terras Indígenas com o objetivo de evitar a generalização do conflito na região e que fosse encontrada uma saída pacífica, garantindo os direitos das verdadeiras comunidades indígenas e respeitando os direitos dos produtores rurais”, afirmou. “Defendemos a reintegração de posse das propriedades invadidas arbitrariamente e que fosse reestabelecida uma renegociação, com a destinação de terras, a serem adquiridas pelo Governo Federal, às comunidades indígenas tradicionais, evitando assim a radicalização do conflito”, disse Geraldo Simões.
Com o objetivo de evitar novos conflitos, o parlamentar apresentou o Projeto de Lei 6818/2013 regularizando o processo de demarcação de terras indígenas em todo o País e também participou da Comissão da PEC 215 que propõe novo processo de demarcação de terras indígenas.
“Seguirei atuando de forma decisiva, como venho fazendo, na questão relativa à construção da Barragem do Rio Colônia, que deve abastecer de água o município de Itabuna. Trabalhei na defesa de recursos de emenda parlamentar da Bancada da Bahia, destinada à construção da Barragem, que chegou a ser iniciada. No entanto, para nossa decepção, o empreendimento encontra-se paralisado devido à mudança de estimativa de custos, feita pela empreiteira e a negativa do Governo em aceitá-la”, ressaltou. Ele tem insistido na necessidade do Governo Estadual estabelecer negociações com a empresa e verificar o que pode ser feito para reativar as obras. Inclusive tenho sugerido que Governo recorra ao Tribunal de Contas do Estado com o objetivo de buscar solução para o impasse.
:: LEIA MAIS »

GERALDO SIMÕES PARTICIPA DE REUNIÃO DA ASSOCIAÇÃO DE PEQUENOS PRODUTORES RURAIS

Deputado falou aos produtores, afirmando que está trabalhando para garantir a posse das terras aos pequenos agricultores de Una, Buerarema e Ilhéus.

Deputado afirmou que está trabalhando para garantir a posse das terras aos pequenos agricultores de Una, Buerarema e Ilhéus, que estão sendo prejudicados.

O deputado federal Geraldo Simões (PT), participou no último domingo (02), de uma reunião da Associação dos Pequenos Produtores Rurais de Ilhéus, Una e Buerarema , onde foi discutida a reintegração de posse de várias propriedades, já deferidas pela Justiça, além das novas ações que sairão nos próximos dias.
O parlamentar afirmou que durante toda essa semana estará em Brasília, à disposição dos produtores, ajudando no que for necessário para avançar na solução dos conflitos na região, com a garantia de posse aos produtores prejudicados.





twitter
facebook