WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: ‘Feliciano’

PAPA É UM FELICIANO COM MUITO MAIS PODER E O APOIO DA GLOBO

Por Lino Bocchini, editor de mídia online da Carta Capital
Os evangélicos estão sendo injustiçados. O tsunami de críticas que atingiu Marco Feliciano, Silas Malafaia e demais líderes evangélicos fundamentalistas se aplica ao papa Francisco e à Igreja Católica. Explico: as mesmas bandeiras conservadoras levantadas pelo presidente da Comissão de Direitos Humanos do Congresso estão no centro da atuação da igreja católica há séculos. E o argentino Mario Bergoglio, agora chamado de Francisco, comunga destes ideais e não se mostra disposto a alterá-los. Pelo contrário.
Vamos por partes:
Primeiro, a homofobia
Muito se reclamou da atuação de Feliciano contra os direitos fundamentais dos homossexuais. A coleção de frases e a atuação do pastor não deixam dúvidas quanto à sua posição. Como é sabido, a igreja católica igualmente condena a homossexualidade, e considera pecado o amor da população LGBT.
O próprio Francisco, pessoalmente, demonstra preocupação com o que chama de “lobby gay” no Vaticano. Conforme revelou o site católico Reflexión y Liberación, o pontífice afirmou o seguinte em uma audiência recente com a diretoria da Confederação Latino-Americana e Caribenha de Religiosos: “Na Cúria há gente santa de verdade. Mas também há uma corrente de corrupção, é verdade. Fala-se de lobby gay, e é verdade, ele está aí… temos que ver o que podemos fazer”.
Segundo, os direitos da mulher
Em entrevista para o livro “Religiões e política”, o deputado do PSC-SP afirmou o seguinte: “Quando você estimula uma mulher a ter os mesmos direitos do homem, ela querendo trabalhar, a sua parcela como mãe começa a ficar anulada, e, para que ela não seja mãe, só há uma maneira que se conhece: ou ela não se casa, ou mantém um casamento, um relacionamento com uma pessoa do mesmo sexo; [assim] você destrói a família, cria-se uma sociedade só com homossexuais, e essa sociedade tende a desaparecer, porque ela não gera filhos”.
A igreja católica sempre tratou a mulher de forma diferenciada. A começar pelo fato de que elas não podem ser ordenadas. Aos homens (padres) cabe orientar os fiéis, ditar os rumos da igreja e do mundo. Às freiras cabem tarefas como cuidar dos enfermos e necessitados e, por exemplo, cozinhar, lavar e passar para o “homem simples de fala mansa” que está entre nós.

:: LEIA MAIS »

JEAN WYLLYS: “MARINA É REFÉM DA COVARDIA”

DO BRASIL 247
Jean e Marina.

Jean e Marina.

As declarações da ex-ministra Marina Silva sobre o deputado Marco Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, renderam polêmica ontem na imprensa e nas redes sociais (leia mais).
Líder da causa LGBT, o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) foi um dos que protestaram contra a defesa de Marina, que afirmou, no Recife, que Feliciano era criticado por ser evangélico, e não por suas declarações.
Com atitudes racistas e homofóbicas, o parlamentar do PSC e pastor evangélico da Assembleia de Deus foi alvo de protestos por vários dias seguidos quando assumiu o comando do colegiado.
Segundo Marina Silva, porém, “hoje, se tenta eliminar o preconceito contra gays substituindo por um preconceito contra religiosos”.
Pelo Twitter, Jean Wyllys afirmou que faltou à ex-senadora criticá-lo por seu comportamento racista e homofóbico, que ela está em cima do muro sobre diversos assuntos e em busca de um eleitorado conservador, assim como está a presidente Dilma.

NA TV, FELICIANO DEFENDERÁ VALORES DA ‘FAMÍLIA VERDADEIRA’

FOLHA
marcofelicianoO presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, deputado Marco Feliciano (PSC-SP), aparecerá nos comerciais do PSC na TV a partir desta terça-feira (7) defendendo a “recuperação dos valores da família verdadeira”.
Desde que assumiu a presidência da comissão, em março, Feliciano é criticado por declarações consideradas homofóbicas e racistas. Ele nega as acusações.
Já as inserções da legenda, todas com a temática da valorização da família, irão ao ar até a próxima quinta-feira (16), de acordo com o calendário do TSE. Serão, no total, 40 comerciais de 30 segundos espalhados pela programação. Feliciano vai aparecer em dois deles, de acordo com o partido.
“Ser social e cristão é ter compromisso com a defesa da família. É ser contra as drogas e a favor da vida. Somente com a valorização da família verdadeira vamos fazer um Brasil melhor. Venha com o PSC mudar o nosso Brasil”, afirma o deputado na gravação, segundo o partido. Os comerciais nacionais do PSC começam a ser veiculados nesta terça-feira (7).
Antes de sua fala, uma criança diz que “mãe ama de verdade”, “pai cuida com amor” e que às vezes esse amor pode vir de outros membros das famílias, como tios, tias, avôs e avós.

DR. HOLLYWOOD SE FILIA AO PSC

doutor
O médico Roberto Miguel Rey, mais conhecido como o metrossexual Dr. Hollywood, decidiu se filiar ao PSC, partido do deputado Marco Feliciano (SP).
Ele assinou a ficha de filiação na última sexta (19). Famoso por suas cirurgias plásticas em estrelas e apresentador de TV, Rey garante que decidiu pelo PSC por ser uma legenda que carrega a bandeira da religião evangélica.
“Procurei esse partido porque, aqui, nós não temos vergonha da palavra de Deus. Entendo que o mundo está entrando no caos porque as pessoas não querem mais ouvir a palavra de Deus”, afirmou. Dr. Rey tentará se eleger para uma das vagas na Câmara dos Deputados em 2014.

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia