WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: ‘exame de ordem’

CONSELHO FEDERAL DA OAB APROVA ALTERAÇÃO NO EXAME DE ORDEM

oab
O Pleno do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) aprovou nesta terça-feira (1), por unanimidade, a alteração no provimento do Exame de Ordem, que permita que em caso de reprovação na segunda fase, o examinado possa reaproveitar o resultado da primeira fase da prova.
O examinado poderá fazer a prova prático-profissional, uma única vez, no Exame de Ordem seguinte.
O Conselho também alterou o dispositivo que permite aos estudantes do nono e décimo semestre participarem da prova, para adequar a realidade das faculdades que tem curso de seis anos.
As mudanças entrarão em vigor na data da publicação do provimento e terá validade para os Exames seguintes.

DIVULGADO GABARITO OFICIAL DA PROVA DA OAB

O gabarito oficial com as respostas da primeira fase do 11º Exame de Ordem Unificado da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) foi divulgado na noite deste domingo (18) pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).
Para participar da segunda fase do exame, o candidato deve acertar no mínimo 40 questões.
A lista preliminar com os aprovados para a prova prático-profissional deve ser divulgada no dia 28 de agosto.
Clique AQUI e confira o gabarito.

COMISSÃO DE EXAME DE ORDEM DA OAB-BA QUER PRONUNCIAMENTO DA FGV SOBRE ERROS NAS PROVAS

A presidente da Comissão de Exame de Ordem da seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA), Cyntia Possídio, demonstrou insatisfação com “inconsistências” apontadas na última prova unificada da entidade e solicitou que a Fundação Getúlio Vargas (FGV), que elabora o teste, se manifeste de “maneira explícita” sobre os questionamentos.
As principais críticas se direcionam à prova prática de Direito Penal. Candidatos e professores de todo o Brasil alegam que há erros na peça.
“Eu tive oportunidade de ter acesso a algumas provas. Muitas vezes, o que é apresentado como gabarito é o mesmo que se pode observar na resposta do examinando e essa resposta não é corrigida de forma adequada pela FGV”, avaliou Cyntia.
Segundo ela, não foram indicados erros somente na prova de Penal, mas também nas áreas de Direito Tributário e Administrativo.
No dia 5 de agosto, Conselho Pleno da Ordem se reunirá para debater os parâmetros de correção que serão aplicados nos próximos exames. Foi levantada a possibilidade de, a partir dessa discussão, a OAB anular a questão ou parte dela.
A Comissão do Exame baiana, de acordo com a presidente, enviou ofício ao Conselho Federal para a criação de um grupo que fiscalize a elaboração e a correção das provas. “Nós defenderemos sempre a justiça da correção e da elaboração da prova.
:: LEIA MAIS »

OAB PODERÁ ANULAR DUAS QUESTÕES DO EXAME DA ORDEM

logo_oab1A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) decide até a próxima terça-feira (23) se anulará duas questões da prova de direito administrativo da segunda fase do 10º Exame de Ordem Unificado.
Segundo reportagem do Correio Brasilienze deste sábado (20), uma carta aberta assinada por professores da área contesta a cobrança de jurisprudência nas questões da prova — que não estaria prevista no edital. Se a anulação for confirmada, três pontos serão adicionados à pontuação final de cada candidato.
O resultado deve ser divulgado no próximo dia 26 de julho.
“Temos esperança de que eles reconheçam ao menos parte dos pedidos da carta. Esse foi o exame mais problemático da história da OAB. Ela não vai querer ficar com a imagem arranhada por causa dele”, opina o candidato Pedro Ortiz, de 24 anos, um dos 20 estudantes que entraram com recurso solicitando a anulação de questões que cobravam jurisprudência.
O grupo se reuniu com o presidente da Comissão Federal da OAB, Marcus Vinícius Coêlho, na tarde desta sexta (19).
Os alunos tentam conseguir o mesmo direito daqueles que optaram por fazer a prova de direito civil.
Dois dias após a divulgação do gabarito preliminar pela OAB, o certame de civil teve duas questões anuladas por também exigirem jurisprudência, ou seja, o entendimento dos tribunais acerca de um caso concreto, sem previsão específica em lei.

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia