WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
bahiagas Neste site
novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

:: ‘drogas’

PM DÁ PREJUÍZO AO TRÁFICO DA AVENIDA PRINCESA ISABEL

Homens do Pelotão Especial da Polícia Militar já apresentaram à polícia civil pelo menos seis acusados de tráfico de drogas na Avenida Princesa Isabel, em Ilhéus.

Na manhã desta sexta (29), a PM apreendeu dinheiro e celulares. Desde ontem (quinta, 28), que a polícia ilheense está empenhada na operação que combate o tráfico de drogas na região.

Em breve, mais informações.

MP DENUNCIA QUADRILHA QUE OPERAVA O TRÁFICO DE DROGAS EM ILHÉUS

Marcelo dava as ordens de Goiás.

Marcelo dava as ordens de Goiás.

Dez integrantes de uma organização criminosa que atuava no tráfico de drogas em Ilhéus foram denunciados pelo Ministério Público estadual à Justiça. A denúncia, oferecida pelo promotor de Justiça Maurício Pessoa Godim de Matos, foi encaminhada à 1ª Vara Criminal de Ilhéus na última segunda-feira, dia 31.
Os denunciados são Marcelo do Nascimento, conhecido como “Marcelo Bola”, que liderava a quadrilha; Mônica Almeida Nascimento, sua companheira; e mais Edenilson Pinheiro Santos, conhecido como “Riquinho”; Nelilda Santos de Santana, a “Néa”; Mário Sérgio Santos Lima, o “Cê”; Júlio César dos Santos Roiz, o “Sérgio”; Edjaldo Oliveira do Nascimento, o “Jal”; Anselmo Oliveira Souza Filho, o “Minho”; Rafael Oliveira da Conceição, o “Rato”; e Ricardo Ferreira Costa, o “Pingo”. Eles tiveram a prisão preventiva decretada no último dia 25 de março e encontram-se custodiados no Conjunto Penal de Ilhéus.
As investigações que desbarataram a quadrilha foram realizadas entre julho de 2013 e fevereiro deste ano pela Polícia Civil de Ilhéus, através da Coordenadoria Regional de Polícia do Interior com o apoio da Superintendência de Inteligência da Polícia Civil da Bahia.
Armas de fogo, munições, drogas, balanças de precisão, celulares e farta documentação foram apreendidos em operações realizadas em agosto de 2013 e fevereiro deste ano nas residências dos denunciados.
Foi apurado que o líder “Marcelo Bola”, que à época residia na cidade de Goiânia (GO), comandava os demais integrantes da quadrilha através de ligações telefônicas. Ele era o responsável pela aquisição de armas de fogo e munições, que ficavam armazenadas na casa da sua companheira Mônica, e também intermediava a aquisição de drogas para o bando.
 Os demais tinham funções específicas de gerência financeira, armazenagem, aquisição, distribuição e comercialização da droga. Todos foram denunciados pelos delitos tipificados nos artigos 33 e 35 da Lei de Tóxicos (Lei nº 11.343/06).

ACUSADO DE TRÁFICO USAVA FARDA DA PM EM ILHÉUS

Homens da 69ª Companhia Independente da PM, em Ilhéus, prenderam, na noite de ontem (quinta-feira, 06), um rapaz de idade ignorada que portava grande quantidade de drogas, dois revólveres e estava vestido com uma camisa de passeio da Polícia Militar baiana.
Segundo a PM, Erisson Luiz de Aquino Salomão, foi preso na zona sul da cidade, em atitude suspeita. O rapaz não informou em que lugar havia comprado a camisa, de uso restrito de soldados.
Além da droga e das armas, ele estava com duas balanças de precisão, um carregador de pistola calibre 380, duas motos, uma com placa de identificação adulterada e mais de R$ 1300,00.

ILHÉUS: SUPOSTO TRAFICANTE ENGRAVIDA MENINA DE 15 ANOS

Droga apreendida. Foto: PM.

Droga apreendida. Foto: PM.

Policiais do Pelotão Especial da PM realizaram uma prisão e duas apreensões na zona sul de Ilhéus, na tarde de ontem (sexta, 21).
Segundo a PM, durante uma ronda de rotina pelo bairro Nossa Senhora da Vitória, duas pessoas se assustaram com a presença dos militares e se evadiram do local. A polícia não demorou para encontrá-los dentro de um barraco.
No local, foi encontrado Ernesto Bonfim da Silva Neto, conhecido como “Theca”, um suposto traficante de drogas da região. Com ele, foram apreendidas 60 pedras de crack e uma menor de idade. A garota alegou ter 15 anos e estar grávida do homem.
A dupla foi encaminhada à delegacia. Além de responder por tráfico de drogas, “Theca” vai ter que prestar contas também por aliciamento de menores.

DRIBLANDO O CRACK

Babas serão realizados no ginásio de esportes.

Babas serão realizados no ginásio de esportes.

Desde o último sábado, dia 1º de fevereiro, até o final de março, o Ginásio de Esportes Herval Soledade, em Ilhéus, vai sediar a 2ª edição do Campeonato de Futsal “Driblando o Crack”. A iniciativa é promovida pelo grupo Força Jovem da Igreja Universal do Reino de Deus e conta com o apoio do vereador Ivo Evangelista.
Para o vereador, o esporte pode ser o maior aliado na luta pelo combate às drogas, o melhor por via pacifica e um caminho que já provou ser bem mais eficaz que punições severas.
O evento esportivo vai reunir cerca de 100 jovens de diversas comunidades de Ilhéus e será realizado nos meses de fevereiro e março (dias 01/02, 08/02/, 15/02, 22/02, 08/03, 29/03), sempre a partir das 14 horas.

JUIZ CONSIDERA MACONHA ‘RECREATIVA’ E ABSOLVE TRAFICANTE CONFESSO EM BRASÍLIA

FOLHA DE SP
Um réu confesso do crime de tráfico de drogas foi absolvido após um juiz de Brasília considerar a maconha uma droga “recreativa” e que não poderia estar na lista de substâncias proibidas, utilizada como referência na Lei de Drogas.
A decisão, do juiz Frederico Ernesto Cardoso Maciel, da 4ª vara de Entorpecentes de Brasília, foi tomada em outubro e o Ministério Público recorreu. Na sentença, o juiz compara o uso da maconha com o cigarro e álcool, para concluir que há uma “cultura atrasada” no Brasil.
“Soa incoerente o fato de outras substâncias entorpecentes, como o álcool e o tabaco, serem não só permitidas e vendidas, gerando milhões de lucro para os empresários dos ramos, mas consumidas e adoradas pela população, o que demonstra também que a proibição de outras substâncias entorpecentes recreativas, como o THC, são fruto de uma cultura atrasada e de política equivocada e violam o princípio da igualdade, restringindo o direito de uma grande parte da população de utilizar outras substâncias”, diz o juiz, na sentença.
Ele cita vários exemplos que comprovariam o uso da maconha como droga recreativa e medicinal, além do baixo potencial noviço. A sentença exemplifica os casos do Uruguai, Califórnia e até a posição do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.
LISTA PROIBIDA
Maciel entendeu que não houve justificativa para a inclusão do THC, substância da maconha, na lista proibida. O juiz afirmou que, como essa lista restringe o direito das pessoas usarem substâncias, essa inclusão deveria ser justificada.
“A portaria 344/98, indubitavelmente um ato administrativo que restringe direitos, carece de qualquer motivação por parte do Estado e não justifica os motivos pelos quais incluem a restrição de uso e comércio de várias substâncias, em especial algumas contidas na lista F, como o THC, o que, de plano, demonstra a ilegalidade do ato administrativo”, escreveu na sentença.
No caso concreto, o réu confesso foi pego em flagrante, dentro do presídio da Papuda, com 52 porcões de maconha dentro do estômago, que seria repassada a um presidiário. Ele assumiu o crime, pediu pena mínima e acabou absolvido. 

PM APREENDE MACONHA E R$ 500 EM MOEDAS NA ZONA SUL DE ILHÉUS

Material apreendido no morro.

Material apreendido no morro.

Dois homens foram presos e um menor de idade apreendido por suposto envolvimento com o tráfico de drogas na zona sul de Ilhéus. A ação ocorreu na quarta (15), no Alto do Mambape.
Fabrício Bispo Santos Jovita, 20 anos, e Jeferson Soares Santos, vulgo “Cela”, 25 anos, e o menor estavam com quase meio quilo de cocaína, além de vinte papelotes da droga, 154 pedras de crack, 136 gramas de maconha, 36 embalagens contendo a erva pronta para consumo e cerca de 500 reais em moedas.
O trio estava ainda com um revólver calibre 38 e 11 cartuchos intactos, balança de precisão e uma máscara ninja.

ILHÉUS: APÓS TIROTEIO, MORADORES COBRAM PRESENÇA DA POLÍCIA

Moradores do Alto da Uberlândia, no Malhado, Ilhéus, dormiram sob o som de disparos de armas de fogo, neste domingo (12). 
Traficantes trocaram tiros no meio da rua, numa briga pelo controle da venda de drogas na região. O confronto, que contou com a ausência da polícia, deixou os moradores assustados.
Em email enviado ao ILHÉUS 24H, um morador reclama da rotineira falta de policiamento na área e do livre trânsito de homens armados nas ruas. 
Com a palavra, o comando da PM na cidade…

SUPOSTO TRAFICANTE É PRESO PELA 3ª VEZ EM ILHÉUS

O vacilão rodou pela terceira vez. Fotos da PM.

O vacilão rodou pela terceira vez. Fotos da PM.

Policiais do Pelotão Especial da PM, o famoso PETO 69, prenderam, na manhã desta terça (26), o suposto traficante Leonardo Rocha Alves, que comandaria o tráfico no Alto Nossa Senhora da Vitória, zona sul de Ilhéus.
Segundo a polícia, Dan, como é conhecido, tem 19 anos e já foi preso, pelo menos, 3 vezes, todas por porte ilegal de armas e tráfico.
Desta vez, ele foi dedurado por populares que flagraram a venda de drogas e denunciaram à polícia. Com ele, foram encontrados oitenta e sete papelotes de cocaína, prontinhos pra venda.

MULHERES TRANSPORTAVAM SUBMETRALHADORAS E DROGAS EM ILHÉUS

A dupla e a droga.

A dupla e a droga.

Homens do 70º Pelotão Especial da PM em Ilhéus prenderam, na tarde desta terça-feira (22), duas mulheres acusadas de tráfico de drogas e armas. Ana Maria Menezes dos Santos e Daniele Santos da Silva foram detidas com uma mochila que continha duas submetralhadora e muito entorpecente.
A dupla foi presa no bairro Malhado. Ana Maria é apontada como esposa do traficante Irineu, que comandaria a venda de drogas no Alto do Coqueiro, próximo de onde as prisões aconteceram.
Tanto Ana Maria quanto Daniele já tem passagem pela polícia, justamente por tráfico de drogas. 

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia