WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

:: ‘Dilma’

DILMA NO PASSINHO

IBOPE: DILMA ABRE 8 PONTOS SOBRE MARINA

Dilma retoma a dianteira.

Dilma retoma a dianteira.

Pesquisa Ibope de intenção de voto para presidente da República divulgada nesta sexta-feira (12) mostra Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, com 39% das intenções de voto e Marina Silva (PSB) com 31%. Aécio Neves (PSDB) aparece com 15%. Os demais candidatos somados acumulam 2%. Brancos e nulos somam 8% e indecisos, 5%.

De acordo com o levantamento, encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em um eventual segundo turno entre Dilma Rousseff e Marina Silva, a ex-senadora teria 43% e a atual presidente, 42%. No segundo turno, brancos e nulos são 10% e indecisos, 5%.

A edição da pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira foi realizada entre os últimos dias 5 e 8, antes portanto da pesquisa Datafolha divulgada na última quarta (10) e realizada entre os dia 8 e 9. O levantamento do Ibope foi divulgado somente nesta sexta por opção do contratante, a CNI.

Na pesquisa anterior do Ibope, do último dia 3, Dilma tinha 37%, Marina, 33%, e Aécio, 15%. O percentual de indecisos era de 5% no último levantamento e o dos que disseram que votarão nulo ou em branco era de 7%.

NA BAHIA, DILMA MASSACRA OPONENTES

BAHIA 247

dilma influenteA presidente Dilma Rousseff (PT) arrasaria os adversários Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) na Bahia se as eleições fossem hoje. No maior estado do Nordeste e terceiro maior colégio eleitoral do País, ela seria reeleita em primeiro turno com 79% dos votos, contra 12% do senador tucano e 7% do governador de Pernambuco. Dados foram divulgados nesta quarta-feira (26) pelo governador Jaques Wagner em entrevista à rádio Metrópole. Levantamento foi encomendado por ele próprio.
“Dilma está dando 79% nos votos válidos. Na verdade, ela está dando 65% do total. Eduardo é mais novidade que Aécio, porque Aécio é governador de Minas, a cara está mais na rua, e tem uma taxa de rejeição maior. Vamos ver. É difícil fazer aposta”, disse o petista.
Ainda de acordo com o governador, no pleito local, sua pesquisa revela cenário completamente indefinido, mas com certeza com decisão em segundo turno. O ex-governador Paulo Souto (DEM) aparece na liderança, com 31%, contra 28% do petista Rui Costa e 27% do peemedebista Geddel Vieira Lima.
Governador diz que pontuação de Eduardo Campos se deve à candidatura da senadora Lídice da Mata (PSB) ao governo do estado. “Por enquanto a candidatura de Lídice faz a candidatura de Eduardo crescer. Ela tem 12% na pesquisa que eu fiz, ela é maior que Eduardo na Bahia. Geddel tinha 27% com apoio de ACM Neto, Rui com nosso apoio tinha 28%, e Paulo Souto com apoio de Neto tem 31%”.
Wagner avalia que o PMDB é a maior dor de cabeça para a oposição, que tem ACM Neto como condutor do processo de composição da chapa. “Quem for escolhido nós vamos enfrentar na eleição, temos que estar prontos apara enfrentar Geddel ou Paulo Souto. Como vamos enfrentar, de forma diferente, Lídice da Mata. Eu creio que o problema maior para Neto é manter essa aliança com o PMDB. Porque é importante para ele nas eleições de 2016. São vários fatores que pesam, há uma preferência do DEM por Paulo Souto”.

ESTUDANTE DE DIREITO CONVOCA A “MARCHA DA FAMÍLIA” EM ILHÉUS

EDITORIAL | andrei@ilheus24h.com.br
O cartaz oficial da marcha fala por si só. Ao lado, o culto do rapaz à jornalista do SBT.

O cartaz oficial da marcha fala por si só. Ao lado, o culto do rapaz à jornalista do SBT.

Este blog prepara uma cobertura extraordinária para o maior evento de rua das últimas décadas em Ilhéus. Não, não é o carnaval quem está de volta à cidade, mas um pesadelo que alguns desavisados querem fazer retornar aos dias atuais.
Se trata da “Marcha da Família com Deus Pela Liberdade”, que completou 50 anos no último dia 19 e serviu como um verniz de legitimidade ao golpe militar de 1964. O mega evento está marcado para acontecer em Ilhéus, no próximo dia 22, sábado, às 15h, com saída da 18ª Circunscrição Militar, na Rua Rotary, Centro da cidade.
Pra quem tem pouco tempo de vida, como este redator que vos escreve, explico: a marcha foi puxada por esposas de políticos e cidadãos de classe média. Por trás do movimento, setores do empresariado, partidos de oposição, a Igreja e até a CIA arquitetavam tudo, temendo um golpe comunista no Brasil e os avanços em setores sociais. Avanços esses, como a retomada da reforma agrária, tocados pelo então presidente João Goulart. 
Jango, como todos sabem, foi deposto poucos dias depois da marcha, quando iniciava, em 1 de abril de 1964, os 20 anos de ditadura militar no Brasil.
Segundo o pesquisador Luiz Antonio Dias, chefe do Departamento de História da PUC-SP, em entrevista ao Globo, a marcha de 50 anos atrás reuniu 100 mil pessoas pelas ruas de São Paulo e não representava a vontade da maioria dos brasileiros. À época, pesquisas indicavam que 50% da população era favorável ao governo de Jango, contra 30% que o rejeitava.
Cinquenta anos depois, o temor é o mesmo. Longe de oferecer o risco de um golpe comunista, a presidente Dilma Rousseff representa, ainda, o que há de mais avançado no espectro político, principalmente quando se trata de permitir aos mais vulneráveis ocupar melhor espaço na sociedade. E isso assusta muito a elite brasileira.
O cenário passa a ser mais ridículo quando se trata de uma cidade que se tornou significativa por ter passado glorioso dominado por coronéis de cacau de um lado e trabalhadores semi-escravizados colhendo o fruto no pé de outro.
Voltando de vez à nossa pequena realidade, em Ilhéus, a marcha da família [rica] é convocada por um estudante de Direito de uma faculdade particular. Para estudar, o rapaz, de 21 anos, desembolsa cerca de 750 reais de mensalidade. Dinheiro não é problema.
No facebook, dissemina elogios à jornalista Rachel Sherazade, aquela que pediu, em rede nacional de TV, por mais negros amarrados em postes e disse compreender quando isso acontecia. Com a mesma intensidade que ama a jornalista, o puxador da marcha odeia, detesta, tem pavor da presidente Dilma Rousseff.
Em release enviado ao ILHÉUS 24H, o rapaz afirma que a marcha é para “reforçar os valores familiares e demonstrar a insatisfação com as politicas públicas nos âmbitos econômico e social. O governo do PT está destruindo o modelo de família, com o nefasto objetivo de deter o controle sobre uma grande massa de jovens, para a sua perpetuação no poder” encerra. Sobre esse assunto, recomendamos ao estudante ler artigo que fala da redução da pobreza no País nos últimos anos. É só clicar aqui.
Para não restar dúvida do posicionamento político do puxador da marcha, na própria rede social, o jovem estudante de direito de universidade particular se declara de “extrema direita”.
Aí perguntam “é errado ser de direita ou de extrema direita”? E respondemos: Jamais. No entanto, os vinte anos de ditadura nos mostraram que errado é defender seu retorno, cultuar ‘Sherazades’ e pregar o ódio contra a líder da nação só por ela tentar (tentar!) incrementar medidas de avanço social que tanto ameaçam (será?) a redoma de vidro em que vive nossa elite de mente tacanha.
O ato, segundo o estudante de faculdade particular, tem o apoio da PM e do dentista Eduardo Rocha, ex-candidato a vereador e ex-ocupante de cargo comissionado na prefeitura de Ilhéus. 
Ratificamos: a marcha, em Ilhéus, é facilmente compreendida, mas, esperamos, deve ser pouco aceita. Cidade acostumada com coronéis jamais aceitaria presenciar a ascensão social proporcionada por Lula e Dilma.
Então, que sejam convocadas marchas, não pelo ódio ao avanço social ou a quem o proporciona, mas para que se garantam mais direitos amplos, como o à educação. Quem sabe assim, o estudante de faculdade particular possa ser aprovado numa universidade pública sem precisar pagar a exorbitante mensalidade.

EDUARDO CAMPOS MOSTRA A VERDADE SOBRE DILMA

Vídeo gravado durante debate televisivo entre os candidatos a governador do Pernambuco, em 2010. Vale a pena assistir e compartilhar.

DILMA BATERIA TODOS OS OPONENTES EM 1º TURNO

O GLOBO
"Beijo pra o recalque passar longe". Ninguém bate a mulher.

“Beijo pra o recalque passar longe”. Ninguém bate a mulher.

Pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira aponta que, se a eleição fosse hoje, a presidente Dilma Rousseff (PT) seria a primeira colocada entre os pré-candidatos. O levantamento apontou que ela obteria 43,7% das intenções de votos, contra 17% de Aécio Neves (PSDB) e 9,9% de Eduardo Campos (PSB). Num outro cenário, quando Eduardo Campos é substituído por Marina Silva (PSB), o quadro seria o seguinte: Dilma ainda lideraria, com 40,7%, seguida de Marina, com 20,6%, de Aécio Neves, com 15,1% e Levy Fidelix (PRTB), com 0,4%.
Quando o eleitor é perguntado sobre em qual candidato pretende votar para presidente, de forma espontânea, Dilma ainda é a mais lembrada, com 21,3%, seguida de Lula (5,6%), que tem o mesmo percentual de Aécio. Marina Silva aparece em quarto na lembrança do eleitorado, com 3,5%, Eduardo Campos teria 2,6%, José Serra (PSDB), 0,5% e Geraldo Alckmin (PSDB), 0,4%.

DILMA VENCERIA AÉCIO E CAMPOS NO PRIMEIRO TURNO

dilmaSe a eleição fosse neste sábado (12), a presidenta Dilma Rousseff venceria já no primeiro turno, sem complicações e adversários que chegassem próximos de sua votação. A conclusão é de pesquisa DataFolha divulgada hoje pelo jornal Folha de São Paulo.
A petista seria reeleita no primeiro turno se disputasse a eleição contra os dois candidatos mais prováveis do PSDB e do PSB, o tucano Aécio Neves e o socialista Eduardo Campos.
Nessa simulação, Dilma tem 42% das intenções de voto; Aécio, 21%; Campos,15%. Brancos, nulos ou nenhum somam 16%. Outros 7% não sabem em quem votar.
Segundo o jornal paulista, o instituto testou quatro cenários para a eleição presidencial de 2014, alternando os nomes de Campos e Marina Silva, pelo PSB, e os de Aécio e José Serra, pelo PSDB.
Nas outras três combinações, Dilma não teria uma quantidade suficiente de votos para garantir vitória no primeiro turno. Na simulação em que a disputa aparece mais apertada, a petista alcança 37% das intenções de voto, Marina marca 28%, Serra alcança 20%.
Os outros cenários, no entanto, são praticamente improváveis, já que Eduardo Campos e Aécio Neves trabalham por suas candidaturas e são os que mais têm chances de disputar por seus partidos. 
Para a pesquisa deste sábado, o Datafolha fez 2.517 entrevistas em 154 municípios, com margem de erro de 2 pontos.

APROVAÇÃO AO GOVERNO DILMA VOLTA A SUBIR

Governo recupera prestígio.

Governo recupera prestígio.

A avaliação positiva do governo da presidente Dilma Rousseff (PT) recuperou parte da aprovação perdida após as manifestações populares de junho. Pesquisa Ibope/Estado divulgada nesta sexta-feira (23), mostra que a taxa de ótimo/bom do governo cresceu de 31% para 38% desde 12 de julho. Ao mesmo tempo, as opiniões de que o governo é ruim ou péssimo caíram de 31% para 24%. A avaliação de que o governo é “regular” permaneceu em 37%. Apenas 1% não soube ou não quis responder.
A recuperação ocorreu principalmente no Sul e no Sudeste, onde as taxas de aprovação cresceram 12 e 11 pontos porcentuais, respectivamente. Para a CEO do Ibope Inteligência, Marcia Cavallari, a recuperação de parte da popularidade de Dilma está relacionada ao refluxo das manifestações de rua, principalmente no Sudeste. 

DILMA, WAGNER E MARCELO NILO MERECEM SER CIDADÃOS ILHEENSES?

Dilma, Wagner e Nilo.

Dilma, Wagner e Nilo.

A câmara de vereadores de Ilhéus aprovou, ontem (quarta, 21), após longa e desnecessária discussão, a entrega de título de cidadão ilheense ao governador Jaques Wagner, ao presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo, e à presidenta Dilma Rousseff.
Os títulos foram propostos pelo vereador Gurita e aprovados sem unanimidade.
Durante a votação do título para o governador Jaques Wagner, servidores que estavam no plenário se manifestaram contrários à concessão. Agora, o ILHÉUS 24H quer saber de você, leitor, se considera os títulos justos.
A seção de comentários está aberta. Mensagens com ofensas serão mandadas à lixeira.

OS DEVANEIOS DE GURITA

Gurita. Foto: Andrei Sansil/Ilhéus 24h.

Gurita. Foto: Andrei Sansil/Ilhéus 24h.

Ilhéus não tem problemas! Mentira descarada, daquelas que se descobre ao ligar o rádio, acessar um site de notícia ou caminhar por qualquer bairro da cidade.
Mas, lá pelos lados da câmara, o vereador Gurita finge que nada existe. Ontem (terça, 13), ocupou por vinte minutos a tribuna para defender a entrega de títulos ao governador Jaques Wagner, à presidente Dilma e ao presidente da assembleia legislativa, Marcelo Nilo.
Em sua extensa defesa, argumentou que os serviços inestimados prestados pelo trio merecem o reconhecimento da cidade e cravou: caso a presidenta não possa vir receber a medalha, ela pode ser entregue ao ministro César Borges.
Próxima…


primark
wedding dresses
cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia