WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: ‘coma alcoolico’

UESC PROMETE APURAR E PUNIR AUTORES DO TROTE

uesc novaTraz o Jornal Bahia Online, em primeira mão, o posicionamento da reitoria da UESC sobre o trote que teria deixado em coma alcoólico um estudante de Engenharia da Produção, na última sexta (12), lembre aqui.
Segundo o site, a universidade vai instaurar uma comissão para investigar o caso. A reitora, Adélia Pinheiro, visitou as turmas do curso, ontem (segunda, 12), para apurar o ocorrido.
Ao site, o Pró-reitor de Graduação, Elias Lins, ratificou que o trote é proibido na universidade desde 2006 e que “Vamos utilizar mecanismos institucionais para apurar o fato. Não deve demorar”, assegurou. Elias não disse, no entanto, quais as possíveis punições, caso se confirme.
Clique aqui para ver detalhes.

OUTROS CALOUROS FORAM FORÇADOS A BEBER

uesc novaA mãe do estudante de Engenharia de Produção da UESC que entrou em coma alcoólico após ser forçado a beber uma garrafa de cachaça afirmou ao Jornal Bahia Online que outros calouros passaram pelo mesmo processo.
A mulher não quis que seu nome fosse relevado, mas confirma que o filho bebeu grande quantidade de aguardente conhecida como corote, durante o trote, na última sexta-feira (09).
Ao site, a mãe afirma também que, ao chegar no bar para buscar o filho, já desmaiado, percebeu que outros novatos também apresentavam sinais de embriaguez. O rapaz, de 18 anos, já está em casa.
A mulher questiona a conduta dos veteranos que teriam comandado a bebedeira forçada. “Todas essas condutas, cometidas por alunos que deveriam estar recebendo instruções aptas a torná-los profissionais e cidadãos mais éticos (afinal, é para isso que todos os cursos contém em suas grades a matéria denominada ‘Ética’), mostram que beiramos a um perigoso retrocesso no quesito ‘Direitos Humanos’”, afirma.
A UESC ainda não se pronunciou sobre o caso. A família do aluno pretende entrar com processos contra a universidade e os veteranos.

CALOURO DA UESC ENTRA EM COMA ALCOÓLICO APÓS TROTE

Estudante de Engenharia de Produção da UESC entrou em coma alcoólico depois de ser obrigado por veteranos a tomar uma garrafa do famoso “corote”, durante o trote, na última sexta-feira (09).
Quem conta o fato é o Jornal Bahia Online. Segundo o site, o rapaz, de 18 anos, nunca tinha bebido e foi forçado a tomar a cachaça, que possui nível de álcool superior a 30%.
A família do calouro pretende acionar a reitoria da universidade. Clique aqui e veja mais detalhes.

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia