WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pm ilheus Neste site
outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

:: ‘chikungunya’

EM QUATRO MESES, MAIS DE 500 CASOS DE CHIKUNGUNYA SÃO CONFIRMADOS NA BAHIA

Informação é da vigilância epidemiológica da cidade, que diz que número pode ser considerado surto. Município teve 1.027 casos suspeitos notificados.

De janeiro até 25 de abril deste ano, 546 casos de chikungunya foram confirmados em Teixeira de Freitas, cidade no extremo sul da Bahia. A informação é da Vigilância Epidemiológica do município. Conforme o órgão, só este ano, foram notificados 1.027 casos suspeitos da doença.

A vigilância não detalhou o número de casos da chikungunya em Teixeira de Freitas de janeiro a abril de 2017, mas disse que o índice deste ano é alto e pode ser considerado um surto. Não há registro de mortes por chikungunya no município.

No entanto, conforme o boletim da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), até 13 de março deste ano, Teixeira de Freitas apresentou a maior incidência de chikungunya, com 151 casos confirmados. Com relação aos números do mês de abril, a pasta informou que vai divulgar os dados em breve.

:: LEIA MAIS »

ILHÉUS REALIZA LEVANTAMENTO DE INFESTAÇÃO DO AEDES AEGYPTI NOS DOMICÍLIOS

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), por meio do setor de Combate a Endemias, realiza em todos os bairros de Ilhéus, o Levantamento de Índice Rápido (LIRA), nos dias 30 e 31 de outubro e 1º de novembro.

A ação atende a uma resolução do Ministério da Saúde, publicada no Diário Oficial da União que torna obrigatória a realização de levantamento de infestação por Aedes Aegypti em todos os municípios do país.

A Sesau salienta a importância dos moradores permitirem a visita dos agentes de endemias nos domicílios. “As informações coletadas serão utilizadas para direcionar as ações de prevenção e controle do mosquito, auxiliando na prevenção tanto da dengue, quanto da Chikungunya e do Zika vírus”, informa a secretária de Saúde, Elizângela Oliveira.

Para o suporte ser mais efetivo, a Sesau informa que acaba de chegar mochilas com equipamentos de controle e combate a este fenômeno que são doenças causadas pelo mosquito.

A população pode entrar em contato para informar sobre focos pelo Disk Dengue 0800 0242 031.

JOVENS DA REDE PÚBLICA DESCOBREM QUE ERVA-CIDREIRA PODE MATAR LARVAS DO AEDES AEGYPTI

Foto: Reprodução.

Foto: Reprodução.

Duas estudantes da rede pública de ensino descobriram o extrato da erva-cidreira como larvicida para o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. Júlia Fagundes e Sandy Marques, ambas de 17 anos e estudantes do 3º ano no Colégio Estadual Rolando Laranjeira (Santa Maria da Vitória), descobriram a propriedade alternativa da Lippia alba no projeto ‘A propriedade larvicida do óleo essencial da erva-cidreira brasileira’. O estudo será apresentado na 15ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), em São Paulo, entre os dias 20 e 17 de março. “Desenvolvemos uma pesquisa sobre plantas existentes em Santa Maria da Vitória, como a erva-cidreira, o manjericão e a arruda, e, através dos óleos essenciais retirados destas espécies, fizemos testes com as larvas do Aedes aegypti.

Comprovando, por fim, que a folha da erva-cidreira contém propriedades larvicidas, promovendo assim meios mais naturais de combatê-las”, explicou Júlia. De acordo com a pesquisa, o óleo essencial da Lippia alba é de fácil extração, o que torna a técnica barata e acessível. Para extraí-lo, as estudantes construíram um destilador simples, usando materiais reciclados: copos acrílicos para formar o condensador, mangueira de nível para transporte do óleo essencial, lâmpada para aquecer a água com o material vegetal, T de PVC para ligar a mangueira com a lâmpada, rolha de cortiça para lacrar um dos lados do T, lamparina para aquecer a solução e lata de leite. “Com este trabalho passei a ter um olhar mais apurado para as Ciências, para a pesquisa. Não esperava que iríamos tão longe, porque trabalhos do país inteiro foram observados, embora o nosso tenha abordado um problema”, comemorou Sandy Marques. Fonte: Bahia notícias.



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia