WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

:: ‘Carlismo’

ELEIÇÕES NA BAHIA: O CARLISTA PAULO SOUTO SERÁ O CANDIDATO DA OPOSIÇÃO

Lançado à vida política no seio do carlismo, Paulo Souto concorrerá mais uma vez ao posto de governador da Bahia.

Parido politicamente no seio do carlismo, Paulo Souto concorrerá mais uma vez ao posto de governador da Bahia.

Após muita indecisão, especulações e expectativa, enfim o martelo foi batido. O ex-governador Paulo Souto (DEM), será o candidato da oposição para o governo da Bahia.
Sendo assim, o ex-ministro Geddel Veira Lima (PMDB), após esboçar insatisfação, se contentou em concorrer a uma vaga ao senado.
A surpresa, segundo analistas políticos, é no nome escolhido para ser o vice de Souto, o ex-deputado Joaci Góes.

“NO MEU CORAÇÃO O CARLISMO NUNCA MORREU”, AFIRMA ACM NETO

acm_neto1Questionado pelo apresentador Mário Kertész, em entrevista à Rádio Metrópole, nesta segunda-feira (16), se sua eleição para prefeito de Salvador poderia significar a volta do Carlismo, o prefeito ACM Neto (DEM) foi direto.
“No meu coração, o Carlismo nunca morreu. Nem quando perdemos as eleições. Não acho que volte ou não volte, os momentos na política são muitos distintos. Ele foi o maior nome da política do século passado. O seu legado e a sua história estão bem vivos na vida das pessoas. Eu sempre estou me lembrando dos seus exemplos, da sua história”, analisou.
“A minha gratidão por ele é uma coisa que é permanente. Não vai existir outro Antonio Carlos Magalhães. O Carlismo estava adequado a aquela situação. Eu acho que hoje não há que se falar em ressurgimento do Carlismo”, concluiu.

PINHEIRO E O DISCURSO ANTI-CARLISTA

RAIO LASER
Chamou a atenção o discurso emocionado, que terminou com a voz embargada, proferido pelo senador Walter Pinheiro no evento que lançou a candidatura de Everaldo Anunciação à presidência do PT.
Na fala, Pinheiro disse que o principal desafio do partido neste momento era dialogar com o povo baiano, mostrando, entre outras realizações, a democracia que o governo Jaques Wagner trouxe para a Bahia.
“Acabou a história do chicote numa mão e do dinheiro na outra. Hoje, se vive num estado democrático construído pelo PT”, disse Pinheiro, alvejando o carlismo.

LÍDICE SE LANÇA COMO “PLANO A” PARA SUCESSÃO DE WAGNER

Lídice.

Lídice.

Em entrevista ao jornal A Tarde, a senadora Lídice da Mata (PSB) considerou a própria pré-candidatura ao governo baiano como o “plano A” do governador Jaques Wagner para a corrida eleitoral de 2014.
Segundo Lídice, a provável candidatura não está atrelada aos planos do governador de Pernambuco Eduardo Campos, que pretende disputar a presidência no ano que vem.
“Minha candidatura é independente de uma ligação com a candidatura de Eduardo. É claro que se ele for candidato, necessariamente, nós teremos uma candidatura na Bahia. Mas eu pretendo ser candidata independentemente disso”, disse sobre o assunto. 
Fazendo afagos no Galego, a senadora afirmou que Wagner é o líder do processo de mudanças no estado, que dividiu a Bahia entre o passado carlista e o presente de progresso.
Ainda de acordo com ela, sua candidatura é a melhor forma de mostrar que o estado continua no campo progressista. 

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia