WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
ilheus brindes
agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

:: ‘Buerarema’

MULHER É ENCONTRADA MORTA DENTRO DE CASA COM SINAIS DE VIOLÊNCIA EM BUERAREMA

Segundo a Polícia Civil de Itabuna, em depoimento, a irmã de Simara Ferreira dos Santos, 41, informou que a vítima estava deitada na cama e apresentava sinais de afundamento no crânio.

Uma mulher foi morta na noite de quinta-feira (2), na rua Abelardo Pessoa, no município de Buerarema, no sul do estado.

O corpo de Simara Ferreira dos Santos, de 41 anos, foi encontrado pela irmã dela por volta das 21h. De acordo com informações da Polícia Civil de Itabuna, a vítima morava sozinha e os portões da casa dela estavam abertos, sem sinais de arrombamento.

A polícia informou que, segundo depoimento da irmã da vítima, Simara estava deitada na cama e apresentava sinais de afundamento no crânio. Havia também marcas de sangue no colchão.

:: LEIA MAIS »

SUL DA BAHIA RECEBE MUTIRÃO DE CIRURGIAS A PARTIR DE SEGUNDA-FEIRA

Na próxima segunda-feira (30), o Mutirão de Cirurgias vai atender à população de Camacan e municípios vizinhos (Buerarema, Ibicarai, Itaju do Colonia, Jussari, Pau Brasil, Santa Cruz da Vitória e São José da Vitória). A unidade móvel ficará estacionada até terça (31), na Praça Rui Barbosa (Pracinha do Bebé), no prédio da Cáritas, antiga Creche, em Camacan, onde pacientes passarão pela triagem das 7h às 17h.

De 2 a 4 de agosto será a vez de Ubaitaba receber o Mutirão de Cirurgias. A equipe vai atender na Praça Cultural e, além dos moradores de Ubaitaba, serão contemplados os municípios de Itapitanga, Maraú, Itabuna, Itajuipe, Ubatã, Itape, Ubaitaba, Almadina, Aurelino Leal, Barro Preto, Coaraci, Floresta Azul, Gongoji e Ibirapitanga.

Os pacientes deverão chegar aos locais de atendimento munidos do cartão do SUS, carteira de identidade, comprovante de residência e exames com indicação da cirurgia. Eles vão passar por consulta com cirurgião e realizar exames pré-operatórios para serem submetidos a uma das cirurgias ofertadas pelo programa: hérnias (umbilical, inguinal, epigástrica), histerectomia, colecistectomia e tireoidectomia (retirada da tireoide), no caso dos pacientes adultos.

:: LEIA MAIS »

DUPLICAÇÃO DA BR-415 VAI BENEFICIAR MAIS DE 500 MIL BAIANOS

Cerca de 18 quilômetros que separam Ilhéus e Itabuna, serão duplicados, por onde passam mais de 10 mil veículos diariamente.

Mais conforto e mais segurança para os mais de 511 mil baianos, que circulam pela BR-415 e também pelos municípios de Una, Canavieiras, Buerarema, Itacaré e Uruçuca. Motivo de comemoração para os moradores da região que foram até o ‪centro da cidade de Itabuna para acompanhar a assinatura do contrato da duplicação da rodovia, assinado pelo governador Rui Costa na manhã desta segunda-feira (9).

“É um sonho que a região realiza, que é planejado há alguns anos e hoje a gente tem a oportunidade de assinar o contrato, e a empresa tem agora um prazo para entregar o projeto e iniciar a obra. É garantia não só de uma estrada, mas integração urbana entre as duas cidades, de forma qualificada, com ciclovias, que possam simbolizar toda a beleza aqui da região sul da Bahia na duplicação da estrada Ilhéus-Itabuna”, afirmou o governador Rui Costa .

Importante rota para a economia da região, integrada ao porto de Malhado, em Ilhéus, a rodovia é por onde a produção do sul é levada para exportação, além de estar na rota do turismo baiano, na Costa do Cacau. Serão investidos cerca de R$ 105 milhões para a execução do projeto já autorizado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), que vai duplicar a rodovia pela margem direita do Rio Cachoeira.

Serão investidos cerca de R$ 105 milhões para a execução do projeto.

O governador destacou a série de investimentos realizados na região Sul da Bahia pelo Governo do Estado. “Essa obra se soma à realização de sonhos de décadas, como o Hospital Regional da Costa do Cacau que vamos inaugurar agora em novembro, temos a nova ponte Ilhéus-Pontal que entregaremos no primeiro semestre do ano que vem, a Barragem do Rio Colônia, que vai regularizar a vazão do rio e garantir o abastecimento de água da região, portanto, nós temos muito orgulho e satisfação de realizar estas e outras obras com os municípios”, afirmou.

O prefeito de Ilhéus, Mario Alexandre, considera que a duplicação da BR-415 vai levar muitos benefícios para a região. “Nós estamos extremamente felizes de fazer com que a região se desenvolva. A duplicação dessa estrada é um sonho antigo que vai trazer geração de emprego e renda, acessibilidade, fortalecimento do turismo, coisas importantes que vão chegar com esse momento histórico.”

Para o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, a concretização deste desejo antigo dos moradores da região demonstra o compromisso do governador Rui Costa com a gestão estadual. “Só agora nós temos um gestor na Bahia que tomou essa posição de tocar a obra que vai beneficiar tanto às duas cidades”.

DEPUTADO COBRA E EXÉRCITO VOLTA À REGIÃO DE CONFLITO NO SUL DA BAHIA

geraldo simoes entrevistaA cobrança insistente do deputado federal Geraldo Simões (PT/BA) junto ao governador Jaques Wagner e ao ministério da justiça surtiu efeitos e a tropa do exército retornou, desde a noite de ontem (quinta, 13), à região de conflito entre supostos índios tupinambá e produtores agrícolas, em Buerarema, ao sul da Bahia.
Segundo o deputado, o governador Jaques Wagner havia pedido a prorrogação do estado de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no local e foi atendido pela presidenta Dilma Rousseff.
As tropas estão em Buerarema há menos de um mês, logo após a morte de um líder de assentamento na região. Desde que os militares assumiram a segurança na zona de conflito, o clima de tensão diminuiu, assim como as invasões a fazendas, por parte dos indígenas.
Com a permanência do exército no sul da Bahia, Geraldo, que acompanha de perto a disputa, acredita que seja mantida a paz na região, até que se encontre uma solução para o problema. “Defendemos o cancelamento do processo de demarcação e a imediata reintegração de posse das fazendas invadidas”, disse o parlamentar.

EXÉRCITO NÃO VAI COLOCAR OS PÉS EM BUERAREMA

Exército desembarcou em Ilhéus ontem. A foto é de Danilo Matos, repórter do Ilhéus 24h.

Exército desembarcou em Ilhéus ontem. A foto é de Danilo Matos, repórter do Ilhéus 24h.

Nenhum soldado do exército deve colocar os pés na zona de conflito entre índios e agricultores, principalmente em Buerarema, região onde mais se sente a tensão.
Segundo o comandante da 6ª Região Militar, General de Divisão Racine Bezerra Lima Filho, a presença das tropas em Ilhéus, desde ontem (quarta, 12), se deve a operações rotineiras de treinamento, concentração e interação com a comunidade local.
Setecentos homens estão acampados no estádio Mário Pessoa, municiados de quase 100 veículos de todos os tipos e armamentos.
Para agir na região dos conflitos, que se acirraram depois da morte de um líder da reforma agrária, na última segunda (10), o exército depende de uma autorização da presidente Dilma Rousseff. A ordem presidencial é vista como para último caso.

CORPO DE AGRICULTOR ASSASSINADO É VELADO EM BUERAREMA

Cerca de 11 mil pessoas se concentraram no final da tarde dessa quarta-feira (12), na praça Domingos Cabral, em Buerarema, para receber e velar o corpo do pequeno agricultor Juraci Santos, 44 anos, morto durante o conflito que se instaurou na região, envolvendo proprietários de terra e supostos índios. O clima na região é tenso e o exército foi destacado para interceder na situação. A foto é do site Plantão Itabuna.

Cerca de 11 mil pessoas se concentraram no final da tarde dessa quarta-feira (12), na praça Domingos Cabral, em Buerarema, para receber e velar o corpo do pequeno agricultor Juraci Santos, 44 anos, morto durante o conflito que se instaurou na região, envolvendo proprietários de terra e supostos índios. O clima na região é tenso e o exército foi destacado para interceder na situação. A foto é do site Plantão Itabuna.

HOMENS DO EXÉRCITO DESEMBARCAM EM ILHÉUS

Desembarque em Ilhéus. Registro do repórter Oziel Aragão.

Desembarque em Ilhéus. Foto: Plantão Itabuna.

Como anunciado ontem (terça, 11) pelo ministro da justiça, José Eduardo Cardozo, cerca de 100 homens do exército desembarcaram agora pouco no aeroporto de Ilhéus e serão enviados à cidade de Buerarema, que viveu, ontem, um dia tenso por causa da morte de um líder rural, lembre aqui.
O envio das forças armadas atende a um pedido do governador Jaques Wagner. A região vive momentos tensos devido ao acirramento das disputas de terras entre agricultores e índios tupinambá, acusados de invadir propriedades e usarem da violência.
Até a última semana, agentes da força nacional faziam a segurança na Serra do Padeiro, área comum às cidades de Ilhéus, Una e Buerarema e alvo de um processo de demarcação para cessão ao povo indígena.
A presença da força nacional garantia, desde o ano passado, certa tranquilidade à região, cessada após o desmonte das bases de segurança.
A atuação do exército na cidade ainda não está definida. 

BUERAREMA: FAMÍLIA AINDA AGUARDA LIBERAÇÃO DO CORPO DE AGRICULTOR

Juraci, em destaque na foto.

Juraci, em destaque na foto.

Depois de um dia de intensos protestos, confrontos diretos com a polícia e de quebra-quebra em Buerarema, familiares e toda a cidade ainda aguardam a liberação do corpo do agricultor Juraci Santana, líder do Assentamento Ipiranga, em Una.
Juraci foi assassinado a tiros, dentro de casa, na madrugada de terça-feira (11). Segundo informações da esposa da vítima, ele sofria ameaças há algum tempo.
A morte do assentado levou cerca de 5 mil moradores de Buerarema a fechar, durante toda terça, a BR-101, no trecho que dá acesso à cidade. O fechamento levou ao confronto entre manifestantes e policiais militares da tropa de choque. 
A região de Buerarema é o centro da disputa de terras entre pequenos produtores e índios tupinambá, apontados como responsáveis pela morte de Juraci Santana.
Na última semana, a Força Nacional de Segurança deixou a área, o que levou os indígenas a invadir novas propriedades. Ontem, o governador Wagner pediu ao ministro da justiça, José Eduardo Cardozo, garantias da manutenção da ordem. O governo federal deve enviar homens das forças armadas para a região.
O corpo do líder do assentamento ainda está no Departamento de Polícia Técnica de Ilhéus e deve chegar a Buerarema na tarde desta quarta (12). O velório deve acontecer no ginásio de esportes da cidade.
Ao ILHÉUS 24H, a agricultora Eliane, integrante da associação de pequenos produtores da região, informou que o dia começou tranquilo na cidade, apesar do saque a um posto de gasolina e  depois de duas agências bancárias serem apedrejadas na madrugada.
De acordo com Eliane, não há qualquer manifestação marcada para hoje, mas, como a comoção pela morte de Juraci Santana é grande, é possível que o povo volte às ruas e que a situação volte a ficar tensa.

GERALDO SIMÕES PARTICIPA DE REUNIÃO DA ASSOCIAÇÃO DE PEQUENOS PRODUTORES RURAIS

Deputado falou aos produtores, afirmando que está trabalhando para garantir a posse das terras aos pequenos agricultores de Una, Buerarema e Ilhéus.

Deputado afirmou que está trabalhando para garantir a posse das terras aos pequenos agricultores de Una, Buerarema e Ilhéus, que estão sendo prejudicados.

O deputado federal Geraldo Simões (PT), participou no último domingo (02), de uma reunião da Associação dos Pequenos Produtores Rurais de Ilhéus, Una e Buerarema , onde foi discutida a reintegração de posse de várias propriedades, já deferidas pela Justiça, além das novas ações que sairão nos próximos dias.
O parlamentar afirmou que durante toda essa semana estará em Brasília, à disposição dos produtores, ajudando no que for necessário para avançar na solução dos conflitos na região, com a garantia de posse aos produtores prejudicados.

PROCURADOR GERAL SE MANIFESTA FAVORÁVEL AOS TUPINAMBÁ

Em agosto do ano passado, índios protestaram pedindo celeridade no processo de demarcação de terras no sul da Bahia. Foto: Blog Agravo.

Em agosto do ano passado, índios protestaram pedindo celeridade no processo de demarcação de terras no sul da Bahia. Foto: Blog Agravo.

Na última quinta-feira (30), o procurador geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a suspensão de liminares e sentenças de reintegração de posse de fazendas ocupadas por índios tupinambá no sul da Bahia. As terras em questão pertencem a agricultores de Ilhéus, Una e Buerarema e são ocupadas pelos indígenas desde 2012.
Segundo o procurador-geral da República, o caso demanda a intervenção excepcional do STF para atuar como agente pacificador. De acordo com ele, “aliado ao conflito agrário em si, há enorme instabilidade no exame da questão pelo juízo na origem. São inúmeras as ações possessórias que buscam a retirada dos indígenas das terras na região”.
O pedido da PGR veio um dia depois de índios e agentes da Força Nacional trocarem tiros durante uma reintegração de terra na região conhecida como Serra do Padeiro, uma área pertencente a Ilhéus, Una e Buerarema.
De acordo com o MPF, “a manutenção das decisões impugnadas mina, novamente, o direito dos Tupinambá e protela o exercício da posse e ocupação de suas terras originárias, com tudo o que isso representa para a comunidade e sua subsistência.”
Até agora, segundo o Conselho Indigenista Missionário (Cimi), 16 propriedades foram devolvidas aos donos, por meio de liminares judiciais. Ainda de acordo com o Cimi, líderes indígenas reclamam da força desnecessária utilizada pela Força Nacional para concretizar as reintegrações.
O pedido ressalta que o deferimento de liminares em ações de reintegração de posse não é solução para o conflito já instalado no sul da Bahia, tampouco o ameniza.
“Ao contrário, a retirada dos indígenas das terras à força, nesse momento, contribuirá para o aumento da tensão e do conflito agrário, porque toca em ponto especialmente sensível aos indígenas”, observa.
Não há prazo para o Supremo se pronunciar sobre o pedido.

dom eduardo

arquiteto













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia