WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
bahiagas Neste site
ilheus brindes
novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

:: ‘Anvisa’

ANVISA PROÍBE A VENDA DE QUATRO SUPLEMENTOS ALIMENTARES

complemento
Resoluções da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicadas no Diário Oficial da União suspendem, a partir de hoje (17) a distribuição e a venda, em todo o território nacional, de quatro suplementos alimentares para atletas.
O primeiro deles, Alimento para Atletas da marca ISOFAST-MHP, fabricado por Maximum Human Performance Inc. e importado por Macroex Comercial Importadora e Exportadora Ltda, foi suspenso por apresentar BCAA (aminoácidos de cadeia ramificada) e por não se enquadrar em nenhuma das classificações previstas pela agência.
Já o Suplemento de Cafeína para atletas, marca ALERT 8-HOUR-MHP, fabricado por Maximum Human Performance Inc. e importado por Macroex Comercial Importadora e Exportadora Ltda, foi suspenso por conter taurina em sua composição.
O produto Carnivor, fabricado por MuscleMeds e distribuído por Nutrition Import Comércio Atacadista de Suplemento Ltda, foi suspenso por apresentar teores de vitamina B12 e B6 acima da ingestão diária recomendada e por apresentar as substâncias glutamina alfa-cetoglutarato (GKC), ornitina alfa-cetoglutarato (OKG), alfa-cetoisocaproato (KIC), que não foram avaliadas quanto à segurança de consumo como alimentos.
Por fim, o produto Probolic-SR-MHP, fabricado por Maximum Human Performance Inc. e importado por Commar Comércio Internacional Ltda, foi suspenso por não haver comprovação de segurança de uso.

COM ARGUMENTO DE EVITAR DEMISSÕES, MINISTRA SUSPENDE PROIBIÇÃO A CIGARRO COM SABOR

cigarrosA proibição da venda de cigarros de sabor determinada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi suspensa pela ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber.
A decisão foi publicada no Diário de Justiça Eletrônico nesta quarta-feira (18), e, segundo a magistrada, a proibição representa “perigo imediato do fechamento de fábricas e da demissão em massa de trabalhadores”.
Dessa maneira, fica assegurado comércio desse tipo de cigarro em todo o país até que o plenário do Supremo se manifeste sobre o tema, o que não tem data para ocorrer.
A ministra Rosa Weber tomou a decisão após analisar um pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI) que apontou ilegalidade na regra.
A outrora determinação da Anvisa levou em consideração o número de marcas de cigarro com sabor disponíveis no mercado que quase dobrou entre 2007 e 2010 (de 21 para 40).
A agência havia informado que cerca de 600 aditivos são usados na fabricação de cigarros, com 10% da massa do produto composta por aditivos.
A meta da proibição seria reduzir o consumo de cigarro entre os mais jovens.

NOVO CONCURSO DA ANVISA DEVE SER EM AGOSTO

O novo concurso da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deverá ser aplicado em agosto, informou hoje (14) o diretor-presidente da agência, Dirceu Barbano. Segundo ele, essa é uma data provável, considerando que a Anvisa prevê que a empresa responsável pelo certame, a Cetro, terá até 60 dias para organizar um novo concurso.
A prova aplicada no dia 2 deste mês foi anulada porque foram verificadas irregularidades em três estados. Os mais de 125 mil candidatos em todo o país terão de fazer uma nova avaliação, elaborada pela mesma banca, apesar do ocorrido. Estima-se que entre 2 mil e 3 mil pessoas tenham tido problemas no dia da prova.
Segundo Barbano, um novo concurso terá de ser feito nacionalmente, para todos os cargos, porque não é possível garantir que não vazaram informações a outros candidatos. “Ainda que os problemas identificados se refiram a apenas algumas pessoas, não é possível afirmar que não tenha havido contaminação para o restante. Não podemos ter o concurso gerando qualquer atitude não isonômica de participação dos candidatos.”
:: LEIA MAIS »

dom eduardo

lm mudancas

arquiteto













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia