WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
shopping jequitiba prefeitura ilheus embasa Neste site
maio 2020
D S T Q Q S S
« abr    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: ‘Alisson’

VEREADOR ENDOSSA PEDIDO DE CASSAÇÃO DE JABES

Alisson e o documento. Clique para ampliar.

Alisson e o documento. Clique para ampliar.

O vereador Alisson Mendonça (PT) usou a tribuna da câmara, na tarde desta quarta (19), para argumentar sobre o pedido de cassação do prefeito Jabes Ribeiro, apresentado à mesa diretora da casa ao fim do discurso.
Segundo o parlamentar, apesar da ironia e aparente tranquilidade do gestor, transmitida em entrevista ao Blog do Gusmão, a situação requer muita atenção dos agentes políticos e da população.
Em seu discurso, com o ofício assinado pelo vice-prefeito, Cacá, em mãos, Alisson mostrou ao plenário o erro primário cometido pela administração jabista: ter permitido que Cacá, então gestor em exercício, assinasse o orçamento anual do município sem que os vetos tivessem sido analisados pela câmara, como manda a lei. O deslize foi continuado por Jabes, que executou, e continua executando, o orçamento sem a apreciação do legislativo.
O vereador trouxe à tona outro fato que torna o orçamento para 2014 inválido. Ao fim do ofício enviado à câmara e nunca apreciado pelos parlamentares, o vice-prefeito conclui que os motivos elencados no documento o levaram a “vetar integralmente o projeto de lei em questão”, no caso, o orçamento.
A assinatura e publicação do documento torna toda a aplicação de verbas do município para 2014 inválida. Assim, sequer o pagamento dos funcionários públicos deveria ser feito, afinal, não há orçamento e não há direcionamento das receitas.
De acordo com Alisson, a cassação de JR tem respaldo legal e pode ser feita após uma comissão da câmara apurar o caso. Se levado à frente o pedido, o grupo terá 90 dias para apresentar o resultado. O vereador encerrou o discurso pedindo a participação dos ilheenses no processo.

CÂMARA DE ILHÉUS REABRE TRABALHOS HOJE

Casa retoma os trabalhos. Foto: Andrei Sansil/ Ilhéus 24h.

Casa retoma os trabalhos. Foto: Andrei Sansil/ Ilhéus 24h.

A câmara de vereadores de Ilhéus retorna aos trabalhos nesta terça-feira (18), a partir das 16h. O prefeito Jabes Ribeiro ainda não foi confirmado na primeira sessão do ano. 
Os vereadores retornam ao trabalho já com um pedido de cassação, feito pelo petista Alisson Mendonça. Segundo o parlamentar, o vice-prefeito, Cacá, assinou o orçamento para 2014 e Jabes o executou sem submeter os documentos à apreciação do legislativo.
Contra a manobra errada é prevista cassação do gestor e a suspensão dos direitos políticos por cinco anos. Caberá ao legislativo a decisão.

FÁBIO MAGAL É ACOLHIDO PELA OPOSIÇÃO

Depois de colocar os cargos à disposição do prefeito Jabes Ribeiro e de confirmar o rompimento político com o governo, o vereador Fábio Magal (PSC) foi acolhido pela bancada de oposição na câmara.  Ao Jornal Bahia Online, o parlamentar afirmou que não há retorno para o rompimento. Magal ocupa a vice-presidência da casa. Na foto de Fábio Roberto, Magal ladeado por Alisson Mendonça e Dero, ambos do PT.

Depois de colocar os cargos à disposição do prefeito Jabes Ribeiro e de confirmar o rompimento político com o governo, o vereador Fábio Magal (PSC) foi acolhido pela bancada de oposição na câmara. Ao Jornal Bahia Online, o parlamentar afirmou que não há retorno para o rompimento. Magal ocupa a vice-presidência da casa. Na foto de Fábio Roberto, Magal ladeado por Alisson Mendonça e Dero, ambos do PT.

FEIJOADA PARA AJUDAR O “JORGINHO”

Feijoada preparada por Fred.

Feijoada preparada por Fred.

Liderado por Fred Abobreira, um grupo de amigos realiza a partir das 19h desta sexta-feira (10) uma feijoada em ajuda ao empresário Jorge, dono do “Bar do Jorginho”, destruído por um incêndio há uma semana (lembre aqui).
Segundo Fred, os vereadores Alisson Mendonça, Lukas Paiva e Fábio Magal, além de várias outras pessoas, colaboraram com a feijoada.
Quem quiser ajudar e se deliciar com o prato, que custará R$ 10,00, só é aparecer no Fredesko Botequim, na Rua D. Pedro, no Pontal. 

JAMES DE VOLTA AO PT?

James, o cortejado. Foto: O Tabuleiro.

James, o cortejado. Foto: O Tabuleiro.

Ex-petista, o vereador James deixou a legenda para viabilizar sua candidatura no ano passado. A estratégia deu certo e se elegeu pelo PMN.
Com a fusão entre seu partido e o PPS anunciada, o parlamentar tem convites para retornar ao partido da estrela.
A fusão partidária é uma das poucas válvulas de escape para quem quer trocar de legenda.
Dono dos cortejos a James, o vereador Alisson Mendonça não mede forças para reforçar o grupo de oposição ao prefeito Jabes Ribeiro.



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia