WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




sdr bahia









turkeynet

casa melo

agua mineral gabriela

auto escola brandao

whatsapp ilheus 24hs
outubro 2021
D S T Q Q S S
« set    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: ‘agressão’

CRIANÇA AGREDIDA POR COBRADORA EM ÔNIBUS DA SÃO MIGUEL, DENUNCIA LEITOR

Agressão teria ocorrido no coletivo que faz linha para o condomínio Morada do Porto.

Agressão teria ocorrido no coletivo que faz linha para o condomínio Morada do Porto.

Em contato com a nossa redação, um leitor afirmou que essa semana, no condomínio Morada do Porto, uma criança foi agredida pela cobradora que trabalhava no coletivo. Tudo isso porque, ao passar o cartão estudantil, ela constatou que não havia mais crédito.
Segundo o leitor, a cobradora, notadamente fora de controle, se apoderou dos pertences da criança, que ainda teria sido imprensada na porta pelo motorista do ônibus.
O espaço está aberto para que a empresa, caso ache que tal situação suscite isso, se manifeste.
Cremos nós que cabe aos pais da citada criança, prestarem queixa na delegacia e acionar judicialmente a empresa.

ITABUNA: ESTUDANTE AFIRMA TER SIDO AGREDIDA POR PM DURANTE LAVAGEM DO BECO DO FUXICO

violência policial
Em contato com a nossa redação, uma estudante da cidade de Itabuna, afirmou que durante a tradicional Lavagem do Beco do Fuxico, sucedida no último sábado (15), em Itabuna, presenciou uma cena de violência policial contra uma mulher e, ao se dirigir ao autor da agressão para reclamar do ato, acabou também sendo agredida.
Segundo a estudante, ela flagrou o exato momento em que um policial militar, lotado no 15º Batalhão de Itabuna, identificado como sendo o soldado Oliveira, deu uma violenta cotovelada em uma mulher de cor negra que dançava, apenas porque ele desejava passar.
Revoltada, a estudante resolveu reclamar junto ao policial, da violência que acredita ter sido sem necessidade, porém, segundo ela, acabou sendo agredida também.
A estudante afirma que vai prestar queixa na delegacia.

ILHÉUS: AGENTE DE TRÂNSITO AGRIDE EMPRESÁRIO

Qual a função de um agente municipal de Trânsito? Bem, segundo nos consta, é fiscalizar e identificar possíveis infrações no trânsito, e, para alegria do prefeito, multar aquilo que acreditar ser merecedor para tal.
Mas parece que alguns agentes acumulam outras funções, como, agredir fisicamente quem ele achar merecedor.
Na manhã de hoje, o proprietário da loja Arte Digital, que aparece no vídeo de camisa branca, foi fotografar uma autuação dos agentes, que ele considerou ser equivocada, em frente à drogaria Letícia, em um estacionamento de paradas rotativas na rua Bento Berilo, e acabou sendo agredido com socos, chutes e empurrões.
No vídeo, gravado de um celular por um dos nossos repórteres, é possível ver o começo das agressões, que prosseguem após o empresário ter adentrado na loja Casa Elétrica, estabelecimento próximo ao local.

O VÍDEO NÃO FOI EDITADO

O vídeo é claro.

O vídeo é claro.

O movimento Reúne Ilhéus sempre contou com o apoio irrestrito deste blog, pois acreditamos que suas reivindicações são justas e têm como objetivo maior a busca de melhores condições para os usuários do sistema de transporte da cidade. Desta forma, nos mantivemos, desde sempre, abertos a reverberar nestas páginas o que o movimento faz.
Em busca de um equilíbrio jornalístico, considerando que a imparcialidade é impossível, noticiamos, na última quarta-feira (28) que o vereador Gurita agrediu um estudante durante o protesto realizado na câmara. Minutos após a confusão, ouvimos, diretamente do plenário do legislativo, as duas partes e assim levamos as versões aos leitores.
Até que, um dia depois, na quinta-feira (29) à tarde, nosso repórter, Fábio Bomfim, trouxe o vídeo que mostra a veracidade da versão contada pelo vereador, a de que não foi ele o agressor do estudante (veja aqui o vídeo). 
Munidos do vídeo, fizemos o que se espera de um veículo de comunicação sério: publicamos o conteúdo na íntegra. As imagens isentaram o vereador da culpa, assim como, se o contrário fosse verdadeiro, também publicaríamos.
Nesta segunda (02), o próprio Reúne  Ilhéus acusa o site de ter publicado as imagens “estrategicamente editadas” e montou um vídeo com “novas imagens”, que vão do nada a lugar algum (você pode assistir ao clicar aqui).
Ratificamos: não houve qualquer edição e, se o vídeo mostrasse o vereador Gurita dando o soco no estudante, veicularíamos o material da mesma forma.
Assim, fica a sensação de que o movimento tenta manter viva sua versão, mesmo as imagens dizendo o contrário.
Entendemos que um estudante foi agredido e isso basta. Independentemente de a agressão ter vindo de um vereador ou de seu irmão. O murro vindo de Gurita teria mais peso? O movimento tenta “capitalizar” uma agressão? Suas reivindicações justas não são suficientes para lhe garantir visibilidade?
São só mais perguntas.

A IMBECILIDADE DENTRO DA UESC

Pavilhão do curso de Educação Física.

Pavilhão do curso de Educação Física.

E-mail enviado a este blog conta história pra lá de absurda, daquelas que nem estudante do fundamental seria capaz de protagonizar.
A história começou quando um grupo de estudantes de Agronomia tomava banho nos vestiários do setor de Educação Física, após uma aula de campo, na última quarta-feira (28).
Do lado de fora, estudantes ainda não identificados começaram a ofensiva. Jogaram pedras no telhado e pelas janelas.
Quando o grupo ia deixar o banheiro, seguraram a porta e, como se fosse coisa normal, jogaram gás de pimenta pelas janelas e gritaram palavras ofensivas.
Um dos estudantes atingidos pelo gás passou mal e precisou ser levado ao posto de saúde da universidade.
Procurada, a reitoria teria recomendado apenas a abertura de processo administrativo.

ALCIDES PODE TER DE PAGAR R$ 100 MIL POR TER AGREDIDO ZICO

Zito, com as marcas da agressão, e Alcides.

Zico, com as marcas da agressão, e Alcides.

Aconteceu na última segunda (29) a primeira audiência entre o secretário de turismo de Ilhéus, Alcides Kruschewsky, e o ex-funcionário da câmara conhecido como Zico.
Não custa lembrar que, no dia 02 deste mês, Alcides espancou Zico em frente à prefeitura de Ilhéus. O secretário diz ter perdido a cabeça por causa de provocações. Na ação, os dois se dizem vítimas.
A audiência contou com a mediação do Ministério Público, que propôs a doação de um salário mínimo de cada um para entidade filantrópica.
A proposta não foi aceita por Zico, que entrou com nova ação por danos morais.
Segundo ele, além de ter sido agredido, passou por humilhação diante dos que viram a pancadaria. No processo, Zico pede indenização de 150 salários mínimos, algo em torno de 101 mil reais.

“VENENO DA NOITE”: BLOGUEIRO PARTE PARA CIMA DE MANIFESTANTES EM ILHÉUS

O bicho pegou na tarde dessa terça-feira em frente ao palácio Paranaguá, durante a ocupação do Reúne Ilhéus à sede da prefeitura.
Um blogueiro ilheense, conhecido por defender com unhas e dentes o jabismo e atacar toscamente quem discorda de tal ideologia política, partiu para cima dos manifestantes, querendo intimidá-los e até mesmo levar para as vias de fato. (risos)
O motivo, segundo algumas informações, teria sido porque ele não aguentou as provocações de alguns manifestantes, que afirmaram que ele passou a ser o porta voz oficial do jabismo na blogosfera porque o seu filho foi nomeado para o setor de merenda escolar da prefeitura de Ilhéus.
Que coisa feia!

casinos online no brasil





dom eduardo

lm mudancas

fale conosco













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia