WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
shopping jequitiba prefeitura ilheus secom bahia solidaria Neste site
maio 2020
D S T Q Q S S
« abr    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: ‘abuso sexual’

BAHIA: PAI DENUNCIA FILHO POR ABUSAR SEXUALMENTE DO IRMÃO

G1
Um adolescente de 14 anos foi denunciado à polícia pelo próprio pai sob a suspeita de ter abusado sexualmente do irmão de 7 anos. O caso ocorreu na segunda-feira (4), em Feira de Santana, a cerca de 100 Km de Salvador.
De acordo com o pai, o filho de 14 anos morava com a mãe em Salvador, mas se mudou para Feira de Santana há três meses. Segundo o homem, o abuso contra o irmão começou há dois meses.
“Ele [o filho de 7 anos] sempre foi sensível. Sempre conversava com ele, perguntava e ele omitia porque dizia que recebia ameaça de espancamento se fosse falar”, diz o pai, que prefere não se identificar.
O adolescente denunciado não foi apreendido pela polícia porque não houve flagrante. Segundo a delegada Martine Veloso, o inquérito do caso vai ser concluído e enviado ao Juizado da Infância e Juventude, em Feira de Santana. 
Para a Martine Veloso, na maior parte dos casos, o autor do abuso é uma pessoa próxima à vítima. Segundo ela, mudanças repentinas de comportamento indicam a ocorrência do crime. “É necessário que as pessoas atentem para isso, não deixem as crianças sozinhas, sempre na presença dos adultos”.
De acordo com a Delegacia do Adolescente Infrator (DAI), em Feira de Santana, desde o mês de janeiro foram registros 6 casos de abuso sexual contra crianças na cidade.

UMA EM CADA 14 MULHERES DO MUNDO JÁ SOFREU ABUSO SEXUAL

violência
Uma pesquisa realizada em 56 países e publicada, na quarta-feira (12), na revista de saúde The Lancet, mostra que uma em cada 14 mulheres já foi vítima de abuso sexual, pelo menos uma vez na vida, por alguém que não seja seu parceiro. O estudo mostra que a situação varia a depender do país.
A taxa de mulheres que são abusadas na região central da África Subsaariana, por exemplo, chega a 20%. No geral, em média, 7,2% das mulheres com 15 anos ou mais dizem ter sido violentadas. Ao reunir estudos publicados ao longo de 13 anos (1998–2011), os cientistas identificaram 77 trabalhos válidos e recolheram dados sobre 412 estimativas em 56 países.
Os autores do estudo dizem, ainda, que os números podem subestimar a verdadeira magnitude do problema, já que o estigma e a culpa associados à violência sexual, levam as vítimas a não denunciarem. A taxa de abusos é de 17,4% na Namíbia, África do Sul e no Zimbabue; 16,4% na Nova Zelândia e Austrália; 4,5% na Turquia; 3,3% na Índia e em Bangladesh.
Na Europa, os países do Leste (6,9% na Lituânia, Ucrânia e no Azerbaijão) têm porcentual mais baixo do que os do Centro (10,7% na República Tcheca, Polônia, Sérvia, em Montenegro e Kosovo) e do que os do Ocidente (11,5% na Suíça, Espanha, Suécia, no Reino Unido, na Dinamarca, Finlândia e Alemanha). 



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia