WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site

https://www.AUTO-doc.PT

janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  




















“MUI AMIGO” DAS CLASSES POPULARES

O insensível deputado federal Mário Negromonte.

O insensível deputado federal Mário Negromonte.

Amigo do prefeito Jabes Ribeiro, inclusive apresentado aos ilheenses como seu candidato nas eleições de 2010, devidamente eleito e acometido por amnésia ante os anseios da população local, o deputado federal Mário Negromonte (PP) mostrou estar pouco se lixando ante os problemas enfrentados por aqueles que necessitam de atendimentos médicos públicos.
Para quem não sabe, o nobre parlamentar deu entrada ontem em uma emenda à Medida Provisória 261, que cria a possibilidade para estudantes que fizeram Medicina em faculdades particulares, a escolher se querem participar ou não do Programa Mais Médicos.
O programa torna obrigatório ao médico em formação, além dos dois anos do período de residência, mais dois anos para atender dentro do programa federal.
As vagas serão destinadas aos locais onde há carência de profissionais, o que acontece principalmente no interior. 
A população carente agradece pela sua sensibilidade deputado.

NO REINO UNIDO E NA SUÉCIA, MÉDICOS PRECISAM SERVIR NO SETOR PÚBLICO

medico_jaleco_estetoscopio_paramedico
Enquanto no Brasil a nova lei que obriga estudantes de medicina a passar dois anos atendendo no SUS gerou o esperneio dos abastados postulantes a médicos, no Reino Unido e na Suécia os jovens recém-saídos das universidades de Medicina precisam cumprir um período de treinamento remunerado no setor público antes de receberam licença para exercer a profissão.
Para os britânicos, são obrigatórios dois anos de treinamento em hospitais públicos, após o período da universidade. Os cursos de Medicina no país variam de cinco a seis anos e conferem aos estudantes uma registro provisório, com o qual se inscrevem no chamado “The Foundation Progamme”.
No primeiro ano, o salário-base do jovem médico é de 24 mil libras anuais (quase R$ 80 mil), segundo estatísticas de 2012. A quantia pode variar de acordo com as dificuldades do hospital, do cronograma do profissional e das dificuldades do ofício. Completados os 12 meses iniciais, ele recebe a licença, mas é obrigado a terminar o segundo ano.
“Só então o médico poderá partir para o período de especialização e residência, que pode durar outros cinco anos”, explica a assessora da faculdade de Medicina da George’s University of London, Elenor Sheppard.
Na Suécia, o curso dura cinco anos e meio. O programa de treinamento, conhecido por AT, dura pelo menos 18 meses. É cada vez mais frequente terminá-lo em 21 meses, ao final dos quais o profissional é submetido a um exame, sem o qual não pode trabalhar. Após o AT, ele pode escolher sua especialização, que dura, no mínimo, cinco anos.
Na França, a formação pode levar de 9 a 11 anos. O vestibular dá direito a cursar um ano de faculdade de Medicina, num aprendizado mais abrangente em aulas de biologia, bioquímica ou biofísica. Depois, os melhores alunos são admitidos e prosseguem a formação, em seis anos. A partir do terceiro ano, passam a praticar atendimento externo remunerado em hospitais conveniados com as universidades. Com a conclusão do curso, inicia-se um período também remunerado, equivalente à residência no Brasil, que pode durar de três a cinco anos.

RONDON: EQUIPE DA UESC LEVA CIDADANIA AMBIENTAL A COMUNIDADES DO PARÁ

Equipe da UESC.

Equipe da UESC.

A Equipe da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) segue realizando suas atividades na Operação Forte do Presépio, do Projeto Rondon, no município de São Miguel do Guamá (PA).
Na última quarta-feira (10), pela manhã, começou a oficina sobre potencial econômico dos resíduos sólidos, tratando das consequências desses resíduos na agressão ao meio ambiente, devido a sua difícil degradação, e dos problemas acarretados ao solo. O propósito da oficina foi trabalhar as possibilidades de reaproveitamento desses materiais.
No período da tarde completou-se o terceiro dia do curso de elaboração de projetos para captação de recursos, quando foram finalizados e apresentados projetos desenvolvidos pelos participantes e contextualizadas diversas propostas voltadas para o benefício da comunidade local.
À noite, foi realizada a última etapa da oficina sobre educação profissional, que trabalhou aspectos relacionados à comunicação e ao marketing pessoal.
A equipe segue no Município até o dia 19, quando retorna para Belém (PA) para a cerimônia de encerramento da Operação Forte do Presépio.

NÃO SOU CANDIDATO À REELEIÇÃO, GARANTE JABES

viajabesEm entrevista ao radialista Vila Nova, de O Tabuleiro, nesta sexta (12), o prefeito Jabes Ribeiro voltou a afirmar que não pretende se candidatar a mais quatro anos de governo, na eleição de 2016.
No programa, o prefeito cravou “maior arrependimento que tenho foi ter sido candidato em 2000”. À época, Jabes já era prefeito conseguiu se manter no cargo.
Ainda na conversa com Vila, o prefeito defendeu o fim da reeleição.

CASO BBOM: ‘SE SOUBESSE, TINHA USADO O MODELO ANTES’, AFIRMA PROPRIETÁRIO

iG
João Francisco de Paulo, proprietário da BBom.

João Francisco de Paulo, proprietário da BBom.

A BBom é considerada pelo Ministério Público Federal em Goiás como o tapume para a construção de uma pirâmide financeira que, em menos de seis meses, angariou irregularmente 300 mil investidores e ajudou um grupo a amealhar R$ 300 milhões – fora uma centena de carros, inclusive duas Ferraris, quatro Lamborghinis e um Rolls Royce.
Dono da marca BBom, João Francisco de Paulo diz ao iG também ter ficado surpreso com o sucesso do negócio. Mas ele faz questão de qualificar a empresa como um sistema de marketing multinível perfeitamente legal. A estratégia de varejo, conta, foi a escolhida para turbinar as vendas dos serviços de monitoramento e rastreamento que sua Embrasystem fornece há cinco anos. A Embrasystem não é fabricante. Os equipamentos são adquiridos de outras empresas – uma brasileira e outra americana.
“Foi muito maior do que a gente imaginava e também nos assustou. E por isso nós temos hoje 1,5 milhão de equipamentos [ vendidos ]”, diz ele, com o argumento de que usa as taxas de adesão pagas pelos associados para comprar, junto aos fornecedores, mais produtos para comercializar. “Seria, sim, criminoso se eu estivesse recebendo [ taxas de adesão ] das pessoas e não comprasse equipamentos.”
Nesta entrevista, concedida na quarta-feira (10) horas depois de a 4ª Vara Federal de Goiás anunciar o bloqueio de seus bens e os da Embrasystem , Paulo acusa pessoas “mal intencionadas” de plantarem informações falsas contra a empresa. Isso, argumenta, é que motivou promotores, procuradores da República e, liminarmente, a Justiça, a colocarem a Embrasystem, ao lado da Telexfree , no alvo de uma força-tafera que investiga ao menos outros 11 negócios suspeitos de serem pirâmides financeiras.

:: LEIA MAIS »

A AMPLA ESTRADA DO IMOBILISMO

Por Jerberson Josué, graduando em Geografia pela UESC

jerbersonAlém do imobilismo verificado na saúde, o que dizer a respeito da educação? Há vinte anos sem construir uma escola, Ilhéus agoniza com colégios funcionando em imóveis alugados para beneficiar amigos de autoridades, jogando recursos públicos, que serviriam para construir escolas adequadas, no ralo.

A estrada do imobilismo é a mais percorrida pelo desgoverno do prefeito Jabes Ribeiro e a sua equipe desastrosa. Desgovernando o município com a inoperância peculiar, o prefeito não consegue representar a sociedade e nem mesmo esboça qualquer reação frente ao caos instalado em Ilhéus.
Sem voz e sem vez, a juventude ilheense foi às ruas em sintonia com movimentos nacionais, para solicitar às autoridades melhorias no transporte público e inclusão de temas como sustentabilidade e mobilidade urbana na pauta de ações do governo, que se revela desgoverno na medida em que, além de não atender as expectativas não apenas da juventude, como da sociedade ilheense como um todo, não consegue elaborar um plano de ação para promover melhorias básicas na saúde, educação e serviços públicos.
Com hospitais sucateados e postos de saúde fechados, adoecer em Ilhéus é uma tragédia que desequilibra a mente de qualquer cidadão que possua um mínimo de consciência crítica.

:: LEIA MAIS »

MAIS VERBAS FEDERAIS PARA ILHÉUS E ITABUNA

Jabes terá algumas lágrimas a menos em seu chororô. Com o anúncio de novos repasses financeiros aos municípios, feito pela presidente Dilma na última segunda-feira (08), a prefeitura de Ilhéus receberá cerca de R$ 3 milhões em duas parcelas.
Segundo o blog O Tabuleiro, a cidade receberá R$ 1.474.448,74 já no próximo mês. A segunda parcela, no ano que vem, corresponde ao mesmo valor.
A verba não será descontada de nenhum outro repasse federal.
Itabuna será beneficiada com os mesmos montantes.

MORADORES DE OLIVENÇA INTERDITAM ESTRADA NOVAMENTE

Comunidade queima pneus. Foto enviada por leitor.

Comunidade queima pneus. Foto enviada por leitor.

Moradores de Olivença, zona sul de Ilhéus, interditam, pela segunda vez esta semana, a rodovia Ilhéus-Canavieiras. O trânsito na região está parado.
Na última paralisação, a comunidade protestava contra problemas na saúde, educação e transporte para o bairro. Hoje, as causas se repetem e outras engrossam o coro. Falta iluminação pública e a coleta de lixo só acontece esporadicamente, reclamam os moradores.

“ILHÉUS NÃO SE PREOCUPA COM A SAÚDE”, DIZ DIRETORA DA ÚNICA MATERNIDADE DA CIDADE

Naide Silveira.

Naide Silveira.

Naide Silveira, diretora do Hospital São José e Maternidade Santa Isabel de Ilhéus, foi entrevistada na última terça-feira (09) pelo radialista Gil Gomes, no programa Alerta Geral, da Santa Cruz AM.
No ar, Naide afirmou que 90% dos atendimentos na Maternidade são feitos pelo SUS. Com a defasagem da tabela de pagamentos do sistema, os médicos evitam assumir estes postos por causa da baixa remuneração. Prova disso, seria que a unidade está com vagas abertas para obstetrícia, mas não consegue ocupar.
A diretora citou uma promessa do prefeito Jabes Ribeiro de custear os salários de duas pediatras que estão à disposição da unidade 24 horas por dia. O acordo não foi cumprido.
Na conversa, comentou também sobre os casos de mães que pariram em condições inapropriadas no hospital.
Por fim, Naide criticou a inércia da secretária de saúde, Ledivia Espinheira. “Ilhéus não se preocupa com a saúde”.
Confira o áudio.

DIA DE LUTA REÚNE TRABALHADORES E ESTUDANTES EM ILHÉUS. VEJA FOTOS

Estudantes do Reúne Ilhéus reivindicam a redução da passagem.

Estudantes do Reúne Ilhéus reivindicam a redução da passagem.

O Dia de Luta, realizado em todo o Brasil, reuniu trabalhadores e estudantes durante a tarde desta quinta-feira (11), no centro de Ilhéus.
Com cartazes e carro de som, o movimento saiu às ruas por volta das 15h e foi encerrado às 18h, com uma caminhada até o bairro Malhado.
Participaram do ato rodoviários, bancários, agentes de trânsito, professores, cacauicultores, lideranças comunitárias e estudantes.
Agentes de trânsito reclama que estão somente com a "farda do corpo".

Agentes de trânsito reclamam que estão somente com a “farda do corpo”.

Pequenos produtores ergueram faixas pedindo indenizações justas pela desapropriação das terras onde será construído o Porto Sul, na zona norte da cidade.
Agentes de trânsito, que estão com as atividades paralisadas desde a quarta-feira (09), pediram melhores condições de trabalho e entrega de novos fardamentos.
Professores, que também estão paralisados, cobram o fim das negociações acerca do reajuste do piso salarial da categoria.
O repórter Fábio Bomfim, do ILHÉUS 24H, acompanhou o ato. Confira mais fotos clicando no Leia mais.

:: LEIA MAIS »

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia