WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
coronavirus 155 Neste site
abril 2020
D S T Q Q S S
« mar    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

:: ‘Violência’

FÁBRICA DE TECIDOS É ARROMBADA PELA 7ª VEZ EM ILHÉUS

Empresários do polo industrial de Ilhéus, localizado na zona norte da cidade, reclamam, além da falta de estrutura, da insegurança no local.
Um bom exemplo vem de uma pequena fábrica de tecidos instalada por lá. Nos últimos 70 dias, foram sete arrombamentos ao galpão. O último aconteceu na madrugada deste sábado (03).
Queixas feitas na delegacia surtem resultado nenhum. Casos parecidos são corriqueiros na região. A falta de policiamento é um prato cheio para os espertinhos de plantão.

NÚMERO DE MORTES VIOLENTAS CAI NA BAHIA

violenciaO número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que compreendem os homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, caiu 10,8% nos primeiros seis meses desse ano na Bahia, em relação ao mesmo período de 2012.
O balanço do primeiro semestre de 2013 dos principais índices de criminalidade no estado foi apresentado na Assembleia Legislativa, na manhã desta quinta-feira (25), pelo secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa. O evento integra a reunião do comitê executivo do programa Pacto Pela Vida.
A Região Metropolitana de Salvador, onde estão situadas as cidades de Simões Filho, Camaçari e Lauro de Freitas, foi a que apresentou a maior redução de crimes, 20,5%. Foram 469 casos de CVLI em 2012, contra 373 nesse ano.

VIOLÊNCIA CONTRA ÍNDIOS CRESCE 237%

torturaA maioria das formas de violência cometidas contra as comunidades indígenas teve crescimento em 2012, conforme dados divulgados hoje (27) pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi). De acordo com o relatório, houve crescimento de 237% na categoria violência contra a pessoa – que engloba ameaças de morte, homicídios, tentativas de assassinato, racismo, lesões corporal e violência sexual – no ano passado, quando comparado com os casos registrados em 2011.
O levantamento aponta que, em todo o Brasil, foram registradas 60 homicídios contra a população indígena. O número representa nove mortes a mais que as registradas no ano anterior. O maior número de ocorrências ocorreu em Mato Grosso do Sul, com 37 casos. Na sequência, aparecem Maranhão e Bahia, com sete e quatro casos, respectivamente. Segundo o Cimi, nos últimos dez anos, ocorreram cerca de 563 assassinatos de índios no país.
Os casos de violência contra o patrimônio aumentaram de 99 para 125, utilizando a mesma base de comparação, o que representa aumento de 26%. Considerando a violência por omissão do poder público, foram relatados cerca de 106,8 mil casos. O número significa acréscimo de 72% ante 2011.
Na avaliação do presidente do Cimi, dom Erwin Kräutler, a repetição e o aumento da violência contra a população indígena podem ser atribuídos à “omissão por parte dos estados” na demarcação das áreas indígenas, provocando atraso no processo.
:: LEIA MAIS »

EX-VICE-PREFEITO DE AURELINO LEAL É ASSASSINADO

BAHIA NOTÍCIAS
EX
O ex-vice-prefeito da cidade de Aurelino Leal e pastor da igreja Assembleia de Deus, Giovani Lopes Gagliano, foi assassinado na manhã desta quinta-feira (20) no município de Santo Antônio de Jesus.
Ele estava dentro de seu carro em frente à casa onde morava, no bairro São Benedito. De acordo com a Polícia Militar, cinco tiros foram disparados contra o veículo.
A Polícia Civil, que investiga o crime, suspeita que o homicídio tenha motivações políticas, já que a vítima foi acusada de mandar matar o ex-prefeito de Aurelino Leal Gilberto Ramos Andrade, em maio de 2007.
Em 2011, Gagliano foi absolvido pelo júri popular. De acordo com o pastor Lindomar, amigo e parente da vítima, o político realizava trabalhos com dependentes químicos em Santo Antônio de Jesus.

JORNALISTA DEFENDE AÇÃO DA POLÍCIA CONTRA MANIFESTANTES

Marcel publicou na rede por volta das 11h de hoje.

Marcel publicou na rede por volta das 11h de hoje.

Pelo twitter, o jornalista itabunense Marcel Leal, editor geral do jornal A Região, criticou os protestos de estudantes contra o aumento das tarifas de ônibus pelo Brasil. Na rede de microblog, nesta manhã, Marcel argumentou que a ordem não pode ser perturbada por “minoria que usa passagem como pretexto para baderna”.
Na noite de ontem (quinta, 13), cerca de 250 pessoas que participavam dos protestos em São Paulo foram presas por policiais militares, inclusive jornalistas.
Sites noticiaram que a violência foi iniciada pela tropa de choque.
Também no twitter, a jornalista Rita Lisauskas mostra uma visão diferente:
Rita é da Band, uma das poucas emissoras que mostrou, de fato, a truculência policial durante o protesto.

Rita é da Band, talvez a única emissora a mostrar a truculência policial durante o protesto.

“REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL NÃO RESOLVE VIOLÊNCIA”, AFIRMA OAB

Maioridade_PenalO assassinato cometido por uma adolescente de 17 anos, em São Paulo, que acabou ceifando a vida de um estudante, trouxe à tona, mais uma vez, discussões sobre a redução da maioridade penal.
Nessas ocasiões, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), sempre faz questão de reafirmar sua posição contrária ante o assunto.
Segundo o presidente nacional da entidade, Marcus Vinicius Furtado, a criminalidade envolvendo crianças e adolescentes requer atenção especial das autoridades e de toda a sociedade, mas não se deve deixar que a comoção leve a caminhos que não irão resolver o problema, mas apenas agravá-lo.
Para Marcus Vinicius, a criminalidade e a violência entre os jovens precisam ser enfrentados a partir de um trabalho social muito forte. “Um pouco de dignidade já resolveria muita coisa”, disse, lembrando a falta de perspectiva que leva muitos adolescentes a buscar o caminho das drogas e da criminalidade.



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia