WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: ‘Saúde’

BAHIA: MOSQUITOS DA DENGUE SÃO LIBERADOS

denguePesquisadores liberaram, nesta quinta-feira, mosquitos da dengue na cidade de Jacobina, na Bahia, que tem cerca de 80 mil habitantes. A medida faz parte de um programa de controle do Aedes aegypti, que conta com empresas privadas e governo.
Os mosquitos geneticamente modificados foram desenvolvidos pela empresa britânica Oxitec. Em 2012, eles foram liberados, de forma controlada, em Juzeiro, também na Bahia. Os insetos foram criados num laboratório da organização social Moscamed.
Em avaliações anteriores, segundo a Moscamed, “foi possível reduzir rapidamente a quantidade total de mosquitos da dengue existente em uma determinada localidade da área urbana”. No distrito de Mandacaru, localidade da cidade de Juazeiro, o nível de infestação inicial de mosquitos Aedes aegypti foi reduzido em 96% em um período de seis meses, após o início das liberações dos mosquitos, informou a organização.
Segundo a secretaria estadual de Saúde da Bahia, nos primeiros três meses de 2013, foram registrados 72 casos de dengue em Jacobina, que tem cerca de 48 mil habitantes vivendo em áreas urbanas, mas tem um histórico recente de um surto epidêmico, onde foram registrados mais de 1.700 casos e dois óbitos em 2012. As liberações dos mosquitos serão realizadas de duas a três vezes por semana e terão como ponto de partida a região noroeste da cidade.

MUTIRÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA CONTINUA EM ILHÉUS

câncer de mamaO mutirão de rastreamento do câncer de mama segue atendendo em Ilhéus até o dia 28 deste mês. Iniciado no último sábado (15), o projeto pretende atender 22 mil mulheres entre  50 a 69 anos, faixa etária de maior índice de ocorrência da doença. 
O atendimento é feito no Centro de Atenção Especializada (CAEIII), na Avenida Canavieiras.
Para passar pelo exame, é necessário apresentar a carteira de identidade e o cartão do Sistema Único de Saúde (Cartão SUS).

MUTIRÃO COMBATE O CÂNCER DE MAMA EM ILHÉUS

câncer de mamaMulheres ilheenses terão oportunidade de realizar exame preventivo contra o câncer de mama gratuito, no próximo sábado, dia 15.
Os exames serão feitos por duas equipes de especialistas de Salvador, que fazem parte do mutirão de rastreamento do câncer de mama, promovido pelas secretarias de saúde de Ilhéus (Sesau) e do Estado (Sesab).
A ação vai ocorrer durante todo dia, na sede do Centro de Atenção Especializada (CAEIII), antigo SESP, localizado na Avenida Canavieiras, e em frente ao Posto de Saúde da Família (PSF), do Bairro Nossa Senhora da Vitória.
A abertura das atividades vai ocorrer às 8h, no CAE III. Devem ser atendidas, cerca de 280 mulheres na faixa etária compreendida entre 50 e 59 anos. Para o atendimento, é preciso apresentar a carteira de identidade e o cartão do Sistema Único de Saúde (Cartão SUS).

ITABUNA: COMITÊ DE COMBATE À DENGUE ELEGE NOVA DIRETORIA

Tilson.

Tilson Mota.

O Comitê Municipal de Acompanhamento e Assessoramento das Ações de Controle da Dengue de Itabuna elegeu nova diretoria para mandato de dois anos. Foi eleito presidente Tilson Mota; vice-presidente, Carlos Correa; 1ª secretária, Aline Carvalho; e 2º secretário, Glauco Santos. O Comitê é composto por 27 representantes de instituições itabunenses e se constitui ferramenta importante na discussão e elaboração das ações para o combate aos focos da doença.
Enfermeiro do Departamento de Vigilância Epidemiológica, o presidente do Comitê Tilson Nunes Mota disse que o primeiro passo será o planejamento das ações para o segundo semestre. “Todos os representantes vão propor ações e apresentar na próxima reunião”, informou.
A nova diretoria avalia que mesmo com os números positivos, que indicam queda de casos da dengue, é preciso planejar as ações e mobilizar as pessoas. “A sociedade deve estar alerta para as atividades de prevenção. O Comitê entende que não é o momento de cruzar os braços” disse o presidente.

ILHÉUS: SECRETÁRIA DE SAÚDE DEFENDE A VINDA DE MÉDICOS CUBANOS

Ledívia Espinheira se manifestou por meio de uma rede social.
lediviaO Ministro Alexandre Padilha, mais um grande guerreiro do SUS, enfrenta, corajosamente, essa grande polêmica que é trazer médicos cubanos ao Brasil.
Na ponta, de fato, somos nós, os gestores municipais, que estamos com a corda no pescoço, sem médicos e sem dinheiro para pagá-los com decência.
É aí que surgem as aberrações, do tipo “obrigar ao médico formado em universidade pública a morar no interior”. 
Mas não vivemos em um país livre, democrático, capitalista, onde o direito de ir e vir é assegurado a todos os cidadãos?
Isso é fruto da falta de solução simples e imediata do problema.
Padilha está correndo atrás de uma minimização desta realidade.
Quem é rigorosamente contra a vinda dos cubanos, também não aparece com nenhuma proposta completa! 
Como gestora municipal, posso dizer com todas as letras, deram-nos a gestão, mas não mandaram o recurso junto!
Temos a obrigação legal, civil, contábil e um milhão de outras, mas faltou disponibilizar os meios para cumprí-las!
Quem é contra a vinda de médicos sem validação de diplomas, muito corretos, tecnicamente, tem que se levantar é a favor de uma adequada distribuição de recursos para os municípios!
Aí sim, poderíamos pagar bem o médico, (assim como os outros profissionais), como rege a lei de mercado, essência do capitalismo.
Sou pelos 10% de contribuição da União para a saúde!
Melhor financiamento do SUS!
Aí, sim, conversaremos tecnicamente sobre o assunto!

HOSPITAL DE ILHÉUS PODERÁ ATENDER PELO SUS

A secretária de Saúde de Ilhéus, Ledívia Espinheira, visitou hoje, dia 7, as instalações da nova Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Ilhéus, e propôs ao diretor da instituição, Jorge Viana, a realização de convênio para ampliar o atendimento à comunidade através do Sistema Único de Saúde (SUS).
Segundo Ledívia, a unidade entra em operação nos próximos dias e, para atender pelo SUS, o hospital deverá apresentar apenas os documentos necessários à contratualização de serviços de assistência à saúde pública.
A nova UTI será inaugurada, inicialmente, com oito leitos, todos eles equipados com aparelhos de moderna tecnologia.
Atualmente, os pacientes atendidos em Ilhéus dispõem apenas de leitos de UTI no Hospital Geral Luiz Viana Filho.
SAMU
Padilha, Ledívia e o deputado federal Daniel Almeida.

Padilha, Ledívia e o deputado federal Daniel Almeida.

Em viagem a Brasília, Ledívia cobrou do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e, em especial, solicitou mais ambulâncias para o serviço de emergência do SAMU.
Segundo ela, Ilhéus necessita de pelo menos mais quatro ambulâncias, pois as que estão em funcionamento apresentam problemas mecânicos frequentes.

ILHÉUS: SESAB NEGLIGENCIA TRANSFERÊNCIA DE PACIENTE CARDÍACA

Transferência deve ser feita por UTI aérea.

Transferência deve ser feita por UTI aérea.

Com decisão judicial em mãos determinando transferência para hospital público ou privado de Salvador, a paciente Ana Rosa Mendes dos Santos, portadora de miocardiopatia grave, ainda aguarda o cumprimento da ordem.
A demora é causada pela secretaria estadual de saúde, que insiste em negligenciar o estado crítico de saúde da ilheense, internada na Clínica Coci há mais de um mês.
Na liminar, expedida no dia 27 de maio, a juíza Carine Nassri da Silva delimita multa diária de R$ 2 mil ao Estado pelo descumprimento. Mas, onze dias já se passaram, e nada de transferência.

ESTUDO AVALIARÁ BENEFÍCIOS DA CERVEJA PARA O CORAÇÃO

AGÊNCIA ESTADO
cerveja-caneca-consumo-diariamente-size-598Terceiro país com maior consumo de cerveja no mundo, atrás apenas da China e dos Estados Unidos, o Brasil vai iniciar uma pesquisa para avaliar os possíveis benefícios do consumo moderado da bebida para o coração, assim como ocorre com o vinho.
Estudos internacionais demonstram que ingerir cerveja em quantidades moderadas – o que significa beber de uma a duas latas por dia, no máximo – tem um efeito protetor nos vasos sanguíneos, evitando a aterosclerose (entupimento dos vasos) e um possível infarto.
A pesquisa será feita por meio de uma parceria da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) com o Hospital do Coração (HCor), que vai conduzir os estudos com dois grupos de voluntários: um de abstêmios e outro de pessoas que bebem cerveja regularmente.

CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A PARALISIA INFANTIL COMEÇA NO SÁBADO

vacina
Atenção pais de crianças de seis meses até cinco anos, a campanha de vacinação contra a paralisia infantil terá início no próximo sábado (08) e se estenderá até o dia 21 de julho.
A meta do Ministério da Saúde é imunizar 95% das 12 milhões de crianças. Ao todo, cerca de 115 mil postos estarão aptos para realizar o trabalho.
As duas gotinhas, como dose de reforço, serão dadas mesmo que as crianças já tenham sido imunizadas contra a doença. Se as crianças tiverem febre alta, alguma hipersensibilidade a algum componente da vacina, ou alguma doença aguda, os pais devem conversar com os profissionais de saúde antes da vacinação, orienta o Ministério da Saúde.
Este ano, a campanha chega 24° ano sem a doença no país, estando livre do poliovírus desde 1990. O objetivo da campanha é garantir a não reintrodução da doença no território brasileiro, com a manutenção das campanhas de vacinação.
Apesar de o país ter erradicado a doença, a vacinação é importante para evitar a reintrodução da poliomielite por viajantes que chegam ao Brasil. Ainda há 16 países com casos registrados da doença.
A vacina poliomielite é trivalente e sua eficácia é em torno de 90% a 95%. Para uma imunidade longa, frente aos três tipos de poliovírus, é necessário completar o ciclo básico de três doses: duas doses da vacina inativada poliomielite (VIP) e uma dose da vacina oral poliomielite (VOP), sendo necessário uma dose de reforço (VOP) após o termino do ciclo básico. Assim, praticamente 100% dos vacinados terão proteção garantida.
O governo distribuirá aproximadamente 19,4 milhões de doses da vacina. Também será investido cerca de R$ 32,3 milhões, sendo R$ 13,7 milhões com a aquisição da vacina e R$ 18,6 milhões que serão repassados do Fundo Nacional de Saúde para as secretarias estadual e municipal de saúde. Desde o ano passado, o Brasil passou a realizar somente uma etapa da Campanha Nacional.

PACIENTE CONSEGUE PASSAGENS. PRÓXIMO MÊS TEM DE NOVO

A paciente com câncer que peregrinou pela secretaria de saúde para conseguir passagens e viajar a Salvador, onde faz quimioterapia, teve acesso aos bilhetes, como manda o Ministério da Saúde. Recorde o caso aqui.
Encerrado um capítulo da novela, a paciente já prevê a humilhação no próximo mês, quando precisará de novo das passagens.


wedding dresses
cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia