WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
ilheus brindes
outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

:: ‘Saúde’

“FAZ DE CONTA” NO HOSPITAL REGIONAL

Segundo o Blog do Gusmão, o Hospital Regional de Ilhéus está sendo todo maquiado para a visita do secretário estadual de saúde, Jorge Solla, que vem à cidade neste sábado (04) para empossar o novo diretor da unidade, o médico Julio Guzman.
Pacientes foram retirados das macas que ficam nos corredores, segundo o blog, e levados para outros hospitais da cidade.
Quando acabar a cerimônia, todo o caos volta ao normal.

LIXO HOSPITALAR DESCARTADO NOS FUNDOS DE CLÍNICA

Lixo em local impróprio. Fotos: Rumas.

Lixo em local impróprio. Fotos: Rumas.

Lixo hospitalar descartado em condições irregulares virou moda em Ilhéus. O blog Rumas flagrou uma pilha deste tipo de material nos fundos da Clínica Halil Medauar, no Alto da Conquista.
Segundo o blog, o acúmulo de lixo no local começou há meses e só tem aumentado.
A rua onde foi descartado o material fica próxima a um colégio e a uma quadra de esportes, o que aumenta o risco de contaminação, principalmente de crianças.

MÉDICO CUBANO SERÁ O NOVO DIRETOR DO HOSPITAL REGIONAL DE ILHÉUS

julio-guzman-é-infectologistaSegundo informações do site Coluna de Turismo, o infectologista  cubano Júlio Guzmán será o novo diretor do Hospital Geral Luiz Viana Filho (Regional)
Considerado como “homem de segurança” do secretário estadual de Saúde, Jorge Solla, o médico atua há alguns anos em Ilhéus.
Nesta quinta-feira (02) a nomeação de Guzmán deverá ser publicada no Diário Oficial do Estado.

VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE PROSSEGUE EM ILHÉUS ATÉ 30 DE MAIO

vacinaA campanha de vacinação contra a gripe continua nos postos de saúde de Ilhéus até o dia 30 de maio, e na zona rural até o dia 15 de maio.
A meta do Ministério da Saúde é vacinar 80% do público-alvo, composto por idosos com mais de 60 anos, crianças de seis meses a dois anos, indígenas, gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto, detentos e profissionais de saúde. Portadores de doenças crônicas do pulmão, coração, fígado, rim, diabetes, imunossupressão e transplantados também devem se vacinar.
Na zona urbana, a vacina contra a gripe pode ser aplicada nos seguintes postos de saúde: na zona central, no CAE III (antigo Sesp), Almiro Vinhaes (Princesa Isabel), Programa de Saúde da Família (PSF/Conquista) e Policlínica Municipal da Conquista. Na zona sul, no Centro de Saúde do Hernani Sá (Urbis), Centro de Saúde de Olivença, e nos PSFs dos bairros Nelson Costa e do Nossa Senhora da Vitória.
Na zona oeste, as salas de vacina funcionam nos postos de saúde I, II e IV do bairro Teotônio Vilela, no centro de saúde de Vila Cachoeira e nos PSFs I e II do Salobrinho. Na zona norte da cidade, a campanha de vacinação acontece no centro de saúde Sarah Kubitschek, no Malhado, no Centro Social Urbano (CSU) da Barra e no centro de saúde do Iguape.

SECRETÁRIA DE SAÚDE DE ILHÉUS TAMBÉM MORA EM SALVADOR, SEGUNDO BLOG

Ledívia segue os passos do prefeito?

Ledívia segue os passos do prefeito?

Depois de descobrir que o prefeito Jabes Ribeiro faz ponte aérea a Salvador todas as sextas, o Blog Agravo agora revela que a secretária de saúde é adepta da mesma prática.
Segundo o blog, Ledívia Espinheira só dá expediente até as manhãs de quinta-feira. À tarde, o destino é certeiro: aeroporto de Ilhéus com destino a Salvador. Antes de assumir a pasta, a secretária tinha residência fixa na capital, onde mora há bastante tempo.
Ainda de acordo com o blog, quando questionada por servidores sobre os problemas da pasta, Ledívia responde que “segunda [feira] eu resolvo”.

PF INVESTIGA ANTIGA GESTÃO DO HOSPITAL DE BASE

hospital de baseA Polícia Federal está realizando investigação dos contratos antigos de compras de insumos e contratação de serviços pelas administrações anteriores do Hospital de Base.
O trabalho, que inclui inspeção a documentos e computadores no próprio hospital, está recebendo todo apoio da diretoria da Fundação de Assistência à Saúde de Itabuna (Fasi).
Segundo o presidente da Fasi, Paulo Bicalho, a atual administração tem todo o interesse em que as investigações prossigam e possam mostrar o que de fato aconteceu no Hospital de Base nos últimos anos, que levou a instituição ao estado de abandono e desorganização em que foi encontrado no início deste ano.

MUDANÇAS NA SECRETARIA DE SAÚDE

trocasSem conseguir resolver os problemas básicos da rede de atendimento, a secretária de saúde, Ledívia Espinheira, vai mexendo no time que ela mesma compôs.
O diário oficial desta sexta-feira (26) traz a exoneração de Emerson de Jesus Silva e Carlos Oliveira dos Santos, que ocupavam, respectivamente, a auditoria de Controle Interno do Sistema de Saúde e a seção de atenção básica.
Segundo informações, novas mudanças serão feitas até que o time esteja entrosado.

ILHÉUS: PREFEITURA COMPRA R$ 900 MIL EM REMÉDIOS

Se chegar ao posto de saúde do seu bairro e ouvir do atendente que não tem medicamentos, proteste.
A comissão de licitação do município bateu o martelo ontem (quinta, 25) e aprovou a compra de quase R$ 900 mil em medicamentos de três fornecedoras.
Medicamento não pode mais faltar nos postos.

PROBLEMAS EM UNA

Único da cidade, hospital passa aperto.

Único da cidade, hospital passa aperto.

Início do governo cambaleante não é privilégio de Ilhéus. Em Una, município comandado por Diane Rusciolelli (PSD), a coisa vai pelo mesmo caminho.
Setor delicado, a saúde é a que mais sofre. O único hospital da cidade, o Municipal Frei Silvério, está abandonado desde o governo anterior.
Familiares de pacientes contam que, para abrir o chuveiro, é preciso usar um alicate de eletricista.
Macas e equipamentos enferrujados são maioria, quando já não estão obsoletos. A falta de estrutura e investimentos na cidade vizinha é um dos motivos para a superlotação no Hospital Regional de Ilhéus.

PLANO DE SAÚDE QUE NEGAR COBERTURA PODERÁ SER MULTADO E ATÉ SUSPENSO

Reclamações contra planos de saúde que negarem cobertura poderão resultar em multas e até suspensões dos planos a partir de julho. Antes, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) não incluía reclamações sobre cobertura em seus relatórios. O anúncio das novas regras será feito nesta quarta-feira (24) pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, em audiência pública no Senado Federal.
Negativas de cobertura relacionadas a lista de procedimentos, período de carência e rede de atendimento passarão a fazer parte dos relatórios trimestrais de monitoramento que a ANS faz desde dezembro de 2011. Segundo o ministério da Saúde, a rejeição de cobertura é o principal motivo de reclamações contra os planos: 75,7% delas tratam do assunto.
Até agora, eram listadas apenas as informações sobre descumprimento dos prazos para marcação de consultas e exames. O último relatório que será divulgado pelo ministro, no entanto, já inclui as novas regras. De dezembro do ano passado a março deste ano, foram 13.348 reclamações, envolvendo 509 operadoras de planos de saúde.
Os planos que aparecem nesses relatórios podem ser multados em até R$ 100 mil, serem suspensos em caso de reincidência e levar ao afastamento de seus dirigentes. As medidas administrativas, entretanto, só poderão ser aplicadas a partir do segundo relatório com as novas regras, que será concluído em julho – por isso, nenhum plano ou operadora foi suspenso após o relatório que será divulgado nesta quarta-feira.

dom eduardo

lm mudancas

arquiteto













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia