WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

:: ‘Saúde’

CASOS DE AIDS AUMENTAM 150% NA BAHIA

aidsSegundo informações da secretaria estadual de Saúde, os casos de Aids na Bahia aumentaram 150% nos últimos três anos, com 3.614 novos casos registrados no período.
Em Feira de Santana, segunda maior cidade do estado, já foram registrados 120 casos da doença, 8,6% a mais do que o mesmo período no ano passado.
De 1984 até junho de 2012, um total de 18302 casos foram registrados no Sistema de Controle de Exames Laboratoriais da Rede Nacional de Contagem de Linfócitos (Siscel).
Entre os homens, a incidência de casos entre os homens é maior do que entre as mulheres, mas a proporção tem sido reduzida.
A Aids é causada pelo vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) que torna a pessoa infectada desprotegida a infecções e tumores. Na Bahia, o diagnóstico pode ser feito de forma gratuita, através do Sistema Único de Saúde (SUS), e de forma anônima, testes podem ser realizados em Centros de Testagem e Aconselhamento (CTAs).

‘VIAJO 20 HORAS, SE PRECISAR’, DIZ FORMADO NA ESPANHA INSCRITO NO MAIS MÉDICOS

G1
medico0Morador de Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá, o médico Cristobal Andres Parada, de 34 anos, boliviano que também tem nacionalidade espanhola, se inscreveu nas vagas no Mais Médicos e aguarda o resultado da seleção de estrangeiros, que deve ser fechado internamente pelo Ministério da Saúde nesta sexta (9), e divulgado no sábado (10).
Ele disse estar disposto a viajar até 20 horas se for necessário, para atuar pelo SUS em um município distante ou área isolada. “Não tenho problema”, ressaltou.
Parada nasceu em Santiago do Chile, mas tem mãe americana e pai boliviano. Morou boa parte da vida em La Paz, mas também em cidades da Espanha, pois tem a cidadania do país – ele se formou em medicina pela Universidade de Zaragoza, em 2010. Desde então, vive no Brasil. Ele se inscreveu para revalidar o diploma duas vezes, em 2011 e 2012, mas não foi aprovado.
O candidato foi à Espanha, nesta semana, retirar os últimos documentos e resolver trâmites burocráticos de sua inscrição no Mais Médicos. Este passo já foi concluído, diz sua mulher, Muna Abdallah. Como não pode atuar com medicina no Brasil, Parada trabalha como administrador de empresas.
“Falam que não tem infraestrutura, que [os estrangeiros] estão acostumados a trabalhar com equipamentos modernos”, diz ele, sobre a situação de algumas cidades atendidas pelo Mais Médicos. “Mas, mesmo assim, a presença de um médico formado em uma região [pobre] vai ser uma ajuda muito grande.”
O médico diz não ver problema em trabalhar num município distante ou isolado do Brasil – ele torce para ser escolhido em algum de Mato Grosso. “Mesmo se tiver que viajar 15 ou 20 horas, se for até uma comunidade indígena, eu vou. Não tenho problema”, ressalta.
:: LEIA MAIS »

ESTUDANTES DE MEDICINA TERÃO R$ 400 PARA FAZER REVALIDA

AGÊNCIA ESTADO
O governo federal vai pagar R$ 400 para estudantes de Medicina que participarem do pré-teste do Exame Nacional de Revalidação de Diploma Médico (Revalida), condição para reconhecer diplomas de formados em outros países para atuar no Brasil.
O pré-teste será aplicado a alunos de último ano como forma de melhorar a prova, marcada para o dia 25 de agosto. Os pagamentos são comunicados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) e encaminhados aos coordenadores de cursos das instituições escolhidas para o Revalida.
Ligado ao Ministério da Educação (MEC), o Inep é responsável pela aplicação do exame. Como a participação é voluntária, a preocupação do Inep (e de especialistas) é que houvesse baixa adesão ao pré-teste, ou mesmo boicote, com a possibildiade de não alcançar uma amostra significativa. 
Para receber os R$ 400, os alunos terão de comprovar a participação, com assinatura na lista de presença, e não ter a prova anulada ou nota zero.
O Inep indica que os valores sejam usados para pagar a inscrição em programas de residência, mas não há obrigatoriedade para a finalidade do dinheiro. 
Os incentivos devem custar cerca de R$ 1,5 milhão aos cofres públicos. O pré-teste do Revalida será aplicado a alunos de 32 cursos de Medicina – 17 instituições privadas e 15 públicas.
Com base no número de formandos das instituições selecionadas, cerca de 4 mil alunos devem fazer o exame. A prova será a mesma aplicada aos candidatos diplomados no exterior, mas estudantes brasileiros só farão a parte teórica. As informações de Fernanda Bassete e Paulo Saldaña.

PRIMEIRA CHAMADA DO MAIS MÉDICOS ATENDE A 6% DA DEMANDA DAS CIDADES

mais médicosA primeira chamada do programa Mais Médicos vai fixar 938 profissionais em 404 cidades do país. Ou seja, atendeu a apenas 6% do total de médicos demandados por municípios ao governo federal e a 11,5% das cidades inscritas no programa.
A primeira listagem foi feita com médicos formados no Brasil ou que já têm autorização para atuar no país. A próxima etapa será oferecer as vagas não preenchidas a médicos que hoje atuam no exterior –fechando, então, a primeira rodada do programa.
A baixa participação dos brasileiros no programa fez o ministro Alexandre Padilha (Saúde) admitir que a vinda de estrangeiros é essencial. “Ficou evidente que só a oferta nacional de médicos será insuficiente para, rapidamente, cobrir a demanda por médicos no interir e periferias.”
Originalmente o Mais Médicos era voltado apenas aos médicos estrangeiros. A forte pressão contrária das entidades médicas fez o governo mudar o discurso e passar a defender a prioridade aos médicos nacionais.
Lançado em julho pela presidente Dilma Rousseff, o Mais Médicos tem dois eixos. O primeiro é fixar médicos, brasileiros ou estrangeiros, na rede pública de saúde de municípios do interior e periferias das grandes cidades. O segundo é ampliar o curso de medicina em dois anos –proposta já flexibilizada pelo próprio governo frente a uma avalanche de críticas.
:: LEIA MAIS »

MÉDICO COBRA R$ 1200 PARA FAZER PARTO EM MATERNIDADE PÚBLICA DE ITABUNA

Luiz Henrique com o dinheiro para pagar o parto numa maternidade pública.

Luiz Henrique com o dinheiro para pagar o parto numa maternidade pública.

O site Plantão Itabuna traz grave denúncia sobre cobrança indevida por parte de um médico para fazer parto na Maternidade Ester Gomes, mais conhecida em Itabuna como “Maternidade Mãe Pobre.
Conta o site que, Luiz Henrique, de 24 anos, levou a esposa, uma adolescente de 16, para ter o primeiro filho no último domingo (04).
Mesmo sentindo todas as contrações e com a dilatação necessária, segundo Henrique, a mulher não era atendida pelo médico de plantão.
Até que, no desespero, questionou ao obstetra o que seria preciso para realizar o parto. De bate e pronto, teria respondido que molhando a mão com a bagatela de R$ 1.200,00, o procedimento seria feito.
Angustiado com a esposa naquela situação, Henrique arrumou o dinheiro e o parto foi feito.

VACINA BRASILEIRA CONTRA AIDS SERÁ TESTADA EM MACACOS

vacina1G1
Pesquisadores vão testar em macacos uma vacina brasileira contra o vírus HIV, a partir do segundo semestre, informou a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) nesta segunda-feira (5). A previsão é que os experimentos durem 24 meses, e o objetivo é encontrar um método de imunização mais eficaz contra a Aids para ser usado em humanos.
O imunizante contido na vacina foi desenvolvido e patenteado por cientistas da Faculdade de Medicina da USP, e batizado de HIVBr18. O projeto teve início em 2001 e foi desenvolvido por três pesquisadores – Edecio Cunha Neto, Jorge Kalil e Simone Fonseca.
O projeto teve início a partir da análise do sistema imunológico de um grupo especial de portadores do HIV, que mantinham o vírus sob controle por mais tempo que o normal e apresentavam demora para adoecer, de acordo com a nota da Agência Fapesp.
A atual etapa do teste pré-clínico, a ser realizada no segundo semestre, vai ser feita em uma colônia de macacos rhesus mantida pelo Instituto Butantan. A vantagem de fazer os testes, de acordo com a Agência Fapesp, é a similaridade entre o sistema imunológico humano e o dos macacos, e o fato de eles serem suscetíveis ao vírus SIV, que deu origem ao HIV.

UTILIDADE PÚBLICA: TESTÍCULOS GRANDES REPRESENTAM RISCOS À SAÚDE

Davi, de Michelangelo, estaria no grupo de risco segundo a pesquisa.

Davi, de Michelangelo, estaria no grupo de risco segundo a pesquisa.

Pesquisadores da Universidade de Florença criaram polêmica ao relacionar o tamanho dos testículos ao risco de doenças cardíacas e hipertensão, afirmando que quanto maiores as glândulas, maior a probabilidade de desenvolver essas doenças. Além disso, estes homens também tendem a ser mais pesados e a beber mais álcool, de acordo com a pesquisa — que não especificou o que seriam, exatamente, testículos grandes.
– Embora o tamanho dos testículos estejam associados à saúde reprodutiva, nossos resultados indicam que este parâmetro pode ser usado para sinalizar riscos cardiovasculares – disse a líder do estudo, Giulia Rasterelli, ao jornal “The Telegraph”.
Os pesquisadores estudaram 2.809 homens que procuraram clínicas de distúrbios sexuais, gravaram o tamanho de seus testículos e testaram o nível de seus hormônios durante sete anos. Durante este período, os pesquisadores perceberam que homens com testículos maiores tinham risco maior de desenvolver doenças cardíacas e tinham níveis mais altos de hormônio luteinizante, regulador de progesterona e que afeta o tamanho dos testículos. Este hormônio pode ser a causa dos danos à saúde.
Como a pesquisa foi feita em homens com disfunções sexuais, os pesquisadores concordam que as conclusões podem não servir para todos os homens.

ÚNICA MATERNIDADE DE ILHÉUS VAI FECHAR

Quem garante é a diretora da Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus, que mantém a Maternidade Santa Helena, única da cidade. Segundo Naide Silveira, a paralisação dos trabalhos é motivada pela falta de recursos para quitar os salários da equipe.
Na última semana, Naide participou do programa Alerta Geral, comandado por Gil Gomes na Santa Cruz AM. No ar, contou que os médicos entregaram à provedoria da Santa Casa uma carta onde delimitaram prazo, até esta segunda-feira (29), para receber os salários.
Sem o pagamento, os profissionais cruzariam os braços, o que deve acontecer hoje.
Ainda de acordo com a diretora, a secretaria de saúde do município foi procurada, mas teria alegado falta de verba para arcar com os salários.

AO ILHÉUS 24H, SECRETÁRIA DE SAÚDE ADMITE VIAGENS E NEGA “PROCESSO DE FRITURA”

Ledívia Espinheira.

Ledívia Espinheira.

O ILHÉUS 24H entrevistou a secretária de saúde de Ilhéus, Ledívia Espinheira.
Ledívia é médica, ex-funcionária da secretaria de saúde do Estado e foi indicada para a função por Jorge Solla, titular da pasta estadual.
Por email, respondeu a questionamentos acerca do programa Mais Médicos, lançado há duas semanas pelo governo federal, a demora do município para reabrir as unidades básicas de saúde e sobre a possível terceirização da saúde. Comentou ainda as denúncias de que viaja semanalmente a Salvador, supostamente com diárias pagas pelo município, e de favorecimento numa licitação. Confira.
IOS 24H – Secretária, há cerca de quinze dias, o governo federal lançou programa para reforçar o número de médicos à disposição do SUS. Ilhéus receberá esses profissionais? Quantos médicos seriam necessários para suprir a deficiência de pessoal na rede municipal de saúde?
Ledívia Espinheira – O programa está sendo analisado por nós, que estamos pesando a relação de custo-efetividade do programa, uma vez que o município deverá arcar com alguns custos, como alimentação e moradia do profissional. Procuraremos priorizar o interior, os distritos, regiões mais carentes de assistência.
IOS 24H –  A ausência de médicos nos postos de saúde não é o único problema da rede municipal. Faltam equipamentos e insumos básicos. No diário oficial do município, são publicados resultados de licitações para compra de material deste tipo, mas continua faltando nas unidades. O que ocorre?
LE – As licitações foram realizadas, respeitando todos os prazos legais, depois a homologação e assinatura de contrato. Agora já podemos realizar a aquisição dos insumos e a sua distribuição, o que já está acontecendo nas unidades.

:: LEIA MAIS »

ILHÉUS GANHA LEITOS DE UTI

A rede de saúde de Ilhéus ganhará novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), na próxima sexta-feira, dia 26, com a reabertura da unidade da Santa Casa de Misericórdia (Hospital São José), às 10h, e a inauguração da UTI do Hospital de Ilhéus, às 15h. O secretário estadual de Saúde, Jorge Solla, vem à cidade para os eventos.
Atualmente, a população de Ilhéus conta com leitos de UTI disponíveis apenas no Hospital Geral Luiz Viana Filho. Com as novas unidades em funcionamento, mais 16 leitos estarão à disposição dos pacientes. 

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia