WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

:: ‘Saúde’

MÉDICOS ESTRANGEIROS COMEÇAM A ATUAR NA BAHIA NA SEGUNDA-FEIRA

Solla fala aos médicos.

Solla fala aos médicos.

Os profissionais que vão atuar no programa ‘Mais Médicos’, do governo federal, terminam o treinamento nesta sexta-feira (20). Eles foram acompanhados na manhã de quinta-feira (19) pelo secretário estadual da Saúde, Jorge Solla, durante aula realizada no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador.
“A partir da próxima segunda-feira eles serão encaminhados para seus locais de trabalho. No momento, 30 cidades da Bahia serão beneficiadas com a chegada desses profissionais, nesta primeira etapa. Muitos outros virão nas etapas seguintes”, afirmou Solla.
Os 67 profissionais que se graduaram no exterior passam por treinamento em Salvador desde o dia 26 de agosto, assistindo aulas sobre saúde pública brasileira e língua portuguesa. Desses, 59 estão confirmados para atuar na Bahia.

SANTA CASA DE ILHÉUS VOLTA A ATENDER PELO PLANSERV

A Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus, entidade mantenedora do Hospital São José e Maternidade Santa Helena, voltará a atender ao Planserv, plano de saúde dos servidores públicos estaduais, já a partir do dia 1º de outubro. 
A confirmação foi feita pela coordenadora geral do Planserv na Bahia, Sônia Carvalho, durante audiência realizada nesta segunda-feira (16) com a deputada estadual Ângela Sousa (PSD) e o provedor da Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus, Eusínio Gesteira. 

CAMPANHA DE MULTIVACINAÇÃO É PRORROGADA

Postos seguem vacinando.

Postos seguem vacinando.

A secretaria da saúde de Ilhéus prorrogou a vacinação de crianças menores de cinco anos até a próxima sexta-feira, dia 6.
Nesta terça-feira, dia 3, haverá vacinação, na parte da manhã, nos postos CAE III, Sarah Kubitschek, no Malhado, na Policlínica da Conquista e no PSF do Salobrinho. No Centro de Saúde Avançado da Zona Sul, no bairro Hernani Sá, haverá vacinação nestas terça e quarta-feira, das 17h30 às 20h30. No posto de saúde de Olivença, as vacinas serão aplicadas na quarta-feira, dia 4, durante todo o dia.
Segundo informação da supervisora de Imunização da secretaria, Walkíria Cardeal, até a última sexta-feira foram vacinadas em Ilhéus 4.578 crianças menores de cinco anos, ou seja, 74,57% das que compareceram aos postos de vacinação. Nesta segunda-feira, dia 2, houve vacinação apenas no CAE III (antigo Sesp), pela manhã.

ILHÉUS VAI RECEBER 60 MÉDICOS CUBANOS

mais medicosIlhéus, enfim, foi cadastrada no Programa Mais Médicos, do governo Federal. A secretaria de saúde solicitou o envio de 60 médicos por meio do programa. 
O Programa Mais Médicos faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), que prevê mais investimentos em infraestrutura dos hospitais e unidades de saúde, além de levar mais médicos para regiões onde há escassez e ausência de profissionais. 
Segundo a secretária Ledívia Espinheira, o cadastramento incluiu 34 unidades de saúde (posto e centros) das zonas urbana e rural. Os médicos, que devem vir de outros países, como Cuba, Espanha e México, ocuparão apenas postos vagos.

FARMÁCIAS SEM FARMACÊUTICO SERÃO FECHADAS EM ITABUNA

farmaciaA prefeitura de Itabuna vai aumentar o cerco contra farmácias que não contam com farmacêuticos em tempo integral para atendimento. Os estabelecimentos têm até o dia 1º de setembro para contratar farmacêuticos, inscritos no Conselho Regional de Farmácia.
A fiscalização será intensificada pela Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde de Itabuna. Outra obrigação que os fiscais vão cobrar das farmácias é o controle de medicamentos antimicrobianos. 
A presença de farmacêuticos é uma exigência da Lei Federal nº 5.991/73 e, em caso de descumprimento, os estabelecimentos podem ser interditados. As empresas já foram informadas pela Vigilância Sanitária de que a fiscalização será rigorosa.
Segundo o município, cerca de 50% dos estabelecimentos de Itabuna já contam com o farmacêutico, mas este não permanece no estabelecimento durante todo o tempo de funcionamento. 

MESMO COM GREVE, ILHÉUS TERÁ DIA “D DE VACINAÇÃO”

Os servidores da secretaria de saúde de Ilhéus vão suspender, durante este sábado (24), a greve da categoria para realizar o dia D de Multivacinação em todos os postos da cidade.
Crianças menores de cinco anos devem ser vacinadas no período de 24 a 30 deste mês contra até 10 tipos de doença mencionados na caderneta de Saúde.

SESAB NEGA SURTO DE GRIPE H1N1 NA BAHIA

Com nove mortes entre os 46 casos da gripe H1N1 (influenza A) na Bahia, e mesmo com um alerta aos profissionais da saúde pela Vigilância Epidemiológica da Bahia, a secretaria estadual de Saúde (Sesab) negou que haja surto da doença na Bahia.
O número de ocorrências foi registrado entre o começo de janeiro até 20 de agosto deste ano. “Não foi o que aconteceu, foram casos isolados, distribuídos em vários municípios. Então, não é um surto, é um aumento de casos’, informou Fátima Guirra, coordenadora do setor de vigilância de doenças imunopreveníveis da pasta estadual.
A coordenadora diz que o que chamou à atenção neste ano foi o aumento dos óbitos entre os pacientes com a doença (18% dos enfermos morreram). Entre os municípios com maior número de casos, Salvador registrou 20 ocorrências, com uma morte. Os outros municípios com registros foram Camaçari, Teixeira de Freitas, Ipiaú, Eunápolis, Cruz das Almas, Simões Filho e Juazeiro. A última morte aconteceu em 20 de agosto, em Juazeiro.
A Vigilância Epidemiológica orientou os profissionais da Saúde para, em casos de sintomas da gripe H1N1, notificar ocorrência à mesma repartição. Para a população, o aconselhamento é em casos de febre, dor de garganta e tosse não fazer automedicação e procurar atendimento especializado. 

GREVE NO HOSPITAL REGIONAL DE ILHÉUS

Informa o repórter Coutinho Neto que os profissionais responsáveis pelo setor de tomografia do Hospital Regional suspenderam as atividades nesta quarta (21). 
Os trabalhadores estão, segundo Coutinho, desde novembro de 2012 com os salários atrasados. Além da greve iniciada hoje, o hospital passa por deficiências desde o fornecimento de insumos até falta de espaço físico e pessoal.

GOVERNO SUSPENDE 212 PLANOS DE SAÚDE DE 21 OPERADORAS

plano-saudeA Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e o Ministério da Saúde anunciaram nesta terça-feira a suspensão de 212 planos de saúde de 21 operadoras, por não passarem na avaliação que leva em conta critérios como prazo de atendimento e negativa de cobertura. Com os planos que já tinham sido suspensos anteriormente, estão proibidos de serem comercializados 246 planos de 26 operadoras. (VEJA A LISTA COMPLETA)
Foi a primeira suspensão de planos de saúde com uma nova metologia. Antes, era levada em conta apenas o prazo de atendimento. O monitoramento anterior, feito em abril, já contava com os critérios novos, de negativa de cobertura, que incluem rol de procedimentos oferecidos, período de carência, rede de atendimento, reembolso e mecanismos de autorização para procedimentos.
Na época, não houve nenhuma suspensão, porque os planos são proibidos de comercializar seus produtos quando são reincidentes. Como em abril terminou o primeiro ciclo de monitoramento com a nova metodologia, foi preciso esperar o último ciclo, divulgado nesta terça-feira.
Desde 2011, houve seis ciclos de monitoramento. Segundo o diretor-presidente da ANS, André Longo, o monitoramento resultou na suspensão temporária de 618 planos de saúde de 73 operadoras, protegendo 7,9 milhões de consumidores. Isso representa proteção para 16,3% dos beneficiários. Indagado se, de forma geral, o governo estava satisfeito como os planos de saúde, uma vez que a maioria não foi atingida pela suspensão, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, respondeu:
— Só vamos considerar que estão funcionando bem, quando tivermos zero de queixa. Esse sistema de monitoramento resolve a maioria das queixas. Ma o fato de não ter sido suspenso não significa que não teve nenhuma queixa.
De 19 de março a 18 junho, período do último ciclo de monitoramento, que teve os resultados divulgados hoje, foram recebidas 17.417 reclamações, referentes a 553 operadoras. A maioria das queixas, segundo a ANS, consegue ser resolvida com a mediação da agência.

MÉDICOS ESTRANGEIROS VÃO PARA 81 MUNICÍPIOS QUE NÃO DESPERTARAM O INTERESSE DOS PROFISSIONAIS BRASILEIROS

médicosCom a inscrição e homologação de 358 médicos estrangeiros no programa Mais Médicos, do governo federal, municípios inscritos e antes não atendidos por profissionais brasileiros poderão receber até quatro médicos estrangeiros. Nas regiões Norte e Nordeste estão os principais exemplos. Levantamento mostra que 81 municípios que não receberiam médicos brasileiros, agora passam a contar com, pelo menos, um profissional de outro país, em um total de 122 médicos estrangeiros. Desses municípios, 15 também receberão, pelo menos, um profissional brasileiro formado no exterior.
Considerando a lista desses municípios que não despertaram o interesse dos brasileiros, Cáceres (MT) e Pinhais (PR) vão receber o maior número de estrangeiros: cada um receberá quatro profissionais de outros países. Logo em seguida, com três médicos estrangeiros cada, vêm Tarauacá e Xapuri (AC), Boa Vista do Ramos e Presidente Figueiredo (AM), Acaraú (CE), Ceará-Mirim (RN), Valença e Alagoinhas (BA), Goianira (GO) e Osasco (SP).
Na região Sudeste, 13 médicos escolheram municípios inscritos no programa e deixados de lado por profissionais brasileiros. Só em São Paulo, serão oito médicos estrangeiros indo para cinco desses municípios, três deles para Osasco, dois para Francisco Morato, um para Engenheiro Coelho, um para Ferraz de Vasconcelos e um para Taboão da Serra.
Já o Rio de Janeiro vai receber dois médicos estrangeiros em Queimados, um dos municípios do estado considerados prioritários e que antes não receberia nenhum profissional brasileiro. Em breve, uma espanhola, de Barcelona, e um peruano, da capital do país, passarão a trabalhar na cidade.
Em Minas Gerais, dos três médicos que serão deslocados para municípios não contemplados por brasileiros, um médico vai para Padre Paraíso, outro para Virgem da Lapa e um terceiro para Cônego Marinho.
Das dez cidades que mais receberão estrangeiros, nove são capitais, com exceção do Guarujá, sétima cidade da lista. A cidade que mais vai receber estrangeiros é Rio Branco, no Acre, com 15 profissionais. Depois vem São Paulo, com 13, seguido de Salvador e Manaus, com 12 médicos cada, Porto Alegre e Recife, com 11 cada, Belo Horizonte, com 8, Guarujá, 7, e Curitiba, que receberá 6 profissionais.
Segundo o ministério, os médicos devem chegar ao país ainda este mês e, depois de uma preparação de três semanas, deverão começar a trabalhar no início de outubro. A liberação para o trabalho depende ainda da regularização dos documentos pessoais e da avaliação que será conduzida por universidades brasileiras. Os médicos vão receber R$ 10 mil líquidos.
:: LEIA MAIS »

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia