WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pm ilheus Neste site
agosto 2020
D S T Q Q S S
« jul    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: ‘Política’

ENILDA MENDONÇA CHAMA A SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DE OMISSA

Enilda Mendonça. Foto: O Tabuleiro.

Enilda Mendonça. Foto: O Tabuleiro.

A greve dos servidores municipais de Ilhéus ultrapassa os dois meses. Da pauta de reivindicações, quase tudo foi deixado de lado. Nada de reajustes ou coisa parecida, os trabalhadores pedem apenas a reposição do índice de inflação, cerca de 6%, e ainda aceitam parcelar. O prefeito Jabes Ribeiro, no entanto, dá de ombros.
Indiferença também é notada da secretária de educação, Marlúcia Rocha. Em entrevista ao radialista Gil Gomes, na manhã desta terça-feira (17), a sindicalista Enilda Mendonça, presidente do sindicato dos professores, afirmou que nunca viu uma titular tão omissa.
Segundo Enilda, Marlúcia nunca se dispôs a mediar o diálogo entre professores e o governo. E foi além, afirmou que a secretária perdeu a chance de deixar seu nome na história como um agente ativo no processo.
Na entrevista, a sindicalista rebateu também release da prefeitura que acusava o sindicato dos professores de enviar lista dos trabalhadores que vão atuar durante a greve com nome até de falecidos.
Segundo Enilda, erros podem acontecer, se tratando de uma categoria tão extensa como a dos docentes.
REUNIÃO COM O BISPO
Sindicalistas reunidos com o bispo. Foto: Fábio Bomfim/Ilhéus 24h.

Sindicalistas reunidos com o bispo. Foto: Fábio Bomfim/Ilhéus 24h.

Em busca de luz ao fim do túnel, os sindicatos grevistas se reuniram, na tarde de ontem (segunda, 16), com o bispo de Ilhéus, Dom Mauro Montagnoli, para pedir ajuda nas conversas com o governo. Foram apresentados ao líder católico documentos, relatórios e pareceres do Tribunal de Constas dos Municípios e da Ordem dos Advogados do Brasil, que provam a necessidade da reposição do índice de inflação assegurado pela Constituição Federal e garantida pela Lei de Responsabilidade Fiscal.
Os trabalhadores explicaram que já fizeram o possível para acabar com a paralisação, abrindo mão do reajuste e aceitando negociar posteriormente a reposição dos meses retroativos, mas o governo municipal se recusa a cumprir a lei. 
Dom Mauro Montagnolli garantiu que atenderá ao pedido dos trabalhadores e como igreja fará a sua parte para mediar as negociações. A posição do religioso já estava clara há uma semana, quando emitiu nota pedindo a sensibilização do prefeito Jabes Ribeiro.

A PEDIDO DE JABES, JUSTIÇA MANDA ACABAR COM ACAMPAMENTO DO REÚNE ILHÉUS

Apesar da decisão judicial para desocupação, cabe ao prefeito acionar a polícia para concretizá-la.

Apesar da decisão judicial para desocupação, cabe ao prefeito acionar a polícia para concretizá-la.

A justiça notificou quinze integrantes do movimento Reúne Ilhéus, na última segunda-feira (09), para que desocupem a porta da prefeitura. A decisão judicial determina a saída imediata dos acampados, a “devolução” dos bancos da praça, retirada dos cartazes pendurados nos muros da prefeitura, além de multa diária de dois mil reais em caso de descumprimento.
Ao ILHÉUS 24H, membros do movimento disseram que a decisão não será cumprida, mas sim recorrida.
O grupo ocupa a porta do Palácio Paranaguá há dois meses. Vale a pena registrar que, em todo esse tempo, o prefeito Jabes Ribeiro, autor da ação de desapropriação, nunca sentou à mesa para negociar com o movimento, e preferiu acionar a justiça.

GERALDO SIMÕES QUER SUSPENSÃO DE DEMARCAÇÃO NO SUL DA BAHIA

Geraldo-SimoesO deputado federal Geraldo Simões (PT/BA) reiterou, em pronunciamento feito hoje (10) no Congresso Nacional, a necessidade de uma solução para o conflito em Buerarema, no sul da Bahia, envolvendo supostas terras indígenas Tupinambá de Olivença. “Como manifestei anteriormente o conflito vem se acentuando na região e, apesar da entrada da Força Nacional para manter a paz, a situação está se agravando”, disse o parlamentar.
Simões afirmou que no momento não quer entrar nos detalhes da concepção que moveu a construção da suposta identidade Tupinambá pelos estudos da FUNAI. “Sinto que este assunto requer um maior aprofundamento e seriedade, por suas  consequências para a identidade nacional brasileira, para a vida dos indígenas ou dos seus descendentes”.
Na semana passada a Comissão de Direitos Humanos, da Assembleia  Legislativa do Estado da Bahia realizou, em Buerarema e em Itabuna, audiências para debater o assunto. Nestas reuniões foi demonstrado que o polígono delimitado pela FUNAI, com base nos estudos da antropóloga Susana de Matos Viegas, é uma área de mais de 47 mil hectares, que ocupa mais de 20% do território do município de Ilhéus, 20% de Buerarema e 5% de Una.
Este território, abrange as localidades de Acuípe, com aproximadamente 1.500 habitantes; Campo São Pedro e Curupitanga, 800; Jairi e Sirihiba 350; Porto da Lancha, 500; Lençóis, 1.300; Sapucaeira/Vila Santaninha e Vilinha, 2.000; Pixixica/Serra Negra, 700; Vila Brasil, 800 e Vila Operária, 900. Também no Distrito de Olivença existem 4.000 habitantes. São aproximadamente 12.850 pessoas que seriam diretamente afetadas pela demarcação.
De acordo com Geraldo Simões, “diante do caráter arbitrário e rígido com que está sendo feito o processo de demarcação, baseado em estudos no mínimo contraditórios e com consequências desastrosas para a paz na região, estamos postulando que imediatamente se suspenda a demarcação”. “Que se reintegre a posse das propriedades invadidas e se inicie uma negociação do Governo, com os segmentos realmente indígenas, buscando uma solução definitiva”, finalizou o deputado.

DEPUTADO PETISTA DEFINE GOVERNO DILMA COMO ‘PIORES ANOS PARA REFORMA AGRÁRIA’

valmirO deputado federal Valmir Assunção (PT) definiu o atual governo como “os piores anos para a reforma agrária no Brasil” e criticou mais uma vez a demora na assinatura, pela presidente Dilma Rousseff, de decretos de desapropriação de terras.
De acordo com o parlamentar, há 149 decretos relativos à Bahia, onde vivem 50 mil pessoas acampadas. “Quero ainda lembrar que esses 149 decretos, que representam 149 novas áreas de assentamento na Bahia, estão incluídas, em sua maioria, dentro dos 11 territórios do Brasil sem Miséria, prioridade do nosso governo”, disse o deputado.
Ao comentar a ocupação da sede do Instituto Nacional de Reforma Agrária (Incra) em Salvador, o petista acusou o governo federal de descaso em relação ao tema.
“A ocupação do Incra em Salvador tem exatamente a mesma pauta que temos denunciado aqui em tribuna: a completa paralisação da reforma agrária na Bahia e no país”, defendeu.

LEDÍVIA SAI E DEIXA A PORTEIRA ABERTA

Ledívia Espinheira.

Ledívia Espinheira.

O prefeito Jabes Ribeiro criou todo um jogo de cena para a exoneração da secretária de saúde, Ledívia Espinheira. É quase certo que a ida para a secretaria de saúde do Estado foi arquitetada por JR para evitar que a imprensa noticiasse, por exemplo, a irritação dele com a titular e consequente exoneração.
A saída de Ledívia pode deixar a porteira aberta para novas canetadas. O secretário de relações institucionais, Jailson Nascimento, pode ser o próximo. Jailson nunca exerceu o cargo de fato. Quem media as conversas entre o governo e a câmara ou os movimentos sociais é John Ribeiro, irmão de Jabes.
Se duvida, procure, nas fotos das reuniões entre governo e servidores grevistas, o secretário. Não vai achar.
Outro que caminha na corda bamba é o secretário de administração, Ricardo Machado. Há quase dois meses, ele tenta convencer os sindicatos que os números referentes aos gastos com pessoal são verdadeiros, mas sempre falhou.
Pelo andar do ônibus lotado, Ledívia não vai sozinha.

OAB EMPAREDA JABES RIBEIRO

jabesA Ordem dos Advogados do Brasil, subseção de Ilhéus, entrou no balaio de gato estabelecido entre a prefeitura e os servidores em greve há 50 dias. Em nota publicada pelas categorias, a OAB afirma que o prefeito Jabes Ribeiro é obrigado pela constituição a conceder a reposição salarial dos servidores.
Jabes, no entanto, usa da imposição e intransigência para negar o direito do trabalhador de recuperar o que foi levado pela inflação. As categorias já se dispuseram, inclusive, a receber a ínfima reposição de 6% parcelada, mas jabes se mantém irredutível
Ao descumprir a constituição, o prefeito fica vulnerável à ação da justiça, que ainda está com os olhos vedados.

JOGOU A TOALHA?

pinheiro
Segundo informações da coluna Raio Laser, o senador Walter Pinheiro (PT) teria confessado nos bastidores que não vê mais chances de tentar disputar a indicação do PT para candidato a governador.
O parlamentar baiano, de acordo com a publicação, alegou não ver motivos para enfrentar o governador Jaques Wagner, cuja preferência pelo nome de Rui Costa, no partido, para sucedê-lo fica cada vez mais forte no PT e fora dele.

GENOÍNO ALEGA INVALIDEZ E PEDE APOSENTADORIA DA CÂMARA

geno
Então presidente do PT no auge do mensalão e condenado a seis anos e 11 meses em regime semiaberto pelos crimes de corrupção ativa e formação de quadrilha, o deputado José Genoíno entrou nesta quarta-feira (4) com um pedido de aposentadoria por invalidez na Câmara Federal.
A informação foi divulgada por seu advogado, Luiz Fernando Pacheco. “O estado de saúde dele recomenda repouso e inspira cuidados”, disse o defensor.
Em julho, o parlamentar foi internado após sofrer uma isquemia cerebral – obstrução da circulação sanguínea –, que foi prontamente revertida. Ele teve alta no dia 20 de agosto. 

PCdoB QUER ESPAÇO EM CHAPA MAJORITÁRIA NA BAHIA

pcdobO PCdoB baiano se utilizou da história de parceria com o PT, para exigir um quinhão na chapa majoritária para as eleições de 2014. Porém, sinalizou que o não alinhamento com o PT pode ser algo natural.
Em entrevista a uma rádio da capital, o presidente estadual da sigla afirmou que o PCdoB está discutindo internamente sobre qual espaço na chapa o partido reivindicará, com possibilidades de que alternativas sejam apresentadas.
“Eu não acredito que vamos considerar o quadro definido. Alguns defendem que o PT tem a prioridade para indicação do nome. Acho que tem legitimidade, como qualquer outro partido, mas não podemos partir da premissa de que o partido que tem o governo tem a prioridade”, declarou Almeida.
Na opinião dele, o cenário nacional pode influenciar na escolha de uma candidatura diferente da petista, numa avaliação casada com o cenário de indefinição no plano federal, em que o comunista aposta em quatro candidaturas concorrentes à reeleição de Dilma Rousseff (PT): Aécio Neves, pelo PSDB, Marina Silva, pelo Rede ou outra legenda, José Serra, pelo PPS, e Eduardo Campos, pelo PSB.
A luta por espaço, empreendida pelo comunista, refere-se a memórias das eleições recentes, quando o PCdoB abriu espaço para outras legendas nas chapas majoritárias, a exemplo de 2006, 2008 e 2010.
:: LEIA MAIS »

‘ELES PLANEJAM DEFLORAR CRIANCINHAS’, AFIRMA DEPUTADO EX-HOMOSSEXUAL SOBRE PARADA GAY

pastorA Semana da Diversidade, que acontece até 7 de setembro em Salvador, promovida pelo Grupo Gay da Bahia (GGB) e a Bahiatursa, não agradou muito o deputado Pastor Sargento Isidório (PSB), que, como ex-homossexual, já tinha declarado que não pode “ficar junto de homem porque a carne é fraca”.
Nesta segunda-feira (2), o parlamentar, que responde a um processo disciplinar em sua sigla, criticou o evento que tem apoio da secretaria de Turismo do Estado (Setur), comandada pelo também socialista Domingos Leonelli. Isso porque, para Isidório, os gays têm um plano de dominação e perversão da humanidade.
“Eles planejam, muito em breve, deflorar as criancinhas femininas. Os menininhos serão estimulados com masturbação. O homossexualismo amplia a Aids”, conjeturou. De acordo com o deputado, as instituições que promovem a celebração desmoralizam a sociedade. “Querem fazer semana para estimular o pecado. Temos que orar para que Deus abençoe. Eu não concordo com as ‘práticas’ dessas diversidades”, opinou.
Quando o assunto é Parada Gay, no entanto, Isidório é menos radical e até arrisca comentar sobre a escolha da madrinha do evento, a cantora Daniela Mercury. “Uma parada gay é direito dos gays. Se me convidar eu vou, não tem problema, contanto que eu tenha direito a andar com minha Bíblia e que eu possa dizer que sou ex-homossexual”, advertiu.
“Acho a escolha dela boa. Ela se anunciou marida (sic) de uma dona aí da televisão, então ela também é uma gay”, completou. A vontade do parlamentar é que Daniela mostre na festa todo o seu “lado masculino”. “O que eu queria era ver a notícia no outro dia de que ela mostrou o bilau. Aí eu iria dizer que Daniela está debaixo da benção de Deus. Não pode ser nada de borracha e nem o dedo, tem que ser o bilau”, desafiou.



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia