WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

:: ‘Política’

“O PMDB ESTÁ CONFUSO, NÃO GARANTIMOS A RENOVAÇÃO DA ALIANÇA COM O PT”, AFIRMA GEDDEL

UOL
geddel5Amigo de Michel Temer e vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Geddel Vieira Lima declarou diante de um microfone coisas que dirigentes do PMDB só costumam afirmar em diálogos privados. Ele pôs em dúvida a renovação da aliança federal com o PT, disse que a economia pode comprometer a reeleição de Dilma Rousseff, elogiou os presidenciáveis da oposição, deixou em aberto a hipótese de fechar com um deles na Bahia e insinuou que ocorrerá o mesmo noutros Estados.
Geddel reassumiu há uma semana a presidência do PMDB baiano. Ele soou assim, explícito, na noite passada, numa entrevista à Rádio Tudo FM, de Salvador. Ao introduzir a primeira pergunta, a entrevistadora disse que, no plano nacional, um dos caminhos naturais do PMDB seria o apoio à reeleição de Dilma. Geddel sacou do coldre Guilherme Afif Domingos (PSD). E disparou:
“A política brasileira virou uma coisa tão misturada que essa história de caminho natural deixa de existir no momento em que você tem o vice-governador de São Paulo, que é vice-governador do [governo do] PSDB, sendo ministro do PT. […] Então, não há essa obrigatoriedade de a posição nacional do PMDB ser acompanhada necessariamente nos Estados.”
Geddel acrescentou que “o quadro dentro do próprio PMDB está muito confuso.” Tão confuso que “você não tem sequer a convicção, hoje, de que a aliança [com Dilma] seria renovada.” Por quê? O partido tem “problemas sérios em diversos Estados da federação com representação muito forte na convenção nacional.” Referia-se à convenção que decidirá se vale à pena o PMDB renovar a chapa Dilma-Temer e entregar ao PT seu tempo de propaganda no rádio e na tevê.
Se tudo correr como planejou, Geddel disputará em 2014 o governo da Bahia. Quer unificar a oposição para medir forças com o candidato a ser indicado pelo governador petista Jaques Wagner. Costuma dizer que não repetirá o erro de 2010, quando disputou o mesmo cargo imaginando que seria beneficiado pela política do palanque duplo. Acertara-se que, na Bahia, Lula e a então candidata Dilma frequentariam palanques do PT e do PMDB. A dupla foi apenas aos comícios de Wagner. Ex-ministro de Lula, Geddel ficou na vontade.

MAIS DA METADE DO PMDB REJEITA ALIANÇA COM PT

CLAUDIO HUMBERTO
Para desespero do vice-presidente Michel Temer, levantamento interno revela que, se a convenção fosse hoje, mais de metade do PMDB rejeitaria a aliança com o PT da presidenta Dilma.
Ambos os partidos estão em pé de guerra em doze estados, que somam 314 dos 477 delegados do PMDB.
Os mesmos delegados seriam responsáveis por 470 votos, dos 739, o que definiria um rompimento oficial com o PT.

PRESTAÇÃO DE CONTAS PARA BUROCRATA ENTENDER

Marco Porto. Foto do Pimenta.

Marco Porto. Foto do Pimenta.

O secretário da fazenda de Ilhéus, Marco Antonio Porto, foi à câmara prestar contas dos quatro primeiros meses da gestão Jabes Ribeiro.
Para mostrar como foram gastos milhões de reais, Porto levou pouco mais de 5 minutos e usou um palavreado extremamente técnico.
O “economês” do secretário deixou os gatos pingados que estavam no plenário sem entender nada.
A inflexibilidade do secretário em “traduzir” os termos foi questionada pela presidente do Instituto Nossa Ilhéus, Socorro Mendonça.

JABES PRESTA CONTAS NESTA TERÇA

Nesta terça (28), às 14h, no plenário da câmara, a prefeitura de Ilhéus vai abrir a caixa preta de suas contas à população. Os documentos serão referentes ao primeiro quadrimestre do ano, sob o comando de Jabes Ribeiro.
O evento é aberto e toda a população pode participar.

PAULO SOUTO É HOMENAGEADO EM ILHÉUS

O anfitrião, Paulo Farias, pretende fazer o reencontro anualmente.

O anfitrião, Carlos Farias, pretende fazer o reencontro anualmente.

Recebido em Ilhéus, no último sábado (25), o ex-governador Paulo Souto disse, segundo o Pimenta, ser inesquecível a oportunidade de reencontrar e abraçar amigos e ex-colegas do Instituto Municipal de Educação. “São amizades e lembranças que o tempo perpetuou e que eu revejo hoje com muita emoção”, disse.

ACM NETO ALIADO DE DILMA

ACM-Neto-220x120Bem, foi esse o boato que circulou nos bastidores políticos baianos nesse fim de semana, motivado pela ausência do prefeito de Salvador na convenção do PSDB, que elegeu o ex-governador Aécio Neves para comandar nacionalmente os tucanos.
O boato apontava a possibilidade do prefeito soteropolitiano do DEM anunciar adesão à presidente, em troca de apoio financeiro para gerir Salvador, afirmando que o herdeiro político do carlismo estaria apavorado com a situação da prefeitura.
A turma do DEM tratou de desmentir a boataria, afirmando que a aproximação de Neto com a presidente se deve ao fato dele “vir buscando deslocar-se da política para ocupar o papel de gestor, preocupado apenas com os desígnios da cidade, cujo presente pode realmente ser comprometido se não forem tomadas posições firmes a partir de agora”.
Há quem não tenha se convencido disso. 

UMA UNANIMIDADE CHAMADA JABES RIBEIRO

jabesDesde que se lançou mais uma vez candidato a prefeito de Ilhéus, até o momento em que o último voto válido foi contabilizado, uma coisa é fato: Jabes Ribeiro nunca foi uma unanimidade.
Nas últimas eleições, a quantidade dos votos dos outros candidatos, mais a soma dos votos nulos, brancos e abstenções, explicitaram que o atual prefeito foi eleito por uma minoria. Seus índices de rejeição eram notáveis.  Mas mesmo assim, motivados por um natural otimismo que paira entre nós nesses momentos de transição política, havia os que acreditavam em uma boa gestão.
Mas, passados quase cinco meses desde que assumiu o comando do Paranaguá, Jabes conseguiu o que nunca tinha alcançado: Se consolidar como uma verdadeira unanimidade.
Somado aos antigos opositores e às milhares de pessoas que não contribuíram para que ele voltasse ao Paranaguá, temos agora aqueles que até outro dia apoiavam o jabismo, mas que ante o quadro que vem se desvelando, se decepcionaram e passaram a tecer críticas publicamente. A exemplo de alguns consagrados meios de comunicação da cidade. Digitais e impressos.
Isso sem esquecer de mencionar os velhos puxa-sacos, que já perderam a paciência e hoje atacam o Paranaguá com sangue nos olhos.
Enquanto isso, nada do que foi prometido é realizado. Nada acontece, nada é tocado, nada é resolvido, nada é solucionado, escolas e postos de saúde seguem sem funcionar, buracos se multiplicam nas ruas, muitas delas as escuras. Evidenciando a plena falta de compromisso da gestão municipal.
Só restam agora alguns que, literalmente, têm rabo preso. Aqueles poucos que devem favor, gozam das benesses de indicações para cargos, nomeação de parentes, etc.
Esses continuam caladinhos. Elogiando e brigando bravamente pelo jabismo, mesmo que estejam se tornando motivo da risadaria alheia, caindo no ridículo de defender com unhas e dentes aquilo que não tem defesa.
Cada qual com suas razões, mesmo que elas tripudiem do bom senso.

JUSTIÇA MULTA PRÉ-CANDIDATO TUCANO AO GOVERNO DO ESTADO

Gualberto ( em pé).

Gualberto ( em pé).

Pegou nada bem para o ex-prefeito de Mata de São João, João Gualberto Vasconcelos (PSDB), a ideia de colocar outdoors em Salvador parabenizando a cidade por seu aniversário.
De olho na propaganda antecipada, o procurador Regional Eleitoral Sidney Madruga, representou contra João, que é pré-candidato ao governo do estado pelo PSDB.
Segundo o procurador, as placas contendo a imagem do político e mensagens parabenizando a cidade de Salvador revelam claramente a sua intenção de alavancar pretensões políticas para as eleições de 2014.
Para Madruga, embora não exista o pedido direto de votos, trata-se de propagandas com apelos eleitorais subliminares.
Pela propaganda antecipada, Gualberto terá que pagar duas multas, que somam quinze mil reais.

ANTÔNIO OLIMPIO VÊ EM ERRO EM CONDENAÇÕES

Antônio Olimpio.

Antônio Olímpio.

Condenado em duas ações de improbidade administrativa no mês passado (veja aqui), o ex-prefeito de Ilhéus, Antônio Olímpio, reclama de erro judicial.
Na ação, pedida pelo Ministério Público do Estado há mais de dez anos, a juíza Carine Nassri da Silva condenou AO por ter contratado servidores de forma irregular, sem fazer concurso público.
A decisão da juíza cassou os direitos políticos do ex-prefeito e lhe imputou multa de dez vezes o valor da sua última remuneração como prefeito.
Em apelação já apresentada, Olimpio alega que as contratações foram feitas na gestão anterior, de João Lyrio.
A documentação que traz as datas vive debaixo do braço.
Além de temer a execução das multas, mesmo existindo um erro claro no processo, o ex-gestor não aceita também o pagamento das custas do processo. Só para a apelação, segundo o próprio Antônio Olímpio, foram desembolsados R$ 7 mil.

NEWTON LIMA É MULTADO PELO TCM

Foto: Andrei Sansil/Ilhéus 24h.

Foto: Andrei Sansil/Ilhéus 24h.

Longe do poder há quase cinco meses, há quem diga que nunca esteve lá de fato, o ex-prefeito Newton Lima recebeu mais uma notícia negativa, agora do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).
Em sessão realizada ontem (terça-feira, 21), o pleno do tribunal imputou ao gestor multa de R$ 2 mil.
Newton terá também que devolver R$ 45.636,68 aos cofres públicos. O valor é referente aos vencimentos irregulares pagos aos secretários do município em 2009.

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia