WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
ilheus brindes
setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

:: ‘Notícias’

ILHÉUS: BANALIZAÇÃO DAS COISAS GRAVES VIA FACEBOOK

facebook-dislike“Partiu academia !!!”, “Indo com minha tchurma pro cinema”.
O Facebook vem se mostrando como o local onde coisas banais ganham tons de relevância (pelo menos para quem postou) e as coisas graves são tratadas sem a devida seriedade.
E nessa leva, até os secretários municipais ilheenses adotam esse novo tipo de relação com a realidade.
Destaque para o super-secretário Isaac Albagli, que hoje, ao comentar um problema, ao nosso ver bastante sério, o tratou como se fosse algo sem a menor importância.
No começo da manhã dessa quinta-feira (06), um ônibus caiu em um dos muitos buracos deixados pela Embasa e as suas irresponsáveis terceirizadas na avenida Itabuna. Querendo mostrar interatividade na rede social, Albagli resumiu-se a comentar: “Não havia sinalização, falei agora com o secretário Zé Lavigne para dar um puxão de orelhas na empreiteira”.
Como assim? Puxão de orelhas? Isso é caso para a aplicação de uma severa e exemplar multa. Aliás, isso é uma situação que merece uma ação judicial objetivando caçar o direito de tal empresa em realizar esse tipo de serviço.
Afinal de contas, foi um ônibus que caiu no buraco, mas poderia ter sido uma moto. Pior, poderia ter custado a vida de alguém.
Mas como na citada rede social, como reflexo da relação de alguns com o cotidiano, os valores estão cada vez mais invertidos, seria bem capaz, caso houvesse vítimas graves, que o comentário do secretário fosse um pouco diferente:
“Uhuu, partiu cemitério…”

CAMPANHA ENVIA FEZES DE CÃO PELO CORREIO AOS DONOS QUE NÃO AS RECOLHEM

placa proibidoUm passeio descontraído com o “melhor amigo do homem”. Fuça dali, carimbada em um poste acolá, eis que chega o momento do descarrego.
Sem noções de civilidade, o que é normal em se tratando de caninos, ele se posiciona e faz a sua necessidade fisiológica onde bem entender.
Em Ilhéus, e muitas outras cidades do Brasil, isso não suscita nenhuma ação por parte dos seus donos. Nada de recolher as fezes do seu amiguinho de coleiras. Azar de quem vier depois e por ventura pisar na substância expelida.
Mas em uma pequena cidade espanhola de 10 mil habitantes, Brunete, uma campanha curiosa começou a ser feita voltada para os donos de cachorros que não recolhiam as fezes do animal.
Voluntários observaram se a pessoa deixava de recolher o cocô do cachorro. Depois disso, os participantes recolhiam a sujeira, e colocavam em uma caixa que dizia “objeto perdido”.
O voluntário seguia o dono do cachorro e perguntava o nome e a raça do bicho, para que pudesse encontrá-lo no banco de dados de animais da cidade. O último passo era enviar as fezes pelo correio, que chegaram a 147 responsáveis, junto com um bilhete de explicação, dizendo que, no caso de reincidência, poderia haver uma multa de 30 a 300 euros.
Depois da campanha, o número de fezes de cachorro encontradas nas ruas diminuiu em 70%.
 E por aqui, será que a medida surtiria efeito?

SALVADOR: VERGONHA NACIONAL?

RAIO LASER
A capital baiana segue a passos largos para passar de vitrine turística para vergonha nacional.
Se não bastassem os problemas com estrutura e mobilidade, com a precariedade do transporte público, foi confirmado ontem, após duas assembleias, que no próximo dia 18 haverá greve dos rodoviários, “coincidentemente” logo após a abertura da Copa das Confederações.
Há quem diga que a escolha da data foi estratégia para forçar um acordo o mais rápido possível.

CIDADANIA NADA EXEMPLAR. PREFEITURA DE FESTIM

Próximo a uma lixeira localizada na avenida Lomanto Júnior, detritos esperam ser recolhidos há cinco dias.

Próximo a uma lixeira localizada na avenida Lomanto Júnior, detritos esperam ser recolhidos há cinco dias.

Não basta ter uma lixeira ao alcance das mãos. O lixo há de ser jogado na rua.
E com isso, os detritos acumulados no chão ficam por lá, dias a fio, até que a chuva e o vento tratem de espalhá-los ou conduzi-los para as bocas de lobo, contribuindo para que elas não consigam escoar a água de qualquer chuvinha leve.
O cidadão ilheense, sem generalizar, tem a prefeitura que merece.
E ela, sem moral para cobrar civilidade, tem o cidadão que merece.
São coisas da nossa Ilhéus.

CARNAVAL SUPERFATURADO AFASTA O PREFEITO DE CARAVELAS

Ruas teria superfaturado o carnaval.

Ruas teria superfaturado o carnaval.

Má fé na administração pública é coisa corriqueira. Contratos duvidosos rolam soltos por aí, em câmaras de vereadores ou no executivo. Parece regra e não exceção,  menos quando a justiça abre os olhos.
Em Caravelas, no extremo sul do Estado, o vice-prefeito, Neuvaldo David de Oliveira (PR), assumiu o comando do município após a justiça afastar, por 180 dias, o prefeito, Jadson Silva Ruas (PDT).
Os seis meses de afastamento foram necessário, segundo a justiça, para concluir o processo onde Ruas é investigado por autorizar contratos superfaturados para execução do carnaval .
Na esteira dos afastamentos, foram também o secretário de Turismo e Esportes, Fábio Negrão, a tesoureira da prefeitura, Lucimeire Soares Reis, e o procurador jurídico, Welberson Silva de Souza. 
Em sua decisão, a juíza titular de Caravelas, Nêmora de Lima Janssen, determinou ainda o bloqueio dos bens dos réus e o ressarcimento aos cofres públicos de R$ 196 mil.

TARIFA DE ÔNIBUS CAI PELO BRASIL. ILHÉUS E ITABUNA…

onibussAs tarifas de transporte coletivo de São Bernardo, Santo André, São Caetano, Mauá e Ribeirão Pires terão seus valores reduzidos de R$ 3,30 para R$ 3,20 a partir de 15 de junho. O anúncio foi feito nesta quarta-feira pelo prefeito de São Bernardo do Campo, durante reunião do Consórcio Intermunicipal Grande ABC.  
Em cidade próximas, a tarifa não será modificada.
Segundo o prefeito de São Bernardo, a redução foi possível por causa da medida provisória do Governo Federal zera as alíquotas de Pis/Confins para as empresas de transporte coletivo.
ITABUNA E ITABUNA
Na contramão do previsto e comprovado pelo Brasil, a prefeitura de Itabuna deve autorizar reajuste de 30 centavos na tarifa, saltando de  R$ 2,10 para R$ 2,40. As empresas pediram R$ 2,70.
O último reajuste em Ilhéus ocorreu há um ano. Nos bastidores, escuta-se que o prefeito não tem interesse em peitar as empresas.

BENEVIDES BATE E ASSOPRA

benevidesDepois de criticar o prefeito Jabes Ribeiro numa rede social (lembre aqui), o vereador Rafael Benevides, aliado do gestor, foi a Rádio Santa Cruz explicar as críticas.
Na conversa com o radialista Jota Carlos, Benevides disse que as críticas eram simplesmente construtivas e não pensa em deixar o bloco de sustentação ao prefeito. 

JABES CONTRATA EMPRESA “MUY AMIGA”

A prefeitura de Ilhéus dispensou licitação e contratou empresa “muy amiga” para divulgar a campanha de combate à dengue.
O publicitário agraciado foi o mesmo que comandou a campanha do prefeito em 2012. 

INVESTIMENTO EM EDUCAÇÃO REDUZ A CRIMINALIDADE

UOL
escolaUma pesquisa de doutorado feita na USP (Universidade de São Paulo) mostra que a cada investimento de 1% na educação, 0,1% do índice de criminalidade é reduzido. O estudo que comprova a potencialidade da escola como um fator para influenciar o comportamento dos alunos e reduzir a violência foi feito pela economista Kalinca Léia Becker em sua tese de doutorado no departamento da economia da Esalq (Escola Superior de Agricultutra Luiz de Queiroz), em Piracicaba. 
“O objetivo geral do trabalho foi analisar a relação entre a educação e a violência, observando se a educação e a escola podem contribuir para reduzir a violência e o crime”, comenta a pesquisadora, orientada pela professora Ana Lúcia Kassouf.
A análise foi realizada por meio da construção de dois ensaios. No primeiro, foram coletadas evidências de que a atuação pública na área da educação poderia contribuir para reduzir o crime no médio e longo prazo. Nesta etapa, foi mensurado o impacto do gasto público em educação na redução da taxa de homicídios, utilizando dados dos Estados brasileiros, entre os anos de 2001 e 2009.
No segundo ensaio, que foi financiado pelo programa “Observatório da Educação”, fruto da junção entre o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) e a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), foram analisados alguns fatores do ambiente escolar e do seu entorno que poderiam contribuir para a manifestação do comportamento violento dos alunos, a partir de dados disponibilizados nas Provas Brasil de 2007 e 2009.

:: LEIA MAIS »

VILELA SEM ÁGUA HÁ 4 DIAS

A Embasa causa transtornos em Ilhéus não só por causa dos buracos que deixa após suas obras. No bairro Teotônio Vilela, não há água na torneira desde o último domingo. E tome-lhe reclamações.

dom eduardo

arquiteto













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia