WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
prefeitura ilheus
abril 2017
D S T Q Q S S
« mar    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

:: ‘Entrevistas’

MINISTRO GILMAR MENDES DIVULGA DADOS OFICIAIS SOBRE AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2016

Ministro_Gilmar_Mendes

O Brasil tem hoje 144.088.912 eleitores aptos a votar no próximo dia 2 de outubro. Esse e outros dados estatísticos foram divulgados nesta segunda-feira (25) pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, em entrevista coletiva à imprensa.

“Temos cumprido o nosso compromisso de fazer esforço para que as eleições corram e ocorram com maior tranquilidade”, disse o presidente da Corte ao destacar que medidas como o reforço financeiro de R$ 150 milhões em recursos e a reposição de 90 mil novas urnas eletrônicas já foram tomadas pelo Tribunal para garantir a realização das eleições.

Ao apresentar os números oficiais do pleito, o ministro informou que o eleitorado nacional é formado por 74.459.424 mulheres (52,13%) e 68.247.598 homens (47,79%). Os eleitores com 16 e 17 anos correspondem a 2.311.120 (1,60%), e os com 70 anos ou mais somam 11.352.863 (7,88%).

Sobre os municípios, São Paulo é o que possui o maior número de eleitores com 8.886.324 no total. O menor eleitorado é o de cidade de Araguainha, no Mato Grosso, com 954 eleitores.

Biometria – A votação com identificação totalmente biométrica (pelas impressões digitais) ocorrerá em 1.540 municípios (27,66%).

Outros 840 cidades utilizarão o sistema híbrido de identificação do eleitor. Isso significa que nessas localidades, nas quais o cadastramento ainda não é obrigatório, a verificação das impressões digitais ocorrerá apenas para eleitores que já possuem dados coletados. Os demais eleitores serão identificados da forma usual.

Portanto, 2.380 municípios do país terão urnas com identificação biométrica. O eleitorado correspondente a esses municípios soma 39.386.638 no total.

:: LEIA MAIS »

ARCEBISPO ADMITE CASOS DE PEDOFILIA NA BAHIA E PREGA FIM DO SINCRETISMO

CORREIO
Dom Murilo.

Dom Murilo.

Pelo diálogo e pela tolerância, mas também pelo fim do sincretismo. O arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, está na capital baiana há três anos, tempo em que maturou sua avaliação de que o sincretismo, traço cultural baiano símbolo da resistência histórica da repressão contra religiões de matrizes africanas, deve ficar no passado. “Eu não aceito, acho o sincretismo prejudicial para os dois lados”, disse. 

Em entrevista na sua casa, em luxuoso condomínio na Federação, o arcebispo admitiu a existência de casos de pedofilia na igreja baiana, comentou o beijo gay na novela Amor à Vida e deixou clara que a posição do papa Francisco sobre a necessidade de a Igreja acolher os homossexuais não flexibiliza dogma que condena os gays. O líder religioso revelou que a Igreja Católica tem como meta seguir o que fizeram os evangélicos, e comprar tempo na TV para atingir a população que não vai aos cultos.

O papa falou da “vergonha” com a pedofilia dentro da igreja. O senhor já recebeu alguma denúncia aqui no Estado?
Há casos isolados. Não houve aquilo como aconteceu em países da Europa, em que havia quase uma cultura (da pedofilia). Aqui existe porque as pessoas que nós acolhemos no seminário são pessoas que vêm da sociedade, e trazendo todas as coisas boas, mas trazendo à vezes limitações. Então há a necessidade, e o papa tem insistido com nós, bispos, de cuidarmos muito do discernimento, para saber se tal pessoa tem condições. Mas tem pessoas que conseguem camuflar, tem outras que têm tendências que são escondidas, que se manifestam mais tarde. O que isso  mostra é que temos que valorizar mais as família. Porque grande parte de pessoas assim trazem traumas que depois se revelam em comportamento. São pessoas que trazem graves deficiências de formação, da vida familiar. Temos que trabalhar pela santidade, pela qualidade de nossas famílias. Quanto melhor a família, melhores serão os padres, políticos, industriais, professores.
O papa também disse que se deve sempre receber com amor os gays dentro da igreja. Como lidar com o dogma que condena usando a palavra do amor?
Existe na Igreja a doutrina e existem pessoas. Jesus esteve com ladrões, com Zaqueu, que depois se confessou ladrão, e Jesus ordenou que ele devolvesse quatro vezes o que roubou; e esteve com prostitutas, mas nunca passou a mão na cabeça e disse para elas ‘continue assim, está tudo bem’. Ao contrário. Quando encontrou a adúltera que tinha sido condenada ao apedrejamento, Jesus disse a famosa frase ‘quem não tiver pecado que atire a primeira pedra’. Todo mundo foi embora. Ele disse: ‘Nem eu te condeno, vai e não tornes a pecar’. Não disse ‘continue sua vida e está tudo bem’. Deu a ela possibilidade de fazer uma experiência da misericórdia de Jesus e começar uma nova vida. Se alguém que tem uma vida errada se apresentar diante de mim – errada digo do ponto de vista evangélico, dos mandamentos – eu não vou dizer para ela que está tudo bem. Vou acolher e dizer: ‘Meu filho, esse não é o caminho de Deus’. A Igreja não vai mudar de doutrina. Não haverá uma pastoral para homossexuais onde ‘está tudo bem’, seria falso, estaria traindo o evangelho. Digo a verdade para ajudar a libertá-los.
Clique aqui para ler toda a entrevista.

WAGNER MOURA: SER RADICAL COMO ARTISTA É DIFERENTE DE HUMILHAR OS OUTROS

É uma pena que muitos comediantes, e não só comediantes, mas muitos artistas jovens brasileiros sejam de direita, sejam garotos fascistas.

É uma pena que muitos comediantes, e não só comediantes, mas muitos artistas jovens brasileiros sejam de direita, sejam garotos fascistas.

Após o frio alemão, Wagner Moura fará uma viagem pela máfia internacional na Tríplice Fronteira, com direito a escala para viver o Bozo. O ator está no Festival de Berlim, onde apresenta hoje “Praia do Futuro”, filme de Karim Aïnouz que traz Wagner de volta à competição de uma das mais importantes mostras do mundo, a mesma que deu a “Tropa de elite” um Urso de Ouro em 2008.
No filme de Karim, Wagner interpreta um salva-vidas brasileiro que tenta uma nova vida na Alemanha, trama que pode ser relacionada à sua recente trajetória profissional: ele não abandonou o Brasil, mas tornou-se conhecido no mundo desde que estrelou “Elysium” (2013), de Neill Blomkamp, e deve ganhar popularidade com as estreias de “Trash”, de Stephen Daldry, prevista para o primeiro semestre, e de “Rio, eu te amo”, filme em episódios de vários diretores, que também deve chegar às telas neste ano.
Em paralelo, Wagner prepara-se para viver o palhaço Bozo e para voltar a trabalhar com José Padilha (de “Tropa…”) numa trama sobre o crime internacional na fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai. Em entrevista em Berlim, o ator, de 37 anos, disse admirar os rolezinhos, chamou o governo Dilma de “incompetente em várias áreas” e afirmou lamentar que muitos dos novos comediantes brasileiros “sejam garotos fascistas”.
Clique no “Leia Mais” e confira na íntegra a entrevista que o ator concedeu ao jornal O Globo.
:: LEIA MAIS »

ENTREVISTAMOS O ATOR EDUARDO STERBLITCH

edu no palco
O ator Eduardo Sterblitch, que deu vida a personagens como César Polvilho e Freddie Mercury Prateado no Programa Pânico na Band, traz para Ilhéus, no próximo sábado (19), o espetáculo “O Melhor, Melhor Show do Mundo”. A atração leva aos palcos o sucesso vivido pelo personagem na TV. 
Os últimos ingressos estão à venda na Manga Rosa e Stand do Karioka, em Ilhéus, e no Bicho Festeiro, em Itabuna. 
Por email, o ILHÉUS 24H conversou com o Edu, que recentemente recebeu o prêmio de Humorista Favorito do canal Nick. Na entrevista, o ator falou sobre o que o público pode esperar do espetáculo de sábado e também da disputa entre ele e o colega de programa, Gui Santana. Confira.
IOS 24H – Edu, o que o público de Ilhéus e região pode esperar de seu espetáculo no próximo sábado? 
Edu – O Melhor Melhor Show do Mundo vai chegar em Ilhéus cheio de surpresas! O público da região pode esperar por muita interatividade com a plateia, nonsense e números musicais.
IOS 24H– O seu personagem, o “Melhor, Melhor do Mundo”, fez grande sucesso na TV. Você agrega mais alguma coisa do programa Pânico ao espetáculo? 
Edu – A princípio, o espetáculo fica centrado na figura do Melhor Melhor do Mundo. É um personagem rico em possibilidades a serem exploradas e aproveitamos o show para desenvolver todas elas.
IOS 24H – Você estrelou um longa de comédia que contou com boa repercussão. Projetos futuros? 
Edu – Fiquei muito feliz com a boa repercussão de Os Penetras. Espero em breve poder voltar ao cinema. Convites para novos projetos estão sempre pipocando. Estou estudando com carinho todos eles para ver qual será minha próxima experiência cinematográfica.
IOS 24H – Em 2011, você declarou que nunca mais pisaria no palco e que estava decepcionado com o teatro. Agora, “O Melhor, Melhor Show do Mundo” agrada o público. O que te fez mudar de opinião e retornar aos palcos? 
Edu – Essa declaração faz parte do contexto do espetáculo Minhas Sinceras Desculpas e analisá-la fora disso não tem nenhum sentido. Até porque o teatro é o eixo central de minha carreira, é uma paixão que nutro desde a infância. Não dá pra comparar Minhas Sinceras Desculpas com O Melhor Melhor Show do Mundo. São propostas completamente distintas, com propósitos diversos. E é nisso que reside a magia do teatro, a possibilidade da experimentação.
IOS 24H – Edu, as rusgas entre Guilherme Santana e você são pra valer? A competição é levada a sério no programa? 
Edu – A competição é pra valer. E levamos a sério, porque é nosso trabalho. Fazer humor hoje em dia não é brincadeira! Tem que suar muito! É claro que conduzimos para que seja uma competição sadia, onde quem sai ganhando é o público.
IOS 24H – Pode deixar um recado ao público de Ilhéus? 
Edu – Ao pessoal da região de Ilhéus, nos aguardem, que o Melhor Melhor Show do Mundo está chegando neste sábado! Eu, Marcinho e Rodrigo estamos ansiosos para sentir o calor dessa plateia. Cada cidade que visitamos é uma grata surpresa e temos certeza que com Ilhéus não será diferente!

“POLÍCIAS CIVIL E MILITAR DEVEM SE FUNDIR”, AFIRMA LÍDER DA ANISTIA INTERNACIONAL

salil_shetty (2)Secretário-geral da AI (Anistia Internacional) desde 2009, Salil Shetty, 52, não tem dúvidas: a polícia militar deveria ser extinta no Brasil, dando lugar a forças unificadas em um modelo civil. “O excesso de força é frequente, documentamos há anos casos de tortura e de execuções. O país precisa discutir que tipo de segurança quer.”
Ex-diretor da Campanha do Milênio, projeto da ONU para países em desenvolvimento, o economista indiano não evitou divididas em uma hora de conversa telefônica.
Em entrevista, ele apresentou posições da entidade -uma das mais respeitadas no mundo- sobre maioridade penal, espionagem de governos, golpe no Egito e a relação entre internet e direitos humanos.
Shetty criticou o governo brasileiro pelo que vê como omissão frente à guerra na Síria, onde embates entre governo e rebeldes já mataram mais de 100 mil pessoas, segundo a ONU, e deixaram 1,4 milhão de refugiados: “Rússia e China usaram o silêncio de Brasil, Índia e África do Sul [no Conselho de Segurança]” e “Dilma deveria apoiar a denúncia da Síria ao Tribunal Penal Internacional”.
Ele chega ao Brasil nesta segunda-feira para visitar Brasília, São Paulo, comunidades indígenas na região norte e Rio de Janeiro, onde a AI abriu escritório em 2011.
Clique no Leia Mais e confira a entrevista que Shetty concedeu ao jornal O Globo.
:: LEIA MAIS »

ILHÉUS: SECRETÁRIA CREDITA FALTA DE MERENDA À GESTÃO ANTERIOR

maluO ILHÉUS 24H conversou nesta quarta-feira (24) com a secretária de educação de Ilhéus, Marlúcia Paixão.
No bate papo, Marlúcia esclareceu o problema envolvendo a falta de merenda escolar na rede municipal de ensino.
Como noticiamos neste espaço há dois dias (veja aqui), o município já recebeu este ano R$ 160 mil do governo federal para comprar merenda, mas os alunos continuam sem a alimentação.
Segundo a secretária, o problema é grave e foi gerado na gestão anterior. De acordo com ela, no ano passado, a última parcela dos recursos da merenda não foi paga e a verba do Fundo Nacional da Educação Básica (FNDE) foi sequestrada para pagar salários.
A irregularidade deixada pela gestão Newton Lima travou o sistema de repasses. Apesar de o dinheiro estar na conta, não é possível usá-lo.
“Eu só posso usar os recursos da alimentação que chegaram depois que conseguir prestar contas do ano passado”, disse Marlúcia.
À nossa reportagem, a secretária garantiu que o quadro será revertido com a devolução do dinheiro ao governo federal e a quitação dos fornecedores.
O prazo limite para isso acontecer é o dia 30 deste mês, sob pena do município ficar durante todo o ano sem a verba para merenda. Confira abaixo a conversa.





twitter
facebook