WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
ilheus brindes
agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

:: ‘Cultura’

ESCRITORA GRAPIÚNA LEVA SUA LITERATURA A ALEMANHA

Daniela.

Daniela.

A itabunense Daniela Galdino participará, na Alemanha, de um projeto de circulação artística. Ela estará em terras germânicas entre os dias 13 e 29 de outubro, onde ministrará palestras e fará leituras dramáticas do seu livro de poesias “Inúmera”. A obra foi publicada em 2011 pela Mondrongo, editora do Teatro Popular de Ilhéus.
A grapiúna participará da Feira do Livro de Frankfurt, o maior evento literário e editorial do mundo. Ela é uma das escritoras que integram a antologia “Literatura Baiana” organizada pela Secretaria de Cultura da Bahia (Secult-BA), que divulgará a produção de 18 autores baianos.
O convite para o intercâmbio cultural partiu da professora Katrin Nissen, da Universidade de Bremen. A visita de Daniela Galdino à Alemanha conta ainda com apoio dos brasileiros radicados no país europeu Carlos Berg Guerra e Débora Ramos. Os também conterrâneos Edney Pereira, coordenador do espaço cultural A Livraria e Murah Soares, da Ong Fórum e.V.Brasil, em Berlin.
Daniela Galdino foi a primeira mulher a ter um livro publicado pela Mondrongo e já está a caminho a segunda edição. Em dois anos, a editora do Teatro Popular de Ilhéus lançou mais de 40 livros, incluindo a Série Horizontes, que trouxe obras de autores de Feira de Santana e do Recôncavo Baiano.

LITERATURA SULBAIANA INSPIRA EVENTO EM OURO PRETO

Palco do evento.

Palco do evento.

A Casa da Ópera, em Ouro Preto, neste 12 de outubro, de 14 às 16h sediará o lançamento do  Selo Editorial Editora Grapiunear.

A Editora Grapiunear possui uma linha editorial bem definida e orientações para publicação, funcionará ainda como uma consultoria editorial, que terá cursos e eventos literários, e será uma apoiadora do Manifesto Por um País Literário e parceiros de empreendimentos em todo território nacional.

Inspirada e influenciada pelo PROLER, Cátedra da Leitura PUC Rio, FNLIJ, Fundação Casa de Cultura Jorge Amado, Monteiro Lobato e suas bibliotecas de São Paulo e Salvador, Biblioteca Pública Municipal Infantil e Juvenil de Belo Horizonte, Fórum das Letras, dentre outros. Temos assim uma editora com projeto de incentivo à leitura e formação de escritores.

Na programação do dia 12 constam Palestra “Como e por que ler a Literatura Grapiúna” (inédita) e exibições de curtas inspirados nos contos da região grapiúna e publicados pela Editus – Editora da UESC, resultado do Projeto Chocolate com Letras (inédito), além de outras atrações.

HOMENS AJUDAM HOMENS?

Registro da peça "Homens ajudam homens?".

Registro da peça “Homens ajudam homens?”.

A irreverência dos palhaços brincantes do espetáculo Homens ajudam Homens?, abre a programação de outubro da Tenda Teatro Popular de Ilhéus. As sessões acontecem sempre às 19 horas desta sexta-feira e sábado (04 e 05). A montagem do Grupo Teatro/ Circo Maktub traz números clássicos mundiais e criações próprias da companhia. A classificação é livre e as entradas custam R$ 20 e R$ 10.
Em Homens ajudam Homens?, os personagens apresentam situações cômicas ligadas às relações humanas, questionando os limites do amor ao próximo. Misturando a inocência infantil com a exposição das fragilidades pessoais, os palhaços tentam entreter o arrogante Sr. Ximit, transformando-o em um ser mais suave. A comédia é inspirada na Peça Didática de Baden Baden, de Brecht. A direção é assinada por Fábio Nascimento, que também integra o elenco junto com Ed Paixão, Selma Leão e Wallace Reis.
Os interessados em pagar meia-entrada durante um ano em todos os espetáculos da Tenda Teatro Popular de Ilhéus podem fazer o Cartão TPI.  Os associados ainda têm direito a 10% de desconto em cursos e oficinas. Para isso, basta preencher um cadastro com dados pessoais e pagar a taxa de R$ 15. Mais informações pelo telefone (73) 4102-0580.

TENDA DO TPI TEM DANÇA E “PALHAÇARIA” NO FIM DE SEMANA

Oficina de palhaços.

Oficina de palhaços.

O fim de semana na Tenda Teatro Popular de Ilhéus será preenchido com dança e palhaçaria. No sábado (28), a partir das 17 horas, acontece mais uma edição do projeto de intercâmbio de dança Changement, desta vez com enfoque no Tango, incluindo apresentação. E no domingo (29) das 9 às 17 horas, acontece o III Oficinalhaço, promovido pelo Grupo Teatro/ Circo Maktub.           
Changement deste sábado será com a professora Bianca Lavingne e seu parceiro Artur dando um show de Tango. Além de assistirem à apresentação, os participantes poderão trocar informações sobre técnicas de coreografias. Está confirmada a participação especial de Marcelinho e Jamille Marques, de Itabuna. As inscrições custam R$ 10. Mais informações pelo telefone (73) 4102-0580. A iniciativa é organizada pelo Núcleo de Dança do Teatro Popular de Ilhéus.
O III Oficinalhaço é mais uma etapa preparatória da 3ª Palhasseata de Ilhéus, marcada para dezembro. Desta vez, a atividade focará na construção de personagens. Estarão disponíveis 40 vagas para artistas profissionais e amadores. Os interessados devem levar recortes de jornal sobre manifestações populares. Quem não participou das etapas anteriores, precisará pagar uma taxa de R$ 2. A atividade dará certificado emitido pelo projeto “Teatro Popular e Interculturalidade”, da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

ARTE E POESIA HOJE NO OUTEIRO DE SÃO SEBASTIÃO

INTERVENÇÃO POÉTICA
Acontecerá nesse sábado (21), a partir das 17h, no Espaço Casa Aberta, situado no Outeiro, o projeto de intervenção poética “Recital Outra Primavera”. 
Os interessados em contemplar a iniciativa contemplarão a exposição varal de poesias, além de música ao vivo com palco livre, mostra de cinema, declamações de poesias feita por poetas locais, discotecagem, observatório astronômico, dentre outras atividades.
Já a partir das 14h, as árvores do bairro serão ornamentadas com poemas.
O projeto é uma realização da Associação Filtro dos Sonhos, Espaço Cultural Casa Aberta e do Coletivo Outra Primavera e conta com o apoio do Laboratório de Astrofísica da Uesc, Cicon Construtora, Papirus Livraria e Papelaria e Scala Madereira.
A entrada custa R$ 5.

“ENFANT TERRIBLE – O CINZA” ESTREIA EM ITABUNA

cartaz peça (2)No mês de setembro o teatro grapiúna recebe a peça “Enfant Terrible – O Cinza”. O texto é de autoria do professor e historiador Claudio Zumaeta e a direção é do autor e da cineasta e psicanalista Raquel Rocha.
A peça narra um psicodrama social para o público maior de 14 anos e foi inspirada na personalidade do poeta francês Arthur Rimbaud, considerados um dos percursores do simbolismo. O teatro da palavra, conforme denomina o autor, faz uso de uma fina ironia para retratar o conhecimento, a loucura, a solidão, a vida e a morte numa visão clara da extrema perplexidade existencial que vivemos e representamos cotidianamente
A peça estará em cartaz em Itabuna nos dias 27, 28 e 29 de setembro às 19:30h no Centro de Cultura Adonias Filho. Ingressos a venda na banca de revista do shopping Jequitibá.

ITABUNA TEM CINEMA COM PIPOCA NA FAIXA

Cena do filme.

Cena do filme.

Pois, Itabuna não tem cinema comercial, mas não é por isso que você não pode desfrutar da sétima arte sem sair da cidade. A Fundação Cultura de Itabuna (FICC) apresenta, nesta terça (17), mais uma sessão de cinema gratuita e, para completar, com pipoca de graça.
Na telona, a fundação traz hoje a comédia dramática “O Cozinheiro, o Ladrão, Sua Mulher e o Amante”. O filme conta com um interessante roteiro e impecável direção de Peter Greenaway.
Conta a estória de um grosseiro e extravagante gângster, brilhantemente interpretado por Michael Gambon. Ele, ao lado de sua educada esposa Georgina estrelado por Helen Mirren, janta todas as noites em um restaurante em companhia de seus capangas.
A exibição começa às 19h, na Sede da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), na Praça Laura Conceição, 339, no Centro.

TRUPE DE PERNAMBUCO PROMOVE OFICINA E ESPETÁCULO GRATUITOS NA TENDA

O Amor de Clotilde - Foto Débora Ghelman.

O Amor de Clotilde – Foto Débora Ghelman.

Vinda de Recife, a Trupe Ensaia Aqui e Acolá chega à Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI). Nesta segunda-feira (16), o ator Jorge de Paula ministra a oficina “Mímica Corporal Dramática”. Na terça-feira (17), a companhia pernambucana encena o espetáculo O amor de Clotilde por um certo Leandro Dantas. Com entrada franca, a apresentação começa às 20 horas e a classificação indicativa é de 12 anos.
A oficina “Mímica Corporal Dramática” abordará a precisão e comunicação do movimento cênico. A atividade começa às 14 horas, será gratuita e com o limite de 20 vagas para pessoas com idade superior a 12 anos. A carga horária é de quatro horas e dará certificado aos participantes.
A comédia O amor de Clotilde por um certo Leandro Dantas traz o gênero do melodrama em um circo-teatro, contando uma história de amor proibido no Recife do século XIX. A peça é baseada na obra A emparedada da Rua Nova do escritor Joaquim Maria Carneiro Vilela, um clássico da literatura pernambucana. A Trupe Ensaia Aqui e Acolá inseriu reviravoltas e um novo desfecho.
A visita do grupo de teatro pernambucano à Tenda TPI faz parte do projeto “Circulando Aqui e Acolá – Etapa Nordeste”. A ação é patrocinada pelo Prêmio Myriam Muniz de Teatro 2013, da Fundação Nacional das Artes. Depois de Ilhéus, a Trupe Ensaia Aqui e Acolá segue para Alagoas. O trabalho dos artistas pode ser conferido no blog: trupeensaiaaquieacola.blogspot.com.br.

CINE-CLUBE SOBE A CONQUISTA NESTA TERÇA

cinemaDepois do Nossa Senhora da Vitória, o Cineclube Équio Reis chega nesta terça-feira (09) ao bairro da Conquista. Com entrada franca, a partir das 19 horas serão exibidos 15 curtas-metragens de diferentes épocas e estilos, na quadra do Dilazenze. E, na sexta-feira e no sábado (13 e 14), o Balé Afro Dilazenze retribui à visita, com o espetáculo Trajetórias – alegrias, resistência e memória dirigido por Dandara Tauanne, na Tenda do Teatro Popular de Ilhéus (TPI). As apresentações são às 20 horas e os ingressos custam R$ 20 e R$ 10.
No último domingo (08), a Tenda do TPI recebeu Siré Obá, a festa do rei, um dos espetáculos da programação do Festival Latino-americano de Teatro (FilteBahia). A peça é um tributo ao culto das divindades africanas, reunindo linguagens do teatro, dança afro, música e poesia. A montagem do Núcleo Afrobrasileiro de Teatro de Alagoinhas (NATA) ainda traz a proposta de quebrar preconceitos e combater a intolerância religiosa.
Segundo a diretora de Siré Obá, Fernanda Júlia, foi a primeira vez que o grupo se apresentou na cidade. “Nós nos sentimos honrados em estar na Tenda do Teatro Popular de Ilhéus”, declarou. Ela ainda agradeceu especialmente aos representantes das comunidades do candomblé presentes no espaço. Ao final do espetáculo, elenco e público se misturaram em uma grande festa, celebrando a vida e a herança cultural deixada pelos ancestrais. 
Cordel Itinerante em Itabuna
O Teatro Popular de Ilhéus leva a irreverência da literatura de cordel ao palco do Centro de Cultura Adonias Filho, em Itabuna. Quinta-feira (12), Teodorico Majestade – as últimas horas de um prefeito será a atração da noite. Na sexta-feira e no sábado (13 e 14), o público se diverte com O Inspetor Geral – sai o prefeito, entra o vice. As apresentações das peças teatrais acontecerão às 20 horas, com ingressos ao preço de R$ 10 e R$5. A temporada itabunense abre o projeto Cordel Itinerante, patrocinado pelo Fundo de Cultura da Bahia. A produção em Itabuna é feita pela Saron Produções.

TENDA DO TPI RECEBE A PEÇA “HOMENS AJUDAM HOMENS?” NA SEXTA

peça
O Grupo Teatro/Circo Maktub volta à Tenda do Teatro Popular de Ilhéus na sexta-feira (06) às 20h com o espetáculo: Homens Ajudam Homens? Uma adaptação e direção de Fábio Nascimento da Peça Baden Baden, de Bertold Brecht.
O espetáculo leva o público a uma reflexão crítica por meio da linguagem circense  sobre a importância de um acordo para a vida em sociedade e  das relações democráticas; perpassando por temas como drogas, violência, saúde, preconceito, a necessidade da existência de valores como: amizade, união, liberdade e solidariedade.
As soluções para os problemas terminam virando uma divertida brincadeira para os pequenos palhaços que ao refletirem sobre seus atos, reconduzem o Sr. Ximit, transformando-o num ser mais leve e melhor.
Os ingressos estão à venda na Tenda do Teatro Popular de Ilhéus: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia).

dom eduardo

arquiteto













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia