WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



fevereiro 2019
D S T Q Q S S
« jan    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728  

:: ‘Cultura’

PRIMEIRA APRESENTAÇÃO DO SEIS E MEIA OCORRE NESTA TERÇA-FEIRA

Cantora Amanda Andrade. Foto: Gidelzo Silva.

Cantora Amanda Andrade. Foto: Gidelzo Silva.

O Projeto Seis e Meia, tem início nesta terça-feira, dia 23, na avenida Governador Paulo Souto, no bairro Teotônio Vilela a partir das 18:30h. A primeira apresentação ficará por conta da cantora Amanda Andrade, que fará uma apresentação interpretando grandes sucessos da música popular brasileira, incluindo três canções autorais, conforme a determinação do projeto.  

O projeto visa estimular a produção artística musical de Ilhéus, movimentando o cenário musical do município, além de criar espaço para revelar talentos e divulgar os valores artísticos da cidade. Nesta edição, haverá ainda mais quatro apresentações. Na próxima terça-feira, dia 30, a iniciativa ocorre no Bairro de Olivença.

Em janeiro as atividades começam na quarta-feira, dia 7, no bairro Nossa Senhora da Vitória e ocorrem também nos dias 14, no Hernani Sá, e 21, no Centro, marcando o encerramento da temporada.

ILHÉUS: PROJETO SOLOS CRIATIVOS ABRE INSCRIÇÕES

Casa de Cultura Jorge Amado. Foto: Secom Ilhéus.

Casa de Cultura Jorge Amado. Foto: Secom Ilhéus.

Trata-se de um concurso que aposta na criação do artista individual, estimulando a pesquisa na cultura local e novas intervenções nas respectivas linguagens. As inscrições estão abertas até o próximo dia 30, na sede da secretaria (Rua Jorge Amado, 21, Centro), sempre das segundas às sextas-feiras no período das 9 às 12 horas e das 14 às 18 horas, exceto dias 24 e 25.

Serão aceitas propostas nas áreas de dança, teatro ou artes integradas. Podem se inscrever pessoas físicas ou jurídicas com atuação comprovada na área de produção artística e estabelecidas no município de Ilhéus, nos últimos três. O projeto será realizado através do Teatro Popular de Ilhéus, contratado para este fim através do Processo de Inexigibilidade nº 11608/14. A proposta central do Solos Criativos é ampliar o acesso da população da zona rural e bairros, às linguagens artísticas.

Cada proponente só poderá inscrever uma proposta, sendo desclassificados aqueles que apresentarem mais de uma. O formulário para inscrição está à disposição dos interessados acompanhado de uma cópia do edital na Secult. Para efetuar o processo, o formulário deve estar totalmente preenchido, com todas as folhas assinadas. Além disso, o candidato deverá apresentar proposta contendo memorial da concepção cênica da Ideia-tema, justificativa, objetivos, plano de ação (com prazo máximo de execução de 60 dias), cronograma de trabalho e orçamento financeiro. Os anexos poderão conter propostas de figurinos, cenários, adereços, indumentária, ambientação cênica, trilha sonora ou quaisquer outros materiais/informações adicionais que o proponente julgue importantes para a análise do projeto.

:: LEIA MAIS »

ILHÉUS: BATACLAN LANÇA PRIMEIRA FEIRA LITERÁRIA

Feira Literaria do Bataclan

Clique na imagem para ampliar.

O espaço cultural Bataclan tem a finalidade de oferecer ao público em sua primeira Feira Literária a qualidade dos autores e das edições participantes; a excelência da estrutura física e da organização do evento; inserir os visitantes na história e aprofundá-los no conhecimento da nossa charmosa cidade e região.

Com funcionamento de 09 a 18 de dezembro, das 10 às 22h, a feira será aberta ao público da cidade e turistas de todas as partes do país e do mundo que diariamente visitam Ilhéus.

EVENTO “SAMBA NO MORRO” ACONTECE NESTE DOMINGO

Dia_23_novembro

O evento “Samba no Morro”, acontece neste domingo (23), a partir das 16h na pousada do Morro, no morro de Pernambuco, em Ilhéus.

A produção  informa que os ingressos adquiridos para o evento, adiado no domingo passado, deverão ser apresentados normalmente. Os produtores ressaltam que o evento terá as mesmas atrações, com “Os Caras é bom” e “Nego”. 

Maiores informações através dos telefones (73) 8803-3346, 9122-7276 e 8138-4132.

Nozinho

MANIFESTAÇÕES CULTURAIS EM ILHÉUS SÃO TEMA DO PRÓXIMO ENCONTRO DA TRADIÇÃO ORAL

Festa para Iemanjá. Foto: Flávio Rebouças.

Festa para Iemanjá. Foto: Flávio Rebouças.

Os Encontros da Tradição Oral no Candomblé Angola-Congo, realizados no terreiro Matamba Tombenci Neto, chegam à 4 ª rodada discutindo “A Música e as Manifestações Culturais de Matriz Africana: O sagrado e o profano”. Nesta edição do encontro, que acontecerá no dia 24 de outubro (sexta-feira) às 18 horas, Mãe Ilza Mukalê convida Mãe Laura Sadoiá, a ialorixá do terreiro Ilê Axé Guaniá de Oiá. 

Com o tema, as duas mães de santo, os estudantes do Curso de Formação e Qualificação de Agentes Culturais do Projeto MIM II e o público presente, tratarão dos aspectos históricos, sociais e religiosos que permeiam as manifestações culturais protagonizadas pelas comunidades negras e de terreiros em Ilhéus.

:: LEIA MAIS »

ILHÉUS: TENDA TPI OFERECE DUAS NOVAS OFICINAS

Aula de acrobacia aérea em tecido. Foto: Karoline Vital.

Aula de acrobacia aérea em tecido. Foto: Karoline Vital.

A Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI) está com inscrições abertas para duas novas oficinas artísticas: Vivência Teatral e Sou da Dança. A primeira acontece às 19h das quartas-feiras e às 16h das quintas-feiras, com mensalidade a R$ 60. A segunda é gratuita, voltadas para alunos da rede pública, com encontros às terças-feiras a partir das 17h. Para fazer a inscrição, basta ir ao espaço cultural, situado na avenida Soares Lopes, das 14 às 18h.
A oficina de Vivência Teatral é voltada para maiores de 10 anos, sem limite de idade. A atividade coordenada por Tânia Barbosa tem duração de três meses, com leituras, jogos teatrais e preparação vocal. São oferecidas 20 vagas por turma. A oficina Sou da Dança disponibiliza 30 vagas para estudantes das redes municipal e estadual, com idade entre 15 e 20 anos. O projeto de iniciação à dança, coordenado por Sôanne Marry, pretende selecionar integrantes para formação de um Balé Folclórico. Para se inscrever, é preciso apresentar o comprovante de matrícula da escola.
A Tenda TPI segue com inscrições abertas para aulas de capoeira com Mestre Virgílio, violão e guitarra com Ricardo Maciel, bateria e percussão com Sabará e dança aérea e acrobacia em tecido com Paula Mazzini. Os titulares do programa de fidelidade do espaço cultural, o Cartão TPI, têm 10% de desconto nas mensalidades, que também podem ser pagas com o Vale Cultura. Para mais detalhes, basta ligar para (73) 4102-0580.
1789 nesta sexta-feira – A ópera afro-rock 1789 estará em cartaz nesta sexta-feira (11) às 20 horas. Escrita e dirigida por Romualdo Lisboa, a montagem aborda o levante dos escravos do Engenho de Santana, através de saltos no tempo e espaço. A trilha sonora é executada ao vivo, com direção musical de Elielton Cabeça. No elenco, além dos artistas do Teatro Popular de Ilhéus, estão membros do Terreiro Matamba Tombenci Neto, descendente dos escravos que protagonizaram o fato histórico.  As entradas custam R$ 20 inteira e R$ 10 meia para estudantes, idosos e titulares do Cartão TPI. A classificação indicativa é 14 anos.

TEATRO: “1789” TERÁ SESSÃO EXTRA NO SÁBADO EM ILHÉUS

Misturando personagens reais e fictícios, a série de acontecimentos retrata o contexto que culminou na carta de reivindicações escrita pelos negros, durante a revolta no Engenho de Santana. Foto: Felipe de Paula.

Misturando personagens reais e fictícios, a peça retrata o contexto que culminou na carta de reivindicações escrita pelos negros, durante a revolta no Engenho de Santana. Foto: Felipe de Paula.

Devido à grande procura por ingressos para esta sexta-feira (04) às 20 horas, a ópera afro-rock “1789” terá sessão extra na noite deste sábado (05), na Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI). A apresentação acontecerá às 19 horas, com entradas a R$ 20 inteira e R$ 10 meia para estudantes, idosos e titulares do Cartão TPI. Os ingressos podem ser pagos em dinheiro, nos cartões de crédito ou débito e ainda com o Vale Cultura.
O enredo de “1789″ começa em uma fábrica de processamento de cacau, em uma fictícia Ilhéus do ano de 2089. Os trabalhadores lutam por melhores condições, desejam parar de exportar a matéria-prima e produzir o próprio chocolate. A partir disso, são dados saltos no tempo e espaço até o século XVIII, entre Brasil e Portugal.  Misturando personagens reais e fictícios, a série de acontecimentos retrata o contexto que culminou na carta de reivindicações escrita pelos negros, durante a revolta no Engenho de Santana.
A rebelião histórica aconteceu entre os anos de 1789 e 1791, no atual povoado ilheense de Rio do Engenho, quando os cativos ficaram insatisfeitos com o tratamento recebido, paralisaram suas atividades e tentaram negociar melhorias. Além de contar o fato, considerado embrião do movimento sindical no Brasil, a ópera afro-rock apresenta questões mais profundas, como a necessidade de novos olhares e posturas.
O elenco é composto por artistas do TPI e do Terreiro Matamba Tombenci Neto, descendente dos escravos que protagonizaram o fato histórico. A trilha sonora é executada ao vivo, com direção musical de Elielton Cabeça, coreografia de Zebrinha e maquiagem de Guto Pacheco. O texto e a direção são de Romualdo Lisboa. O espetáculo volta à programação da Tenda TPI no dia 11, às 20 horas.

TENDA DO TPI AGORA ACEITA VALE-CULTURA

Tenda fica na avenida Soares Lopes.

Tenda fica na avenida Soares Lopes.

A Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI) está credenciada para receber o Vale-Cultura. Os titulares do benefício podem adquirir entradas para espetáculos, comprar livros, CDs e DVDs, além de pagar cursos e oficinas realizadas no espaço cultural. “O uso é simples, igual a um cartão de crédito ou débito”, explica o coordenador administrativo do TPI, Antônio Melo.
O Vale-Cultura é um benefício criado pelo Governo Federal a fim de incentivar empresas a investirem na vida cultural dos seus empregados. O trabalhador recebe um cartão pré-pago com o benefício de R$ 50, creditado mensalmente e que é cumulativo. Quem recebe um salário mínimo tem descontado apenas R$ 1 do seu salário. Para aqueles que ganham entre dois e cinco salários, o desconto varia de R$ 2 a R$ 5. E os trabalhadores cujos vencimentos estejam acima dessa faixa, o desconto é de até R$ 45.
As empresas que oferecerem o Vale-Cultura aos seus empregados podem deduzir R$ 45 do Imposto de Renda devido por cada cartão fornecido. As empresas e entidades interessadas em oferecer o benefício aos seus funcionários podem se cadastrar no site do Ministério da Cultura: www.cultura.gov.br/valecultura.

FUNCEB LANÇA 1ª CHAMADA DO “CALENDÁRIO DAS ARTES 2014”

calendario-img-site-445x250De 27 de fevereiro a 14 de abril, estarão abertas as inscrições da 1ª Chamada do Calendário das Artes 2014, mecanismo de incentivo a projetos artísticos e culturais de pequeno porte na Bahia, que objetiva estimular o desenvolvimento das artes no estado. Promovido pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado (SecultBA), o edital concede prêmios de até R$ 13 mil e abrange as áreas de Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Dança, Literatura, Música, Teatro e Artes Integradas, com um aporte total de R$ 637 mil para apoiar no mínimo 49 projetos. Nesta 1ª Chamada do ano, o Calendário das Artes se volta a propostas que sejam iniciadas de 1º de julho a 30 de setembro. As instruções para participação e os documentos do edital estão disponíveis no site www.fundacaocultural.ba.gov.br/calendariodasartes.
Feito de forma calendarizada, com a finalidade de organizar as solicitações e a distribuição de recursos ao longo do ano, o Calendário das Artes se fundamenta na acessibilidade e ampliação do investimento na produção artística de toda a Bahia, considerando sua grande diversidade e dimensões territoriais. São priorizadas propostas oriundas e/ou realizadas em benefício de populações com menor acesso a produtos culturais e que privilegiem a diversidade cultural, envolvendo as mais variadas ideias de artistas, grupos e produtores, amadores ou profissionais.
Lançado em 2012, o Calendário das Artes, somando as suas quatro Chamadas já realizadas, disponibilizou um total de R$ 2,379 milhões para a execução de 184 projetos, selecionados dentre um total de 3715 inscritos, e oriundos de 85 municípios, contemplando todos os 27 Territórios de Identidade do estado.
:: LEIA MAIS »

dom eduardo

projetos arquitetonicos











WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia