WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
coronavirus 155 Neste site
abril 2020
D S T Q Q S S
« mar    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

:: ‘Brasil’

MALUCOS FAZEM VÍDEO CONTRA “DITADURA COMUNISTA” NO BRASIL

Quando a direita neoliberal e avessa a multidões tenta mobilizar a sociedade só pode dar em risadas, muitas risadas. Confira no vídeo abaixo.

BOLSA FAMÍLIA NÃO ESTIMULA ACOMODAÇÃO, AFIRMA IPEA

DA AGÊNCIA BRASIL
bolsa familiaO auxílio financeiro dado às famílias em situação de extrema pobreza pelo Programa Bolsa Família não desestimula os favorecidos a buscar emprego ou a se tornar empreendedores. A conclusão é de pesquisadores do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), após análise do microempreendedorismo brasileiro. “O Bolsa Família não produz o chamado efeito preguiça ou de acomodação. Prova disso é que boa parte dos beneficiados é empreendedora e está formalizada”, disse Rafael Moreira.
Ele é um dos pesquisadores do Sebrae e do Ipea sobre o microempreendedor individual – pessoa que trabalha por conta própria, que se legaliza como pequeno empresário de um negócio com faturamento máximo de R$ 60 mil por ano. Este tipo de empreendedor tem no máximo um empregado contratado, recebendo salário mínimo ou o piso da categoria.
A publicação Radar, divulgada hoje (7) pelo Ipea, relata  que 7% dos empresários individuais são também beneficiados pelo Bolsa Família. Além disso, 38% do público-alvo do programa são trabalhadores por conta própria, formalizados ou não. “Em geral, o Bolsa Família não diminui a oferta de mão de obra”, garantiu Moreira.
Segundo Mauro Oddo, outro colaborador do estudo, as microempresas representam 99% das empresas do país e são responsáveis por 51% de todos empregos existentes. “Isso mostra que o país não vai se desenvolver enquanto as diferenças entre a realidade monetária e a quantitativa for tão grande. As empresas [de menor porte] têm um grande peso para a economia. Não dá para entender o país sem entender o que são elas”, argumentou o pesquisador.

:: LEIA MAIS »

PESQUISA MOSTRA DESINTERESSE DE ALUNOS EM SEGUIR O MAGISTÉRIO

DA AGÊNCIA BRASIL
PROFESSORUma pesquisa feita na Universidade de São Paulo (USP) mostra que metade dos alunos de licenciatura nas áreas de matemática e física não pretende ou tem dúvidas quanto a seguir a carreira de professor de educação básica. Dos que cursam licenciatura em física, 52% não pretendem ser professores ou tem dúvidas. Em matemática, o percentual é 48%. A pesquisa ouviu um total de 512 estudantes recém-ingressantes da USP, incluindo também alunos de pedagogia e medicina.
A pesquisa Atratividade do Magistério para a Educação Básica: Estudo com Ingressantes de Cursos Superiores da USP, da pedagoga e mestre em educação pela Faculdade de Educação da USP Luciana França Leme selecionou as duas disciplinas de licenciatura em função da escassez de professores nas áreas de exatas. A estimativa do Ministério da Educação (MEC) é que o déficit de professores nas áreas de matemática, física e química seja de cerca de 170 mil.
A baixa remuneração do magistério, as más condições de infraestrutura das escolas e o desprestígio social da profissão estão entre os motivos apontados pelos estudantes para a falta de interesse em seguir a carreira. Segundo a pedagoga, a dificuldade de implementar em sala de aula o ensino da matemática e da física e a concorrência com profissões como as do mercado financeiro também afastam das salas de aula quem se forma nessas áreas.

:: LEIA MAIS »

MORDOMO QUE SERVE A RENAN CALHEIROS GANHA R$ 18 MIL

renan“Vai um cafezinho senhor?”. Vida de mordomo não é uma das tarefas mais fáceis que temos notícias. Obrigado a atender os caprichos dos seus patrões, entre variações de mau humor e calundús, tal categoria ainda se vê na obrigação de estar sempre impecável, além de necessariamente, ter que dominar as chatérrimas regras de etiqueta.
Mas as aporrinhações da profissão não são uma regra. Pelo menos para os mordomos que servem o presidente do senado, Renan Calheiros (PMDB), em sua residência oficial.
Destacados para servir cafezinho, refeições e organizar os serviços gerais, o mordomo do senador recebe mensalmente a bagatela de R$ 18,2 mil brutos. Já os dois garçons da casa recebem um pouco menos, mas nada que se compare ao salários dos trabalhadores brasileiros em média: R$ 10,7 mil e R$ 11,6 mil.
Além desse dispendioso séquito de empregados, Calheiros anda dispõe de mais dois garçons, para lhe servir na presidência do senado.
Eles integram o mesmo grupo de servidores terceirizados que, em setembro de 2001, conseguiu cargos de confiança para continuar atuando como garçons.
A remuneração individual deles foi de R$ 8,2 mil no mês de março.

BRASIL É O TERCEIRO PAÍS DO MUNDO EM NÚMERO DE JORNALISTAS MORTOS EM 2013

assassinato
O Brasil é o terceiro país com o maior número de jornalistas assassinados no exercício da profissão em 2013, de acordo com a Press Emblem Campaign.
Foram registradas quatro mortes neste ano.
Com sede em Genebra, a entidade defende a criação de regras internacionais para proteger profissionais de imprensa em zonas de guerra.
O Paquistão lidera o ranking, com nove profissionais mortos em 2013 no país.

GOVERNO ENVIA AO CONGRESSO PROPOSTA DE DESTINAR 100% DOS ROYALTIES PARA EDUCAÇÃO

AGÊNCIA BRASIL
Em mensagem presidencial publicada em edição extra do Diário Oficial da União, o governo informou ontem (2) que encaminhou ao Congresso Nacional o projeto de lei que trata da destinação exclusiva dos royalties, participações especiais do petróleo e recursos do pré-sal para investimentos em educação.
Apesar de publicada hoje, a mensagem tem data de 30 de abril. Na quarta (1º), durante pronunciamento oficial, em rede nacional de rádio e TV, em comemoração ao Dia do Trabalho, a presidenta Dilma Rousseff disse que já havia enviado a proposta ao Legislativo.
Com a aplicação de 100% dos royalties do petróleo na educação, o governo espera cumprir a meta do Plano Nacional de Educação de investir 10% do Produto Interno Bruto (PIB) no setor.
Segundo Dilma, trata-se da “mais decisiva” entre todas as medidas que estão sendo executadas ou em discussão sobre o tema no governo. “O Brasil vai continuar usando instrumentos eficazes para ampliar o emprego, o salário e o poder de compra do trabalhador, mas a partir de agora vai privilegiar como nunca um instrumento que mais amplia o emprego e o salário: a educação”, disse durante o pronunciamento.

PRESO PASTOR SUSPEITO DE ARROMBAR IGREJA PARA ROUBAR DÍZIMO

UOL
A polícia prendeu na madrugada desta terça-feira (30), em Porto Velho, Josué Alves de Souza, identificado como sendo pastor da Igreja Internacional da Graça de Deus. Souza é acusado de liderar o bando que arrombou a porta dos fundos do prédio, na madrugada desta terça-feira (30), para assaltar o lugar.
O alvo da quadrilha, integrada por nove acusados, eram R$ 150 mil que estavam guardados no cofre. Josué possuía a senha do cofre e confessou o crime na Delegacia de Patrimônio, segundo a polícia.
Com a quadrilha foram apreendidos vários armamentos (pistola ponto 40 e revólveres calibre 38), munição, lanternas, uma quantidade não revelada em dinheiro, ferramentas para arrebentar cadeados e correntes, além de porções de chumbinho (veneno para matar rato) e uma garrafa pet cheia de água.
:: LEIA MAIS »

ÚLTIMO DIA PARA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA

imposto_de_renda(2)O prazo para enviar a declaração do Imposto de Renda de 2013 termina às 23:59h desta terça-feira (30). A multa para quem entrega a declaração fora do prazo é de 1% ao mês. O valor mínimo é de R$ 165,74, e o máximo é de 20% do imposto devido.
A Receita Federal alerta que quem deixar para enviar nos últimos momentos corre o risco de enfrentar dificuldades por causa do grande número de acessos, que pode deixar o site lento.
Para quem não conseguiu reunir todos os dados necessários para o preenchimento, a orientação dos especialistas é enviar a declaração incompleta e evitar o pagamento da multa. Depois, o contribuinte pode enviar uma declaração retificadora.

GOVERNO FEDERAL AINDA DEFINE MEDIDAS PARA ANUNCIAR NO 1º DE MAIO

AGÊNCIA BRASIL
O secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, disse hoje (29) que irá se reunir com a presidenta Dilma Rousseff para discutir as medidas que serão anunciadas, na próxima quarta-feira (1º), Dia do Trabalhador. Ele acrescentou que a presidenta não participará do evento, patrocinado pelas centrais sindicais, em São Paulo, em comemoração à data.
Em março, as centrais sindicais entregaram a Dilma uma série de reivindicações que estão em estudo pelo governo. Segundo Carvalho, o governo federal tem atendido os pleitos “possíveis”. Ele destacou que o Brasil tem, atualmente, uma das menores taxas de desemprego, mas que ainda há muito o que avançar.
Carvalho disse ainda que conversará com a presidenta para tratar das medidas que regulamentam a emenda constitucional das empregadas domésticas. “Vou conversar [com a presidenta] para ver se tem novidade”, acrescentou o secretário-geral que participou, na manhã de hoje, de um seminário, no Senado, para debater a definição de um marco regulatório para as organizações representativas da sociedade civil. 

CCJ DA CÂMARA SUBMETE O SUPREMO AO CONGRESSO

DO CORREIO BRAZILIENSE
Integrantes do Supremo Tribunal Federal (STF) reagiram ontem à aprovação pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara de um projeto que dá ao Legislativo a palavra final sobre decisões da Corte. Os ministros Gilmar Mendes e Marco Aurélio Mello interpretaram a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 33/2011 como uma retaliação de parlamentares a recentes decisões do STF. Ambos, porém, não acreditam que o Congresso aprovará a PEC. O projeto, de autoria do deputado Nazareno Fonteles (PT-PI), foi apreciado ontem pela CCJ, em votação que teve a participação dos deputados-réus João Paulo Cunha (PT-SP) e José Genoino (PT-SP), condenados pelo STF no julgamento do mensalão.
A matéria ainda será apreciada por uma comissão especial antes de seguir para o plenário da Câmara, e, depois, para o Senado. Marco Aurélio relacionou a decisão da CCJ ao julgamento do mensalão. “Não imagino esta virada de mesa que pretendem, muito menos em cima de um julgamento como foi a da Ação Penal 470. Não posso bater palmas para os membros da comissão”, comentou. O ministro observou que o STF tem um histórico de decisões “contramajoritárias”, o que não é o caso do mensalão, cujo resultado foi “aplaudido” pela sociedade.
Na avaliação de Marco Aurélio, a PEC atinge a cláusula pétrea (artigo imutável da Constituição) que estabelece a separação dos Poderes. “Não creio que para a sociedade brasileira, para o almejado avanço cultural, essa submissão dos atos do Supremo seja boa. Ao contrário, é perniciosa”, criticou.

:: LEIA MAIS »



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia